CARPLACE

Volkswagen lança Space Cross por R$ 57.990 no Brasil – Versão I-Motion sai R$ 60.990

Volkswagen Space Cross

A Volkswagen apresentou oficialmente nesta terça-feira, 30, o Novo Space Cross. A versão com apelo aventureiro chega exatamente um ano após versão “urbana” SpaceFox. Com detalhes visuais e novo acerto na suspensão, o Novo Space Cross chega ao mercado brasileiro com preço inicial de R$ 57.990.

Volkswagen Space Cross

Clique nas imagens para ver em alta resolução

Uma das diferenças entre o Space Cross e SpaceFox está na suspensão. O modelo com visual aventureiro conta com a suspensão um pouco mais elevada, o que segundo a marca, permite o Space Cross obter melhor desempenho em caminhos não asfaltados, ou seja, trechos de ruas de terra simples, sem lama.

O Space Cross sai de fábrica equipado com computador de bordo com sete funções, espelho retrovisor interno eletrocrômico, faróis com acendimento automático e função coming & leaving home, sensor de chuva, retrovisor externo com função tilt down e sensor de estacionamento traseiro. O carro traz, de série, conjunto elétrico, ar-condicionado, direção hidráulica, airbags dianteiros e freios ABS.

O visual aventureiro do Space Cross é evidenciado na parte dianteira, na qual o para-choque, que assim como o CrossFox, tem a ampla abertura de ventilação com grade tipo colmeia, ladeada pelos dois grandes faróis auxiliares com dupla função (neblina e longo alcance), e os faróis principais têm dupla parábola.

Volkswagen Space Cross

Nas laterais, o Space Cross recebe um largo friso em material plástico com a identificação do modelo, molduras das caixas de rodas e os estribos posicionados sob as portas. As rodas de liga leve, com 15 polegadas, são pintadas de cinza (tom grafite). No teto, o Space Cross traz trilhos do rack que se estendem sobre todo o carro, com acabamento preto corrugado. Segundo a marca, estes elementos externos foram cuidadosamente estudados no túnel de vento para diminuir a resistência aerodinâmica e o ruído em alta velocidade.

Volkswagen Space Cross

Sem estepe na tampa do porta malas

Na traseira, o para-choque incorpora retro-refletores na parte inferior e lanterna de neblina e as lanternas tem acabamento escurecido. De acordo com a fabricante, os designers da Volkswagen optaram por manter o pneu sobressalente no interior do carro, com o objetivo de manter a mesma silhueta marcante da linha SpaceFox.

Volkswagen Space Cross

Na parte interna, poucas mudanças. Exclusividade do modelo, a pedaleira tem acabamento de alumínio e as soleiras internas trazem o logotipo Space Cross. Os bancos são revestidos de tecido Malharia Sound preto e a manopla da alavanca do câmbio tem a inscrição “Cross” (na versão manual). Bancos com revestimento de couro Softline preto são itens opcionais.

Volkswagen Space Cross

Assim como o SpaceFox, o modelo tem banco traseiro com regulagem longitudinal, que permite aumentar a capacidade do porta-malas de 430 litros a 527 litros. O porta-malas, com compartimento porta-objetos, pode ser aberto por meio de controle remoto e tem travamento elétrico.
Mesmo com valor elevado, o sistema de som é item opcional. Para o Space Cross, a marca oferece duas opções de rádio com CD-Player ou rádio AM/FM, ambos com entrada USB e Bluetooth, além de interface para iPOD. Também estão disponíveis a coluna de direção com ajuste de altura e profundidade e o pacote com volante multifuncional em couro, que, nos carros com transmissão I-Motion, pode incorporar comandos para troca de marchas (Shift Paddles).

Volkswagen Space Cross

A suspensão do Space Cross foi elevada em 33 mm na dianteira e 35 mm na traseira, em comparação à do SpaceFox. Foram feitas alterações na geometria, nas mangas de eixo e na calibração da suspensão. Os pneus também são diferentes: 205/55 R15, em vez de 195/55 R15. O modelo também recebeu bitolas maiores para melhorar a estabilidade. O Space Cross tem 1.448 mm na dianteira e 1.435 mm na traseira – acréscimo de 33 mm e de 23 mm, respectivamente, em comparação às do SpaceFox. Os freios também cresceram. O conjunto dianteiro traz discos de 280 mm (24 mm maiores).

Volkswagen Space Cross

O novo modelo é equipado com o motor 1.6 VHT Total Flex que desenvolve 104 cv quando abastecido com etanol e 101 cv com gasolina associado a transmissão manual MQ200 de cinco velocidades. Opcionalmente, o Space Cross pode receber a transmissão automatizada ASG (Automated Sequential Gearbox).

Volkswagen Space Cross

De acordo com os dados divulgados pela Volkswagen, a versão com câmbio manual acelera de 0 a 100 km/h em 11,5 segundos e tem velocidade máxima de 177 km/h, com etanol. Abastecido com gasolina, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 11,8 segundos e a velocidade máxima é de 175 km/h.

Volkswagen Space Cross

Com transmissão I-Motion, o Space Cross faz de 0 a 100 km/h em 12 segundos e chega a 177 km/h (com etanol). Com gasolina no tanque, os números são de 12,3 segundos e 175 km/h, respectivamente.

Volkswagen Space Cross

O consumo médio (autonomia), na cidade/estrada, medido de acordo com a norma NBR 7024 é (em ambas as configurações de câmbio) de 13,8 quilômetros com um litro de gasolina e 9,3 quilômetros com um litro de etanol.

Volkswagen Space Cross

Para marcar o lançamento do modelo, serão produzidas 200 unidades exclusivas na cor Vermelho Apple.

Preços do Space Cross

Volkswagen Space Cross com câmbio manual: R$ 57.990
Volkswagen Space Cross I-Motion: R$ 60.990

Volkswagen Space Cross

Confira logo mais as impressões ao dirigir o Space Cross em rodovias e também trechos sem asfalto.

Publicidade

94 comentários

  1. Jean Fernando

    31 de agosto de 2011 at 14:06

    Por que meu comentario nao foi exibido ??? Por que eu critiquei o SpaceCross ???

  2. Brasileirao

    31 de agosto de 2011 at 15:59

    esse carro esta utilizando uma tecnologia antiga 8V…. e o preço é muito salgado…

    comparando com corolla…o preço é quase chega um corolla e baixo desempenho……não vale a pena para comprar…

    só se fosse reduzir o preço……

  3. Matheus_P

    1 de setembro de 2011 at 1:42

    qual é o preço da top com todos os opcionais? quero uma!!!

  4. Cristiano

    1 de setembro de 2011 at 20:21

    Não compreendo como a VW tem a coragem de lançar uma perua compacta com motor 1.6 8V pelo mesmo preço de um i30cw que é derivado de um hatch médio, possui motor 2.0 16V e suspensão traseira multilink. Aliás, entendo sim: ela joga com o prestígio que sua marca tem junto aos fãs brasileiros e com o design agradável e moderninho. O Best Cars Web site resumiu de forma genial a avaliação desse carro:

    “a nova Space Cross é para se pensar duas vezes, pois os cerca de R$ 2 mil a mais trazem apenas o estilo mais jovial, sem qualquer vantagem prática no uso fora do asfalto e com algumas desvantagens dentro dele (…) é dinheiro demais para pouco carro”

  5. Mauricio

    2 de setembro de 2011 at 11:21

    Bom tempo do meu velho e bom AP2000… esse lixo VHTreco é uma bosta.

    • Jony

      2 de setembro de 2011 at 12:34

      Depois o povo reclama que os carros não evoluem. Ao invés de olhar o passado (AP2000), porque não olhar para a frente? TSI, TFSI e por aí vai.

  6. Antonio

    3 de setembro de 2011 at 12:24

    R$ 60mil por uma "peruinha"?

  7. Marco

    3 de setembro de 2011 at 14:33

    PRA MIM VW JÁ ERA SÓ TEM CARRO FEIO E TODOS ELES SE PARECEM .

  8. João Ricardo

    3 de setembro de 2011 at 17:12

    Até é um carro bonito, mas por esse preço não dá, muito caro! Nesse preço o motor deveria ser no mínimo o 2.0 de 120cv, e o câmbio tinha que ter a opção de manual e tiptronic, e não manual e imotion.

  9. ROCHA

    8 de setembro de 2011 at 14:18

    IRIA COMPRAR O CROSSFOX, DESISTIR POR CAUSA DAS RODAS DE COR CINZA. AGORA LANÇA O SPACEFOX CROSS COM RODAS DA MESMA COR. EU NÃO POSSO ESCOLHER A COR DAS RODAS? GOSTO DA COR PRATA.

  10. luiz carlos

    26 de novembro de 2011 at 0:40

    eu comprei um que carro!!!!!!!!!. esses comentarios sao de pura vontade de ter um vcs falam das marcas dos importados mas quando quebra ummmmm pensao logo nos nacionais kkkkkkkk

    • Fernanda

      5 de março de 2012 at 1:43

      Luiz Carlos,
      Estou quase comprando um… também gostei muito do carro. Postei algumas dúvidas nos comentários… vc pode me ajudar?

  11. Fernanda

    5 de março de 2012 at 1:32

    oi gente.. li todos os comentários e gostaria de opinar.
    não entendo nada de carros (só pesquisei um pouco agora que vou comprar), mas tem algumas comparações que também fiz e discordo. Direi porque gostei do carro.
    1° – o space cross é mais alto que um cross fox. É da altura do Tiguan (eu vi na concessionaria)
    2° – o fato de não ter o estepe atrás me agrada pq não sou "a" esportista, nem faço cross. Sou mais chique, entende? rsrs
    3° – tem rádio de série sim, o opcional é com bluetooth ou com GPS e televisão
    4° – Preciso de porta malas e esse carro tem o comprimento menor que o adventure.
    5° -gostei do megane gran tour, mas é muito mais comprido, e vamos combinar, tem um design ultrapassado. Ouvi dizer que está barato porque sairá de linha como aconteceu com o megane sedan.
    6° – quanto ao motor, não entendo nada, mas 1.6 gasta menos que 2.0 e não preciso de um carro tão potente pq não conheço estrada que possa passar dos 120km/h
    7° – a comparação com outros carros sedan citados não tem efeito pra quem sempre teve carros perua (onde o espaço do porta malas pode ser ampliado)
    8° – quanto ao consumo: livina: 7/8 km/l… duster a mesma coisa e o space cross 14km/l (estrada)
    9° – quanto a preços, pagarei menos que 57.000 com o rádio opcional e banco de couro, contra 55.000 honda fit (bem menor), 54.000 livina X Gear (baixo também)

    Só tenho uma dúvida (pra quem já dirigiu o carro): o que vocês acharam do banco? tenho 1,60m de altura e fiquei na dúvida pq no teste drive, pareceu que se chegar o banco muito pra frente, encosto o joelho no painel… (coisas de anã rsrs)
    E outra coisa… que cor vocês acham mais bonita? tem dois metálicos: um prata normal e outro, um pouco mais pro beije, esse ultimo é feio??? fica parecendo carro de véia?
    E mais outra coisa… se eu comprar prata e mandar cristalizar, fica mais brilhante??? mais bonito?

    aguardo sugestões
    bjs

  12. jôh

    18 de outubro de 2012 at 19:07

    Ja tive uma, me roubaram! Mais em relação ao carro nao tive o que reclamar! silencioso, confortavel, espaçoso, estavel, economico ( media de 14/15 km/l rodovia a 120 )seguro! e nao se enganem quanto ao motor de 101 cv, pois o torque do carro é satisfatorio, responde rapido, se mantem bem emsubidas na estrada ( e olha que tinha 5 adultos dentro mais bagagem), tem um cambio macio e eficiente! So uma coisa que poderia ser melhor é o acabamento, é bonito porem muito plastico. agr sua concorrente a palio, por ter um motor 1.8 deveria andar bem mais, deveria ser mais valente! Agora, que as montadoras brasileiras lucram em cima de um carro hj nao ta escrito. So pra termina, peguei esse carro por motivos de manutenção, compra um carro é uma coisa, manter é outra! Pegar um carro pra fica fazendo gambiarra, colocando peça paralela nao dá.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>