CARPLACE

Vendas da Chrysler nos Estados Unidos crescem 34% em Março

A Chrysler Group LLC, a montadora controlada pela Fiat SpA divulgou os resultados de suas vendas nos Estados Unidos que aumentaram em 34% no mês passado em relação ao ano anterior atingindo o total de 163.381 unidades.

“A combinação da disponibilidade de crédito, uma economia em crescimento, a demanda reprimida e os preços dos combustíveis elevados incentivando as pessoas a adquirir modelos mais novos e mais eficientes estão ajudando a impulsionar as vendas da indústria”, disse Reid Bigland, chefe de vendas do Grupo Chrysler para os EUA.

Chrysler 300 2011

As vendas dos sedãs Chrysler 200 e 300 da Chrysler dobraram em relação a março passado. Ambos os carros foram atualizados recentemente e tem conseguido melhor economia de combustível que nas versões anteriores, o que está atraindo novos compradores.

Veja os números de vendas por marca e o percentual em relação ao mesmo mês do ano anterior:

Chrysler: 34.726 (+ 70% melhor mês desde 2008)

Dodge: 52.076 (+ 18%)

Jeep: 45.124 (+ 36% melhor mês desde 2007)

RAM: 27.743 (+ 18%)

Fiat EUA: 3.712 (melhor mês desde o lançamento)

Fonte: InautoNews / Blog Automobile

Publicidade
Publicidade

23 comentários

  1. Diens_mg

    3 de abril de 2012 at 16:23

    Mérito da marca que se renovou e está entregando carros de acordo com as novas tendências de mercado, e também da associação com a FIAT… o 500 vendendo quase quatro mil unidades em um mês num país que consome carros enormes, pra mim também é mérito e sucesso da montadora italiana, sem querer ficar jogando confete.

  2. freemontomaisvendido

    3 de abril de 2012 at 17:09

    Bom, está aí para os que dizem que a Fiat é lixo.

    • Heindiabrado

      3 de abril de 2012 at 17:19

      O que isso tem haver com a Fiat ser um lixo?
      Continua sendo e sempre será, assim como VW, GM, Ford, etc.
      Marca boa faz carros bons no mundo inteiro, não só em paises de primeiro mundo.

      • freemontomaisvendido

        3 de abril de 2012 at 19:51

        Então todas as marcas populares são ruins, em especial as japonesas. Eu me refiro aqueles que acham que todo Fiat é ruim, porém o 500 sendo vendido bem nos EUA, mostra que tem sim sua qualidade.

    • Neto

      3 de abril de 2012 at 18:00

      Parece que a Fiat reinventou a Chrysler… Nem tanto caro fiateiro… menos paixão e mais racional… A Fiat tem seu mérito no gerenciamento do grupo, mas qualidade os carros sempre tiveram…

  3. Ed_77

    3 de abril de 2012 at 18:11

    Qual é o segundo carro? É um Chrysler 200? Carrão

    • Ilovecar

      3 de abril de 2012 at 18:56

      O segundo carro é o conceito elétrico 200C EV, o 200 de produção é o da primeira imagem. Uma pena, pois o conceito é animal.

      • Wellington_L

        4 de abril de 2012 at 7:34

        Pois é…

  4. andremopar

    3 de abril de 2012 at 19:54

    os resultados estão ai pra aqueles que dizserao que a fiat iria ”f*&%$” a chrysler.

  5. DiMais

    3 de abril de 2012 at 19:59

    pra quem desacreditava nisso, nada melhor que vendas para mostrar o quão certa estava a Fiat.

  6. Granma

    3 de abril de 2012 at 20:58

    Fora do brasil todas as marcas se destacam em alguma coisa inclusive a própria fiat , quando o assunto é não emissão de poluentes a fiat é referencia .Com relação ao brasil só a concorrência pode mudar a nossa historia ,estou torcendo para os chineses !!

  7. Guilherme

    3 de abril de 2012 at 21:37

    Quem mandou ser controlada pela Fiat SpA ?
    Só podia dar nisso : sucesso , vendas crescentes , inovação , mais vendas…

  8. Fábio

    3 de abril de 2012 at 23:38

    Ué haters? Não era a Fiat que ia ferrar com a Chrysler?

  9. rena587

    4 de abril de 2012 at 0:07

    Parabens a fiat pela recuperaçao da chrysler nos Eua. Mas aqui no Brasil acho que a fiat ta com a estratégia errada o menor carro da chrysler é 200 e a fiat quer colocar mais de 100 concessionárias dessa marca no Brasil que com certeza será de nicho.
    Não seria melhor então investir na dodge para o Brasil que possuí um maior numero de modelos, assim aproveitando pra trazer as pick up Rams como Dodges. Me parece algo bem mais sensato.

    • Wellington_L

      4 de abril de 2012 at 7:38

      O mais sensato mesmo seriam todas as marcas do Grupo Chrysler (Chrysler, Dodge, Jeep e RAM) atuando nas mesmas lojas…, não é?

      • rena587

        4 de abril de 2012 at 14:47

        Mas ai ficaria uma salada principalmente se juntar chrysler e dodge, ainda acho que deveria se investir no crescimento da dodge do Brasil.

        • Wellington_L

          4 de abril de 2012 at 16:40

          Quanto à "salada", não é nada que alguns tapumes não resolveriam…, não é? Como diria Samuel Blaustein: "Fazemos qualquer negócio…".

          P.S.: Rir faz bem à saúde.

  10. ronaldo sales

    4 de abril de 2012 at 10:51

    quando a chrysyler cair junto com a fiat que já esta na europa…vão morrer abraçadas

  11. gabriel

    4 de abril de 2012 at 13:16

    nunca se vendeu tanto 500.
    impressionante pra quem achou que seria um fiasco total.
    vender um super compacto com motor 4cil 1.4nos EUA é uma façanha publicitária.
    By J Lo and Charlie Sheen

  12. Gabriel

    5 de abril de 2012 at 13:33

    http://carplace.virgula.uol.com.br/wp-content/upl

    bem que ela podia traser pra cá.

  13. luiz morra

    4 de abril de 2013 at 1:01

    O sucesso do grupo Fiat Chrysler é uma resposta aos que nao acreditaram na força da Fiat. A mercedes ficou com a Chrysler 10 anos e não conseguiu nada.Levou quase a falencia. Em 2 anos a Fiat levantou a Chrysler, esta entre as grandes e podem se preparar para ver um maior crescimento do grupo. Parabens a Fiat, Parabens a Chrysler. Entrem com tudo no Brasil e na Asia. Voces vão arrebentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>