CARPLACE

Segredo: saiba tudo sobre a próxima geração do Toyota Corolla – modelo chega ao Brasil em 2014

Para a Toyota brasileira, 2013 será o ano de consolidar o Etios comercialmente. Passada a fase de lançamento do compacto, a engenharia da marca agora foca o trabalho na próxima geração do Corolla. Já flagrada nos EUA sob forte disfarce, a 11ª encarnação do sedã deve ser apresentada aos norte-americanos no ano que vem, com chegada ao Brasil confirmada para 2014. Como costuma acontecer nos lançamentos da Toyota no primeiro semestre do ano, o carro deve estar nas lojas entre março e abril.

Com as fotos do flagra em mãos, acionamos nossa rede de contatos para conseguir detalhes do sedã quer permitissem fazer uma projeção confiável. E uma fonte ligada à Toyota brasileira adiantou que a versão nacional terá pequenas diferenças em relação à americana (como aconteceu com o rival Honda Civic), já que aqui o modelo se posiciona numa escala superior do mercado. Assim, detalhes como grade, desenho de para-choques e disposição interna de luzes podem mudar. Mas o design básico será muito próximo ao que você vê nestas projeções exclusivas do CARPLACE.

Como esperado num Toyota, o estilo não vai revolucionar. Muito do que foi apresentado nos novos Auris e Rav4 será visto no Corolla, como os faróis com formato irregular e a grade que dá ênfase ao logotipo da marca. Já a traseira será inspirada em outro carro da casa, o irmão maior Camry, que emprestará a ideia das lanternas tipo bumerangue invadindo a tampa do porta-malas. Como no modelo atual, a placa ficará na tampa, com um friso cromado acima dela.

Uma mudança importante, ao que parece pelas fotos de flagra, é que a distância entreeixos deverá ser finalmente ampliada. Isso deve melhorar o espaço traseiro em relação às duas últimas gerações, que tinham 2,60 m de entreeixos – enquanto tem concorrente com 2,70 m ou mais. Já o painel deve seguir o estilo do Auris europeu (foto abaixo), com linhas bem horizontais. Haverá um novo sistema de entretenimento com tela de LCD e GPS, além do ar-condicionado de duas zonas. As versões automáticas mais caras virão com borboletas no volante para trocas manuais de marcha.

Por falar em câmbio, o novo Corolla manterá a caixa manual de seis marchas nos modelos de entrada, mas a antiga transmissão automática de quatro marchas será enfim aposentada. Nos EUA, a maioria da mídia afirma que a Toyota adotará um câmbio de seis marchas já existente em outros carros da empresa, mas há também quem aposte numa transmissão CVT. Quanto aos motores, não espere mudanças significativas: a Toyota brasileira já anunciou que fabricará os atuais 1.8 e 2.0 do sedã (de 144 e 153 cv, respectivamente) na nova unidade que a marca está construindo em Porto Feliz (SP) para fazer também os propulsores 1.3 e 1.5 do Etios. A fábrica fica pronta exatamente em 2014.

Vale dizer que, mesmo entrando em seu último ano de mercado, o Corolla atual ainda briga carro a carro com o Honda Civic pela liderança no segmento de sedãs médios. Com a renovação de 2014, a meta é se isolar no primeiro lugar.

Por Daniel Messeder
Projeções Maurício Alves

Publicidade

126 comentários

  1. EDY

    18 de dezembro de 2012 at 0:31

    Vai da mole TOYOTA? VEJA AI O NOVO FUSION, O ELANTRA, O CRUISER…. E TU VAI LANÇAR ISSO, VAI QUEBRAR A TOYOTA !!!!! FAZER O QUE NE!!! VAI PRO BAÚ FICAR COM O VEC
    TRA….

  2. Siqueira

    20 de dezembro de 2012 at 17:18

    concordo…

    apezar de ter pegado varias linha e alguns detalhes do civic, isso ficou uma coisa muito desajeitada e concerteza saiu da aqles corolas q todos pensavam em ter… não acredito q vam botar isso para ser um dos sedans q eram mais vendidos, agora da até vontade de rir..!

  3. Emerson

    22 de dezembro de 2012 at 8:23

    Imagina se o Elantra vem com preço competitivo para o Brasil, tenho dó do novo corola e civic…
    Ouvi no salão do automovel que o Elantra pode ser fabricado no Brasil.

  4. rafael

    22 de dezembro de 2012 at 17:37

    lancer gt é do nivel de jetta tsi e é superior que cruze , civic , corolla

  5. Rochahofman

    23 de dezembro de 2012 at 11:49

    Fico muito bonitão!!!!!!

  6. Fab Cardoso

    30 de dezembro de 2012 at 15:18

    Estou ansioso para o lançamento deste novo Corolla. Tenho 36a, tenho um 2008/2009 com 40000 km rodados XEi sem nenhuma manutenção ou ruido interno. A suspensão e confiabilidade do carro não têm competidores no mercado. Admito que o design do carro nunca foi o forte da Toyota ( os carros coreanos da KIA e Yundai são mais bonitos) mais não compro carros baseado apenas nisto. Só espero que a mudança no cambio não torne o carro gastador, coisa que hoje não é…

  7. renato

    30 de dezembro de 2012 at 16:38

    vc ainda vai ter um corolla e se apaixonar pela toyoya

  8. wedson

    1 de janeiro de 2013 at 9:00

    NAO GOSTEI DESSA FRENTE

  9. Beck

    3 de janeiro de 2013 at 13:53

    Tenho um Corolla 2012/13 (meu primeiro) e gostei da projeção deste novo. Se eu puder, pretendo trocar o meu lá para meados de 2015 quando a garantia acabar. O carro atual é muito bom mesmo!

  10. MHO

    5 de janeiro de 2013 at 16:10

    Parece um CIVIC.

    • ALLAN

      6 de janeiro de 2013 at 12:33

      MAS BONITO DO QUE O CIVIC

  11. Gaspar

    8 de janeiro de 2013 at 2:52

    HORRÍVEL SIM, MAS SE QUER BELEZA COMPRA UM CRUZE OU UM CIVIC E SE ARREPENDA NA HORA DA VENDA OU DURANTE AS REVISÕES… TOYOTA NÃO DA MECÂNICA, NÃO SEI PORQUE MAS COROLLA E HILUX SÃO PAU PRA TODA OBRA…

  12. Gerli

    8 de janeiro de 2013 at 17:04

    O modelo de 2003 deu nova vida ao corolla. A partir dai, tudo q veio foram retoques. Mas em time q ta ganhando, não se mexe. A montadora em nao fazer grandes mudanças e os compradores em leva-lo pra casa por ser um ótimo carro. Tostines é mais gostoso de qualquer forma…

  13. Giggio

    9 de janeiro de 2013 at 16:46

    Conseguiram piorar o que era ruim, e ainda por copiaram a traseira no Civic atual…

  14. GuilhermeTUF98

    9 de janeiro de 2013 at 21:41

    achei bom,mas coloca o dedo em cima da parte da lanterna que fica na tampa do porta-malas,olha o que sobrou,fica igual ao Civic

  15. Alexcapile

    12 de janeiro de 2013 at 2:51

    Frente do Prius da propria toyota, traseira do Civic 2013 americano e volante idem. Como sempre a toyota copia partes de carros e lança como corolla. Nao duvido que va vender horrores no Brasil. Para um país que consome 25 mil unidades de Gol por mes, um Corolla desse esta de bom tamanho.

  16. manoel f bezerra

    12 de janeiro de 2013 at 11:45

    É um nome respeitado toyota ja possui dois corollas, pena que os modelos realmente não são muito bonitos mais são realmente muito bons

  17. carlos

    13 de janeiro de 2013 at 11:39

    estou pensando em comprar um corolla, pra colocar no taxi. como dizem q quase ñ dar mecanica, isso me enteressa mt! tenho amigos que tem corolla na praça, até agora só trocaram óleo e pastilha.

  18. Manuel

    14 de janeiro de 2013 at 0:21

    O Corolla tem um problema de curso da suspensão que faz um barulho de batida muito forte quando o amortecedor estica ao passar por uma lombada um pouco mais rápido.O 2.0 é muito pior nessa questão que o 1.8 .Acredito que a razão seja o fato de eles terem aumentado a altura do veiculo sem as devidas adaptações de engenharia , muitos veículos tem sua suspensão levantada ao ser fabricado no Brasil e esse problema não ocorre, vide Vectra, Marea , Focus .Civic etc.
    O 2.0 tem também um problema de direção boba em alta velocidade , provavelmente devido também a altura maior em uma suspensão projetada para andar mais baixa. Nos 1.8 com certeza(o 2.0 não sei) , o cambio AT
    na sua totalidade(quase) apresenta problema e precisa ser trocado um pouco antes dos 100.000 km.Tenho um 2.0 , o carro é gostoso mas tem esses problemas que a Toyota sabe , mas enquanto os proprietários não puserem a boca no trombone a Toyota não vai fazer nada.Enquanto a maioria somente elogiar a qualidades que realmente existem e não tiverem coragem para apontar também os problemas e cobrarem solução do fabricante,continuaremos engolindo porcarias.
    Para mim , o design tem importância secundária em relação ao problemas que citei.Quando sair o modelo novo vou fazer um teste driver e passar lombada normal a uns 25/30 km/h com no máximo 2 pessoas se o problema continuar , mesmo que design vier maravilhoso(o que duvido) vou descartar a Toyota de vez.

    • marcos romero

      20 de janeiro de 2013 at 2:18

      tenho um altis 2.0 AT 153cv e não tem nenhum dos problemas citados por vc meu caro..
      alias é o meu quarto corolla seguido e nunca tive que trocar nada a não ser na epoca do recall do tanquinho de combustivel feito pela toyota no modelo 2008 que não paguei nada e ainda acompanhei o serviço e dizer que estamos engolindo porcarias é uma piada em se tratando de corolla

      • juvena

        9 de fevereiro de 2013 at 15:21

        Estou no segundo corolla, sendo este ultimo um 2.0. No primeiro reclamei o tempo todo da acustica do carro, e nunca me foi dada uma solução aceitavel pela montadoura. No segundo, o 2.0, o problema continua, desde que saiu da loja. Fiz diversas reclamações à Toyota, e a resposta é sempre a mesma: o carro é fabricado dentro das especificações brasileiras, no que tange ao isolamento acustico. Tenho a impressão que os engenheiros da montadoura nunca testaram esse carro em estrada de asfalto poroso, áspero, irregular, etc, predominante em nossas estradas, de um modo geral. Vou aguarda esse novo lançamento para testar esse item do isolamento acustico. Se não melhorar, não vou repetir a experiencia pela terceira vez, não.

  19. Cleverson

    16 de janeiro de 2013 at 8:26

    Não acredito q alguem tenha achado esse carro feio , com certeza vai continuar lider , eu achei lindo!

  20. HUDSON

    17 de janeiro de 2013 at 17:18

    Sem graça e ridículo sou eu de não ter dinheiro para comprar um.

  21. andre

    20 de janeiro de 2013 at 17:11

    E mais uma vez vão continuar metendo um carro depenado, ultrapassado e com um motorzinho mais antigo que não sei ou que. Olhem o jetta TSI isto sim, é carro simples por fora, mas com um tremendo conjunto mecânico desde motor, embreagem, caixa, viva os mexicanos. Pena que pagamos o dobro que eles pagam, diga-se eles o resto do mundo e da América. Avante Brasirrr

  22. juvenal

    9 de fevereiro de 2013 at 15:35

    Não vou fazer nenhuma critica ao modelo apresentado, porque não é difinitivo. Acho que muita coisa ainda vai mudar, em função do tempo que falta para confecção do projeto. Mesmo assim, só espero que a Toyota busque, por meio de seu departamento de engenhartia, melhorar o isolamento acústico desse novo modelo previsto para 2014. Porque não copiar, pelo menos em parte, o que é feito no Canry, em termos de acústica na cabine do veículo?

  23. Andrade

    9 de fevereiro de 2013 at 15:46

    Espero que não seja este painel, pois o forte do Corolla é o painel com o luzes na côr ambar.

  24. cesar anacleto

    16 de outubro de 2013 at 22:12

    tenho 27 anos sou representante de uma empresa multi nacional e faz 4 anos que tenho corolla .é o carro que não da manutenção e ja tive todas as marcas de carro tudo uma bosta sempre quebrando que fala mau do corolla é por que não teve um ainda compra um que vc vai parar de gastar dinheiro em bosta de outros carros

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>