CARPLACE

SEDÃS MÉDIOS, resultados de maio: Conheça os mais vendidos por estados e regiões

Novo Civic na estrada - CARPLACE

Na semana passada o CARPLACE divulgou a análise de vendas dos sedãs médios em maio. Considerando que este é possivelmente o segmento mais competitivo do mercado brasileiro atualmente e que desperta grande interesse em nossos leitores, apresentamos agora os resultados do mês passado detalhados por estados e regiões.

Toyota Corolla 2013

ESTADOS
- 40% de tudo o que foi registrado de Honda Civic (4.509 unidades) no país ficou em São Paulo (1.805 unidades). Esta dependência de um único estado só não foi superior à do Mitsubishi Lancer, com 42,7% das 497 unidades emplacadas em SP;
- O pior desempenho do Toyota Corolla foi em Roraima, com apenas 1 emplacamento. Já o Civic registrou apenas 9 unidades no Amapá e no Tocantins;
- A maior diferença entre os líderes foi de 521 unidades a favor do Civic em São Paulo (1.805 x 1.284). A menor, por sua vez, foi registrada no Distrito Federal, com o Toyota à frente por apenas 2 unidades (187 x 185);
- 3º geral e na maioria dos estados, o Chevrolet Cruze (2.758) garantiu o 2º lugar em Santa Catarina (151); e
- Na disputa pela 4ª colocação o VW Jetta (1.539) derrotou o Renault Fluence (1.230) em 12 estados, perdeu em 11 e houve empate em outros 4 (Alagoas, Acre, Amazonas e Roraima).

Fluence Privilége

Outros destaques:
- Hyudai Elantra em 5º em São Paulo;
- Renault Fluence em 2º no Paraná e 3º em Santa Catarina;
- Fiat Linea em 3º em Pernambuco e 4ª na Bahia e no Ceará;
- Mitsubishi Lancer em 6º no Pará
- Nissan Sentra em 4º no Rio Grande do Norte; e
- Kia Cerato em 2º no Tocantins.

Hyundai Elantra

Mitsubishi Lancer

REGIÕES
- O Honda Civic assegurou a liderança geral, mas ficou atrás do Toyota Corolla (4.123 unidades) nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste;
- Tanto Civic (28,96%) quanto Corolla (31,83%) registraram suas maiores participações no segmento na região Norte;
- O Chevrolet Cruze figurou em 3º em todas as regiões e teve seu melhor resultado percentual no Sul (15,29%);
- 4º colocado geral, o Jetta só garantiu esta posição no Sudeste, sendo 5º no Sul, no Centro-Oeste e no Nordeste e 7º no Norte. O melhor desempenho veio do Sudeste, com 9,02% de participação;
- O Fluence, 5º geral, foi 4º no Sul e no Centro-Oeste, 6º no Nordeste e 11º no Norte. O Sul foi o responsável pela maior participação de mercado do modelo (13,62%);
- O maior equilíbrio foi registrado no Sul, onde nenhum dos cinco primeiros colocados ultrapassou 19% de participação e a diferença entre o 1ª e o 4º foi de apenas 198 unidades;
- Já a maior vantagem veio do Norte, onde os dois primeiros colocados (Corolla e Civic) registraram quase 60% do total emplacado;

Novo Jetta

Outros destaques:
- Peugeot 408 em 6º no Sul;
- JAC J5 em 9º no Centro-Oeste;
- Fiat Linea em 4º no Nordeste; e
- Mitsubishi Lancer em 6º no Norte.

Peugeot 408 Turbo

Confira os dados na tabela (clique para ver em melhor definição):

Tabela de Sedãs Médios - Maio de 2013

Por Thiago Parísio / Fonte: Fenabrave

Publicidade
Publicidade

48 comentários

  1. João

    22 de junho de 2012 at 18:08

    Gostei do equilibrio na região sul, talvez isto faça com que haja uma maior concorrência e, portanto, maior poder de negociação na hora da compra, será que isto se reflete nos preços efetivos de venda, alguém sabe os preços efetivos de civic e corolla na região sul comparativamente a região norte?

  2. Gabriel_Nint

    22 de junho de 2012 at 18:23

    Olha a diferença dos números de SP para o resto do país, é gritante.

    • RTS

      22 de junho de 2012 at 19:31

      É por isso que SPaulo está quase parando! Tem carros demais.

    • Brazuca

      22 de junho de 2012 at 19:52

      Olha a diferença da população de SP para a população dos outros estados, é gritante. SP tem mais de 40 milhões de habitantes, MG e RJ tem menos de 20 milhões e o PR mal tem 10 milhões.

      Convém lembrar que SP é um estado centralizador de recursos, já que a diretoria de quase todas as principais empresas do país está lá, assim como também é um polo educacional para pessoas de todo o país. Ou seja, a maior parte das riquezas que circulam em SP foram produzidas no resto do país, mas devido ao fato de São Paulo ser a cidade mais importante do país, acabam ficando por lá.

      Se eu fosse um megaempresário, moraria em São Paulo, mesmo que minha fonte de renda ficasse no interior de um município pouco populoso do Mato Grosso. É mais fácil gerir grandes volumes de capital quando se está próximo aos principais centros financeiros do país do que quando se está no fundo da roça.

      • heliofig

        23 de junho de 2012 at 9:22

        Eu preferiria ganhar dinheiro em SP e morar em MT.

        Vcs de SP não fazem idéia do que é o MT… Alta renda, sem trânsito, excelente qualidade de vida, segurança, mobilidade e internet e celular ótimos em qualquer cidade…

        Já trabalhei em empresa italiana em que os próprios italianos se surpreenderam com o grau de desenvolvimento da agricultura local (tratores com GPS). Eles achavam que iam encontrar um monte de campesinos colhendo a soja…

        • Brazuca

          24 de junho de 2012 at 9:28

          O problema é que a Bolsa de Valores e as sedes dos grandes bancos e das grandes empresas ficam em SP capital. Imagina você megaempresário, tendo que ir conversar com outro CEO para fechar uma aliança estratégica. Em SP, você pega o seu helicóptero, voa até a sede daquela empresa, e em alguns minutos você está lá conversando e acertando a parceria.

          Agora, o interior não é mais como há 20 anos atrás. Hoje, o interior é rico, tem ótimas conexões de transportes e comunicação, e serviços públicos e comerciais quase iguais ao das capitais. A qualidade de vida é excelente. Mas tem suas limitações.

        • ChalMust

          25 de junho de 2012 at 21:29

          Concordo …
          A turminha de SP acha que tem qualidade de vida …. gastam 2 a 3 hrs no transito ridiculo daquela cidade, pagam 400.000 num "apertamentozinho", gastam 100,00 pra comer numa churrascaria e fim de semana de calor se acumulam nas estradas em direção ao litoral …mas nao vao poder entrar na agua porque logicamente está poluida …aí no fim de semana vamos torcer junto com os manos pro Curintia …. cidade patética …

        • oleodecart

          28 de junho de 2012 at 15:31

          mas continua caipira

      • Alexandre

        23 de junho de 2012 at 22:10

        Pergunta rpo Valdívia o q ele acha de SP. Não obrigado e bom proveito.

    • Marcelo

      22 de junho de 2012 at 20:07

      é proporcional ao numero de habitantes….

      • heliofig

        23 de junho de 2012 at 9:11

        É proporcional ao número de concessionárias.

        Os carros que tiveram recordes em SP são os que tem poucas revendas no interior do Brasil, principalmente os casos da região Norte.

    • Landrutt

      22 de junho de 2012 at 20:14

      Claro, SP é o estado mais populoso do Brasil, concentrando mais de 40 milhões de pessoas. Ou você queria que o Rio Grande do Norte com seus pouco mais de 3 milhões de habitantes vendesse a mesma quantidade de carros que São Paulo?

    • LeoTorres

      25 de junho de 2012 at 11:06

      Compara a venda de carros de são paulo com as da capital chinesa então, nem pega carona =D

  3. ADILSON

    22 de junho de 2012 at 18:24

    Parabens CARPLACE pela materia,gostei muito…Segue uma sugestao,poderiam puplicar todo mês os resultados .valeuuuuuuu

  4. Sigma7

    22 de junho de 2012 at 18:29

    Não sei se isso ocorre com os demais modelos, mas o Corolla é cerca de R$ 1500,00 mais barato na Zona Franca de Manaus em comparação com SP/Sul/Sudeste, talvez esse seja o motivo das boas vendas no norte do país.

  5. brunocarros

    22 de junho de 2012 at 19:07

    Em Roraima não se vende carro? 16 sedãs médios emplacados '-'

    • Brazuca

      22 de junho de 2012 at 19:53

      O estado de Roraima mal tem 400.000 habitantes. São Paulo tem bairros mais populosos.

    • oleodecart

      28 de junho de 2012 at 15:32

      vende muita carroça.

  6. RockInsideMind

    22 de junho de 2012 at 19:39

    Excelente trabalho carplace,raio X completo da categoria no país.

    • Parisio_PE

      22 de junho de 2012 at 19:42

      Agradecemos pelo retorno positivo.

      Abraços,

      Thiago Parísio

      • heliofig

        23 de junho de 2012 at 9:15

        Concordo.

        Realmente muito boa a matéria.

  7. Carlos Dias

    22 de junho de 2012 at 20:08

    Por não ter um cambio automático como os demais o Linea está muito bem posicionado. A Fiat não está ajudando nada seu próprio produto. Tomara que chegue logo o Viaggio para ser tão desleal esta disputa.

    • Jeff_Brown

      23 de junho de 2012 at 1:47

      Nao sei se é a chegada da linha 2013, mas esse mês as vendas do Linea despencaram.
      O Jetta voltou a se distanciar do Fluence, no dia 20 de junho já tina vendido mais que o maio todo. Já o Linea, pouco mais de um terço do mes de maio.

  8. Barão

    22 de junho de 2012 at 20:35

    e o ACRE ? hauehauehuahea

  9. SOS mata atlantica

    22 de junho de 2012 at 21:43

    SP e onde estao as fabricas da toyota e da honda

    • Vando

      23 de junho de 2012 at 14:02

      A da TOYOTA quase pronta na rodovia Castelo Branco em Sorocaba.

      • Wellington_L

        24 de junho de 2012 at 12:56

        O colega deve lembrar-se ainda da já consolidada unidade fabril de Indaiatuba/SP (inaugurada no ano de 1998) – onde, desde a inauguração, é montado o modelo Corolla…

  10. Sergio

    22 de junho de 2012 at 22:07

    Que país desigual, o pequeno estado do Paraná 1609, comprar praticamente o mesmo tanto que o Grande estado de Minas Gerais 1676. Nordeste inteiro só 2398, no Norte tem que melhorar muito 663. Não fiz o calculo + em proporção está parecendo que no Paraná vende + até que São Paulo.

    • Anderson_94_10

      23 de junho de 2012 at 0:03

      eu sou paranaense, aqui é um estado pequeno, mas possui mais de 10 milhões de habitantes, e o povo daqui adora um carro médio.

      • Sergio

        23 de junho de 2012 at 0:42

        Legal o Paraná é maior do que eu pensava, mesmo assim Minas está fraco, si temos praticamente o dobro de habitantes que o seu estado e compramos quase o mesmo tanto…

        • Anderson_94_10

          23 de junho de 2012 at 23:06

          eu estou louco para ver o de pick ups médias, aqui no Paraná tem de mais!

    • luta4ever

      23 de junho de 2012 at 1:23

      Metade de minas é pobre, o Parana praticamente inteiro é produtivo, principalmente em produtos agrícolas.

    • Brazuca

      23 de junho de 2012 at 16:44

      O Paraná é um dos principais estados do Brasil. Lembre-se: o Brasil só é grande por causa de seus 26 estados. Se um deles se separar, mesmo que seja o Acre (que alguns acham que é só mato), o Brasil fica menor em tudo: em tamanho, população, economia, além de ficar mais pobre e mais fraco do ponto de vista das relações internacionais.

  11. Nasckar

    22 de junho de 2012 at 22:31

    As vendas em SP é proporcional ao Transito.

  12. Paulo_Freire

    22 de junho de 2012 at 22:40

    Realmente, muito interessante essa análise, sai do "feijão-com-arroz" que todo mundo faz, apoiado!

  13. power

    23 de junho de 2012 at 0:09

    PEUGEOT 408, PRA VENDER BASTA COLOCAR UM CAMBIO AUTOMATICO DE 6 M, AE SIM…
    SERIA UMA OTIMA RELAÇÃO CUSTO/BENEFICIO
    MAS A PEUGEOT É BURRA…

    • Wellington_L

      23 de junho de 2012 at 3:40

      Power…

      A versão Griffe THP possui câmbio automático de seis velocidades…

      • Paulo_Freire

        23 de junho de 2012 at 11:48

        Sim, a mais cara e menos vendida… ¬¬'

    • heliofig

      23 de junho de 2012 at 9:16

      Com o manual sendo vendido pelo preço de JAC J5, já está de bom tamanho…

  14. Gui_BR

    23 de junho de 2012 at 1:28

    wow PR vendendo bem mais carro q RS, por essa nao esperava

  15. eduardo

    23 de junho de 2012 at 8:56

    carplace gostaria de ver os mesmo dados proporcionamente para as pick-ups medias pois atualmente é um dos tipos de carros que mais se vende proporcionalmente aqui no nordeste em relação às outras regiões. Dificil você ver camioneta em São Paulo como você ver por aqui.

  16. D7V5

    23 de junho de 2012 at 13:57

    Esse é um bom exercício de informação, que a continuar poderá proporcionar uma visão mais abrangente do que é o Brasil e como nossas desiguais regiões lidam e consomem esse objeto de nossa paixão: o automóvel.
    Parabéns Thiago, parabéns Carplace.

  17. BlueGopher

    23 de junho de 2012 at 14:23

    Muito interessantes estes dados detalhados por regiões e estados.
    Iniciativa inovadora do Carplace, parabéns.
    Se possível, continuem publicando estas tabelas mensalmente!

  18. Rei do Civic 2012

    24 de junho de 2012 at 13:12

    Os caras ficam discutindo qual região é maior e/ou mais rica…vão a bosta…

  19. ESTIVADOR

    25 de junho de 2012 at 21:12

    muito interesante a segregação dos resultados por regioes

  20. rafael

    7 de dezembro de 2012 at 22:42

    corolla é carro do povo todo mundo tem , e taxista ama corolla

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>