Salão de Buenos Aires: Novo Citroën C4 Lounge chega em setembro

Novo Citroën C4 Lounge

A Citroën apresenta no Salão de Buenos Aires o novo Citroën C4 Lounge. Sucessor do C4 Pallas, o sedã recebe a nova identidade da marca e chegará recheado de tecnologia. Segundo executivos da marca, o novo sedã médio chega ao Brasil em setembro e começa a ser vendido em novembro.

Novo Citroën C4 Lounge

No Brasil, o novo C4 Lounge terá seis versões, com três tipos de acabamentos e opções de câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis marchas. Os motores serão o 1.6 THP, que rende 165cv de potência, e o 2.0 16v Flex com até 151 cv quando abastecido com etanol.

Novo Citroën C4 Lounge

Questionados pelo CARPLACE, executivos informaram que o C4 Lounge mira os líderes Corolla e Civic em termos de preço, o que nos leva a projetar valor próximo de R$ 63 mil para a versão de entrada. Já a versão topo de linha, equipada com motor 1.6 THP, dever chegar por cerca de R$ 76 mil.

Por: Fábio Trindade
De Buenos Aires, Argentina

Publicidade

38 Comments

  1. Gustavo73

    19 de junho de 2013 at 15:48

    Ou o preço do modelo básico está alto ou o modelo Top está baixo. Como colocar 6 versões em um intervalo de 13 mil reais. E levando em consideração seu irmão 408 acho que o modelo de entrada virá abaixo dos 60 mil, Senão a versão top ficará muito acima do 408 THP.

    • LuizP

      19 de junho de 2013 at 23:14

      Isso mesmo, Gustavo. De acordo com seu comentário. Pode estar certo que vai ficar entre 59.900 – 83.900.
      Aí continuará vendendo abaixo de mil unidades. Por que? Porque todo mundo pensa que são melhores do que o Civic e Corolla e acham que, por isso, podem cobrar os mesmos preços deles. Não podem. Tem que cobrar abaixo, senão não emplacam. Veja o caso do Lancer. Ah, porque é melhor; Ah, porque tem 9 air bags; Ah, porque é isso, é aquilo. Resultado: Vende 600 unidades – uns 12% do que o Civic vende.

      • Renato

        20 de junho de 2013 at 12:11

        tenho um c4 e não penso que ele é mehor que o civic ou corola…eu tenho certeza.

        • LuizP

          21 de junho de 2013 at 0:20

          Renato, eu não duvido disso. Disse que, pensando assim (que são melhores que os líderes), mesmo que corresponda à realidade, não podem cobrar o mesmo que eles. Quem não é líder tem que oferecer mais vantagens para se aproximar dos líderes. Outra coisa que tem que fazer é tentar modificar a má fama com melhorias consideráveis e visíveis para que todos falem bem e motivem outros a comprar. Outra coisa é a primeira impressão que fica. Todo mundo sabe a fama das francesas, então não basta ser melhor. Tem que ser melhor, cobrar menos, não arrancar o coro nas revisões etc…. Se você inventar uma palha de aço melhor que a da Bom Brio terá que vender abaixo do preço dela, quer queira, quer não. Senão não vende.

          • LuizP

            21 de junho de 2013 at 0:21

            Só corrigindo: Bombril.

          • Brito

            21 de junho de 2013 at 19:13

            Concordo, LuizP e Renato…

    • Fernando

      20 de junho de 2013 at 8:21

      Talvez o preço vai variar nos kits de opcionais? Poe uma central multimidia aqui, couro ali, teto solar, air bags adicionais…

  2. KTA

    19 de junho de 2013 at 15:49

    Já estava mais do que na hora de atualizar esse carro. Mas com tantas opções no mercado como New Civic, New Corolla, Cruze, Fluence (pisou na bola em não atualizar o visual dianteiro), Jetta, New Focus, 408, etc., etc., etc., será mais um coadjuvante no mercado.

    • filipecesar92

      19 de junho de 2013 at 15:54

      O problema que todos os lançamentos, sempre aumentam o preço.

      • Pedro_Rocha

        20 de junho de 2013 at 12:43

        No caso dos franceses é só esperar 6 meses que o preço fica "normal". Se esperar mais de 1 ano vira pechincha iguao ao 508.

  3. Nelson

    19 de junho de 2013 at 16:12

    Muito belo o visual do C4l

  4. PerobaC

    19 de junho de 2013 at 16:21

    Ficou mais sinuoso, mas manteve o ar conservador.
    Mas tenho a leve impressão de que não vingará, porque se seu irmão 408, que tem proposta interessante, uma frente mais bonita, não embala, o C4 Lounge não é muito diferente também estará fadado ao mesmo caminho.
    Uma pena, porque esses carros tem vindo com perfumarias interessantes.

    • dougals

      19 de junho de 2013 at 16:46

      O 408 já teve seu lançamento morto, vejamos,

      o Carro é bonito, equipado muito mais que a maioria de seus concorrentes, têm preço atrativo, manutenção na médias, mas..oque aconteceu que não vingou??
      Bom, como se trata de um Sedam Médio, o consumidor que o compra está na faixa dos 65-75mil reais, nessa faixa de preço o consumidor se preocupa 1° confiabilidade na marca, 2° manutenção, 3° comforto/ consumo, prazer em dirigir. Bom analisamos o 1° e o 2° item, nem todos se preocupam com a marca, ou manutenção, se pegarmos as 4 grandes, depois incluirmos Renault, Toyota, Honda, Peugeot, Cytroen , Hyundai, Kia estão tudo no mesmo barco, umas com o Pós venda mais atencioso e com melhor pacote de manutenção, outra com mais propaganda, mas em termos de qualidade dos produtos estão muitos proximos, o grande culpado ainda é o preconceito sobre as marcas ,ocasionando a baixa procura e a alta desvalorização, outro ponto importante nessa faixa de preço, é que a maioria dos veiculos são vendido como cambio automático, o comprador é exigente, ele quer carro automático, e se o cambio não ajuda, não vende, vide 408 novamente, o C4 Lounge já vem com o diferencial do cambio AT5marcha, mais vistoso, e consequentemente de melhor desempenho, e se o preço for de acordo com os opcionais, acredito que venderá melhor que a versão passada, e se conseguirmos quebrar o preconceito do carro turbo, a versão THP, entre 70-80mil, estará muito atrativa. gostei do carro espero que seja um sucesso, e provavelmente será meu proximo carro, mas claro….vou de seminovo..esperar um pouco, deixar cair a primeira desvalorização, pq carro zero aqui no Brasil….jamais

      • Pedro_Rocha

        20 de junho de 2013 at 12:44

        O câmbio manual vai ter 5 marchas, mas o automático vai ter 6.

    • Jetson

      19 de junho de 2013 at 18:04

      concordo,,,,tb acho q não vingará. Eu nem entro no mérito técnico ou mecânico do carro, que não deve ser ruim. Mas o que tenho observado nos úlitmos anos é que os designs de carros franceses no Brasil não têm tido sucesso, salvo um ou outro carrinho popular extremamente espartano, cujo público alvo é em geral pessoas de baixa renda ou frotistas. Tomara que eu esteja enganado.

  5. Diggo

    19 de junho de 2013 at 16:41

    Só mantêm ainda este motor 2.0 por causa dos consumidores mais tradicionais (leia-se ignorantes), pois a maioria pensa que só motor 2.0 que anda, nem sabem que existe tecnologias novas que se sobressaem a cilindrada.

  6. STEVENHENRIQUE

    19 de junho de 2013 at 17:20

    Mais bonito que o Civic,tô gostando de ver hein! Citrôen,tá muito bonitos seus carros principalmente a nova C4 Picasso,sobre o C4,até que tá um pouco barato comparado ao Civic que na versão de entrada manual tá R$66,890 (preço verdadeiro) ou seja uma diferença de 3 mil reais por ai.

  7. mala

    19 de junho de 2013 at 17:42

    pelo menos o painel é mais bonito do que o novo corolla

  8. canino_preto

    19 de junho de 2013 at 18:18

    Não venderá nada por 63 K na vesão de entrada…o preço rapidinho cairá pra 59K e se consolidará, 6 meses depois, em 55K…as completas sempre serão caríssimas e com péssimo custo benefício. Esperemos, pacientemente, baixar o preço…o carro é muito belo, o que não é nenhuma novidade tratando-se do design Citroen.

  9. Bruno PR

    19 de junho de 2013 at 18:31

    C4 Lounge é um carro muito interessante, mas o mercado brasileiro é um tanto quanto ignorante frente a outras opções como Fluence, 408, Lancer, etc, que são veículos tão bons quanto, e ainda oferecem mimos e qualidades que o jurássico Corolla e o conservador Civic não oferecem, única crítica que tenho a fazer para este lançamento da Citroen é a remoção do volante de cubo fixo, solução ousada que dava personalidade própria ao interior do veículo.

    • Pedro_Rocha

      20 de junho de 2013 at 12:45

      O que que Corolla e Civic têm que o C4 Pallas não tem? Câmbio automático que funcione. Só isso.

  10. Nivaldo

    19 de junho de 2013 at 18:38

    Olha pelo que li mais um para empacar
    Os caras não se emendam(fabricante), essa de jogar preço comparando os japas é suicídio
    pois ele ja carrega uma fa de ruim de comercio e de custo de revisão
    se jogassem com um preço competitivo abaixo de 60K, seria matador

    • LuizP

      19 de junho de 2013 at 23:28

      Concordo com vc, Nivaldo. A dupla Toyota/Honda ainda é imbatível. Tenho a impressão que vão continuar por mais alguns anos. Uma coisa que ninguém comenta é o assoalho plano que só o Civic tinha e agora o Corolla também tem. Para os ocupantes do banco traseiro é excelente, mas ninguém mais faz. Por que? Nos últimos cinco anos chegaram vários modelos com pretensão de destrona-los: Jetta, Cruze, Fluence e o próprio C4, mas, só o Cruze chegou perto. O resto…..

  11. Cristiano_RJ

    19 de junho de 2013 at 18:53

    Finalmente a Citroën acertou no design do C4 sedan; perdeu aquele jeitão de barca do Pallas, ficou mais jovial… Por dentro, sai aquele painel digital central amarelado H-O-RR-O-R-O-SO e entra um mais elegante, similar à do DS4. Falando em DS4, o interior me pareceu exatamente o mesmo. Não sei quanto à qualidade de materiais, mas mesmo sendo de uma proposta completamente diferente (sedan familiar x hatch com jeitão de coupé), ficará difícil para a Citroën justificar os R$ 100 mil pedidos pelo seu hatch médio premium se o Lounge THP vier mesmo a menos de R$ 80 mil.

  12. cebolafrita

    19 de junho de 2013 at 21:49

    Esse aí é o pior investimento, paga-se 70 mil e no intervalo de 3 anos com muito custo te pagarão 37/40 mil… realmente carro é um meio de transporte ( para ficar na garagem por 6 ou 7 anos ou até uns 150 mil rodados ), bem longe de ser um bom negócio.

  13. negaopontocom

    19 de junho de 2013 at 22:11

    É impressão minha ou o cambio é o mesmo tiptronic AL4 problemático dos 307?

    • Samuka

      20 de junho de 2013 at 9:45

      Esse câmbio de 4 velocidades já foi aposentado pela PSA, agora ele conta com 6 velocidades.

  14. Vergonha de ser BR

    19 de junho de 2013 at 22:40

    Espero que seja um sucesso de vendas, mas infelizmente é MUITO CARRO para consumidor ignorante e preconceituoso que nem o brasileiro. Se fosse uma carroça das quatro grandes ou um japa que só tem nome, mas é tão pelado quanto os da quatros G, seria um sucesso. Mas infelizmente aqui, neste país, só vende carro feio, sem acabamento e com motor de ferro.

  15. mdscom

    19 de junho de 2013 at 23:33

    Muito lindo o carro, design digno de francês, linhas bem acertadas e harmoniosas. Certamente vai ser um dos sedans mais bonitos vendidos por aqui.

  16. BrunoMulsane

    20 de junho de 2013 at 0:19

    Depois do novo focus, ficará dificil a escolha. Pois o ford será recheado, hiper moderno por dentro e fora e terá motor 2.0 acima de 160cv. E a multilynk, ninguém tem.

    • Tadeu Gouveia

      20 de junho de 2013 at 15:18

      eu torço para q isso aconteça, mas duvido…
      Fusion 2.5 flex, com etanol rende 173cv
      Pq fariam um 2.0 flex com 165cv por exemplo?!?!?!
      Mas sem dúvida, em termos tecnológicos o Focus vai deitar e rolar, ainda mais se calarem minha boca (eu gostaria) com um 2.0 16v e 161cv q fosse…. pena q só vai vender civic e corolla, mesmo que os outros (cruze, focus, c4…) custassem 55k manual e 60k automático.

  17. Paulo_Gustavo

    20 de junho de 2013 at 2:46

    Com esse visual sem personalidade alguma, por esse preço e com a fama das marcas francesas, vai ser difícil emplacar. Será mero coadjuvante! Tinha que ter um excelente custo/benefício e mto investimento no pós venda pra emplacar!

  18. LUIZ MS

    22 de junho de 2013 at 13:29

    Realmente é um belo carro, e me interessou. Mas, penso como muitos aqui. Competir com os japoneses ainda não dá. Cruze e Focus também são páreo duro. Se a Citroen usar a tática " mais por menos" ganhará em escala e uma boa fatia do mercado.

  19. Derciel S

    23 de junho de 2013 at 14:49

    Estive na feira de autmóveis na Rural em Buenos Aires antes de ontem… tenho um C4 Pallas e o C4 Lounge vai ser meu próximo carro.

  20. Cloves Fernandes

    18 de julho de 2013 at 16:01

    Alguns anos atrás adquiri um C4 Pallas, gostei muito, atualmente estou bem interessado no novo modelo, mas o preço está causando desanimo, pois, se não emplacar acabará sendo vendido por preço menor e daí encarar um prejuízo só por ser lançamento, é motivo para pensar e pensar muito.

  21. Thiago B F

    11 de agosto de 2013 at 18:38

    Carro muito bonito!!! mas infelizmente perdeu o glamour e imponência do C4 Pallas, o que era um diferencial entre os concorrentes. O interior também perdeu, já que não apresenta mais o cubo fixo e todos os comandos e informações eletrônicas no painel e além disso o espaço interno e porta-malas não são mais os mesmos. Por mais que existam opiniões contrárias, o Pallas não é para jovens e sim para tiozões mesmo (parece carro de presidente!!!!). Inclusive, pelo tamanho, remete a categorias de automóveis superiores.

  22. Alessandra S.Q.

    6 de novembro de 2013 at 23:28

    Fiz um teste drive,o carro e tudo,lindo por fora perfeito por dentro,os bancos nao escorregam,ele acomoda bem,os bancos de trás tem inclininacao de 29 graus,tornando a viagem super confortável para os passageiros.na estrada vc nem sente passar as marchas,tudo muito macio e confortável ,se for verdade sobre a economia,vou emplacar no lounge mesmo.carro moderno e com pegada esportiva.andei no turbo top de linha ameeei.
    Tenho um c4 PALlas,nao vejo a hora de trocar pelo lounge…..

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>