Salão Duas Rodas: Suzuki confirma lançamento da Inazuma 250

suzuki-inazuma-250 12

O Salão Duas Rodas vai acontecer entre 08 e 13 de outubro. Mas a Suzuki se antecipa e acaba de divulgar que a Inazuma 250 será lançada durante o evento. O modelo irá competir com as motocicletas de 250 até 300 cilindradas.

suzuki-inazuma-250 14

Esta motocicleta possui farol, sinaleiras laterais e para-lamas com inspiração na B-King, enquanto sua carenagem e escapamento são praticamente iguais aos da GS500.

suzuki-inazuma-250 9

A Inazuma 250 é equipada com motor bicilíndrico de 248 cilindradas e sistema de injeção eletrônica associado a transmissão de seis velocidades com engrenagem constante. A potência é de 24,4 cv a 8.500 rpm e o torque máximo é de 2,47 kgfm a 7.000 rpm.

2007_MT_03RIG_ 028

Enfrentando concorrentes de peso como a Honda CB 300R, Yamaha Fazer 250, Dafra 250 e Kasinski Comet 250, a Inazuma 250 vai ter que oferecer muito, além do seu design. A marca não divulgou a ficha técnica do modelo e nem os preços, mas levando em conta a concorrência, seu valor deverá ficar próximo dos R$ 12 mil.

 

Publicidade

35 Comments

  1. kitokar

    5 de setembro de 2013 at 14:35

    Tudo indica que esse modelo vai ser construido com a mesma qualidade que a Suzuki faz as suas melhores máquinas (de grande cilindrada) e esse é um diferencial e tanto nesse segmento. Ótima opção, sem dúvida!

    • V8_sempre

      5 de setembro de 2013 at 20:31

      Eu tenho uma YES em casa… Que nem é SUZUKI, na verdade… Olha…. 4 anos rodando 20 km por dia… Mas nem limpeza de carburador precisei fazer…

      Só fico imaginando como seria essas "originais" aí… heheh

      • V8_sempre

        5 de setembro de 2013 at 20:31

        Curiosidade… Sabem o que nem lembro de ter visto no Japão ? Moto HONDA ! heheh

        • kitokar

          6 de setembro de 2013 at 10:23

          Sabe porquê? Tanto lá como cá a Suzuki não dá absolutamente nenhuma manutenção!

  2. Marcus

    5 de setembro de 2013 at 15:16

    Até que enfim. É uma bela moto, porém é tanta enrolação pra trazer pro BR que já vai chegar "cansada" ao olho do público.

  3. Victor_jvb

    5 de setembro de 2013 at 15:32

    Difícil entender como essa bicilíndrica tem menos potencia que uma monocilindrica, ela com apenas 24 cv, tem a mesma potencia da next 250 que é mono, a cb tem 26cv e tambem é mono, lembro da kawasaki 250 e a comet 250 que e rendem mais de 30cv, hj a kawasaki 300 tem quase 40 cv, estranho esse motor Susuki… vai ter que ter um preço muito bom para vender.

    • Pil

      5 de setembro de 2013 at 16:27

      Nem sempre mais cv se traduz em melhor desempenho no dia a dia, pode ser que esses cv a mais só acordem em altas rotações o que não reflete o uso urbano, por exemplo.

      Eu prefiro uma bicilindrica do que uma mono, pois de cara vibra menos (a não ser que tenham feito uma porcaria de motor).

      Também imagino que vá ter muito torque em baixa, o que também deixa a tocada agradável.

      Estou apostando numa moto econômica, silenciosa e macia.

      Chega da ditadura da Honda e seus preços abusivos.

      • MVN

        6 de setembro de 2013 at 10:39

        Pil, li que terá 2,24 kgf.m…

    • kitokar

      5 de setembro de 2013 at 18:03

      Não pode só olhar a cavalaria. Preste atenção também nos números do torque e vai descobrir o segredo.
      Esse motor é muito bom!

      • Victor_jvb

        5 de setembro de 2013 at 19:22

        O torque dela também é baixo, comparado com a concorrência, quase se comparado ao da fazer 250 que é mais fraca da categoria em números.

        • emerson_ss

          6 de setembro de 2013 at 9:29

          número sozinho não diz tudo, precisa ver a 'curva' desse torque.

        • Pil

          6 de setembro de 2013 at 9:34

          A Fazer tem 2,1 kg, Honda 300 tem 2,8 kg, então o da Suzuki, 2,47 kg, está bom. O que enfatizo é a partir de que giros isso aparece, num dois clindros, em teoria, aparece antes e facilita uma condução mais agradável.

          Tomara que custe 9 mil reais, pra por fogo nessa faixa de mercado.

    • Luis Henrique

      14 de setembro de 2013 at 20:57

      O fato de se bicilindrica não quer dizer que vai ter mais cavalaria, e sim mais torque. Proporciona dirigibilidade mais suave, menos vibração, rotação com nominais mais baixas e pode ser até mais economica .

  4. Paullo_Oliveira

    5 de setembro de 2013 at 17:42

    rabeta de moto suzuki , 96% é totalmente sem graça

  5. Ancelmo Henrique

    5 de setembro de 2013 at 19:16

    Com um bicilindrico a potencia deveria ser maior assim como a ninjinha (11.000rpm)…

  6. YoOdEx

    5 de setembro de 2013 at 22:26

    Eu tenho vontade de comprar uma moto para o ano que vem.. Tenho carteira mas não tenho pratica nenhuma.. Queria comprar uma moto pra aprender mesmo… Estou pensando na CB300 para começar, para então partir para uma moto maior com o tempo. Pensei na CB por ter um motor mais forte e pela revenda mais fácil, afinal, não pretendo ficar muito tempo.

    • @Delei82

      9 de setembro de 2013 at 12:51

      cara se quer uma moto robusta, confiável, estável e agradável para pilotar, compre uma Fazer 250, se escolher a cb300 (motor de papel) vai se arrepender…

  7. Felipe K

    5 de setembro de 2013 at 23:08

    Tá facinho ganhar cavalaria… só tirar aquele catalizador ali de baixo e botar um cano no lugar. Mesmo sem catalizador vai poluir muito menos que estas carburadas que ainda tem aos montes.

    • Pil

      6 de setembro de 2013 at 9:27

      Tomara que você seja pego, sua moto guinchada e sua carta cassada.

  8. JoaoPauloGT

    5 de setembro de 2013 at 23:52

    Que maravilha, uma bicilíndrica pelo preço das mono, além de ser linda.

    • ale

      8 de setembro de 2013 at 12:56

      Bicilindrica pelo preço de mono,potencia de mono e e peso de tetracindrica,QUE MARAVILHA?! iria fazer o maior sucesso nos anos 80.

      • JoaoPauloGT

        8 de setembro de 2013 at 22:58

        Estava falando da beleza e o ronco de uma bicilíndrica é muito mais bonito que uma mono.
        O peso é um pouco maior que as outras da categoria, mas isso é normal para as nakeds da Suzuki, pelo menos para as menos sofisticadas.

  9. Elias

    6 de setembro de 2013 at 14:55

    essa moto é linda! design sem exageros aparenta algo entre a b-king e a Bandit, se vier com a mesma qualidade de sempre das outras suzuki com certeza será minha moto em 2014.

  10. @Delei82

    9 de setembro de 2013 at 12:55

    Se vier com a mesma qualidade de construção das motos medias e grandes da suzuki, vai brigar p/ ser o melhor custo-beneficio da categoria
    Tenho uma V-strom com 4.000km rodados, nao precisou nem de ajusta de corrente de transmissão ainda, nem regular válvulas e muito menos ABRIR O MOTOR (trauma na minha ex XRE 300)

  11. melqui

    10 de setembro de 2013 at 19:31

    n é tão potente mais ao menos é bonita.

  12. Daniel

    12 de setembro de 2013 at 4:10

    Duvida cruel… Essa ou a Fazer blue flex? Uma das duas vai ser minha ano q vem!

  13. Sandro

    23 de setembro de 2013 at 10:53

    Eu tenho uma ninja 250 e acho horrível para andar na cidade… Moto cansativa… Minha fazer era muito melhor e só tinha 19 cv… Portanto esse negócio de cavalaria não resolve nada…..

  14. silvio

    24 de setembro de 2013 at 17:42

    Ja pensando em vender minha atual moto, pra comprar uma, muito linda e como ja tive uma suzuki antes que por 5 anos nunca deu um problema

  15. samuel

    19 de outubro de 2013 at 22:21

    ai pessoal to saindo da honda e to indo pra suzuki ,acho que nunca mas vou trocar de marca

    • Eli

      23 de outubro de 2013 at 22:44

      É isso aí, enrola o cabo e seja feliz?

      • Eli

        23 de outubro de 2013 at 22:45

        É isso aí! Vai fundo (enrola o cabo e seja feliz!)

  16. alfredo

    11 de novembro de 2013 at 16:12

    aqui aonde moro, só da para comprar a fazer e cb 300 se for para presentear o ladrão, eles sim são verdadeiros apaixonados por estas marcas e os seguros nem aceitam mais por aqui, só queria saber se a moto virá este ano mesmo, porque já estava prometida para o ano passado e foi uma grande decepção das concecionárias neste ano de 2013 ela não ter vindo, pois la fora já tem a mais de dois anos. agora verdade seja dita a marca é boa. ja tive três modelos diferentes e andei por mais de quatro anos com uma delas e nunca fiz nada além do óleo pneu, filtro e apenas 1 relação. tudo baratinho. na honda é mais baratinho ainda, principalmente se fizer amizade com o ladrão que te roubou a última vez. que venha a inazuma, seja bem vinda, mais venha!!!!!

  17. danilo

    26 de fevereiro de 2014 at 23:23

    Tô empolgado para trocar de moto , tenho uma Bros 09 que dou um pau danado e não me deixa na mão, mesmo assim já ta cansada . Estou aguardando essa Crosser da Yamaha e a Inazuma , para me decidir se fico nas 150 ou subo pra 250 , e mesmo sendo fã da Honda percebo que meus amigos que tem Honda de 2011 para cá , tá tendo muito problema com assaltos e vazamentos na junta do cabeçote , já quem tem Yamaha e Suzuki não reclamam. A manutenção é cara (nas autorizadas ) e peças não são tão fáceis de achar , porem rodam 4 ou 5 anos somente trocando kit ,óleo e pneus. Vou ter que dá o braço a torcer e esquecer a "líder ' em dor de cabeças .

  18. jose n. silva

    27 de fevereiro de 2014 at 21:39

    aguado a chegada da intruder 250, a esperança e a ultima que more.

  19. Elieser de Freitas

    7 de março de 2014 at 19:56

    Se faz necessário, que os fabricantes de motos pensem nos baixinhos. Adquiri recentemente uma Bros 150, mas apesar de ser uma excelente moto, quanto macia e econômica, mas para equilibra-la me comporto como bailarina nas pontas dos pés. Busquei alternativa na Honda montei na CB 300 e Cbr 250, também na Fazer da Yamarra tive o mesmo problema da altura… Busquei alternativa na internet e encontrei a Kasinsk Miragem 250cc em São Paulo, baixa e confortável, pena, me parece que saíram de linha, e hoje ao ver uma Suzuki de grande porte cumprida porém baixa e assim vim pesquisar aqui…

    Elieser Freitas

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>