Oficial: Fórmula Indy na China em 2012

F-Indy2011_01

A China se tornou um mercado enorme, não apenas para as montadoras, mas para todos os tipos de empresas americanas. E isto inclui os patrocinadores envolvidos com a série de corridas como a Fórmula Indy. Quando os patrocinadores da IndyCar disseram que queriam ver corridas na China, os organizadores entraram em ação. Como resultado, o IZOD IndyCar Series visitará na próxima temporada a segunda maior economia do mundo.

A corrida será em 19 de agosto, 2012, nas ruas de Qingdao, cidade litorânea no Mar Amarelo situado entre Pequim e Xangai. Conhecida como a Suíça chinesa, devido à sua histórica influência alemã e francesa, Qingdao hospedou as competições de vela para nos jogos olímpicos de 2008. Até o local definitivo ser construído, a corrida será realizada em um circuito de rua temporário com 3,87 Km. Ela vai substituir a corrida em Motegi, no Japão: a única corrida na Ásia realizada por uma grande série open-wheel americana (CART, Champ Car ou IRL).

Fórmula Indy na China

As corridas restantes do calendário do próximo ano serão como sempre concentradas nos Estados Unidos, exceto São Paulo, Brasil, e Toronto e Edmonton no Canadá. A novidade coincide com o surgimento este ano de Ho-Pin Tung como o primeiro piloto chinês nesta modalidade de corrida americana, o que deve tornar a prova de Qingdao ainda mais atraente para os fãs locais.

Fonte: Indycar divulgação

Publicidade

8 Comments

  1. FabioRuimDeRoda

    14 de novembro de 2011 at 11:07

    É impossível falar de automobilismo sem colocar a China na pauta.

    • Leandro1978

      14 de novembro de 2011 at 11:46

      Eles vão pela grana, assim como a F1. Aliás, o sonho da F1 é fazer sucesso nos EUA, local dominado pela Nascar.

      • FabioRuimDeRoda

        14 de novembro de 2011 at 13:37

        Sim pela grana, mas vão expor patrocinadores, marcas, movimentar negócios.
        A China é um gigante. Imagine se vc fabricasse qq coisa pra carro. Não ia querer anunciar lá?

        As corridas mechem com as pessoas. Você olha para os adesivos do carro vencedor e pensa: puxa, vou usar esse pneu também. O fato é que lá tem milhares de milhões de compradores.

        • Leandro1978

          14 de novembro de 2011 at 13:59

          É como muitos dizem, automobilismo deixou de ser esporte para ser negócio há muito tempo. Tanto que hoje, a F1 já saiu de países tradicionais, como a França, há quase uma década e dificilmente voltará. Aliás, o Brasil que se cuide, principalmente, principalmente nesta safra de pilotos medíocres, pois se perder o seu GP de F1, dificilmente voltará a tê-lo.

          • FabioRuimDeRoda

            14 de novembro de 2011 at 14:15

            Falando de pilotos medíocres, acho que não faremos um campeão de F1 nos próximos 10 anos.

          • Leandro1978

            14 de novembro de 2011 at 14:23

            O problema é o kart, está muito fraco. Se a CBA não fizer nada, dificilmente voltaremos a ter bons pilotos.

          • FabioRuimDeRoda

            14 de novembro de 2011 at 16:03

            Aqui no Rio o kart tá uma vergonha. Nem o kartódromo, que já era um lixo, tem mais (ou pelo menos eu não sei pra onde foi).

            O problema que o Brasil só gasta $$ com futebol e diga-se de passagem, a seleção não faz nada de bom já faz tempo. Enquanto isso, TODOS outros esportes passam por dificuldades.

            Piloto, garanto que temos. Mas patrocinadores, investimnetos, etc, nada !

  2. Matheus_P

    15 de novembro de 2011 at 12:13

    Soh imagino a China daqui uns 15 anos… Como crescem em todos os aspectos…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>