Novo Peugeot 3008 2010 – Divulgadas fotos e detalhes oficiais do crossover

A Peugeot divulgou nesta quarta-feira (14), o seu novo modelo: o Peugeot 3008 2010. Segundo a marca, o carro é o resultado da mistura entre vários veículos existentes: um SUV, um MPV e hatchback. Veja as fotos oficiais e mais detalhes.

A marca destaca que o Peugeot 3008 2010 traz uma série de tecnologias novas e originais, como por exemplo, os sistemas Dynamic Roll Control e Grip Control, os quais permitem combinar especificações frequentemente consideradas incompatíveis a modelos deste porte (prazer de condução dentro de um veículo “alto” , melhor tração e ao mesmo tempo a ser ecologicamente correto).

Visualmente, o Peugeot 3008 já segue a nova identidade visual da marca, com a grade dianteira com formato trapzoidal em substituição à grande entrada de ar parecida com uma boca de alguns modelos da marca. Na parte traseira, as lanternas possuem desenho irregular que avançam sobre as laterais.

A gama de motores do Peugeot 3008 é a seguinte:

Diesel:
1.6 litros HDi FAP (110 cv) com transmissão de 6 velocidades manual
1.6 litros HDi FAP (110 cv) com transmissão de 6 velocidades manual eletronicamente controlada
2.0 litros HDi FAP (150 cv) com transmissão de 6 velocidades manual
2.0 litros HDi FAP (163 cv) com transmissão de 6 velocidades automática

Gasolina:
1.6 litros VTi (120 cv) com transmissão de 5 velocidades manual
1.6 litros THP (150 cv) com transmissão de 6 velocidades manual

Em 2011, o Peugeot 3008 será o primeiro veículo do Grupo PSA Peugeot Citroën a contar com a tecnologia HYbrid4, apresentada no carro conceito Prologue HYbrid4 no Salão do Automóvel de Paris de 2008.

Compare Preços de: Peugeot 307, VW Touareg, Porsche Cayenne, Hyundai Tucson, Hyundai Santa Fé, BMW X3, BMW X5, Toyota Hillux SW4, Ford Explorer, Nissan Murano, Infiniti FX45, Mercedes ML 500, Mitsubish Pajero, Land Rover

Publicidade

41 Comments

  1. fabricio

    14 de janeiro de 2009 at 16:56

    coisa bonita de mais só pedia ser peugeot mesmo.

  2. andre

    14 de janeiro de 2009 at 16:58

    gostei muito do interior,lindo painel…mas exteriormente não é lá essas coisas, principalmente a traseira,talvez pelo formato incomum das laternas…

  3. Gregori/RS

    14 de janeiro de 2009 at 17:30

    Diferente! O console aparenta ser fabuloso! Agora tem mais essa tendência das montadoras de misturar vários conceitos num carro só. Sedan com SUV, Crossover com perua, SUV com hatch e offroad….Alguns anos atrás eram três ou quatro tipos bem definidos, hoje tem uma dezena e muitas vezes não se consegue distinguir a qual categoria pertence o carro. Não que isso seja ruim,apenas confunde um pouco.

  4. Marcos Paulo

    14 de janeiro de 2009 at 17:40

    O interior é fantastico! O exterior é interessante, parece ser o tipico caso q ao vivo deve ser mt mais interessante q por fotos.

  5. Thales

    14 de janeiro de 2009 at 17:46

    Horrível, ninguém conhece a frase, “menos é mais”?

  6. Rah Viana

    14 de janeiro de 2009 at 18:23

    Será a terceira vez q eu emito uma opinião a respeito desse carro, na primeira vez eu tinha gostado, na segunda pelas imagens não tinha curtido algunas detalhes do carro, mas agora eu achei lindo, sobretudo o interior do carro q está show remetendo vagamente aos carros da Audi.
    Agora muadndo um pouco de assunto e falando de um outro carro da marca, o 308 não virá para o Brasil esse ano?? Alguém sabe alguma coisa sobre isso?

    Abraços a equipe Carplace e a todos.
    PS: me desculpem pelo off.topic

  7. LOBATO midbr.com.br

    14 de janeiro de 2009 at 18:53

    Projeto sensacional, com design que leva o DNA da Peugeot, sempre apresentando muito bom gosto em seus produtos. Unico porém para motorização: 1.6, máximo de 150cv? acho que não vai empolgar…

  8. Pato Preto

    14 de janeiro de 2009 at 19:16

    Admito não ser fã dos carros da Peugeot. Esteticamente são bonitos e chamam a atenção, mas beleza não é tudo. Gostei do 3008 e a proposta de motorização me chamou a atenção. Creio que fará sucesso na Europa, no Brasil só o futuro dirá. Vamos aguardar.

  9. Xandi

    14 de janeiro de 2009 at 19:25

    Poxa, vc achou pouco 1.6 150cv?
    O que não gostei foram esses farois.

  10. James Moldocvick

    14 de janeiro de 2009 at 19:42

    Pra mim parece aquele tipico caso em que o carro é construído de dentro pra fora.Belo painel,bem parecido com os Audi.Eu não achei o 3008 o carro mais bonito da Peugeot não,e espero sinceramente que essa não seja a diretriz da nova identidade visual da marca como foi mensionado na reportagem,pq essa grade(ou boca)nova ta medonha..(minha opinião apenas).Abç

  11. Emerson Lima, Garanhuns - PE

    14 de janeiro de 2009 at 21:37

    Gostei do carro, mesmo com suas estranhas lanternas. Mas sempre lembro do Fusca e seu indefectível (!) put*-que-pariu (era este o nome, vim saber dia desses…)que ficava acima do pora-luvas qdo vejo aquele apoio de mão ao lado do câmbio no 3008.

  12. Pedro

    14 de janeiro de 2009 at 22:22

    O interior é perfeito. Fica abaixo somente das 4 grandes alemãs!

    O motor pode parecer pouco, pois estamos acostumados com crossovers grandes, mas esse é menor, esta mais para um concorrente da C4 e Grand Scenic do que para outros veículos. Alem disso, nada garante que a Peugeot não coloque o motor do 407 V6 nele, ou aquele do 308 RC.

  13. Kaleb

    14 de janeiro de 2009 at 22:22

    Achei o carro mt mais bem resolvido por dentro do que por fora. Talvez por usar um painel inspirado no Audi tenha ficado bem acertado, se bem que tá mais moderno que os Audi’s que dependendo do modelo lembra carros antigos.

    Esse puxador lembra o do Lamborghini Murcielago, Emerson. Mas acho q lá no superesportivo tem lógica ele existir pq o carro é um foguete. Acho que num crossover 1.6 não tenha tanta emoção para se fazer necessário a existência disso, a não ser q ele chacoalhe mt, aí tá certo! Hehehehe

    Lobato, acho o motor 1.6 de 150 cv mt potente para o tamanho dele. Se pensarmos que essa cavalaria só é alcançada aqui por 2.0 mais modernos e que há 1.6 de 101cv ainda rodando, não vejo pq achar q não vinga, é uma maravilha perto dos nossos.

  14. wellington

    14 de janeiro de 2009 at 22:28

    PQP motor 1.6 de 150cv
    por q não põe esse motor no nosso 307???

  15. LOBATO midbr.com.br

    15 de janeiro de 2009 at 0:01

    Bem amigos, acredito que pelo porte do carro o motor de 150 realmente não vai empolgar. Quem já dirigiu um 307 automatico (147 cv) sabe o que estou dizendo: o motor é ótimo, mas deixa a desejar em torque. Mas se o motor atingir um bom torque em baixa rotação, pode ser uma boa configuração sim!

  16. Rah Viana

    15 de janeiro de 2009 at 1:03

    Eu cheguei a pensar q esse puxador seria o freio de mão…rsrsrsrsrss

  17. Diegoo

    15 de janeiro de 2009 at 9:19

    o desenho interno impressiona, muito bonito. Por fora aquela mesma coisa de sempre: bocarra frontal. Aliás, uma coisa que achei esquisita foi a grade.

  18. Leandro

    15 de janeiro de 2009 at 9:35

    Bonito por dentro, feio por fora, como quase todos os peugeot, na minha opinião.

  19. Gabriel Car Point

    15 de janeiro de 2009 at 9:39

    Um pouco melhor que os atuais Peugeot (em relação ao design).
    O interior que é bem interessante, me parece muito bem acabado.
    A gama de motores também parece atender a todos os públicos, e em nenhum deles decepcionar.

  20. Eduardo Mendonça - São Leopoldo-RS

    15 de janeiro de 2009 at 9:59

    Painel arrojado e harmonioso. Passa uma sensação agradável de dirigir. Parece sedan esportivo. A dianteira poderia ter sido melhor trabalhada em termos de design.

  21. ****

    15 de janeiro de 2009 at 10:07

    A GRANDE DIANTEIRA PARECE UM KIA PICANTO ANTIGO, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK VIVA PSA

  22. André

    15 de janeiro de 2009 at 17:29

    A frente lembra um fiat PUNTO, ninguem mais inventa algo diferente não? O interior é bacana, só não curti o freio de mão e a conexão para o IPOD, meio tosco.

  23. André

    15 de janeiro de 2009 at 17:30

    Putz.. rs.. Não é freio de mão, olhando melhor agora, é a lateral do console…. Foi mal !então só nao curti a conexão para o IPOD. :-)

  24. Arthur

    16 de janeiro de 2009 at 11:08

    Gostei.. melhor ainda se viessem as motorizações a diesel por Brasil. mas…

  25. Guto

    21 de janeiro de 2009 at 19:44

    sinceramente acho q a peugeot esta perdendo a cada dia mais a sua indentidade, projetos defasados, que ja nao apaixonam quando os vemos. Qndo chegou ao brasil quem é que nao ficou apaixoado pelo 206, aquelas linhas, os farois felinos para n entar em detalhes. esse 206,5 (207) tirou de sou modelo favorito no brasil a harmonia a elegancia o charme de pilotar e possui-lo! tenho saudades ainda hj do meu antigo carro, um 206 azul, 2pts completinho, pelo seu atributos que ja relatei. Agora esse novos carros esse 3008,sem comentarios, q porcaria, assim como o 307 sedan , caramba.

  26. Alex Sandro

    15 de maio de 2009 at 9:59

    O Peugeot 3008 é realmente muito bom e muito bonito. Tive oportunidade de vê-lo na Alemanha numa espécie de pré-lançamento. Pena que os carros quando chegam no Brasil e são “tropicalizados” perdem quase todos seus equipamentos de série proporcionalmente inverso, sobem astronomicamente seus preços.
    Discorto totalmente com o leitor “Thales” que diz ser o 3008 horrível. Ou ele está vendo foto de outros carros, ou deve trabalhar vendendo SUV de algum concorrente da Peugeot.
    Aliás, diga-se de passagem, a Peugeot está dormindo no ponto em não trazer o 308, falando de outro carro, aqui pra Brasil logo.

  27. Bruno

    29 de outubro de 2009 at 19:37

    As lanternas traseiras lembram o Hyundai Veracruz.

  28. mateus marcelino lima

    18 de fevereiro de 2010 at 21:30

    eu adorooooooooooooooooooo carro e esses carros sao demais ,.. principalmente o fox…,]

  29. FAISSAL

    5 de dezembro de 2010 at 15:10

    COMO PODE UM CARRO DESTE PORTE,E COM ESTE VALOR DE 89.900,00 COMPLETO COMO EU VI EM CURITIBA,NAO TEM BANCO ELETRICO,E UMA VERGONHA.

  30. José

    2 de janeiro de 2011 at 21:46

    Eu tenho um completo. Excelente! O motor e muito bom( e econômico), espanta quase todos os 2.0 por aí. Extremamente bom de curva. Cheio de tecnologia, mas não entendo pq tiraram o GPS (tela multimídia) que tem na Europa. Já tentei de tudo, mas não tem como instalar uma. É só essa minha ressalva…..

    • Mario

      24 de fevereiro de 2011 at 14:00

      Prezado José você terá que adaptar. Já que o radio é igual ao do 307. Já tem disponivel um kit multimidia para o 307 e você poderá utiliza-lo. O unico problema e a instalação que deverá ser diferente.

  31. anderson aparecido

    3 de fevereiro de 2011 at 13:31

    nossa eu adoro esse carro ainda bem que eu tenho ele conprei esse ano e viagei pra caranba com ele
    adoro e agora vou conprar m eco esport

  32. marcio

    20 de fevereiro de 2011 at 18:52

    este carro é o que a de melhor no mercado ele é lindo d+ a Peugeot esta d parabens é pena eu ñ poder ter um rsrrsrs…

  33. Flavio

    23 de fevereiro de 2011 at 21:21

    Testei o carro, que realmente é muito bom. Mas o painel do europeu é muito melhor que o do carro que andei. Várias peças vieram adaptadas da citroen (conheço pois temos um Pallas). As fotos do europeu mostram todas as teclas com funções, e no "brasileiro" são 2 sem função. O rádio inteirão fou substituído por 2 partes citroen puro: CD e rádio separados, bem mais pobres que o original. Alguma revista poderia pedir para a Peugeot explicar?

  34. Mario

    24 de fevereiro de 2011 at 14:01

    Alguem sabe quanto tempo tem demorado em média para chegar um Griffe?

  35. Leonardo Pontes

    15 de março de 2011 at 5:25

    Acredito que é um carro bom alem de bonito, o painel é fantástico, gosto da a proximidade dos instrumentos a mão só acredito que mandou mau em uma coisa, não tem a opção de GPS…hoje temos a facilidade de todos os carros vir com ou você ter a opção de por…por que em outros países tem?por que não vende como acessório?
    acredito que fica muito mais bonito…terei que comprar um esterno…para um carro com tanta tecnologia não deveria faltar.

    Leo

  36. Deise

    6 de maio de 2011 at 17:56

    Que lindo hein, me imginei sentada nele dirigindo. Só na imaginação mesmo porque o bolso não pode corresponder….

  37. Eike

    17 de junho de 2011 at 15:45

    Nem com dinheiro eu compro este carro

  38. Mary

    25 de julho de 2011 at 21:45

    Excelente, esse carro é meu número. Perfect D +!

  39. gIULIANO

    2 de outubro de 2011 at 23:04

    MARAVILHOSO, POR DENTRO ENTAO, CHEGA SER NOJENTO DE TAO BONITO POR DENTRO MEU, TENHO UM ESTILO, E UMA ESTRADA, VOU VENDER UM E COMPRAR UMA MARAVILHA DESSA.

  40. Luiz Henrique

    17 de outubro de 2011 at 19:50

    Quero parabenizá-los pelo magnífico Peugeot 3008, que é dotado de um interior exuberante, com painel de instrumentos e console que abusa da robustez, com contornos agressivos e traços elegantes, onde o acabamento e detalhes deixam o interior com um visual arrojado, que proporciona facilidade de acesso e boa visibilidade no manuseio dos comandos.

    A sofisticação do habitáculo do Peugeot 3008, proporciona ao motorista maior prazer de dirigir com elegância e satisfação. A ousadia e modernidade desse carro, faz o condutor sentir-se dentro de um cockpits.

    Atenciosamente,

    Luiz Henrique Vaz Oliva
    vazoliva@gmail.com

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>