CARPLACE

Novo Hyundai HB20: Mais fotos, todos os preços, versões e itens de série

Hyundai HB20

A Hyundai divulgou nesta quinta-feira (13) as versões e seus respectivos itens do Novo HB20. Como informamos anteriormente, o Hyundai HB20 será oferecido em versões equipadas com motores 1.0 12V e 1.6 16V, ambos flex e com comando de válvula variável. Veja mais fotos, detalhes e preços do HB20.

Hyundai HB20

A produção do Novo Hyundai HB20 começa no próximo dia 20 de setembro na fábrica instalada em Piracicaba, interior de São Paulo. Os motores 1.0 de 12 válvulas (três cilindros) de 80 cavalos de potência e 10,2 kgfm de torque e o 1.6 16V de 128 cavalos e torque de 16,5 kgfm a 5.000 giros são importados da Coreia do Sul, assim como os câmbios manual de cinco marchas e o automático de quatro velocidades.

Hyundai HB20

O CARPLACE já havia conhecido versões pré-séries à convite da Hyundai. As unidades que estão sendo mostradas no lançamento mantém as mesmas características visuais bastante atrativas, enquanto outros pequenos detalhes foram alterados na parte interna, como a uniformização da cor azul por toda a cabine (os carros de teste tinham alguns detalhes em verde contrastando com o restante do acabamento).

Hyundai HB20

O entre-eixos é de 2,5 m, ou seja, ligeiramente superior ao do Volkswagen Gol, enquanto o comprimento é de 3,90 m, largura de 1,68 m e altura de 1,47 m. O porta-malas tem capacidade de 300 litros, a maior entre todos os concorrentes.

Hyundai HB20

O quadro de instrumentos é um dos destaques do modelo, com grafismos modernos, computador de bordo e o mesmo padrão de cores (azul, branco e vermelho) dos carros de segmento superior da marca coreana. O Novo HB20 também traz diversos porta-objetos espalhados pelo cabine e porta-luvas com aproximadamente 10 litros de capacidade.

Hyundai HB20

A estratégia da Hyundai no Brasil é vender 90.000 unidades por ano do Novo HB20, volume que o consolidará, se atingido, como terceiro carro mais vendido do segmento.

Preços e versões do Novo HB20:

HB20 1.0 Comfort: airbag duplo, fixação isofix, ar condicionado, computador de bordo, direção hidráulica, faróis de máscara negra, revestimento dos bancos em tecido preto, rodas de aço de 14 polegadas com calotas – R$ 31.995
HB20 1.0 Comfort Plus: adiciona alarme, quatros vidros elétricos, tecido nas portas, chave canivete – R$ 33.995
HB20 1.0 Comfort Style: adiciona freios ABS, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores central, porta-objetos central com tampa retrátil, rodas de aluminio de 14 polegadas, sistema de som com MP3/USB/AUX com comandos no volante – R$ 37.995

HB20 1.6 Comfort: airbag duplo, fixação isofix, ar condicionado, computador de bordo, direção hidráulica, faróis de máscara negra, revestimento dos bancos em tecido preto, rodas de aço de 14 polegadas com calotas, freios ABS com EBD, acabamentos internos cromados, retrovisor na cor da carroceria – R$ 36.995
HB20 1.6 Comfort Plus: adiciona fechamento automático das portas, alarme, vidros e travas elétricas, R$ 38.995
HB20 1.6 Comfort Style: faróis de neblina, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores elétricos, rodas de 15 polegadas – R$ 42.995
HB20 1.6 Comfort Style AT: R$ 45.995

HB20 1.6 Premium: painel em dois tons, tecido cinza claro nos bancos, volante revestido em couro, faróis com molduras cromadas, rodas de alumínio aro 15″, sistema de áudio, sensor de estacionamento, acendimento automático dos faróis, alarme e banco traseiro bipartido 60/40 – R$ 44.495
HB20 1.6 1.6 Premium AT: R$ 47.995

Cores

Além de preto e prata: Como já havíamos antecipado, o Hyundai HB20 terá uma gama de cores maior do que o estabelecido somente pela importadora. O Novo HB20 será oferecido com oito opções de cores, sendo:

- Sólidas: Vermelho Tropic, Branco Polar e Preto Onix
- Metálicas: Prata Metal e Cinza Titanium – R$ 1.045
- Perolizada: Azul Ocean, Marrom Clay e Preto Phantom – R$ R$ 1.245

Durante o dia faremos o test drive do Novo Hyundai HB20. Confira as impressões ao dirigir e mais detalhes com fotos em alta resolução.

Publicidade
Publicidade

479 comentários

  1. leonardo

    13 de setembro de 2012 at 21:25

    Se o HB20 já veio com esses preços, imagina o HB20 sedã. Passará dos R$ 60,000.00

    • Cristiano_RJ

      13 de setembro de 2012 at 22:52

      Por que? O que carroceria sedan tem demais que o tornaria tão mais caro que carroceria hatch? Não entendo essa mania de brasileiro de enxergar um valor exagerado em carros sedans…

  2. rodrigohimm

    13 de setembro de 2012 at 22:26

    falaram tanto desta merda !
    preço aki preço ali
    e nada de perço descente
    ou seja
    esse carro é simplesmente MAIS DO MESMO…
    saum 50 versoes.. quer dizer q vem pelado… por mais 2 mil vc poem travas
    por mais tantos mil freios ABS etc…
    o carro completo fica 50k
    EAIIIIII BANDO DE BOBOES que esperavam q a hyundai iria abalar o mercado com esta meleca de carro !
    que saco essas motnadoras viu !!! os caras tem tudo pra lançar um carro bonito praticando um bom preço
    mas nao, mandar caminheos de dinheiro pra koreia naum basta… eles querem ate o ultimo centavo do cidadao do 3rd mundo !
    lamentável !

    • toni

      14 de setembro de 2012 at 15:29

      Perfeito mais do mesmo…

    • Oba_

      15 de setembro de 2012 at 14:56

      O carro em sí pode ser o melhor da categoria em quase tudo o problema é que cobram mais que a concorrência. Pior que tem muita gente que vai aceitar pagar 38mil num 1.0, isso porque da pra levar um 1.6 com quase tudo que o 1.0 COMFORT STYLE tem mas como não é um HYUNDAI estes nem vão querer saber de outro carro.

  3. Diego

    13 de setembro de 2012 at 22:37

    A concorrência não falha. A tendência é os caros aumentarem a qualidade e diminuírem/manterem os preços.

  4. edson

    13 de setembro de 2012 at 22:47

    por 38.000.00 eu compro um Pálio sport 1.6, com rodas 16, airbag e abs.

    • Oba_

      15 de setembro de 2012 at 14:53

      Não fala isso que os fanboy da Hyundai vão querer te matar a pedrada.

  5. gtry

    13 de setembro de 2012 at 22:59

    se no 1.6 mais basico tivesse vidros e travas e fosse 2 mil mais barato eu levava. 37 mil dá nao, já pulo para outro, tipo sandero stpway, pena que o tecido do banco do sandero é um lixo fedorento.

  6. Acacor

    13 de setembro de 2012 at 23:13

    Do jeito que a linha de cintura está cada vez mais em função do apelo estético, daqui a pouco o vidro da porta traseira vai praticamente desaparecer.

    • basket133

      14 de setembro de 2012 at 23:45

      O cruze,jetta e corolla tem umas janelinhas bem pequenas tanto nas da frente, como nas janelas traseiras, eu não gosto sou mais janelas maiores e posição de dirigir alta, tipo xsara Picasso ou renault scénic, o march e o c3 old, também tem uma boa posição e vidros com bom tamanho e boa visibilidade na frente.

  7. isparkis

    14 de setembro de 2012 at 0:09

    Finalmente a CAOA não meteu a mão no HB20. Cor branca sem custo extra de R$ 5.000,00.

  8. Marco

    14 de setembro de 2012 at 0:42

    HB20 = Gol Gangnam Style.

  9. Marcos

    14 de setembro de 2012 at 1:16

    Qualquer um que estuda design sabe: quanto mais arrojado é um desenho no momento mais rapidamente ele "envelhece". Basta tentar fazer um esforço de imaginar o carro daqui a quatro ou cinco anos, certamente vai ser um desenho grotesco e bizarro. Para evitar um envelhecimento precoce das linhas ele precisaria incorporar mais elegância ao desenho futurista/ agressivo.

    • Lei

      14 de setembro de 2012 at 12:18

      Segue o "Design" do Cobalt que vai ser horrível desde o nascimento.

  10. cinho

    14 de setembro de 2012 at 7:42

    com esse lancamento o que vai ocorrer e que a vw e a fiat terao que baixar os preços pra nao perder tantas vendas por q ,os carros deles ja sao lancamentos e nao teria como mudar algo mais , concerteza vai tirar muitas vendas deles o hb 20 nao vai ficar entre os 4 mais vendidos por que nao tem capacidade de fabricar mais quando tiver essa capacidade tera o seu lugar merecido
    a industria automibilistica brasileira vai ser divida em antes hb20 e depois hb20 parabens hyndai

    • GioB

      14 de setembro de 2012 at 8:39

      Por esse preço do hb20? Sonha que não faz mal.

  11. Jonnes

    14 de setembro de 2012 at 8:58

    Mesmo painel do Gol G4 1.6 Power!!!

  12. Bruno

    14 de setembro de 2012 at 9:34

    Ta caro, por bem menos se compra um fiesta rocam com todos os opcionais.
    Carro recem lançado é sinonimo de problemas que vao sendo corrigidos nos primeiros anos.
    O Fiesta Rocam ja esta no mercado a algum tempo e todos os seus problemas ja foram solucionados e é por isto que é um veiculo confiável.

  13. Douglas Alves

    14 de setembro de 2012 at 9:35

    Vamos lá, esse carro realmente irá revolucionar, mas o setor de carros de entrada com motorização 1.0. Em relação aos de entrada de motorização 1.6 não tem nada que os outros não têm. Comparando a versão HB20 1.6 Comfort Plus, R$ 38.995, com o Novo Palio 1.6 o HB20 fica atrás. Montei o novo Palio, sem pintura metálica, no site da Fiat e coloquei vidros elétricos traseiros, e rodas de liga leve 15'' e predisosição para som, ficou R$ 38.276,00. Lembrando que o Palio 1.6 já vem de serie com ar, direção, trava, vidros dianteiros elétricos, abs com ebd, air bags frontal, computador de bordo, farol de neblina, volante com regulagem de altura, 3º apoio de cabeça, chave canivete. Alguns desses itens só tem na versão HB20 1.6 Comfort Style, de R$ 42.995. No quesito motor não perde muito pro HB20 como os VW e Ford perdem. Acho o custo beneficio do Palio melhor. Obs: Não me xinguém de fanboy, só tentei fazer uma comparação custo x beneficio.

    • toni

      14 de setembro de 2012 at 15:34

      Perfeito pura matemática…custo x beneficio

    • Oba_

      15 de setembro de 2012 at 14:51

      Não fala isso que os fanboy da Hyundai vão te considerar o pior dos inimigos.

      • Cristiano_RJ

        15 de setembro de 2012 at 20:19

        Cara, ele apenas fez uma comparação objetiva. É disto que precisamos: discutir nossas diferenças de opiniões baseados mais em dados e menos em crenças. Não há razão para ninguém o considerar inimigo. É diferente quando o sujeito vem e arrota: "lixo coreano", por exemplo, como tem muitos por aqui. Ou quando o outro diz: "vejo que quando fizer o teste da Cesvi, ficará com o índice pior do que dos concorrentes". Ou ainda quando o cara diz: "não tem câmbio automatizado de dupla embreagem e nem boroboletas no volante" ou "sem ESP eu não compro". Enfim, é um mundo de bobagens que não acaba nunca. Já o Douglas Alves não, foi simples, direto e objetivo. Tudo o que precisamos para podermos discutir civilizadamente.

        Bem, de qualquer forma, aqui no Carplace temos muito mais haters da marca do que fanboys, então, ainda que algum fanático esteja ofendido, ele irá mais agradar do que fazer inimigos.

        • Oba_

          16 de setembro de 2012 at 0:24

          Da minha parte eu penso exatamente como ele agora pergunta para os fanboys, com certeza sentirão ofendidos e ameaçados pela realidade nua e crua.

          • Claudio

            14 de janeiro de 2014 at 10:48

            Não tenho medo de fanboys nenhum, são uns fanbobocas isso sim, só pq colocaram 5 anos de garantia neste carro ficou todo mundo babando prá comprar, sou mais o novo pálio atractive.

    • Sigma7

      16 de setembro de 2012 at 12:35

      A vantagem é que ele tem câmbio automático de verdade e não automatizado.

  14. Rodrigo

    14 de setembro de 2012 at 9:42

    O que eu acho mais engraçado é o povo falar que o desenho dele é superior aos outros e assim por diante. Cada marca tem sua linha de identidade, o da Hyundai é esta ai, e o mais engraçado que quando a Volkswagen renovou a dianteira do Fox e do Gol eles mencionaram a identidade da marca alemã, dizendo de uma forma triste, do tipo que a montadora deveria fazer algo diferente, não ter uma identidade para todos os modelos, o Carplace é um exemplo que sempre sita a identidade da Volkswagen usadas em todos os modelos.

    Mas o engraçado é que a dianteira do HB20 é idêntica a dianteira do Elantra, Azera, Sonata, IX35 e ninguém falou nada, não mencionou, e muito menos fez uma crítica do tipo: "Imagina um dono de um Jetta, estacionar do lado de um Gol e ver a mesma frente", apesar que não é a mesma frente né.

    Ou seja, imagina o dono de um Sonata, Azera, Elantra estacionar do lado de um HB20 e saber que alguém pagou 32 mil reais num carro e levou a mesma frente, enquanto eles pagaram mais de 90 mil reais. Isso que eu acho o mais engraçado.

    Sobre desenho, não acho ele esta coca-cola toda, acho que estas linhas fluídas já deram o que tinha que dar, são desenhos desproporcionais, olha a frente do HB20, ela ficou curta demais, e qualquer batidinha ali, amassar é tudo, e os para-choques ficaram exageradamente enormes, principalmente os dianteiros. A traseira possui um para-choque enorme também, que faz uma curva o qual de lado parece interessante, porém de traseira é parecendo que colocou qualquer coisa ali, na realidade o desenho criou um impacto na mente das pessoas, mas o carro é apenas moderninho demais, ele não possui linhas elegantes e nem linhas esportivas, apenas exótica. Ainda acho o Gol G5 mais harmônico e mais esportivo em sua linha e desenho, para alguns não.

    Porém todo mundo criando expectativas encima de um carro que não sabemos a qualidade. Todo mundo esta elogiando o acabamento do carro, só por que tem um desenho futurista e assim por diante, realmente o desenho é muito moderno, mas vai saber quanto de espaço aquele console enorme não roubou do carro, ou a sensação de aperto que ele irá provocar em alguns motoristas, e como podem ver, será todo cheio de plástico como Gol, Palio, Uno e assim por diante, pois lá tem uma versão que menciona que ele vem até com tecidos nas portas, isso é uma vergonha dizer que vem com tecido nas portas.

    Ou seja, é apenas mais um compacto como qualquer outro, chamar os outros de carroças é um direito de qualquer um, mas este Hyundai também podemos então chamar de mais uma carroça chegando ao mercado, como a Hyundai nunca fabricou carro no Brasil, ela teria que iniciar suas vendas com um né, então claramente ela entraria no mercado com um carro moderno, motor moderno, porém vamos ver daqui para frente se o HB20 irá seguir evoluindo, ou irá fazer como Clio, 206 e outros que chegaram modernos também, como motores modernos e hoje estão 2 gerações defasados e motores só recebendo apenas atualizações.

    Lembrando que em 2014 chega a linha EA 211 da Volkswagen, motores também modernos com motorização:

    1.0 de 3 cilindros e 4 cilindros.
    1.6 de 16v.

    E cogita uma motor 1.4 e todos feitos em alumínio….

    Vamos ver os testes feitos no HB20. Se fosse possível o CARPLACE fazer o teste de 60 mil km com este modelo, e colocar ele em testes severos, já que normalmente donos de carros popular não são cuidadoso, adoram passar por cima de buracos, ruas ruins e veremos se ele aguenta o tranco que as tais carroças brasileiras já provaram que são bons neste sentido.

    • Sias

      14 de setembro de 2012 at 13:36

      Só em 2014? A VW já deveria ter feito isto a muito tempo. Mas é típico da VW, vide o Golf e o Polo….lerda e perdida na estratégia.

      • Rodrigo

        15 de setembro de 2012 at 1:03

        Meu amigo, quando o Golf V foi lançado, a plataforma dele era muito moderno e o carro era mais sofisticado que a geração IV, por isso a Volkswagen não trouxe o carro para ser feito no Brasil, pois o presidente da Volkswagen Brasil disse que trazer o Golf para cá e ter que depenar ele, e piorar o acabamento dele para ter preço equivalente aos concorrentes seria ruim, e iria sujar a imagem do carro.

        O I30 por exemplo, não chega aos pés do Golf vendido na Europa, tanto no acabamento, no nível de equipamentos e na qualidade construtiva. Sem mencionar outros fatores. Ou seja, ela não é lerda, a Fiat por exemplo demorou 4 anos para trazer o Bravo ao Brasil, pois ele já existia a 4 anos na Europa. A GM levou anos para agir de novo, pois o Vectra que parou de ser feito, não passa do Astra europeu, o qual a GM trouxe ele, fabricou encima da plataforma antigo do Astra feito aqui e deu o nome de Vectra.

        E Hyundai é ágio aonde, ela só vendia carros importados, caros por sinal. E ainda por cima passou a fabricar o Tucson em forma CKD e vendia como se fosse totalmente importado, o carro vinha desmontado e montado no Brasil.

        Pelo menos esta reagindo:

        Novo Gol em 2015 com nova plataforma moderníssima do grupo e os derivados do Gol.
        Novos motores.
        Possivelmente um SUV pequeno.
        Novo sucompacto o Up!.
        Novo sedã que terá nome de Santana e irá brigar com o Cobalt e Grand Siena, porém será maior, mais largo e mais confortável.

        E assim por diante. E o povo ainda acha que a Hyundai irá dominar o mercado, aonde?

        E o mais engraçado, o povo fala em tomar a liderança do Gol, sendo que só isso fará a Hyundai vencedora, ela para ser ameaçadora, tem que tomar a liderança do mercado e não cogitar tomar a liderança de um modelo.

        • Sias

          15 de setembro de 2012 at 14:04

          Cara…vamos comentar com racionalidade. A VW daqui não pode ser comparada com a da Europa, então nem adianta citar o Golf europeu, ela abandonou o Brasil neste carro (e detalhe: meu carros foram a maioria VW). Mais suja que a imagem do Golf hoje seria impossível. A VW daqui, que é o que importa para nós, é lerda…letárgica.

          A VW tem ótimos carros: lá fora. E quando chegam aqui são muito caros. De que adianta lançarem uma plataforma moderna se a casca é pobre?

          Ficar falando o que ela vai lançar de "moderníssimo" daqui a dois anos soa até como piada para o consumidor. Enquanto as outras fazem hoje, ela vai fazer em 2015. E isto se não der uma desculpa parecida com a do Golf…. Quantos anos tem a VW de Brasil? Quantos tem a Hyundai? Vamos ser coerentes…..

          Este possível Santana já mostraram ser um carro de baixo custo, a lá Cobalt. E ainda quer dizer que isto é vantagem? Como mais confortável? Já conhece?

          Mais racionalidade e menos torcida. É por isto que ela inda vende Kombi, Gol G4…o pessoal compra marca e não produto.

    • Eduardo

      28 de setembro de 2012 at 2:21

      Cara!!! Vc fève ter quasi razões para escrever Está carta mas posso te resumirem poucas palavras; adorei o carro, já reservei o meu Comfort Style 1.6 e não vejo a hora de chegar, estou contando os dias. Hb20 SEM IGUAL!!!’ Rsrsrsrsrsrs

  15. Rodrigo

    14 de setembro de 2012 at 9:46

    Sobre o sedã, se o sedã seguir a linha c igual ao Elantra, acho que o sedã do HB terá a pior visão traseira da categoria.

  16. Sias

    14 de setembro de 2012 at 10:13

    Gosto de ver certos comentários…o pessoal adora um bordão: mais do mesmo…mais do mesmo.

    Mostrem onde tem este "mais do mesmo" neste carro. Ou estão querendo dizer que ele é igual as carroças de entrada que nos vendem?

    Palio? Gol? Ágile (maior, mas é bomba)? Celta em fim de carreira? Nem o Fox é parâmetro…. Quem compra um carro deste quer um carro pequeno, não adianta quererem dizer que com o valor dele se compra outro maior.

    • Rodrigo

      14 de setembro de 2012 at 13:17

      Mais do mesmo é no sentido que o carro é um compacto e caro e não é tão equipado como deveria ser, principalmente pelo preço cobrado.

      Você citou Gol, Palio, Fox, o único que realmente briga com HB20 é o Fox. Parâmetro de comparação, o Fox é sim, a muito tempo depois que passou a ter a identidade visual da marca, o interior foi remodelado e ganhou acabamento melhor, superando seus antigos concorrentes.

      O que acho engraçado é você querer dizer que o HB20 é diferente dos concorrentes dele, para mim não é, possui um ou dois equipamentos a mais que eles, e todo mundo já acha ele superior, sendo que ele não é. Ele é mais um compacto feito para países emergentes e pronto, pois o compacto vendido na Europa, Ásia é anos luz superior ao próprio HB20 que pertence a mesma marca. Darei um exemplo, o Up! o menor carro da Volkswagen na Europa custa 8 mil euros e possui acabamento superior e é mais equipado desde a versão de entrada, ou seja, da um banho no HB20 e o modelo compacto da própria Hyundai vendido lá, também possui acabamento melhor e nível de equipamentos melhor e preço melhor.

      Ou seja, quem foge da realidade no seu comentário é você e pronto, sem esquecer que a Hyundai contará com incentivo fiscal por alguns anos, já que a fábrica é nova, ou seja, ICMS mais barato dado pelo estado e alguns incentivos fiscais dado pelo governo federal, por ela ter montado uma fábrica no Brasil e um prazo enorme para pagar os empréstimos dado pelo BNDES. Ou seja, isso aconteceu com toda nova fábrica montado no Brasil, ou esqueceu da Renault e Peogeot, lembra quando elas montaram suas fábricas no brasil?

      Os Clios e os 206 também possuíam desenho superior, motores modernos e nível de equipamentos maior que os concorrentes. Naquela época, todo setor falou que era o fim das 4 grandes e que eles trariam um novo patamar, trouxe por um breve momento, no sentido de carros antenado com os vendidos lá fora e com um nível de equipamentos melhor e motores modernos. Porém depois do passar do tempo, o incentivo fiscal acabou e eles envelheceram, o 206 de lá agora se chama 208 e o Clio de lá esta duas gerações na frente, e o pior, os motores de lá mudaram e estão mais modernos e sem mencionar que o nível de equipamentos dos Clio e 206 feitos aqui, caíram e estão mais pelados do que era vendido no inicio de suas fabricações e que a marca tinha os tais incentivos fiscais.

      Depois disso o Clio envelheceu, a Renault trouxe um carro de baixa qualidade, o Sandero, produzido pela Dacia para mercados emergentes, assim como a Peogeot tacou a frente do 207 no 206 nacional e se tornou um 206 com frente de 207.

      Ou seja, não adianta achar ou pensar que ele não é mais do mesmo, eu acho ele mais caro que os outros, primeiro e único argumento é o nível de equipamentos não é tão distante assim e também pelo fato da montadora ter o incentivo fiscal em vigor, ou seja, pagando menos imposto, e incentivo fiscal também do estado, ele deveria ser mais equipado e ter preço menor.

    • Rodrigo

      14 de setembro de 2012 at 13:17

      E outro detalhe, achar que ele é melhor só por que possui um desenho moderninho, também acho um exagero, pois cada marca segue sua linha e filosofia de desenho, e cada um escolhe o carro que mais agradar, eu acho o visual do HB20 poluído demais, igual aos outros Hyundai, outros já não acham.

      Porém querem um compacto moderno, bem acabado de verdade, compre o New Fiesta, só que este é importado e não feito no Brasil, pois se fosse feito era caro e pelado também. Assim como o compacto da GM o qual esqueci o nome, são melhores, mais equipados e possuem preços próximos às versões caras do HB20 por exemplo.

      Na realidade a Hyundai irá atirar para todos os lados, com o HB20 ela quer disputar com Gol, Uno e também com Fox e Sandero. Prova disso que ela afirmou que esta versão 1.0 de 32 mil reais será a versão de entrada provisória. Pois irá trazer uma versão do HB20 mais barata, e isso quer dizer, mais pelado em equipamentos, o engraçado que até tecido nas portas entrou como opcional em certas versões do HB20 e isso é uma vergonha. Porém o povo ver um interior bonito e acha que isso é acabamento do preço, precisamos é ver, saber se o encaixe são perfeitos, se tem ou não rebarbas e o tipo de plástico usado, tudo isso precisa ser analisado, agora, banalizar os outros carros como se eles não tivessem qualidades alguma, é a pior coisa do mundo.

      E ainda mais, fingir que o HB20 é mais do mesmo e não querer aceitar isso, também é ridículo, pois para um carro que tem incentivo fiscal e terá durante alguns anos, ele esta caro e esta com poucos equipamento de série. Vamos ver daqui uns anos, quando o incentivo fiscal acabar, como a Hyundai irá lidar com impostos maiores. E vamos ver se ela irá atualizar os motores ou mesmo os modelos, o qual duvido muito, como é o primeiro compacto, claro que ele viria com motor atual e tudo atual, mas os outros não são tão inferiores, pois os outros já provaram que são pau para toda obra, vamos ver se este Hyundai é também, se não é apenas um carro bonitinho, e ver se ele aguenta todo tipo de piso ruim que existe no Brasil, pois Gol, Palio, Uno, Ágile, Sandero, Fox, todos estes chamados de carroça, já provaram que sim.

      • Sias

        14 de setembro de 2012 at 13:26

        Conseguiste analisar a qualidade do acabamento pelas fotos? Se ele tiver a mesma qualidade dos demais Hyundai já vai ser melhor que seus concorrentes diretos (New Fiesta não é). No que difere Fox e Gol para que só um seja concorrente do HB20? Olhando o painel do Fox até pode se pensar ser bom, mas é só olhar para o lado e o que se vê é deplorável…plástico sobre plástico. Cita o preço de um concorrente dele, equipado como ele….

        Agora realmente: os comentários são sempre "mais do mesmo"….. No final quem está certa é a GM, fazendo estes monstros…o brasileiro pensa que entende de carro.

        • Rodrigo

          15 de setembro de 2012 at 0:52

          Amigo todo painel e interior de carros são feitos de plásticos, até mesmo os modelos de luxo, a diferença é o tipo de plástico usado, a qualidade deste material, e como mesmo já saiu no site Uol carros, ele possui um acabamento bom, mas não é tão diferente assim do Fox por exemplo, a textura do painel e console não é a mesma dos outros Hyundai e sim uma textura mais empobrecida, pois é um carro popular, não é?

          • Sias

            15 de setembro de 2012 at 13:09

            Bem acabado não significa ser feito de material A ou B. Pode até ser um bom material, mas ter um acabamento porco. O Fox deu uma melhorada no painel nesta "nova" geração, já o resto do carro é muito ruim. E novamente: avaliou a textura, que é sentida pelo TATO, por fotos?

        • Rodrigo

          15 de setembro de 2012 at 0:56

          Preço concorrente tem o Nissan March, não é tão moderninho mas é um japonês, onde raramente quebra, tem o New Fiesta que na versão intermediária oferece mais que a versão top do HB20. E pelo o que andei vendo, o Novo Palio com motor 1.6 consegue o mesmo nível de equipamentos do HB20 pelo mesmo preço e isso vale para a versão 1.6 do Gol.

          E ainda tem vários fatores, as revisões, mesmo que sejam fixas, tem o valor das peças de reposição e 5 anos de garantia não quer dizer qualidade e sim uma maneira da montadora fazer com que o cliente use apenas o serviço das autorizadas e assim ela própria ganhar mais dinheiro por cima. E a quantidade de autorizadas também conta, pois imagina comprar um carro onde se quebrar, ter autorizada em cidades distantes e assim por diante.

          E tem também a reparabilidade que o Cesvi todo ano analisa, quanto custo reparar um carro, se é mais barato, mais fácil e tudo mais, vamos ver como ele irá se sair, pois pelo o que vejo, se sairá pior que Gol, Fox, Palio, pois este carro possui muitos vincos e a chance de levar amassados é mais fácil.

          • Cristiano_RJ

            15 de setembro de 2012 at 12:00

            "(…) o Nissan March, não é tão moderninho mas é um japonês, onde raramente quebra (…)"

            Sabe, eu estou farto dessa gente que vive de achômetro. Que criam e perpetuam crenças e lendas urbanas nesse nosso mercado periférico e renegado a segundo plano. Não é à toa que somos o que somos. Desde quando "ser japonês" garante confiabilidade? Aliás, desde quando existe a máquina perfeita, que "nunca quebra". Será que o carro é japonês ou marciano, fabricado copm tecnologia extra-terrestre? É óbvio que carro japonês quebra. Não fosse assim, minha irmã que comprou um Tiida não teria tido problema com os freios logo no 1° dia! E nem outro conhecido que também possui um Tiida não estaria entrando na justiça pela incompetência da Nissan em resolver uma série de problemas crônicos… Enfim, não quero dizer que Nissan ou muito menos carros japoneses sejam ruins. Pelo contrário, de fato são bons. Só fico de saco cheio com essa baboseira de "ohh, carro JAPONÊS, meu Deus! Ohh…". Ah, vai!

          • Sias

            15 de setembro de 2012 at 13:07

            Esta conversa sobre os japoneses nem adianta argumentar. É só passar em uma ccs deles pra ver que eles também quebram….

          • Rodrigo

            17 de setembro de 2012 at 1:07

            Meu caro Sias, quando você compra um carro, você só olha os itens de série, ou você analisa ele como um todo?

            Já disse, a Renault e Peugeot quando chegaram no Brasil também lançaram na época compactos mais modernos, mais baratos e com motor também mais moderno, ficou assim durante alguns anos, mas depois que o incentivo fiscal dado pelo estado onde se localiza a fábrica acabou, eles estão hoje duas gerações atrás do que é vendido naquela época. Ou seja, você acha mesmo que com a Hyundai será diferente?

            Porém quando se compra um carro, você tem que analisar muitas coisas, como reposição de peças (Sabendo que a Hyundai é lerda neste sentido), manutenção, revisões (O fato dele ter 5 anos de garantia não o torna melhor, apenas te força a usar apenas o serviço da autorizada, e autorizada sempre foi cara), o índice de reparabilidade que o Cesvi emite meu caro, ajuda a diminuir também o seguro e as empresas de apólice de seguro automotivo usa o Cesvi como referência, pós-venda, número de concessionárias, atendimento em geral e tudo mais.

            Não adianta você comprar um carro moderninho, cheio de vincos, aliais, o desenho do HB20 é poluído demais, visualmente por ter excesso de vincos, ele possui um desenho poluído demais, e isso o torna cansativo sim.

            E vale lembrar que saiu no site Uol Carros, os motores do HB20 são todos eles importados da Coréia do Sul, ou seja, não são fabricados no Brasil, então isso já dá margem para dificuldades de peças caso dê algum problema nos motores.

          • Sias

            17 de setembro de 2012 at 11:19

            Tenho amigos com carros da Hyundai e nenhum reclamou até agora de falta de peças (e eles tem a muito tempo).

            A Renault e Peugeot só chegaram a este ponto por causa do preconceito burro do brasileiro (o mesmo que se tem das coreanas) sendo que ainda hoje eles tem bons carros. Pode colocar a Citroen neste caso também.

            Eu analiso tudo, por isto carro feio passa batido. Tem conteúdo mas é feio…dispensado. O mesmo vale pro bonito mas sem conteúdo.

            Os motores são importados mesmo…Mas já estão aqui a muito tempo e em outros carros tanto da Hyundai quanto da Kia. Querer dizer que isto será um problema e querer criar uma coisa que não vai existir.

            Ele pode parecer poluído para ti, para mim não. Não gosto de carros quadrados a lá anos 80…90. Isto pra mim é cansativo.

          • Cristiano_RJ

            15 de setembro de 2012 at 12:03

            "E tem também a reparabilidade que o Cesvi todo ano analisa, quanto custo reparar um carro, se é mais barato, mais fácil e tudo mais, vamos ver como ele irá se sair, pois pelo o que vejo, se sairá pior que Gol, Fox, Palio, pois este carro possui muitos vincos e a chance de levar amassados é mais fácil. "

            Outra bobagem sem tamanho. Nossa senhora, vou pedir à Cesvi que cessem seus crash tests. Basta chamar o rodrigão aqui, ele dá uma olhadinha, e pá, tá lá, índice Cesvi "calculado" no olho… e por foto!!! O cara é muito bom mesmo. Cesvi, contratem o Rodrigo! O que estão esperando?

  17. Daniel Ramos

    14 de setembro de 2012 at 10:32

    Só tenho dó do palio, gol…rsrs, não que o HB20 seja la grande coisa, mais pelo menos aparenta ser melhor que seus concorrentes…e que venha o onix e prius, ai a briga vai pegar fogo!!! e tomare que pegue, pois isso induz a competitividade que automaticamente gera uma redução nos preços, pode ser pouco, mais qualquer lucro que vier é bom…

  18. basket133

    14 de setembro de 2012 at 10:36

    Carro automatico sem control cruise (piloto automatico) não dá, ainda mais por 46, só 4 marchas, sem trocas no volante.

    • CCO

      14 de setembro de 2012 at 12:46

      Você só pode ser um brincalhão mesmo. Um carro automático de verdade por cerca de R$ 45 mil, faixa onde a maioria é de automatizados meia boca (Dualogic, Easytronic e I-Motion) e você vem reclamar das 4 marchas e ausência de luxos como piloto automático ou futilidades como borboletas no volante?

      Logo aqui, onde 308, 408, novo C3, C3, Picasso, Aircross, C4, C4 Pallas, C4 Picasso, C5, i30, Corolla, Toyota RAV4, Suzuki SX4, Grand Vitara, Subaru Impreza, Fiat Freemont, dentre outros, CARROS MUUUUIIIIITTTTOOO mais caros e sofisticados possuem câmbio de 4 marchas????!!!!

      Faça-me o favor!

      • basket133

        14 de setembro de 2012 at 15:15

        Cambio de 4 marchas é lixo só urra.A ruimdai tava dizendo que o carro seria o bicho da goiaba achei que viria com um cambio de dupla embreagem com 6 marchas agora é esperar o new fiesta ou onix.Agora piloto automatico pra mim chega a ser até mais importante que o cambio automatico, pois rodo mais em rodovia e as borboletas legal pra brincar um pouco.

        • CCO

          14 de setembro de 2012 at 18:39

          Câmbio de dupla embreagem e 6 marchas em um carro dessa categoria? Ah vá, e eu que estava esperando a câmera de ré, o ar digital quadrizone, as rodas de liga 17", o teto solar panorâmico, a central multimídia com tela 7" touch, os faróis debixenon direcionais, os sensores de chuva, luminosidade, ré, dianteiro e pressão dos pneus?

          • basket133

            14 de setembro de 2012 at 21:47

            Vai lá e paga 47, nesse cambio dos anos 80.

          • Cristiano_RJ

            14 de setembro de 2012 at 23:43

            Gostaria de saber qual é o carro com câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas que custa menos de R$ 50 mil no Brasil. Fala pra mim que vou agora comprar um!

          • basket133

            14 de setembro de 2012 at 23:58

            Espera o new fiesta, gasta um pouquinho a mais, tipo uns 55 sei lá.Pra quem tem 47 pra dar nesse cambio ruimdai dos anos 80, dinheiro não é o problema.Sem contar que o new fiesta destrói esse hb20 além de ter 7 airbags, piloto automatico e nsync, seja feliz,sem motor urrando por ter 4 marchinhas e conversor de torque.

          • Cristiano_RJ

            15 de setembro de 2012 at 1:32

            1° O padrão de carros nessa faixa de preço são câmbios automatizados simples, aqueles que vivem soluçando. Falar que um câmbio automático de 4 marchas, para um carro dessa faixa de preço é "lixo", me soa a zoação! Mesmo porque, existem bons câmbios de 4 marchas, guardadas sua limitações; limitações essas perfeitamente aceitáveis para esta faixa de preço. Já tive um i30 e sei o que estou dizendo. Zilhões de pessoas possuem Corolla de 4 marchas, dentre outros carros citados acima, e não os vjos tão insatisfeitos. Aliás, o próprio Focus possui câmbio de 4 marchas.

            2° Já possuo carro com câmbio automatizado e de 6 marchas, e tenho toda certeza do mundo que nunca o trocaria por um New Fiesta, que ainda nem existe, se é que vai existir.

  19. Ricardo

    14 de setembro de 2012 at 11:39

    Zuado, esses preços estão longe do que poderiam ser..

  20. marcio cardoso

    14 de setembro de 2012 at 12:44

    Estou curioso para ver o que o Governo vai fazer quando as fabricantes de carroças daqui VW/FIAT/FORD/CHEVROLET baterem em Brasília chorando com a queda nas vendas(de novo). Aumento de IPI não dá pois é feito no Brasil. Espero que o brasileiro,desta vez, pare de andar de carroça e compre carro de verdade dentro de sua possibilidade claro. Sucesso Hyundai!!!

    • Rodrigo

      14 de setembro de 2012 at 13:27

      Você fala como se o HB20 fosse o melhor dos melhores, quero ver se ele não aguentar nossas ruas e começar os problemas crônicos, e quero ver quando o incentivo fiscal acabar e a hyundai ter que piorar o carro em nível de equipamentos, como é que vocês vão falar, ou vão dizer que HB20 se tornou carroça também?

      • Cristiano_RJ

        14 de setembro de 2012 at 23:46

        E você fala como se o HB20 fosse o pior dos piores. Não conhece o carro e não possui nenhum dado concreto que te permita afirmar o que afirmou: que não vai aguentar nossas ruas e blá-blá-blá. Na verdade, isso é uma grande vontade sua. Você torce para que isso seja verdade. Se sente ofendido com um bom produto oferecido por uma marca que não seja o seu time do coração. Aí, torce contra, né?

        • Rodrigo

          15 de setembro de 2012 at 0:49

          Não disse que ele não iria aguentar, apenas disse que se ele não aguentar. Se ele não for isso ou aquilo, lembre-se que pesa a favor durante algum tempo o incentivo fiscal dado a todas novas montadoras, isso aconteceu com Renault e Peugeot e ai sim vamos saber como a Hyundai vai reagir, manter ele do jeito que esta, ou depenar o carro como fez a duas francesas e outras.

          Não tenho time do coração, coloquei pontos, ou você esquece que esta mesma marca é a marca mais processada no mundo atualmente por propaganda enganosa? Ela esta lançando seu primeiro carro feito no Brasil agora, e já chegou caro por sinal, principalmente sabendo que ela tem incentivo fiscais por ter instalado a primeira fábrica dela.

          • Cristiano_RJ

            15 de setembro de 2012 at 12:09

            Bem, falando em marca processada e esquecimento, vou te lembrar de uma: sabia que há uns cinco anos ou pouco mais o sistema de rebatimento de bancos do Fox amputava os dedos de que acionava o mecanismo e "dava mole"? Pois é, o presidente da VW, ao invés de promover um recall imediatamente e se antecipar pagando idenização e assitência psicológica às vítimas, preferiu dizer que não havia problema nenhum com o Fox, o problema era que as pessoas "não liam o manual de instruções". Quer maior falta de respeito do que essa?

            No mais, você pode até não ter time do coração, mas pelo grande esforço e textos intermináveis marretando um lançamento que parece bem interessante e deveria ser bem recebido por TODOS, os que vão ou não comprá-lo, simplesmente fazendo suposições sobre problemas imaginários que você está "prevendo", não há dúvidas de que é mais um HATER da marca.

  21. basket133

    14 de setembro de 2012 at 13:09

    O gol da ruimdai, 32 num motorzinho de dentista sem , abs,e vidros elétricos traseiros e alarme é mais do mesmo , óóooooooooooooooo que leeeeeeeeeeeeegal.

    • CCO

      14 de setembro de 2012 at 18:35

      E olha que o "motor de dentista" é um dos 1.0 mais modernos e eficientes à venda no Brasil.

      • basket133

        14 de setembro de 2012 at 21:48

        1.0 moderno, esse tipo de motor não devia nem existir, 10 torque dá nem graça .

        • Cristiano_RJ

          14 de setembro de 2012 at 23:48

          O que não deveria existir são os motores 1.0 oferecidos pelas 4G em nosso mercado. Estamos é tendo acesso ao que o mundo civilizado também tem. Mas tudo bem. Na Banânia, gostamos é de banana mesmo. Qualque coisa nova é pré-julgada, esculaxada e rejeitada pelos seus habitantes… os símios.

          • basket133

            15 de setembro de 2012 at 0:18

            1.0 não presta só se esse motor fazer mágica.

          • Cristiano_RJ

            15 de setembro de 2012 at 8:38

            Motores 1.0 atendem a um propósito específico: baixo consumo em carros urbanos de pequeno porte. Para aqueles que não fazem questão de desemepnho e utilizam carros intensamente em cidades onde o trânsito é um inferno, o baixo consumo passa a ser uma prioridade, e é exatamente aí que entra esse tipo de motor. O problema surge quando as montadoras colocam motores subdimensionados para a carroceria do carro, e isso não fica limitado aos 1.0. Exemplos? O 1.4 da Fiat não deveria nunca estar no Punto, pois além de deixar o carro lento como um 1.0, ele bebe como se fosse um 1.8. Outro exemplo? O Freemont com seu motor 2.4 anda como se fosse um 1.4, mas bebe como se fosse um V6. E por aí vai. No mais, é inegável que esse 1.0 é um ótimo motor ao ser comparado com os demais 1.0 disponíveis em nosso país.

    • Oba_

      16 de setembro de 2012 at 0:28

      Muitos não sabem inclusive eu não sabia até entrar no site agora e conferir as especificações, a versão de entrada não vem com travas e sequer vidros dianteiros elétricos.
      Vai ser muito cômico ver proprietário deste carro tendo que fechar todos os vidros na manivela e travar as portas pelo pino.

  22. Tox

    14 de setembro de 2012 at 13:29

    esse colocou o Palio, O Gol e todos os outros da categoria no LIXO!!!!

  23. Marcelo

    14 de setembro de 2012 at 14:12

    Eu compro um Astra com 2 anos de uso mas nao compro o 1.6

  24. Cezar

    14 de setembro de 2012 at 16:06

    Depois do QBoster a Hyundai tinha que ser banida do país. Os carros dessa "montadora" são pura enganação.

  25. Rafael

    14 de setembro de 2012 at 17:16

    Não sei porque mercado brasileiro aceita versão pelada- sem alarme se sem 4 vidros elétricos, imaginava que a versão de entrada deste carro já viria com trio elétrico, mas não tem que morrer mais 2 k pra colocar.

    • Oba_

      15 de setembro de 2012 at 14:49

      Falou tudo, se fosse um Uno da vida até faria sentido mas para uma marca que tem fama de vender modelos completos não faz nem um pouco de sentido.
      Pode apostar que estão cobrando estes 2mil pra compensar o lucro que não estão tendo na versão de entrada, não se esqueça que nem regulagem do volante incluiram na segunda versão e não adicionaram o retrovisor elétrico para quem paga 1mil reais pelo som original.

    • Oba_

      16 de setembro de 2012 at 0:31

      Pior que a versão de entrada não vem sequer com travas e vidros dianteiros elétricos esta no site em especificações, vai ser muito hilario proprietários fechando os vidros na manivela e travar as portas no pino.
      Parabéns Hyundai, isso porque para ter uma simples regulagem do volante e retrovisores elétricos e necessário pagar uma pequena fortuna pelas versões top.

  26. Rick

    14 de setembro de 2012 at 18:01

    Parece que segurança não foi o primeiro objetivo como sempre, pelo menos aqui no Brasil,parece que cinto de 3 pontas central não vai ter.

  27. Carlos

    14 de setembro de 2012 at 19:19

    A VW e a FIAT estão é dando risada. Vocês acham que a Hyundai tem condições de fabricar quantos HB20 por mes ? Não acho que consiga fazer nem 5000. Como é que quer competir com dois modelos que vendem juntos quase 50 mil por mes ? Esse HB20 vai concorrer com o Fox e como Palio, nada de GOl e Uno.

  28. Heitos

    14 de setembro de 2012 at 21:53

    Melhorem seus veículos ou adeus: Vw, GmB, Ford, Renalt, Nissan, Citroen, Toyota (Etios) e todas as chinesas…

  29. Alex

    15 de setembro de 2012 at 0:25

    A hyundai pecou em não incluir vidros elétricos como item de série em todas as versões. É totalmente hilário você aquirir a versão de entrada, seja 1.0 ou 1.6, que possuem itens de série como airbag, direção hidráulica, ar e computador e não vem com vidros elétricos. O carro é bonito, harmonioso e sofisticado. Abaixar e levantar os vidros na manivela é coisa do passado, isso me faz lembrar na década de 70, quando a frota de veículos do Brasil era composta por fusca, brasília, kombi, corcel, etc.

    • Oba_

      15 de setembro de 2012 at 14:46

      Isso que dá raiva mas a verdade é que pra quem sai de Celta, Uno, Gol, Palio, Corsa que não tem estes itens adquirindo um HB20 também sem não sentirão falta alguma por isto a Hyundai fez isto. O povo não liga mesmo.
      Eu faço coro que faltou incluir ou colocar pelo menos no COMFORT PLUS a regulagem do volante e retrovisores elétricos mas o mesmo argumento de cima vale para estes itens.
      Se nenhum concorrente disponibilizasse estes itens até faria sentido mas alguns não cobram nada a mais.
      Totalmente decepcionado com a Hyundai.

  30. EduBH

    15 de setembro de 2012 at 8:38

    Se tivesse ESP, controle tração, air bags laterais e de cortina somado ao que já existe, certamente iria comprar um.

    • Cristiano_RJ

      15 de setembro de 2012 at 12:12

      Como não tem, aí você fica com um moderníssimo Uno Mille ou Gol G4 mesmo né? Os carros que o zé povinho merece.

  31. GioB

    15 de setembro de 2012 at 9:34

    A hyundai deu um tiro no pe vindo com essa palhaçada de opcionais…32 mil com manivela nas portas, sem abs e som…sacanagem…completinho o 1.0 nao vai baixar dos 40 mil, querem apostar ? Mais umas esperança que morre nessa terrinha esquecida por Deus.

    • Oba_

      15 de setembro de 2012 at 14:41

      Como um carro deste não tem regulagem do volante e obrigar a levar um kit que encarece a versão 1.0 para 38mil reais, quem em sã consciência tem coragem de pagar 38mil reais em um 1.0? Porque não tiraram o alarme e colocaram no lugar a regulagem do volante ou retrovisor elétrico? É possível instalar alarme na concessionária o que geraria lucro para concessionaria, por outro lado é impossível instalar regulagem do volante e retrovisor elétrico como acessório.
      Porque obrigarem a levar o som com controle no volante? Que cobrassem 300 reais a menos e dessem opção de levar o controle quem quiser pagar mais.
      Pra que gaveta debaixo do banco? Farois com mascara negra? Porque nao deixaram estes itens para versões top e adicionaram regulagem do volante? O Palio tem de série, se quisessem cobrar que adicionassem na versão comfort plus.
      Por conta destes detalhes eu que tinha decidido pelo HB20 vou partir para concorrência, a sorte da Hyundai é que carro vindo do Mexico não entra mais este ano no pais e se pedir como PJ em outra marca talvez não chegue este ano, talvez acabe tendo que optar pelo HB20 apenas com vidro traseiro, chave canivete e alarme por caríssimos 34mil reais, se neste pacote estivesse incluso regulagem do volante e retrovisor elétrico nem teria motivos para reclamar mas como não é o caso será uma aquisição a contra gosta por falta de opção de mercado.
      De uma coisa tenho certeza pra quem sai de Celta, Uno, Gol, Palio, Corsa sem os itens que citei não faz a menor diferença não te-los, eu me recuso a pegar um carro deste com manivela nas portas traseiras, retrovisor elétrico e som integrado no painel, mas a verdade é que alguns concorrentes disponibilizam estes itens sem obrigar a engolir um pacote tão caro como a Hyundai faz.

  32. Augusto

    15 de setembro de 2012 at 11:30

    Se o Bravo é um Puntão o novo i30 vai ser um HBvintão.

  33. dferraz88

    15 de setembro de 2012 at 14:10

    Em questão de preço realmente ele está equiparado com o Gol, mesmo na versão mais básica. Fácil comprovar, se montar um Gol com a mesma configuração da versão mais básica do HB20 ficará cerca de R$ 33 mil, ou seja cerca de R$ 1 mil reais mais cara que a HB.

  34. canino_preto

    15 de setembro de 2012 at 15:24

    É bonito, realmente…mas onde se lê "desenvolvido especialmente para o Brasil", leia-se: "desenvolvido especialmente para país emergente"…essa história todo mundo já conhece. E olhando bem, acho que se trata de um picanto alongado…alongar é facil…veja-se que um Versa é um March alongado e digam se não tenho razão. Acho que não abalará o líder Gol de jeito nenhum! Afetará mais o Palio, talvez o Fox, nas versões 1.6…Tá me parecendo mais do mesmo, só que mais bonitinho!

  35. Ramiro

    15 de setembro de 2012 at 15:55

    Bons tempos quando da entradas, por exemplo, das francesas no marcado, que colocaram Clio e 206 recheados a preços menores que a concorrência…
    O lema agora é colocar no mesmo preço das Big Four e ver o que acontece… E pra disfarçar dar um ar condicionado de brinde…..
    É um bom produto, com certeza ! Mas daí a querer desbancar o Gol já é querer demais…. O que leva o Gol a ser número 1 há tempos é o conjunto da obra (produto, pós venda, seguro, manutenção, peso da marca….), ou seja, na dúvida, vão de Gol…
    Pra desbancar teriam que cortar ai uns 5k de cada uma das versões… E mesmo assim fazer um puta trabalho de divulgação…
    As montadoras que vão entrando no mercado percebem logo como é o "esquema Brasil" e rapidinho entram no jogo…. Qualquer aula de planejamento financeiro ti mostra a fórmula do valor de retorno associado ao volume ou ao preço elevado….. Lógico que optam pelo preço ! Só não optariam se o publico não pagasse o que pedem… MAIS PAGAMOS !!! Então o cenário não muda…..Concordo com o pessoal ai de cima…
    Por essas e outras realmente mirou o Gol e acertou o Fox….
    Queria só ver a cara do presidente da Toyota…. Deve dar vergonha ver um Etios ao lado do HB20….

  36. zeuslinux

    15 de setembro de 2012 at 16:24

    Uma coisa que ninguém explicou até agora é porque a Hyundai preferiu fazer um carro novo sobre a plataforma do i20 em vez de simplesmente vender o próprio i20 que é vendido lá fora, como havia sido prometido antes:
    http://carplace.virgula.uol.com.br/novo-hyundai-i

    Querem saber o que eu acho ? Porque esse HB20 deve ter sido bastante capado em termos de qualidade e segurança para lucrar bastante no Brasil. Ou seja, ele é até mais bonito por fora do que o i20, mas com certeza deve ser pior tecnicamente.

    • Automania

      16 de setembro de 2012 at 21:12

      Porque o i20 está defasado. A nova geração do i20 vai compartilhar a plataforma do hb20.

  37. x60

    16 de setembro de 2012 at 4:41

    HB20 neles.

    Primeira vitima Etios !!!

  38. Sigma7

    16 de setembro de 2012 at 12:27

    Faltou apenas o controle de cruzeiro ("piloto automático") na versão TOP, mas a Hyundai está de parabéns pela iniciativa audasiosa que a Honda não teve e a Toyota está tendo de maneira indecente com o Etios. Basta a Hyundai divulgar de maneira clara, sem aquelas frases de efeito como "muuuunnnndoooo", que o carro venderá muito bem.

  39. D7V5

    16 de setembro de 2012 at 12:29

    Carplace, muito bom o vídeo editado.
    Parabéns.

  40. Mandabala

    16 de setembro de 2012 at 16:06

    Versão comfort plus 1.6 tem um ótimo benefício. Vou esperar ainda um tempo, pois preço de lançamento sempre é mais alto, e tentar algum convênio. Gostaria desse carro na configuração Comfort Style 1.6 manual pagando no máximo 38k, acho que só esfriar a "novidade" e os preços melhoram. O meu desejo é o 208, mas como ele deve vir na mesma configuração do novo C3 só um bom test drive vai tirar minhas dúvidas.

    Em questão de concorrentes o câmbio de 6 marchas do Onix, que não deve ser tão belo, vai roubar – com toda certeza – o público que faz questão de câmbio automático.

    Esse é um bom momento para a HMB fazer um ótimo pós venda também, que o consumidor precisa muito!

  41. Rodrigo

    17 de setembro de 2012 at 1:10

    Uma coisa não mencionado pelo Carplace e o qual faço questão de mencionar é que os motores usados no HB20 são todos importados da Coréia do Sul, li isso no site do Uol Carros, isso quer dizer que a Hyundai construiu a fábrica, mas ela ainda não tem uma fábrica de motores no Brasil, e com o dólar a mais de 2 reais, isso então dá a entender que o incentivo fiscal que os estados dão e o governo dão para as novas montadoras, os quais tem um prazo de alguns anos para acabar, isso explica que possivelmente o incentivo ajude baratear a importação dos motores, já que são importados, e eu me pergunto, imagine o preço das peças.

    E outro detalhe, e quando o incentivo fiscal acabar, a Hyundai terá que passar a fabricar o motor aqui, e ai sim veremos se este motor irá ser atualizado junto com os motores feitos lá fora, ou irá estacionar nesta geração.

  42. HugoCRF

    17 de setembro de 2012 at 8:10

    Tá caro , um novo Palio Sporting completão , com todos os opicionais incluindo teto , sai por 45 k . O HB20 só alcança palio ou gol se abaixarem mais os preços.

  43. TIAGO

    17 de setembro de 2012 at 15:27

    Na boa tem pessoas que acham o carro caro, É HYUNDAI olha a qualidade do acabamento, o design, os nossos carros populares são um lixo, exemplo o volks, só plastico.
    Por 31.000 HB20 1.0 Comfort está de bom tamanho ar condicionado, direção, esta otimo.
    A fiat cobra isso em um UNO.
    Acho que o povo brasileiro deveria parar de ser reclamão, pois pedem carros importados baratos e quando eles finalmente chegam SEMPRE RECLAMAM DE ALGUMA COISA.

  44. Misso

    17 de setembro de 2012 at 19:59

    Pelo que entendi, ele tem comandos no volante e um sistema de som com MP3 e USB, mas saberia me dizer se ele vem com Bluetooth?

  45. Marcos

    19 de setembro de 2012 at 14:49

    O J3 EM CUSTO BENEFÍCIO ,VEM COM VANTAGEM PRA CIMA DO HB20 UM PREÇO JUSTO E COMPLETÃO E 1.4 108CAVALOS ARO 15 ,ABS COM EBD,E MUITO MAIS FIQUEI EMDÚVIDA AGORA…

  46. Olavo Neto

    22 de setembro de 2012 at 14:32

    O HB20 na versão inicial até que saiu barato Comfort Plus 1.0 (R$ 34.000,00), ainda existe a Versão mais barata que essa, que é a Comfort 1.0 (Sem travas elétricas e aciona alarme), mas essa versão nem deveria existir, porque só bêbado de rua compraria um carro de mais de 30 mil reais SEM TRAVAS e aciona alarme. Pelo amor de Deus né ????? Agora, as versões TOP de linha deixaram a desejar, são caríssimas!!! 48 mil eu vou de Novo Punto (quase na versão mais TOP), ou mesmo o novo C3 (que tá muito da hora). Mas não adianta chorarmos, a Hyundai é a montadora de maior prestígio nos dias de hoje, por fazer lindos carros tecnológicos, deixando a concorrência em apuros, MAS…MAS….ainda sim EXPLORAM demais o povo brasileiro, que aceitam isso tudo na boa. LAMENTÁVEL. L-A-M-E-N-T-Á-V-E-L

  47. Nah

    20 de outubro de 2012 at 1:18

    Teto solar.

  48. SYLVIA RODRIGUES

    17 de agosto de 2013 at 20:21

    quero comprar um deste no final do ano

  49. sylvia rodrigues

    17 de agosto de 2013 at 20:25

    quero receber email de promoçoes do hb20

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>