CARPLACE

Novo Hyundai HB20: Impressões ao dirigir todas as versões – Veja mais de 100 fotos

Hyundai HB20 - Impressões ao dirigir

“O Hyundai HB20 não foi feito para competir, mas para dominar o segmento”. Esta afirmação, de Casey Hyun, Designer responsável pelo desenho interno e externo do Novo HB20, mostra claramente como a Hyundai trabalhou detalhadamente o desenvolvimento do Novo HB20. Confira a seguir as nossas impressões sobre o carro, desempenho das três versões e detalhes com mais 100 fotos em alta resolução.

Hyundai HB20 - Impressões ao dirigir

Não, o HB20 não será líder de vendas, mas vai dominar o segmento com certeza. Entenda o termo “dominar o segmento” como ser a nova referência entre os compactos, o apelo visual mais atrativo, interior vistoso e com qualidade além de preço “competitivo”. Os executivos da Hyundai foram taxativos nesta afirmação: “não fizemos um carro barato, mas sim um carro competitivo”. Se quisessem oferecer um carro barato, como algumas montadoras fazem (ou farão em breve), bastava trazer da Índia o tímido e bem mais simples Hyundai Eon, modelo criado especificamente para o mercado indiano, com acabamento mais pobre, plataforma e mecânica mais simples além do visual bem menos atrativo.

Hyundai HB20 - Impressões ao dirigir

Por que fazer um carro totalmente novo e específico para o Brasil?

O Volkswagen Gol é o carro mais vendido do Brasil há 25 anos. Fiat Palio e Uno oscilam entre segundo e terceiro lugar. São modelos estabelecidos, com marca e nome forte além de uma imensa rede de distribuição e assistência espalhada pelo Brasil. Para conseguir conquistar consumidores tanto da Fiat como da Volkswagen, não bastava trazer mais um carro e colocar um preço mais atrativo. A Hyundai trabalhou muito bem esse quesito e, por este motivo, criou um carro que supera os modelos citados.

Hyundai HB20 - Impressões ao dirigir

Para entender as necessidades e desejos do consumidor brasileiro, a Hyundai enviou durante dois anos ao país os engenheiros e designers coreanos envolvidos no projeto para conversar e conhecer os potenciais compradores. Descobrir o que era importante, o que fazia a diferença. Da mesma forma, a engenharia dissecou completamente os rivais para criar algo melhor. O resultado é um carro realmente atrativo e superior aos concorrentes em todos os quesitos.

Visual

Hyundai HB20 - Traseira

O Hyundai HB20 é um carro com visual moderno e muito atraente. Ao vivo, nota-se que se trata de um carro compacto, de porte semelhante ao do Gol e Palio. As suas linhas no estilo “escultura fluída”, DNA da marca coreana, possui traços que não são cansativos e que em movimento, transmitem a impressão de ser maior do que realmente é, fato caracterizado principalmente na parte traseira que traz as lanternas em posição mais elevada e levemente saltadas.

Hyundai HB20 - Impressões ao dirigir

O desenho da tampa do porta-malas, que tem um sobressalto na altura das lanternas, causa uma sensação de prolongamento das lanternas (ocasionado pela sombra), o que lembra bastante o estilo presente no Novo Azera (principalmente visto ao longe). Na traseira, também agrada o desenho do para-choque com com linhas suaves em toda a sua extensão, mas bem marcantes (e quase retas) nas laterais. Os refletores estão presentes em todas as versões.

Hyundai HB20

A parte dianteira traz a tradicional grade hexagonal com acabamento em preto brilhante na parte superior e filetado na inferior. Os faróis, que invadem bastante a lateral, também seguem o mesmo estilo presente nos recentes lançamentos e possui acabamento com máscara negra em todas as versões Comfort (1.0 e 1.6) e acabamento cromado na 1.6 Premium.

Novo Hyundai HB20 - Lateral

Como já havíamos antecipado, a lateral possui um marcante vinco em formato de “L” que começa na altura da maçaneta traseira e conclui na base da porta dianteira. A linha de cintura traz dois vincos, sendo um que segue de forma horizontal e outro mais saltado e ascendente que conclui na lanterna traseira.

Acabamento interno

Painel do Novo Hyundai HB20

O acabamento interno também é muito interessante. O painel tem desenho muito semelhante ao do Elantra, por exemplo, porém com utilização de materiais condizentes com o segmento. O material utilizado é de plástico rígido e com rugosidade (não há pontos macios), mas que possuem bons encaixes, nada de rebarbas, bom aspecto e transmite a sensação de modernidade. As saídas de ar fogem do padrão circular presente em quase todos os compactos e apresentam formas geométricas, que permitem fechar todo o fluxo de ar nas laterais que as centrais deixam apenas direcioná-lo.

Novo Hyundai HB20 - Volante

O volante tem desenho anatômico com boa pegada em todas as versões, sendo que na top de linha, é revestido em couro. Os botões de controle de som estão presentes nas versões Comfort Style e na Premium.

Novo Hyundai HB20 - SuperVision Cluster

O quadro de instrumentos também é um dos destaques. Chamado de “Super Vision Cluster” pela Hyundai, tem desenho moderno e com iluminação nas cores branca, azul e vermelho e traz informações completas do computador de bordo em uma tela ao centro, onde também são mostrados digitalmente o nível de combustível e temperatura do motor. A sensação é de que este quadro de instrumentos é de um carro de segmento superior. O único inconveniente é o posicionamento do botão de navegação do computador de bordo que está localizado no painel, e não de forma prática na haste direita, por exemplo.

Sistema de som - Novo Hyundai HB20

O sistema de som tem navegação clara e muito intuitiva. Diferente do que foi apresentado nos modelos camuflados que dirigimos em Piracicaba, a versão de produção adota o display em tom azul, combinando com toda a iluminação da cabine e do quadro de instrumentos. Mesmo na versão top de linha, a qualidade de som pode ser considerada apenas básica. Não fizemos nenhuma regulagem para tentar obter uma melhor qualidade. No entanto, reproduz arquivos MP3 e possui entrada auxiliar e USB/iPod no console.

Botões do ar-condicionado - Hyundai HB20

Os comandos de ar condicionado são bem claros e acessíveis. No entanto, destoa muito do restante da cabine os botões extremamente simples utilizados nos controle da temperatura e de direcionamento do ar. Aqui fica claro que se trata de um carro “compacto”, mas isso não tira os méritos do carro.

Bancos dianteiros do HB20

Os bancos são macios e confortáveis, com boa densidade de espuma. Os apoios laterais são corretos, e em nosso teste, mais de 4 horas dirigindo, não deixou cansado. Os ajustes de inclinação do encosto é feito por uma alavanca, enquanto a regulagem de altura movimenta apenas o assento e é feita por uma roldana.

Bancos traseiros do HB20

O HB20 é um compacto, e por isso, o espaço interno não é uma das virtudes. Mesmo assim, graças ao entre-eixos ligeiramente maior que o do Gol, o espaço oferecido é pouca maior. Os bancos também são confortáveis e recebem bem os passageiros. Para um possível quinto passageiro, viajando ao centro, a Hyundai peca e oferece apenas o cinto de dois pontos e não oferece o terceiro encosto de cabeça em nenhuma versão. Por outro lado, todas as unidades saem de fábrica equipadas com o sistema de fixação Isofix para cadeirinhas infantis.

Avaliação - Hyundai HB20 - Pota-malas

O porta-malas tem capacidade de 300 litros, ou seja, 10 litros a mais do que o concorrente Gol, e possui acabamento em toda a extensão. O modelo, quando equipado com rodas de liga-leve, também traz o estepe de liga-leve e no mesmo diâmetro. A marca entendeu que neste segmento um pneu mais fino de uso de emergência não é bem visto.

Impressões ao dirigir

Iniciamos nosso teste a bordo da versão equipada com motor 1.0 CVVT de 3 cilindros e 12 válvulas que entrega até 80 cv a 6.200 rpm com etanol e torque máximo de 10,2 kgfm a 4.500 rpm (com etanol).  Assim como o Kia Picanto,  com quem compartilha o motor, é necessário pisar na embreagem para ligar o carro. A grande dúvida do motor 1.0 de três cilindros é respondida imediatamente: não traz vibração para dentro da cabine. Ao rodar os primeiros metros com o carro nota-se boa disposição, ou seja, o bloco 1.0 de até 80 cavalos empurra o HB20 com mais eficiência do que o motor 1.0 da VW empurra o Gol. Outra boa cartada da Hyundai foi dar atenção ao isolamento acústico, que filtra muito bem o ruído do motor.

Novo Hyundai HB20

Na estrada, a impressão também é muito positiva. O motor trabalha de forma eficiente e ao atingir 120 km/h. Obviamente, sofre um pouco nas ladeiras e retomadas. Pouco se nota o ruído do motor, ficando apenas o barulho do arrasto do vento. Para andar mais forte é necessário elevar a rotação do motor para próximos dos 6.000 rpm, única ocasião que o ruído do motor fica mais intenso. O câmbio também colabora para a boa dirigibilidade, com engates curtos e suaves, mas em alguns momentos de retomada sentimos uma “enroscada” na redução da quinta para a quarta marcha.

Câmbio manual - Hyundai HB20

A segunda versão avaliada foi a 1.6 manual. Como esperado, o ronco do motor é diferente. Nesta versão, o HB20 é muito mais esperto que os concorrentes, principalmente o Gol. O câmbio também parece ter um ajuste melhor do que a versão 1.0, com engates bem mais fáceis e precisos. Atingir a velocidade máxima da rodovia, 120 km/h, foi fácil. Ao entrar em curvas mais acentuadas com mais ousadia, o HB20 transmitiu segurança, oferecendo controle total ao motorista. Em velocidades mais altas, possibilitada em trechos fechados,  a direção hidráulica começa a ficar leve demais, mas esta é uma situação que raramente acontecerá pelos limites legais das rodovias brasileiras.

Também testamos a versão 1.6 equipada com o câmbio automático de quatro marchas. Nesta versão, a Hyundai reforça que se trata de um legítimo câmbio automático, e não um automatizado como os concorrentes. Em nosso teste, simulando uma condução tranquila em condições de trânsito urbano, mesmo com apenas quatro marchas, o câmbio automático se demonstrou muito satisfatório. As trocas ocorrem de forma suave, sem trancos. Quando mudamos o estilo para uma condução mais agressiva, em estrada por exemplo, o câmbio automático usa todo o giro do motor disponível (sobe a rotação até 6.500 rpm) para então efetuar a troca. Em velocidades mais altas, obviamente, fica a sensação de que está faltando marcha.

Novo HB20 na estrada

Em resumo, o Novo HB20 é um carro que está acima dos atuais concorrentes, tanto nas versões 1.0 como na 1.6, oferecendo excelente dirigibilidade. Os motores são mais modernos, mais potentes e eficientes. Ambos são bicombustíveis, com bloco em alumínio e possuem comando de válvulas variável, o que contribui para a redução do consumo de combustível. Por falar em consumo, a Hyundai não divulgou estes dados e também não foi possível medir o consumo no teste pois as unidades disponíveis não estavam claramente abastecidas exclusivamente com um tipo de combustível.

Preços e versões do Hyundai HB20

HB20 1.0 Comfort: airbag duplo, fixação isofix, ar condicionado, computador de bordo, direção hidráulica, faróis de máscara negra, revestimento dos bancos em tecido preto, rodas de aço de 14 polegadas com calotas – R$ 31.995
HB20 1.0 Comfort Plus: adiciona alarme, quatros vidros elétricos, tecido nas portas, chave canivete – R$ 33.995
HB20 1.0 Comfort Style: adiciona freios ABS, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores central, porta-objetos central com tampa retrátil, rodas de aluminio de 14 polegadas, sistema de som com MP3/USB/AUX com comandos no volante – R$ 37.995

HB20 1.6 Comfort: airbag duplo, fixação isofix, ar condicionado, computador de bordo, direção hidráulica, faróis de máscara negra, revestimento dos bancos em tecido preto, rodas de aço de 14 polegadas com calotas, freios ABS com EBD, acabamentos internos cromados, retrovisor na cor da carroceria – R$ 36.995
HB20 1.6 Comfort Plus: adiciona fechamento automático das portas, alarme, vidros e travas elétricas, R$ 38.995
HB20 1.6 Comfort Style: faróis de neblina, volante com regulagem de altura e profundidade, retrovisores elétricos, rodas de 15 polegadas – R$ 42.995
HB20 1.6 Comfort Style AT: R$ 45.995

HB20 1.6 Premium: painel em dois tons, tecido cinza claro nos bancos, volante revestido em couro, faróis com molduras cromadas, rodas de alumínio aro 15″, sistema de áudio, sensor de estacionamento, acendimento automático dos faróis, alarme e banco traseiro bipartido 60/40 – R$ 44.495
HB20 1.6 1.6 Premium AT: R$ 47.995

Cores

- Sólidas: Vermelho Tropic, Branco Polar e Preto Onix
- Metálicas: Prata Metal e Cinza Titanium – R$ 1.045
- Perolizada: Azul Ocean, Marrom Clay e Preto Phantom – R$ R$ 1.245

Galeria de Fotos: Hyundai HB20

Textos e Fotos: Fábio Trindade/CARPLACE
De Comandatuba, Bahia

*Proibida a reprodução das fotos sem autorização

Publicidade

191 comentários

  1. washington andrade

    25 de setembro de 2012 at 11:05

    porque o motor 1.0 saiu apenas com 3 cilindros enuqnto o gol e de 4 cilindros…

    rque o motor 1.0 saiu com apenas 3 cilindros

  2. thiago

    25 de setembro de 2012 at 11:09

    Carro excelente, porém bem mais caro que os concorrentes, que já são caros…O 1.6 completo bate de frente com o C3, que ficou muito bom.
    Se o consumidor boicotar um pouco, os preços deverão cair 10%, dai sim vai ficar razoável.
    O Pálio no lançamento, era 31.500 e já está 28.000, sendo que o IPI reduziu só 5%.O resto foi a posição do consumidor. E este preço ainda tem choro…vamos chorar.
    O consumidor precisa ajudar a derrubar o preço dos carros no Brasil. A Hyundai precisa pagar as contas investimento da fábrica nova…

    • Nilton

      20 de novembro de 2012 at 16:41

      Ele fica mais caro que o C3 e fica devendo cinto de tres pontos e apoio de cabeça para o ocupante do meio do banco traseiro; . Não tem nada que identifique de imediato a versão básica da Premium, as diferenças são muito pequenas.

  3. Daniel da Mata

    25 de setembro de 2012 at 18:31

    Projeto muito bonito da Hyundai! Portanto, a que se deixar claro duas coisas. (1) A maior parte da frota de veículos do Brasil está nas cidades. Se você considerar o trânsito caótico dos grandes centros, e até mesmo cidades satélites com trânsito infernal, com "breca-acelera" interminável (Primeira e segunda marcha, como as mais utilizadas em horários de RUSH), LADEIRAS (galera da Capital Paulista). (2) Existe uma parcela da população que se desloca da sua casa para o trabalho por meio de RODOVIAS. Portanto, esse público utiliza, na maior parte do tempo, o seu carro na estrada. Se você é motorista e se encaixou perfeitamente no ITEM (1), não compre o HB20, a não ser que você não ligue caso acelere, ao sair do sinaleiro vermelho, e tenha a impressão de estar num carro 1.0 nos primeiros 40Km/h até uns 60Km/h. Aí você vai me perguntar: "Mas porque? Se o carro possui um motor com 1.6 16V com 128cv!!! Mó potente!!!". Blz… 128cv… e???? Se você só anda na cidade, e pra piorar, cidade com ladeira, esse carro é completamente contra-indicado. Porque numa situação dessas você não precisa de potência, e sim, de TORQUE. E tem mais, QUANDO É ESSE TORQUE? Resposta: o Torque Máximo do 1.6 16V do HB20 é de 16,5Kgfm à ALTÍSSIMOS 5.000RPM! Se o sinal vermelho for na ladeira, ou você "ENCHE" o motor até 5000rpm, ou, caso contrário, QUALQUER FUSCA deixa você com os seus "modernos" 128cv pra trás! hehehehe. Por acaso você anda pela cidade acelerando o seu carro o tempo todo até mais que 5000 rpm??? Não né? Pois é…. o Golzinho 1.6 8V é mais leve (961Kg) e seu Torque Máximo é de (15,6 Kgfm) que é até MENOR que do HB20, porém, é atingido MUITO MAIS CEDO aos 2.500rpm. Agora, se você é motorista do ITEM (02) – ESTRADA TOTAL, (lisinha e plana de preferência) seu carro, na categoria 1.6 tem que ser o HB20. Porque na estrada você tem espaço para girar alto do seu motor e desenvolver maior velocidade, porém, cuidado com os radares! hehehehe é isso ae.

    • daniel

      2 de outubro de 2012 at 1:50

      cara ja andou em algum carro? ou só de trator?

      quanta borracha vc falou…

      sabe o que significa comando de valvulas variavel?

      • Filipe Limax

        11 de dezembro de 2012 at 18:55

        kkkkkkkkkkk

      • Felipe

        13 de dezembro de 2012 at 23:10

        hahahahahahahahahahahahahahaha

    • Luiz

      21 de dezembro de 2012 at 15:11

      Amigo, o carro tem um ponto positivo que seus concorrentes não tem, o isofix de série, além do airbag duplo. A julgar pelos recorrentes fracos resultados dos carros testados no Latincap, especialmente na segurança de crianças, em grande parte por falta do isofix, é provável que o hb20 seja o carro popular mais seguro a venda no Brasil, o que é um ótimo motivo para compra-lo.

  4. Pingback: Hyundai HB20 – Lançamento e novidades do novo modelo • Novo Carro

  5. Daniel Barreira

    30 de setembro de 2012 at 23:38

    Faltou fotos do câmbio automático… mais informações se podem ser realizadas trocas manuais…

  6. GioB

    2 de outubro de 2012 at 10:21

    Liguei agora para css Atual de criciuma/sc e ja estão fazendo pedido do HB20…preço de tabela so a vistinha, na troca sai por "miseros" R$ 35.995,00, juntando cor metalica, som, vidros e desembaçador traseiro sobe para R$ 39.995,00….R$ 40 mil num carro 1.0 … vai ter loko pagando essa fortuna so pq é novidade. E segundo a vendedora a procura esta enorme pq é o melhor carro popular "do mundo"!!!

  7. DIEGO FERNANDES

    2 de outubro de 2012 at 18:59

    Olha não querendo ser crítico com os concorrentes. Na boa, se você for escolher entre Palio, Gol ou HB20 é claro que 99% vão escolher o HB20. Sobre o preço não me surpreendi. Se a Hyundai tem um carro melhor e mais bonito que o Gol porque ela vai vendêlo mais barato? Se abaixar o Gol abaixo todos…. Acho que vai faltar carro, realmente surpreendeu este carro, o primeiro carro da história no Brasil nesse segmento que podemos dizer que é um carrão. Bonito, bem equipado, design esportivo fora e dentro e o principal, motor 1.6 CVVT que muito carro de de segmento superior não tem.

  8. consumidora

    4 de outubro de 2012 at 20:43

    gostaria de saber o preço do modelo com cambio automatico, se é que vai chegar aqui em Salvador, Bahia. Grata, Janete

  9. ederson

    6 de outubro de 2012 at 0:22

    olhem esse video aki povo brasileiro! vejam o q as montadoras de automoveis faz com o povo!! http://www.youtube.com/watch?v=ifp3L0xYmF4&fe

  10. Iaporã

    9 de outubro de 2012 at 22:54

    E o consumo de combustível, qual é?????

    • Jose

      6 de dezembro de 2012 at 14:04

      A Hundai não divulga eheh. Tá com medo de ter o mesmo problema no USA. Entretanto, direção hidraulica e cambio AT de 4 marcha, não vai ser o mais economico do mundo não, né?

  11. Reinaldo

    13 de outubro de 2012 at 19:23

    Muito bacana o carro. "carros" como pálio, fiesta, e principalmente o tal do gol, nem chega perto do hb, acostumamos com esas carroças e quando chega alguma novidade interessante, começam os tiroteios contra eles, só podem ser pessoas das montadoras concorrentes que estão atirando pra todos os lados rsrsrs…

  12. Alex

    16 de outubro de 2012 at 1:05

    Prá ser popular não precisa ser feio! Ouviram, Agile, Etios e Novo (arghhh) Clio!

  13. Jeff

    20 de outubro de 2012 at 17:21

    Meu pai comprou um HB20 só que tá demorando pra montadora entregar eles deveriam já ter deixados uns carros montados! Graças a deus meu pai tava em dúvida do modelo sem graça do gol e esse aí ainda bem que eu não vou passar vergonha com o gol bolinha com a frente do antigo fox de vez as montadoras melhorar o acabamento externo dos seus carros parecem que regridem!

  14. André

    22 de outubro de 2012 at 13:03

    A Hyundai só pecou em um ponto: não incluir conectividade bluetooth no sistema de áudio. Aumentaria significativamente o quesito segurança.

    • marcio

      29 de novembro de 2012 at 23:17

      concordo com vc,comprei um top de linha e nao tem,ja a entrega comprei pelo valor anunciado na semana passada,pego o carro na segunda

  15. Jorge Humberto

    22 de outubro de 2012 at 18:05

    Chevrolet Onix está na área. Motor brasileiro, central multimídia com bluetooth, câmbio automático de 6 marchas e por R$ 42 mil. Ainda vai querer um HB20?

    • Marcio

      26 de outubro de 2012 at 14:47

      Prefiro HB20, e se cruzar comigo abre a passagem rsrs

  16. rafael

    27 de outubro de 2012 at 18:01

    HB20 um novo carro muito bonito.
    Etios frente do Logan e traseira muito parecida com o nissan March, orrivel e mais caro….

  17. Rodrigo Schneider

    29 de outubro de 2012 at 21:16

    Com certeza schow de bola,num preço que da para pagar.Vou comprar um HB20 1.6

    • ubirajara dos santos

      14 de novembro de 2012 at 21:51

      Propaganda enganossa,essa valor que eles dizez 31,990.00.é pura mentira.o valor correto das consecionarios sous 34,350.00 então é purra mentir desse valor aniciado de 31.995.00
      ubirajara.

  18. Nem tanto

    6 de novembro de 2012 at 15:54

    Andei num teste drive, com um HB20 1.6 mecanico. Achei o motor bom…..mas esperava mais do acabamento do carro. Inclusive o preço. Por esse preço deveria ter um pouco mais de opcionais inclusos…….Achei a propaganda maior que a realidade do carro. Esperava mais…..

  19. Víctor Furtado

    6 de novembro de 2012 at 18:44

    ME AJUDEM AI POR FAVOR – OPINEM

    Gente estou numa duvida tremendo e quero ouvir outras pessoas pra tentar me decidir melhor… Por Favor ajudem ai…
    Eu estou a procura de um novo carro, atualmente tenho um Sandero 2009, 1.0, completo. Como quero me livrar dessa vida de 1.0, carro novo agora só 1.6. . .
    Bom vamos lá. FIAT eu não compro nem sendo obrigado, desculpem-me os fãnboys, mas FIAT pra mim são os carros mais super faturados do Brasil. Com o mesmo valor que vc pagaria em um FIAT vc compra um concorrente bem melhor. Renault é meu atual e não quero seguir a concessionária devido a gosto pessoal relativo ao design. Citroen tem ótimos carros mas bem caros e KIA nem se fala.
    VW tbm não curto o design dos carros e Chevrolet me interessei pelo Onix, mas quando vi o carro de perto e entrei desisti.. É a bunda do Gol todinha, e ao entrar no carro fique enlatado com meus 1,98m, simplesmente impossível dirigir…
    Os que me restaram então e estão me deixando nessa duvida cruel são: Peugeot 207 QuikSilver: http://carplace.virgula.uol.com.br/peugeot-relanc…. Que é um carro bem completo olhem só: http://carros.peugeot.com.br/versoes/207-quiksilv
    E o outro é o HB20, que gostei bastante do visual interior, porém no exterior prefiro a esportividade do 207, mas isso não me preocupa, ele é sim um carro belo.

    A dúvida mesmo foi gerada pelo seguinte fato, o Peugeot tem um interior bem acabado e com bons materiais porém bem mais simples em comparação ao HB20, já o HB 20 me coube, mas não com um bom espaço, e tive que deixar o banco no mais baixo possível, reclinar um pouco o encosto para trás e puxar o volante pra frente e eleva-lo pra cima… Enfim, me coube mas tem que ser desse jeito e se eu me esticar minha cabeça bate no teto.
    Com o Peugeot não tive esse problema, só abaixei o banco e pronto, nem precisei reclinar o encosto ou mexer no volante. Fiz o test Drive no 207 normal 1.4 e adorei, motor tão bom quanto o Symbol 1.6 e fiquei super confortável dentro, fiquei imaginando ele com o motor 1.6 e todo estilizado como é o Quiksilver, ia ficar top…

    MAS NÃO CONSIGO ME DECIDIR ENTRE ELE… Me falem algo ai… POR FAVOR

    • Edenildo Lessa

      15 de novembro de 2012 at 22:50

      Meus caros amigos tenho um celta zero só tem,3 meses de uso , fiz um teste drive no hb20 completo ontem dia 14/11/2012, e quando vóltei a dirigir meu certinha, hahahahahahah, me senti dirigindo uma carroça me arrependi profundamente de ter comprado o celta , agora vou ter que vender ele para troca de carro nao quero outro só o hb20 da hyundai agora hehehehehehe.

      Edenildo Lessa
      Recife-pernambuco

  20. ricardo

    16 de novembro de 2012 at 0:55

    sobresalto é"susto",não seria "resalto"?

  21. Celio

    17 de novembro de 2012 at 8:25

    Eu tinha um gol, e eu tinha sido assaltado, ai resolvi mudar de carro conheci o Onix e o hb20, tudo no mesmo dia..
    Eu ja era apaixonado no hb20 antes mesmo do lançamento..
    Mais eu nao vi conforto no hb20, conforto interno,os bancos do hb20 cansam,nao tem macies, conforto, diferente do onix, onde o banco parece de abraçar..
    O hb20 tem uma beleza externa muito grande, mais pra mim prevalece a beleza e o conforto interno..
    Comprei o onix.. quem sabe se a Hyundai nao faz outros carros com mais conforto,ai eu compro… mais hb20 só tem publicidade!

  22. fala serio

    17 de novembro de 2012 at 18:20

    Na boa!e um carro muito !bla bla bla , o melhor de todos hatches pode ser, varios premios, muito premiado pelas midias especializadas . mas no fundo., demora ou entao nunca sera modelo para ficar entre os mais vendidos!No Brasil infelizmente nao! Carros recem lançados com gol 6, onix e o mesmo! a faixa de preço deles ficou muito acima do que carros como esse p classe mais consumidora brasileira nao compre ou de trabalho p comprar!coitado de nois brasucas!!!

  23. Janjão, o viking!

    28 de novembro de 2012 at 13:13

    O HB20 é bonito sem dúvida, mas é caro pelo CONFORTO que oferece. O Onix me parece mais confortável, mas por sua vez não tem marcador de temperatura do motor (motorista novo de carteira talvez nem saiba para que serve isso e acha lindo o painel do Onix rsrsrs).
    Ambos são novos, os problemas crônicos vão aparecer somente daqui um ano mais ou menos. Ainda que o Onix ao menos terá manutenção mecânica fácil por usar motores comuns da GM. Assim, estou de olho em carros comprovadamente bons que estão "fora da moda", preferencialmente que estejam saindo de linha e por isso com bom custo-beneficio.

    • Limax

      11 de dezembro de 2012 at 19:06

      Como o Prisma, por exemplo???

  24. edson

    6 de dezembro de 2012 at 21:27

    edson gostei do hb20 mais fico con gol

    • Ernesto

      10 de dezembro de 2012 at 21:21

      O HB20 é um carro caro para o pouco que oferece. Uma versão idêntica em termos de opcionais no Gol ou Palio sai por pelo menos oito mil reais a menos. Pela análise feita, percebe-se que não andaram nas versões atuais do Gol nem do Novo Palio. Eu fiz test drive nas versões atuais do Novo Palio, Gol e HB20 e posso afirmar que o melhor custo beneficio é o do novo palio com motor eTorq que é extremamente superior ao motor do HB20 em desempenho e com consumo muito menor.

  25. LUIZ MORAES

    10 de janeiro de 2013 at 15:25

    As versões completas do HB20 tanto o 1.0 como o 1.6 já poderiam vir com DVD de 7.0 polegadas com entrada aux e USB para melhorar o custo-benefício, não entendo poque que. ainda existem veiculos que o som integrado só vem com CD/MP3. As montadoras já deveriam ter corrigido essa grande falha. isso já está bastante defesado.

  26. Opinião de quem vez teste drive no HB20.

    22 de janeiro de 2013 at 15:41

    O que as revista não falam é que o carro é extremamente barulhento no rodar em pisos irregulares, como em 90% das ruas de São Paulo. Também, passa uma impressão de fragilidade, de falta de estabilidade. É apenas um carro bonitinho, nada melhor que o Gol ou outros similares.

  27. milton motta

    18 de fevereiro de 2013 at 19:50

    Qual o consumo de ETANOL e Gasolina .

    Estrada e cidade ??????????????????? Milton

  28. ana paula rangel

    15 de julho de 2013 at 18:57

    gostaria de saber porque não tem a cor vermelha o sedan HB20S .
    eu só gosto de carro vermelho
    será que o ano que vem vai ter

  29. Danilo

    24 de março de 2014 at 9:01

    NÃO COMPREM HB20. O consumo de combustível é absurdo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>