CARPLACE

Novo Focus estreia motor 2.0 flex com injeção direta – veja fotos e conteúdo

Novo Ford Focus 2.0 GDI

A Ford mostra o novo Focus Sedan ao público a partir desta quinta-feira (29) no Pavilhão da Bienal, no parque do Ibirapuera, em São Paulo. Com a exposição “Focus pop-up gallery”, a marca do oval azul segue mais uma vez a política de apresentar o carro ao consumidor antes mesmo da imprensa – como já ocorreu com o EcoSport e o New Fiesta nacional.

Novo Ford Focus 2.0 GDI

Como CARPLACE havia adiantado, a Ford vai priorizar novamente a versão sedã do Focus – tanto que o hatch nem aparece entre os 20 carros da mostra. Uma pena, visto que o modelo vai acabar sendo ofuscado pelo lançamento do novo VW Golf, rival fortíssimo que tem tudo para brigar pela liderança do segmento e começa a ser vendido em setembro.

novo-focus-2014-brasil-03

Uma das atrações do Focus de terceira geração é a nova versão do motor, o 2.0 Duratec Direct Flex, agora com injeção direta – a primeira do tipo num propulsor flex – e taxa de compressão elevada para 12:1. Entre outras tecnologias, como duplo comando variável de válvulas e a injeção direta de alta pressão que dispensa o tanquinho de partida a frio, o motor chegou a expressivos 178 cv de potência e torque de 22,5 kgfm com etanol e 175 cv e 21,5 kgfm com gasolina, sempre a 4.500 rpm. O novo motor será acompanhado do câmbio automatizado Powershift de dupla embreagem e seis marchas, sem opção de transmissão manual.

Novo Ford Focus 2.0 GDI

As unidades presentes no evento são todas da versão top de linha, a 2.0 Titanium. Chama a atenção o padrão de acabamento adotado. O painel é inteiro emborrachado, macio ao toque, com alguns pontos com acabamento em alumínio e outros em preto brilhante. O banco do motorista, nesta versão, possui ajuste elétrico enquanto a ignição do motor é feita através de botão. Também são novidades inéditas no segmento o sistema de monitoramento de pressão dos pneus e o sistema de auxílio ao estacionamento (Park Assist).

Novo Ford Focus 2.0 GDI

Produzido na Argentina, o Focus chegará ao mercado em outubro nas versões 1.6 S de 130 cv (somente para o hatch), SE, SE Plus e Titanium. Considerado a “vitrine de tecnologia” da Ford, o modelo terá ainda equipamentos como a central multimídia My Ford Touch, câmera traseira, sensores de iluminação, de chuva e de estacionamento, ar digital de duas zonas, controle de estabilidade e até seis airbags, dependendo da versão.

Novo Ford Focus 2.0 GDI

Serviço
Local: Pavilhão Ciccillo Matarazzo (Pavilhão da Bienal), Parque do Ibirapuera, São Paulo, Entrada pelo Portão 3.

Data: de 29 de Agosto a 1º de Setembro de 2013

Horário de funcionamento:
12h às 22h, na quinta-feira e sexta-feira
10h às 22h, no sábado
10h às 19h, no domingo

Entrada: gratuita

Fotos: Daniel Messeder

Clique aqui para ver a galeria em alta resolução

focus-2014

http://carplace.virgula.uol.com.br/wp-content/tn3/2/novo-focus-2014-brasil-17.jpg
  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

  • Novo Ford Focus 2014

Publicidade
Publicidade

296 comentários

  1. Luiz Felipe

    28 de agosto de 2013 at 21:11

    Ooooooooooohh rodiiiiiiiiiiiiiiinha feeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiaaaaa!!!!!!!!

    A que vinha na antiga versão Ghia era 1000x mais bonita.

    • vgdoche

      28 de agosto de 2013 at 22:05

      Absolutamente de acordo, se o Titanium vier com essas rodas e sem nenhuma outra de opção vai ferrar geral. Por que elas são uma lástima.

      • Fabio

        2 de setembro de 2013 at 14:11

        mais uma razão pra não comprar a versão titanium… rs

  2. gcaraujo

    28 de agosto de 2013 at 21:31

    Belo carro, mas estamos falando de valores bem salgados… acho que pagar mais de 60 Mil em um carro é o fim da picada…bom, para aqueles que comprar e se endividam em financiamentos se divirtam, pq vcs tornam os carros caros, pois tem quem compra… BRasil, país de Alienados!!!

  3. JCM

    28 de agosto de 2013 at 21:34

    NA minha opiniao o golf eh mais CARRO e muito melhor tecnologicamente.

  4. Pedro Da Silva Pedro

    28 de agosto de 2013 at 21:49

    Pós venda que não deixa-nos a desejar, mas isso não é qualidade só da Ford, apenas os "japas" Honda e Toyota se diferenciam no nosso mercado. Revisões semestrais que só aumentam a manutenção e muitas vezes com falta de peças por esse carro ser feito na Argentina, não me convencem comprar esse carro. Vem pra cá Focus… vem!

  5. ADALBERTO OZELIM

    28 de agosto de 2013 at 21:55

    Civic Sedan EXS 1.8/1.8 Flex 16V Aut.R$ 80.444,00
    Corolla ALTIS 2.0 Flex 16V Aut.R$ 83.643,00
    Novo Focus Titanium Sedan 2.0 – R$ 82 mil
    É neste grupo que a Ford quer ficar – o modelo vendido atualmente não conseguiu se colocar entre eles (status) , mesmo sendo melhor em vários quesitos – penso que foram vários erros – um deles foi quando do lançamento por não oferecer motor flex – O motivo da montadora do oval azul trazer primeiro o sedam top é justamente para que haja uma comparação direta com o Civic e Corola – infelizmente o Brasileiro compra automóvel – mais por status e para desfilar para os vizinhos – quando os ´´brasucas´´ já estiverem rodando orgulhosos com seus Focus Sedam Titanium de ´´nariz empinado´´ e pose de ´´bacana´´- aí a Ford vai trazer as versões mais baratas – assim seu carro já conseguiu se posicionar no mesmo nível de status ( me desculpem – não consegui termo melhor ) do Honda e do Toyota . Eu penso que a Ford tem toda razão em agir assim – ´´ se dança conforme a música ´´ –

    • Nullfier

      1 de setembro de 2013 at 14:28

      O problema não é status, e sim o PÓS-VENDA da Ford que é RIDÍCULO. Quem compra Civic e Corolla provavelmente está querendo não só status como também fugir de dor de cabeça. Comprei meu primeiro Ford zero há 3 meses e já estou pensando em vendê-lo, tamanho o número de problemas "de série" que vieram com o carro e a Ford não resolve.

      • Fabio

        2 de setembro de 2013 at 14:14

        qual carro? por curiosidade… Abraçar o lançamento às vezes traz outros "incrementos" além de pagar mais caro.

    • Calferr

      2 de setembro de 2013 at 13:25

      Amigo, você está correto. Agora entendo que quem compra um carro desta categoria quer conforto e status mesmo! Se assim não fosse, pregunto pra quê comprar um carro destes? As pessoas pensam sim em status, e digo mais todos têm vaidade, a diferença é que uns tem mais e outros menos.

    • Fabio

      2 de setembro de 2013 at 13:48

      porém vamos torcer que continue oferecendo mais por menos… essa é a melhor estratégia para um mercado que está aprendendo a comprar…

  6. BispoX

    28 de agosto de 2013 at 22:13

    vai andar mais e provavelmente custar menos que o Golf 1.4 / 2.0….. Ford quer dar um direto no nariz da VW !

    • Edson

      29 de agosto de 2013 at 8:05

      Vai nada… quem tomou um direto foi a Ford… Anunciou o Focus no ano passado, dizendo que ia ser a vitrine de tecnologia da Ford, só que demorou muito tempo.

      Enquanto isso a VW ficou quieta, do nada lançou o Golf 7 que ninguém esperava, e com muito mais equipamentos e mecânica superior ao Focus… Focus não é mais referência, pelo menos esse do Brasil não… se fosse o Ecoboost tudo bem.

      Golf não vai ter essa gambiarra de motor flex.

    • Luke

      29 de agosto de 2013 at 15:01

      Quanto a andar muito mais, sei não. O Golf VII 1.4 é turbo e possui torque de excelentes 25,5 mkgf a baixíssimas 1.500 rpm aliado a um câmbio de 7 marchas, contra 21,5 kgfm do Ford a altas 4.500 rpm e apenas 6 marchas (estou falando de gasolina). E o Golf também é bem mais leve que o Focus III. Eu apostaria em equilíbrio no desempenho mas com o Golf dando um banho em consumo!

      • danielGT

        29 de agosto de 2013 at 21:00

        Pois é acho que até o Bravo T-Jet da trabalho para este Focus em desempenho, fora o consumo os dois 1.4T dos rivais tem consumo muito bom tanto na estrada quanto na cidade mesmo, coisa que, mesmo com injeção direta e outro features, duvido que o motor da Ford chegue. Parece ser um bom motor, principalmente olhando para o Focus Sedã, mas o hatch se danou.

        • BispoX

          29 de agosto de 2013 at 23:27

          tempo.. relação de marchas..and plus… dirão… rs

        • Fabio

          2 de setembro de 2013 at 14:18

          Bravo??? kkkkkkkkkk só uma coisa… vai você no Bravo e eu no Focus, valendo o tanque???

  7. Mandabala

    28 de agosto de 2013 at 22:25

    Um usadinho dele vai bem, considerando que o Focus tem normalmente uma sobrevida alta no mercado brasileiro, sendo que nas "europa" já vai mudar.

  8. CooperS

    28 de agosto de 2013 at 22:30

    Eu vi o novo Golf nas ruas pela Fullpower, e na boa, ele se destaca de tudo (até de outros VWs tops)… Bom lance da fuckswagen deixa-lo na aparencia um pouco mais proximo dos Audi… Afinal, pelo preço tem que oferecer algo melhor tanto interno quanto externamente

  9. mho

    28 de agosto de 2013 at 22:54

    O jeito vai ser esperar para ver se vai aparecer uma versão manual 2.0

    • Fabio

      2 de setembro de 2013 at 14:21

      qual carro vc está falando?

  10. KzR

    28 de agosto de 2013 at 23:06

    Bom trabalho dona Ford, mas não vejo aletas atrás do volante e também sei que o powershift não traz opções de trocas na alavanca como outros robotizados ou automáticos sequenciais. É uma furada essa escolha para aqueles que não irão se satisfazer com os botões de troca de marcha.

    Outro detalhe? É 178cv de etanol sem turbo? Muito bom e tem mais torque que o Civic Si.

    • Gustavo73

      28 de agosto de 2013 at 23:19

      O powershift não tem aletas. Mas tem troca na alavanca de câmbio. Igual ao Cruze. Não é a melhor opção. Mas será assim.

      • Edson

        29 de agosto de 2013 at 8:06

        O Cruze não são botões como no Focus, no Cruze é como o tiptronic, muito melhor que esse botãozinho do lado da alavanca de câmbio… se informe melhor amigo!

        • Gustavo73

          30 de agosto de 2013 at 3:07

          Edson é por botão. Já dirigi.
          " E é a transmissão que faz com que o carro da Chevrolet ande tão bem na cidade quanto o Honda. A diferença de potência só é percebida com o pé fundo no acelerador, quando nota-se mais força do motor Honda. Na vida real, em uso urbano, os dois são parelhos. Porém, a Honda colocou aletas atrás do volante para o comando manual das trocas de marcha, o que torna menor a morosidade com que a caixa faz as trocas. No Cruze, o acionamento por botão na alavanca é complexo, mas usar o câmbio no modo manual é desnecessário, uma vez que a transmissão é rápida nas trocas e faz as reduções ao menor sinal de elevação na via e com mínima força a mais no acelerador."

          • Edson

            31 de agosto de 2013 at 23:39

            Dirigiu nada… eu tenho um cruze at… quer saber mais do que eu? Carplace, por favor coloque a informação sobre a troca manual do cruze at, é para baixo e para cima. Você deve ter dirigido um Sonic ou Cobalt ou Spin ou Prisma ou Onix… esses são por botões, o cruze não é.

          • Gustavo73

            1 de setembro de 2013 at 2:55

            Edson eu dirigi tanto o Sonic LTZ quanto o Cruze LTZ. Tenho 2 amigos que tem os 2 modelos. E os dirigi em um fds em Búzios. E sim vc tem razão e peço desculpas. Como estou com eles neste exato momento tirei a dúvida. E eles confirmaram que o Cruze tem trocas na canaleta, e o Sonic só por botão.
            O que me chamou atenção foi a matéria que transcrevi, fazer alusão a troca por botão no Cruze.
            Mas uma vez desculpe pela minha informação errada.

          • Edson

            1 de setembro de 2013 at 20:47

            Legal você ter corrigido sua opinião, poucos aqui fazem isso.

      • Edson

        29 de agosto de 2013 at 9:57

        Não é igual ao do Cruze… se informe melhor!!! Do Cruze é como o Tiptronic, não um botãozinho.

    • vgdoche

      29 de agosto de 2013 at 19:51

      O Civic Si que chega em janeiro de 2014 tem torque de 24mkgf.

      • Gustavo73

        30 de agosto de 2013 at 3:10

        Ele deve estar falando do Si 2.0 que foi vendido aqui. Esse novo Si se não me engano é 2.4.

        • KzR

          5 de setembro de 2013 at 13:31

          Justamente. Não tem sentido em falar de carro que ainda não chegou como referência (a não ser que seja explicitado).

      • KzR

        5 de setembro de 2013 at 13:31

        Civic Si anterior. O de 4 portas.

  11. jfonts311

    28 de agosto de 2013 at 23:16

    Que cavalo!!

  12. Paulo_Gustavo

    28 de agosto de 2013 at 23:50

    Se eu fosse comprar a versão top eu ia obrigar o vendedor trocar essa roda por uma normal!

    No mais o Focus é ótimo. Pode não ter o conjunto tão bem acertado qto o Golf, mas é um excelente carro tb, além do mais provavelmente será mais barato pra comprar e manter.

  13. Readgis

    29 de agosto de 2013 at 2:16

    Equipamento de primeira linha, mas ainda aguardamos os Ecoboosts e o Aston design.

  14. Milton_GT

    29 de agosto de 2013 at 13:26

    O motor com esta taxa alta de compressão de 12,5 só vai poder andar com Etanol, pois com a nossa gasolina vai bater pino. Então tô fora, comigo é só gasolina. Etanol é combustível dos bobão, como diz a propaganda.

    • Carlos

      30 de agosto de 2013 at 19:51

      Será que bate pino ?

      Lembre-se de que se trata de um motor com injeção direta, e nesse tipo de sistema, devido a diversos fatores de temperatura e descompressão é possível elevar a taxa de compressão sem causar maiores problemas.

    • Fabio

      2 de setembro de 2013 at 14:30

      afffe combustível dos bobão? ótimo argumento!

  15. Luke

    29 de agosto de 2013 at 14:56

    Se tivesse sido lançado há um ano atrás, logo após ser mostrada no Salão de SP, causaria grande impacto. Mas chegando agora pode ser ofuscado pelo Golf 7 (o hatch) e no ano que vem pelos Novos Corolla e Civic (o sedan). Sem falar que, no máximo em um ano, essa frente estará defasada em relação ao europeu. Isso é o que dá demorar tanto para lançar no Brasil a nova geração de seus carros, dona Ford.

  16. lexbh

    29 de agosto de 2013 at 17:44

    É amigos, tenho um focus 2007ghia, um grande amigo tem um 2009ghia e esse ai veio pra arrebentar mesmo. Só tenho um porem/ressalva. O powershift tá dando muito retorno e ainda não estou convencido que o mesmo seja bom. Já guiei e vi que é excelente porem ver tantos cambios com problema me deixam um pouco preocupado

    • TacodeSinuca

      1 de setembro de 2013 at 19:43

      Estou contigo, entre nos foruns gringos e veja a enorme quantidade de reclamaçoes em relação em ao PS, eu prefiro não arriscar

  17. Pinheiro

    29 de agosto de 2013 at 19:51

    As rodas sao muito feias a exemplo do Fiat Bravo que nao vendeu nada.

  18. chuck

    29 de agosto de 2013 at 23:43

    Tiraram o som premium e o aquecimento dos bancos.
    Assim não dá Ford!

    • TacodeSinuca

      1 de setembro de 2013 at 19:40

      Aquecimento de banco no Brasil? Ta de brinks né champz…..melhor seria um ar condicionado de banco kkkkkkkk

      • Edson

        1 de setembro de 2013 at 20:49

        Brasil é muito grande, amigo… Vai morar no Sul para você ver… no estado de São Paulo mesmo tem muitas cidades frias, sul de Minas… e é um equipamento que você aciona se quiser.

      • Carlos

        3 de setembro de 2013 at 2:05

        Vai morar na serra gaucha… curitiba… La neva cara….

  19. bruno

    30 de agosto de 2013 at 13:03

    Ainda acho que se a Ford não ousar e colocar a versão top por algo em torno de 75k irá continuar tomando pau dos japas.
    O carro aparentemente é bom, mas nesse segmento o consumidor é mais conservador e faz questão de um pós venda decente, e nesse ponto só honda e toyota oferecem um serviço honesto.
    Todas demais montadoras além do péssimo atendimento, extorquem o consumidor na compra e também nas revisões caríssimas, algumas de 6 em 6 meses (dentre elas a Ford).
    Já tive carro de todas as grandes do Brasil, hoje tenho um honda e um vw, e sinto nitidamente a diferença. Gasto mais do que o dobro para manter o segundo, apesar de ser um carro com valor muito menor.
    Para competir com a mecânica confiável, bons pós venda e valor de revenda dos japas, não basta apresentar um bom produto, terá também que ofertar preço melhor de venda e manutenção.

    • vgdoche

      30 de agosto de 2013 at 21:30

      Certíssimo Bruno, excelente comentário.

  20. W_Costa

    31 de agosto de 2013 at 14:10

    Simplesmente o melhor, mais bonito e ainda com inovação dentro da categoria, painel mais lindo que já vi…

    • TacodeSinuca

      1 de setembro de 2013 at 19:38

      Agora vamos ver o valor, se torna tudo isso viável, não adianta ter milhões de vantagens se o preço final jogar tudo no lixo

      • Fabio

        2 de setembro de 2013 at 14:33

        isso ae… se liga Dna Ford… Se não eu não compro heim! rs

  21. EDUARDO

    1 de setembro de 2013 at 18:15

    Roda HORRÍVEL!

  22. SAMI

    2 de setembro de 2013 at 17:24

    Tudo muito bom mas….
    Que m.. de frente é essa, alguém saberia explicar porque não segue o estilo do New Fiesta e Novo Fusion (que ficaram show de bola). Já to vendo a m…, tu compra o carro esse ano e ano que vem a ford lança o 2015 com o mesmo estilo Fiesta Fusion e quem comprou sifu. tudo bem que esse mesmo carro já é antigo la fora, mas podia pelo menos mexer na frente né?!!?!?!?!?!

  23. YoOdEx

    3 de setembro de 2013 at 21:49

    Estou ansioso para ver esse 2.0 na pista.. Focus 178 cavalos, ou Golf 140 turbo? Aposto que o Golf leva em desempenho e consumo…

  24. David Varchavsky

    4 de setembro de 2013 at 20:18

    Volante de 4 raios? Aaarrrgh…

  25. Rosângela

    10 de setembro de 2013 at 19:10

    Modéstia parte… sou mais o novo Classe A da Mercedes-Benz.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>