CARPLACE

No dia da estreia, Peugeot 208 tem preço de tabela e pronta entrega

208 loja

Conforme anunciado pela Peugeot, o 208 chegou às revendas brasileiras neste sábado (13). Produzido em Porto Real (RJ) apenas um ano após o lançamento na Europa, o novo hatch tem a missão de reconduzir a marca do leão rumo ao sucesso. Para tanto, o modelo estreia em duas motorizações (1.5 e 1.6 16V) e três versões de acabamento (Active, Allure e Griffe), com preços a partir de R$ 39.990.

208 loja 3

Nas concessionárias visitadas pela reportagem do CARPLACE, na zona sul de São Paulo, as lojas estavam movimentadas e tinham todas as versões para exibição – inclusive a de entrada, que costuma ser “escondida” nessa fase de lançamento. Segundo um consultor de vendas, a procura pelo modelo tem sido boa, mas a Peugeot preparou um bom estoque para que não faltasse carro. Tanto que o preço praticado nas revendas é o mesmo sugerido pela marca (R$ 39.990 na Active, R$ 45.990 na Allure e R$ 50.690 na Griffe, todas em cores sólidas) e há a maioria das cores para pronta-entrega.

208 loja 2

A expectativa da Peugeot é emplacar de 2.500 a 3.000 unidades do 208 por mês. Interessado? Confira a avaliação da versão 1.5 e um teste exclusivo da versão 1.6 por mais de 1.000 km.

Fotos Daniel Messeder

Publicidade

118 comentários

  1. rafaelsubaru

    13 de abril de 2013 at 15:03

    realmente, esta no preço de tabela.. sem agio e é muito bonito.. fui ver o carro na quinta na cc em sorocaba, mais na minha opniao na versao alure ja compraria o 308 ..

    • afonso200

      13 de abril de 2013 at 19:13

      sim mas o preço por si já é um agio

    • Ricardo

      13 de abril de 2013 at 19:47

      Tenho um 308 2.0 e acho que trocaria por 1 top de linha kkkk 308 tem defeito por todo lado

      • rafaelsubaru

        13 de abril de 2013 at 19:58

        meu irmao tem um 308 active, eu particularmente gostei do carro!! preço que ele pagou (46mil R$)ele fugiu do top menos cambio automatico do HB20, que eu fui com ele e tavam oferencendo para gente o top por 45mil, e ate agora nenhum problema o 308 dele ja esta com 23 mil km em 5 meses,e olha que ele primeiro frances na garagem
        Ricardo qual defeito tem no seu 308?

  2. Pimentel_

    13 de abril de 2013 at 15:03

    Bonito ele é. Na minha opinião, o mais bonito da categoria, tanto por dentro como por fora. Infelizmente faltam airbags e ESP.

    • Cristiano

      13 de abril de 2013 at 15:09

      Mas falaram que airbags e ESP vêm de série na versão de entrada. Sendo assim, estou fazendo um belo negócio ao levar o 207.

    • dudupruvinelli

      13 de abril de 2013 at 18:01

      Tinha na versão limitada os 6 airbags. E o que tem de reclamação dessa versão (por causa da entrega) no google é algo!

      • Hbolivar

        13 de abril de 2013 at 19:03

        Se atrasaram o pessoal ficou p. da vida mesmo.
        A ideia era mesmo sair na frente, premier, tirar onda. Mas… peo menos viram que não pagaram tão caro, além de ter mais equipamentos.

        • Vaughan

          16 de abril de 2013 at 18:14

          Tem uma concessionária em Petrópolis com 2 (duas!) unidades do Premier a pronta entrega! Eu vi com meus próprios olhos e entrei em uma das unidades. Ok, caro e tal, mas ficou excepcional (tanto a Premier quanto a Griffe). Na sequência, entrei em um 308 THP… tirando a cortina do teto, elétrica, da dó do 308 em termos de ergonomia e design internos!

    • CeloSurf_

      15 de abril de 2013 at 0:45

      falta tbm o cambio AT moderno, ainda mais nesse preço.

    • elano peugeot

      18 de abril de 2013 at 11:58

      air bag ele tem frontais . vc queria qtos?
      até concordo q falta esp, mas q carro desse segmento tem se tratando de um carro do segmento hatch back.

  3. TacodeSinuca

    13 de abril de 2013 at 15:13

    Scumbag Peugeot Ricardo Jafet, utilizando vaga de deficiente para fazer o mostruario

    • PONCIO PILATOS

      13 de abril de 2013 at 20:12

      kkk é pq, no fundo, no fundo, ele é um carro manco…

      • jj seabra

        13 de abril de 2013 at 21:03

        Pois é, vem só com 3 rodas. Até parece que todo mundo compra carro para apostar corrida nas ruas.

        • PONCIO PILATOS

          13 de abril de 2013 at 22:22

          negativo, ele vem com 5 rodas (é provavel que tenha estepe)… mas a manquitolagem vem do motor fraco e baixo torque (1.5, principalmente) para puxar os seus mais de 1.000 kg. então pra que pagar cinquenta mil lascas nele, pague 30.000 num fiesta 1.0 ou 22 num Ka ou mille e sejas feliz… um carro desse porte, peso e preço, por 50.000 e ainda acha a ultima bolacha do pacote??? fala sério…
          me refiro a não somente esse, mas a todos carros de 50.000 ou próximo disso com motor 1.4,1.5,16 e até 1.0 (e existe)…

          • TacodeSinuca

            13 de abril de 2013 at 22:34

            e os 1.5 que passam de 60mil?

            Fit seu lindo…. só que não mesmo

          • PONCIO PILATOS

            14 de abril de 2013 at 10:41

            sim sim… tem 1.6 de 110 mil lágrimas e não são de nenhuma marca sagrada (BMW ou merça)… mas tem "superesportivos", v.g., veboster, ou supercompactospremium HB20X ou FIT "off road", num é mole não… supersedãs (KIA CERATO) etc… paga quem quer né?

          • TacodeSinuca

            14 de abril de 2013 at 11:53

            Pois é.. Paga quem quer e lasca a vida de quem não quer =/

    • Junior_MG

      15 de abril de 2013 at 19:17

      Foi a primeira coisa que me chamou atenção, não conheço o lugar mas parece que sao as unicas 2 vagas. ainda estao mal estacionados e em cima de elevadores que entregam que são só para exposição.

  4. Bruno PR

    13 de abril de 2013 at 15:30

    C3 e 500 são mais bonitos, mas o 208 é bem equipado e acabado.

  5. lsguaranikaiowa

    13 de abril de 2013 at 15:46

    Legal mesmo ver preço cobrado sem ágio…resta saber se no financiamento não tem taxa de retorno…mas de qualquer forma é muito, mas muito caro mesmo…

    • Emerson Lima

      13 de abril de 2013 at 19:00

      A pessoa pode escolher a financeira que tiver o melhor negócio.

    • Emerson Lima

      13 de abril de 2013 at 19:01

      Ah, está caro mesmo. =/

  6. Milton_GT

    13 de abril de 2013 at 16:04

    Preços competitivos com o Punto, é uma opção, se bem que Peugeot não é muito aceito
    AVISO: Não respondo comentários imbecis, ou de pessoas ignorantes.

    • saosao

      13 de abril de 2013 at 16:39

      Pela regra 208 deveria competir com Palio e outros pequenos, só que a Peugeot fez o favor de trazê-lo como premium.
      Passo longe de franceses.

      • Jose Marcio

        13 de abril de 2013 at 17:14

        Na Europa ele é mesmo compacto premium, briga com Polo, Ponto…, palio seria o abaixo desse 208, se não me engano o 108

      • dougkmt

        13 de abril de 2013 at 17:33

        Seguindo o seu raciocínio, o New Fiesta deveria concorrer com Uno, Punto com Gol, Polo com Ka, Sonic com Fiesta, e 208 com Palio.

      • Eric

        13 de abril de 2013 at 17:52

        Não dá pra comparar Palio com 208

      • danieldourado_2

        13 de abril de 2013 at 21:59

        Comparar o 208 com pálio? AFF. Vamos comparar um Sentra com um Versa!

        • vini_B

          13 de abril de 2013 at 23:49

          Vamos comparar um Jetta com um Santana então…

      • Marcelo

        14 de abril de 2013 at 23:37

        Acredito que você só pode ter como opção financeira em optar por um carro de baixa qualidade e de péssimo acabamento, dê uma olhada nesse carro 208 que outro da mesma categoria vai parecer ultrapassado…não é a toa que ele é o mais vendido na europa!Compra um etios com acabamento de chinês…

    • Marcelo

      14 de abril de 2013 at 9:00

      Entao compra um espelho

  7. Pedrosa

    13 de abril de 2013 at 16:08

    Daniel Messeder,

    Você tem alguma informação sobre os preços dos fretes para as demais regiões.
    Algumas concessionárias estão dizendo que o frete custa 2.000 reais no Nordeste.

    Seria interessante se conseguisse o valor dos fretes para que o consumidor soubesse se realmente existe ou não, e quanto custa.

    Ps.: Lembrando que no caso no 208, 39.990 só vale para a Active 1.5 na cor vermelha. O resto paga 500 no branco (sólida) e 1.100 nas demais. (Tem também um branco de 2.000)
    Abraço.

    • filipe

      13 de abril de 2013 at 18:51

      Tb quero saber o preço dos fretes para saber se isso não é um ágio camuflado. Em Juiz de Fora estão pedindo 1.000,00 de frete. Absurdo!

      • Gustavo73

        14 de abril de 2013 at 0:14

        Ai está o ágio…

    • Leobsb

      13 de abril de 2013 at 22:05

      Em Brasilia estão cobrando 1.750,00 à titulo de frete.

    • Massanori

      15 de abril de 2013 at 9:45

      Pois é já vi num cc aqui em Recife cobrando 2000 de frete e mais a diferença de ICMS, que segundo a vendendora era diferente. Para vocês terem idéia, a versão Griffe chega custar 54000.

  8. angelo

    13 de abril de 2013 at 16:10

    50 mil na versão grife + 1.200 de documento + 1.500 da pintura metalica caso queira por ela + 1.500 caso queira banco de couro, um total de 54.000 mil, pefiro uma captiva completa e zerada ano 2011 com 15 mil km a preço de 65,000 mil….

  9. Andres

    13 de abril de 2013 at 16:21

    Vi o 208 hoje na concessionária e ele realmnete ficou muito bonito, não é 'feminino' como o C3 nem 'envelhecido' como o Punto. Pena que a Peugeot não tenha um pós-venda muito digno. Será que além dos motores e plataforma, o 208 terá 3 anos de garantia que nem o 'primo' C3?

    • Eric

      14 de abril de 2013 at 20:14

      3 anos de garantia, soma das 3 primeiras revisões R$ 810,00 (1.5) e R$ 890,00 (1.6).

    • Marcelo

      14 de abril de 2013 at 23:46

      Sim…3 anos de garantia total.

  10. fabio_augusto

    13 de abril de 2013 at 16:40

    Tem um buraco enorme entre o preço do Active e Allure. Deveria ter uma versão intermediária entre as duas com preço de 42k ou 43k.
    Eu levaria o Active, mas daria um jeito de colocar as belas rodas do Griffie (odeio calotas).

  11. rodrigofante

    13 de abril de 2013 at 17:20

    Deveria vir por no máximo 34,35k.

    Carro para competir com HB20, Gol, Onix.

    • Eric

      13 de abril de 2013 at 17:54

      Não dá pra comparar o 208 com o Gol, nem com o HB20 nem com o Onix, o 208 é muito mais carro.

      • Junior_MG

        15 de abril de 2013 at 19:25

        então vc não quer aceitar que os compactos merecem evoluir e serem melhores a cada geração? Carro de entrada de marca com tamanho reduzido todos eles são. Eu quero que carro melhor seja mais barato mesmo e se 208 é mais carro que os outros não é por isso que deve ser mais caro.

    • jonas araujo jr

      13 de abril de 2013 at 18:45

      nas versões de HB 20/ 1.6,gol1.6, e Onix 1.4,mas aí começo a observar que o 208 é muito mais "carro"!

    • Matheus

      14 de abril de 2013 at 11:20

      E quanto custa o hb20 e o gol comparando com os opcionais que o 208 tem!?!?!? O mesmo preco!!!

  12. dudupruvinelli

    13 de abril de 2013 at 18:00

    Seis airbags e ESP é lenda urbana do Brasil… tenho que partir para os usados mesmo! 5 estrelas no euroncap. Estou ansioso para ver quantas ganhará aqui.

    • Emerson Lima

      13 de abril de 2013 at 19:03

      Se for como no fiasco que foi o 207 "brasil" no LatinNCAP será triste!

      • Cristiano Ônibus

        14 de abril de 2013 at 0:25

        Vi dois crash test do 207 e um saiu melhor que o outro estruturalmente. De fato não existem carros 100% iguais na mesma linha de montagem. Uma bobina de aço pode vir com menos resistência que a outra. Metalurgia não é uma indústria de qualidade exata. Embora esperamos o contrário.

    • Eric

      14 de abril de 2013 at 20:18

      O 208 tem chances de conquistar 4 estrelas no LatinNCAP.

  13. ADALBERTO OZELIM

    13 de abril de 2013 at 18:49

    Quanto mais concorrência melhor – ter todos os modelos a disposição no lançamento e ainda com preço de tabela já é um grande avanço – torço para que essa atitude contamine todas as montadoras – sou otimista e acredito que mesmo devagar o futuro do nosso mercado de automóveis é se igualar a grande maioria dos mercados no mundo – onde os automóveis são produtos iguais aos outros e seguem o mesmo padrão de vendas – concorrência – oferta – segurança – etc etc etc…..

  14. Cebolafrita

    13 de abril de 2013 at 19:18

    É nisso que a peugeot peca, quando é para tirar um 10 … deveria vir com 6 airbags, preço de 43 mil e pressão no pós venda da marca que é muito ruim. O onix e o hb20 estão com preços acima do normal, acho que para o 208 o rival é o new fiesta e o punto… Acorda peugeot

    • Eric

      14 de abril de 2013 at 20:20

      Que carro tem 6 airbags e custa 43 mil?

  15. PauloRocker

    13 de abril de 2013 at 19:47

    Pelo preço parece ter ficado competitivo, mas o carro ficou lindo, show de bola, uma evolução e tanto em relação ao antigo e atual 207 !!!

  16. Boblop61

    13 de abril de 2013 at 19:59

    Vi todas as versões e sinceramente me surpreendi com o visual. O Top automático é muito bonito, contando com teto de vidro e leds externos. Muito caro, pois, há alguns dias, aqui no Rio me fizeram uma proposta num 408 Allure Automático em 45 mil; nesta semana estava em 49 mil, pois, a top do 208 estava 56 mil. Não sou de ficar comparando preços com outros países, até por que vivo aqui, mas acho que essas versões mais completas, estão muito próximas das básicas de segmentos maiores. Compensa esperar uma ano e comprar semi-novo já desvalorizado…

  17. robson

    13 de abril de 2013 at 20:09

    a versao active esta 41 e 500 aq no rio de janeiro ….

  18. vitara

    13 de abril de 2013 at 20:54

    Não sei vcs, mas com 50Mil prefiro um corola 2011…

    • jonas araujo jr

      14 de abril de 2013 at 7:45

      208 carro compacto,aspecto " joven" ,Corolla carro de tiozão!

    • Marcelo

      14 de abril de 2013 at 23:51

      Tudo a ver essa comparação…..vou comprar uma bmw 350i em vez de um uno….

  19. carlos

    13 de abril de 2013 at 21:04

    Com esses preços vai ser difícil esse modelo alavancar as vendas da Peugeot.

    • Eric

      14 de abril de 2013 at 20:11

      Os preços são altos, mas na minha opinião não estão fora da realidade. O C3 vende 3000 por mês e é mais caro e pior do que o 208.

    • Eric

      16 de abril de 2013 at 11:53

      As vendas tão indo bem, todas as unidades em Caxias do Sul foram vendidas, e os que mais estão vendendo aqui são os Griffe manual, só tem a pronta entrega um Allure branco, um Active vermelho e um Griffe aut. marrom dark carmim. Ouvi que em Curitiba as vendas também tão indo acima do esperado.

  20. Leobsb

    13 de abril de 2013 at 22:37

    Estive nessa tarde (13/04) na concessionária Champion de Brasilia, e me surpreendi com o preço, R$53,940,00 pela versão grife com pintura perolizada, 1.750.00 reais a mais que o valor "oficial". O vendedor me informou se tratar do custo de frete e que somente na versão Active não era realizada a cobrança.

    Com esse preço "R$53.940,00" o custo de ter um 208 fica bem próximo de carros de categoria superior ex.

    Fiat Bravo Essence 1.8 – R$54.480,00 (pintura sólida)
    Peugeot 308 Active 1.6 – R$50.990,00 (pintura sólida)
    Peugeot 308 Allure 1.6 – R$53.990,00 (pintura sólida)

    • W_Costa

      13 de abril de 2013 at 23:56

      Boa observação…, pelo menos eu não curto médios, iria de T-Jet, Punto Sporting, Fox, Fiesta 1.6 16V, talvez até um 500, etc…., ou seja, tem muitos compactos que andam bem mais com preço mais em conta também que um 208 Top.

    • GustavoTA

      14 de abril de 2013 at 13:07

      Entre no 308 e no 208, o menor dá aula pro maior, o 308 ainda tem aquela chave antiquada, um volante que nos anos 2000 devia ser bonito, agora entre no 208 muito + esportivo e com acabamento melhor! Gosto não se discute!

      • Vaughan

        16 de abril de 2013 at 18:16

        Tive a mesmíssima impressão! O 308 fica no chinelo, impressionante como acertaram a mão no 208!

  21. Alexandre

    13 de abril de 2013 at 22:58

    Fui conhecer o modelo e fiquei com aquela impressão de quando o 206 pela primeira vez. O carro é todo certinho, com desenho e acabamento perfeitos. Deu vontade de voltar para a Peugeot. Quem sabe ano que vem comprar um semi-novo porque 0 KM não dá !

  22. Gustavo73

    14 de abril de 2013 at 0:12

    As coisas no Brasil chegaram a tal ponto, que vira matéria um carro que está sendo produzido a mais de um mês antes de ser colocado a venda. Ter unidades para pronta entrega e sem ágio. Mas se ele é lançamento e tem um estoque formado e foi planejado para ser lançado isso não seria normal?
    Quanto a quem perguntou, não a não ser que vc more no Oiapoque ou Chuí, não é normal te cobrarem mais de mil reais de Frete…

  23. Fabio

    14 de abril de 2013 at 0:26

    Em salvador o agio eh de 5mil em todas versoes na css da paralela… Em feira de santana a mesma coisa. Quem compra eh idiota. Questionei o vendedor e resposta dele eh que o preco do site eh marketing… Que nunca vendem por este preco. Dei as costas e nunca mais piso la…. Mesma coisa na css da citroen aqui em salvador.

    • João

      27 de maio de 2013 at 23:07

      Marketing ou propaganda enganosa?

  24. W_Costa

    14 de abril de 2013 at 3:17

    Boa opção dentro da categoria, principalmente o Active, que já possui nativamente o bom acabamento e construtividade da marca do Leão e possui mesmos ítens de segurança dos outros 208, mas o que me cativa mesmo nessa marca (e em todo carro bem desenhados) é o seu belo design e linhas marcantes (principalmente na frente) dessa fabricante. Até quando vejo um 307 enchuto pelas ruas ainda admiro sua beleza…

  25. Limelight

    14 de abril de 2013 at 8:30

    Carro interessante. Mas não acho que vá bombar. Pelo preço e pelo estilo. Achava o 207 anterior mais bonito.

    • Xinuo

      15 de abril de 2013 at 9:21

      Raro ver alguém que gostava daquela boca de sapo. Esse novo modelo, ficou melhor, na minha opinião, mas ainda têm muito a melhorar, talvez com a placa no meio da grade (creio que deva ficar no meio, se ficar embaixo fica raspando como na versão anterior), fique melhor.

    • DmR

      15 de abril de 2013 at 9:39

      Quanto mal gosto ein amigo? O 207 não foi bonito nem no lançamento.

  26. Pedro

    14 de abril de 2013 at 10:38

    Quanto a Segurança, reclamada por muitos (com razão) não apenas nesse carro Peugeot, esse nosso mercado está totalmente distorcido. No meu leigo entendimento itens como isofix, controle de estabilidade, airbags laterais e de cortinas e "outros" deveriam ser contemplados a partir das versões de entrada, "básica" mesmo. Sei no entanto que, nas próprias revendas e pesquisas e pedidos dos consumidores às fabricantes esses itens ficam burramente em segundo plano. Então eu pergunto quando, umas dessas fabricantes para o mercado aqui no nosso país vai colocar isso como um DIFERENCIAL DE VENDAS e começar a mudar essa mentalidade Otária do nosso "povo". Até o desGoverno está impondo através de legislação freios abs e airbag duplo frontais e, como incentivo não só à redução do consumo energético através do inovar-auto, mas a segurança é fundamental e salva vidas.

  27. aLDO

    14 de abril de 2013 at 10:45

    USAR A VAGA DE DEFICIENTE PARA EXPOR O CARRO É REALMENTE LAMENTÁVEL, SE SOUBESSE O ENDEREÇO EU DENUNCIAVA ESSA LOJA!!!

  28. brunocarros

    14 de abril de 2013 at 11:49

    R$39.990,00 no 208 1.5 básico? Não, prefiro um HB20 1.6 básico e ainda levo R$1.000,00 de troco.

    • Hiro

      14 de abril de 2013 at 12:44

      Se comparar a lista de equipamentos de série somente, o Peugeot ganha. E HB20 não vem nem com protetor de cárter, parece a época do Gol 1000 pelado.

    • Eric

      14 de abril de 2013 at 20:08

      fan boy compra Hyundai, carro de modinha

  29. D7V5

    14 de abril de 2013 at 16:01

    O Daniel …. andas com preguiça de escrever?

  30. D7V5

    14 de abril de 2013 at 16:16

    O carro (exceto o cambio automático antigo) está bom. O preço para variar está ruim. Quem pretende comprar, se puder deveria esperar por uns meses para observar se a concorrência não força os preços de lançamento, um pouco para baixo. Isso se o descontrole da inflação, que o governo não combate, permitir.

    • Leobsb

      14 de abril de 2013 at 22:21

      Minha intenção era de fechar a compra no pré-venda, me assustei com os preços oficiais e ontem com a informação da concessionária de que teria que pagar mais R$1.750,00 de frete vi que o melhor realmente é esperar, quero ver o Ford New Fiesta Nacional antes de tomar uma decisão.
      O mais provável e que eu compre um carro de outra marca.
      Esses caras tratam R$50.000,00 como se fosse troco de pinga!

  31. Denis

    14 de abril de 2013 at 20:57

    Achei o carro magnífico, não dá pra comparar com o 207. É outro carro (acabamento interno e externo). Fiz o test drive e fiquei deslumbrado com a sensação de dirigir (dirigi o 1.6). Responde rápido, direção firme, extremamente confortável.

    Realmente está caro, como qualquer outro carro no Brasil. Se considerarmos um HB20 premium manual (cerca de 47k), o 208 oferece o teto de vidro, a tela touch e aros 16). O preço do 208 (51k) estaria quase que equivalente (claro, sem ágil).

    Compará-lo com outros carros de categorias diferentes (como acima citado: corolla), não acho viável – visto que são modelos completamente diferentes, para públicos com perfis diferentes.

    Também admitido que, na minha humilde opinião – algumas pessoas procuram um veículo colocando o custo x benefício em primeiro lugar. Outros, num certo momento da vida, pensam em adquirir um carro 0km como um sonho, uma realização pessoal e até mesmo uma questão pessoal de gosto.

    Me incluo, nos dias de hoje – neste segundo grupo. Comprei o meu 208 griffe (branco) por 51k, dei meu usado por R$ 1.000,00 abaixo da FIPE e estou muito feliz. Como eu mesmo disse, de certa forma, agi pela emoção, prazer, gosto e realização pessoal. Para isso, deixei o custo x benefício de lado.

    No meu ponto de vista, se eu tivesse colocado o custo x benefício em primeiro lugar, correria atrás de um semi-novo (independente do modelo), nunca um 0km.

    • Dilema

      15 de abril de 2013 at 8:10

      Bacana sua exposição. Hoje estou poupando para trocar meu usado também e quando tiver a quantia decidirei se pego um seminovo de até uns 2 anos ou um 0km.

      Por um lado tenho o desejo do 0km por essa questão do gosto e de realização pessoal e também por ter certeza absoluta de que o carro não virá com nenhuma colisão disfarçada, por pequena que seja.

      Por outro lado, com uma pesquisa nos seminovos posso achar uma boa opção numa categoria superior pelo mesmo preço.

      De qualquer forma, se optar pelo 0km terei consciência de que estarei pagando caro por isso, mas será o preço a ser pago pela realização pessoal.

      A questão que ainda tenho que resolver é: será que o preço de satisfazer esse desejo não está superestimado? Ou seja, será que vale a pena pagar tão mais caro para atender a uma realização pessoal?

      Difícil responder a essas questões, pois a "realização pessoal" não é um valor mensurável, não dá pra colocar esse desejo no papel e fazer as contas.

      Todos sabemos que o carro 0km é caríssimo. Muitos até chamam de roubo os preços praticados. Mas a gente não pode esquecer que esse sonho da "realização pessoal" pesa muito na escolha. A questão é: quanto isso custa? qual a margem aceitável de sobrepreço para essa realização?

      • Denis

        15 de abril de 2013 at 12:53

        Fico contente por ter gostado da minha explanação e entendo perfeitamente o seu impasse. Essa questão de "realização pessoal" é muito subjetiva. Mesmo assim, vou descrever a você a minha humilde opinião (de forma alguma quero ser o dono da razão, apenas quero compartilhar com vocês o meu ponto de vida).

        ALTURA, BELEZA e DINHEIRO dependem do seu PONTO DE VISTA (considere como "ponto de vista" sua posição atual). Um indivíduo de 1,80m pode ser baixo pra jogar basquete, mas está acima da média nacional. A mulher mais bonita do seu bairro pode ser um sucesso aí, mas numa agência de modelos ser a mais feia. Ter na conta R$ 50.000,00 pra comprar um carro para alguns é um sonho, pra outros é dinheiro de festa de final de semana.

        Neste contexto, penso eu, vale o BOM SENSO. Se uma pessoal vai comprometer seu dia-a-dia (alimentação, vestuário, lazer) para sua "realização pessoal" – acho que não está na hora de se realizar.

        Se sua " realização pessoal" foi planejada e, de forma alguma, irá comprometer seu orçamento do dia-a-dia: seja feliz, chegou sua hora!!!!

        "A PERFEITA RAZÃO FOGE A QUALQUER EXTREMISMO". Alguém comprometer mais que 1/3 da renda num financiamento de carro: LOUCURA. Deixar de fazer seus hábitos corriqueiros (restaurantes, roupinhas de marca, viagem com família e/ou amigos) pra "se realizar": LOUCURA.

        Agora, se tudo estiver dentro dos conformes e, o indivíduo planejava gastar 45k num carrinho, será que aumentar esse valor em 10-15% seria demais: não na minha opinião. Neste caso, CHUTE O BALDE e vai logo comprar o seu 0 KM !!!!!

      • Absinthe666

        15 de abril de 2013 at 23:24

        Será? é bem comum carros 0km sofrerem pequenas colisões durante o transporte e serem retocados antes de vender, tenho um amigo que trabalha em uma CSS da VW e vê muito isso
        ainda há casos piores onde carros caem de cegonhas, eles mandam arrumar e vendem sem o consumidor saber

        • Bruno

          16 de abril de 2013 at 10:26

          Comprar um 0km pode não ser certeza absoluta de não ter colisão, mas o risco será SEMPRE menor do que do seminovo, e eu te mostro.

          Vamos usar um pouco de lógica: comprando um seminovo eu compro dois riscos, pois o carro já foi zero e já rodou. Se todo carro já foi 0km, nunca vamos conseguir fugir do risco da colisão enquanto 0km, é um risco inevitável na compra de qualquer carro, e por isso, meu amigo, deve ser desconsiderado na decisão entre 0km x seminovo. Olha só:

          Seminovo = risco de colisão do antigo dono + risco de colisão enquanto 0km
          0km = risco de colisão enquanto 0km

          0km – seminovo = risco de colisão enquanto 0km – risco de colisão enquanto 0km + risco de colisão do antigo dono

          0km – seminovo = risco de colisão do antigo dono.

          PELA LÓGICA, então, a gente conclui que o risco de colisão do carro 0km é INEXISTENTE, já que ele não teve antigo dono.

          Por isso eliminei a possibilidade de o carro vir colidido enquanto 0km: o risco de colisão enquanto 0km sempre existirá, quer dizer, é um critério sem lógica, inválido para decidir se compro um 0km ou um seminovo.

          Entendeu?

          • Ronald

            17 de abril de 2013 at 19:24

            Além do que fica mais fácil perceber se houve algum retoque no 0 km do que em um usado, que eventualmente é vendido com alguma marca, mancha ou coisas do gênero.

    • leobsb

      15 de abril de 2013 at 11:46

      No seu caso cobraram frete?

      • Denis

        15 de abril de 2013 at 12:04

        Não, de jeito nenhum …. e ainda o preço do griffe + cor branca ficaria em 51.190,00 ….. fechei por 51 redondo (+ insufilme e tapetes) … pegaram meu usado 1.000,00 abaixo da FIPE.

        • Gilson

          15 de abril de 2013 at 19:05

          Show seus comentários acima… Eu concordo em gênero, número e grau. Felicidade com seu novo automóvel daqui alguns meses estarei com o meu!

        • Leobsb

          15 de abril de 2013 at 19:49

          No mês que vem eu vou ver novamente os preços, quem sabe até lá eles cedem em alguma coisa!

    • Ronald

      17 de abril de 2013 at 19:20

      Parabéns! devemos sempre seguir o nosso coração! O prazer que teve e está tendo é muito seu e nenhum de nós poderá avaliar. Desfrute!

    • Leonardo

      21 de maio de 2013 at 23:48

      Denis , qual a sua cidade? Obrigado

  32. Carlao GTS

    14 de abril de 2013 at 22:24

    ESQUECE O PÁLIO ! VC NUNCA TEVE UM !

  33. anderson_sp

    14 de abril de 2013 at 22:28

    Bacana, mas prefiro levar um Punto Essence.

  34. jrmalvino

    14 de abril de 2013 at 22:44

    O 208 era para substituir o 207 assim como o new fiesta nacional o Fiesta rocam, mas criaram essa categoria compacto premium que só existe no Brasil e agente que paga o pato kkkkk, E torcer para o UP não vir como premium tbm e o 301 futuramente kkkkkkkkkkkkk

    • Denis

      15 de abril de 2013 at 11:04

      Concordo com você colega. Esses "compactos premium" na verdade são carros de entrada, com mais itens de série, ou opcionais melhores, além de um melhor acabamento geral.

      Há alguns anos era raro (pra falar que não existia) carros de entrada com ABS e air bag. Hoje colocaram, melhoram o acabamento e consequentemente, aumentaram o preço…. mas isso ocorre não só com a categoria dos "compactos", mas suas subsequentes também…

      Um exemplo claro disso é o novo i30 …. "míseros" 75k no modelo de entrada (kkk…) …. e o focus novo tá chegando …. duvido que venha por menos de 60k o modelo de entrada…

  35. @danielobjetivo

    15 de abril de 2013 at 10:08

    caríssimo! não compre carro zero em 2013! Um semi novo atende bem demais e faz o governo querer baixar os impostos altíssimo sobre o carro.
    Reforma Tributária JÁ!

  36. Fernando

    15 de abril de 2013 at 16:24

    Até que enfim uma resposta sensata sobre o carro. Que tem ágil e o preconceito sobre a PUG já se sabe há muito. Agora quero saber opinioes sobre o carro…de quem foi ver..será que vale a pena? Enfim, Denis, desculpa a curiosidade, mas qual era o seu carro anterior que vc negociou por 1.000,00 abaixo da FIPE? Fui ver o carro e eles me ofereceram 3k abaixo, e tenho um carro nitidamente comercial (Honda Civic 2008 EXS), e nao abriram o valor para qualquer negociacao, pois informaram que o carro era muito novo.

    • Denis

      15 de abril de 2013 at 18:43

      Fernando,

      Meu carro usado é uma Ecosport XLS 1.6 2006/2007 (FIPE atualizada esse mês R$ 27.080,00). Ofereceram 25k para pegar o allure … eu quem questionei: façam uma oferta melhor que pego o griffe. Deu certo. Pagaram 26k, R$ 190,00 mangos de descontos + insufilme + tapetes. Claro que não é aqquuueeeellleee desconto, mas foi o suficiente, pois gostei muito do carro.

      Vc mora em "grandes centros"? Talvez ofereceram menos no seu veículo por isso. Moro no interior do PR (cidade de 100 mil habitantes e 600 da capital). Desde o vendedor e o gerente me atenderam muitíssimo bem, em nenhum momento querendo ser "espertos demais". Sempre muito justos.

      Com relação ao que achei do carro, não preciso nem descrever, pois comprei um (rss). Não achei o carro o melhor custo x benefício do mercado. Isso é fato. Entretanto, eu procura um hatch completo, com design atraente, inovador e moderno: encontrei no peugeot 208.

    • Absinthe666

      15 de abril de 2013 at 23:29

      normalmente as versões topo de linha sofrem uma desvalorização maior e vendem menos por isso que eles querem oferecer bem abaixo da tabela no teu veículo, mas se bem que so 3mil a menos para entregar o carro na CSS ainda é um ótimo negócio, na minha cidade um civic desses não sai por mais de 41mil

    • Eric

      16 de abril de 2013 at 11:47

      Meu 207 XRS 2010 pagam 24 mil reais na Peugeot, na Fipe tá 25.500.

      • Denis

        16 de abril de 2013 at 12:26

        Eric, acredito que está de bom tamanho. Afinal, é cerca de 7% abaixo da FIPE. Aqui a concessionária da peugeot tá sendo "mais justa", especialmente se falando em usados PUG ….

        Um colega meu pegou um passion (acho que é 207, não? Ou 206? Sei lá), dando o seu PUG mais velhinho por R$ 1.000,00 ACIMA da FIPE. Não é história não, é amigo meu mesmo.

        • Eric

          17 de abril de 2013 at 11:28

          Algumas concessionarias de São Paulo pagam 21, 22 mil por um 207 igual o meu.

  37. Carlao GTS

    15 de abril de 2013 at 21:30

    fui conhecer hoje.. se a pessoa gostar muito de PUG… é bonito

  38. Carvalhopower

    16 de abril de 2013 at 15:22

    Infelizmente essa não é a realidade de todas as concessionárias. Sou dono de um 207 2013 e fui ao representante da minha região (Val du Lion) na última quinta-feira (recebi o convite). Eles estavam cobrando pouco mais de R$ 47 mil pelo Allure 1.5. Dá quase para comprar um 308 de entrada (R$ 49.990). Também vieram com a conversa de que estavam sem carro em estoque, mas monstrando um interesse acima da média, um vendedor me disse ter 1 unidade para pronta entrega (?) carro realmente é muito bom, mas só vale a pena pelo preço de tabela.

    Vou comprar o meu carro em São Paulo. Minha irmã mora lá e é fácil não ter problemas com a questão de embargo por endereço.

    • Eric

      19 de abril de 2013 at 11:15

      É relativo comprar em São Paulo, se tu vai comprar sem troca vale a pena, agora se tu comprar trocando um carro eles avaliam menos o usado em São Paulo.

  39. Lucio

    17 de abril de 2013 at 21:29

    Além do mais comprar um carro por 46 mil e não ter vidros elétricos atras, realmente meu amigo é uma mentalidade otária do nosso povo. Brasileiros…. ninguem merece! Acordem!!! Cada vez mais aumentando a conta bancaria das montadoras e desfavorecendo quem quer adquirir um carro 0km com preço justo.

  40. Leni

    18 de abril de 2013 at 9:47

    ´´a missão de reconduzir a marca do leão rumo ao sucesso“ kkkkkk, e quando foi que aconteceu esse sucesso? Meu amigo com esse ´´precinho“ vai encalhar!!! Essa palhacada so existe aqui, mantem o modelo antigo para poder vender o novo mais caro e como modelo superior, enquanto la fora o novo entra no lugar do antigo e pelo msm preco. VERGONHA TOTAL e o pior eh ver os maneh comprando e achando lindo!!!

    • Denis

      18 de abril de 2013 at 11:09

      Leni,

      Muita coisa no Brasil tem que mudar mesmo, concordo. Uma delas, pode-se dizer a mais básica, é o RESPEITO A OPINIÃO ALHEIA. Chamar de "maneh" quem preferiu comprar o carro reflete bem a mente de quem escreveu.

      Enquanto os preços de veículos 0km no Brasil não diminuírem, você tem 2 opções: 1- Ir pra fora do BR e comprar seu carro a preço justo e/ou; 2- Comprar um mile 0km e seja feliz.

    • Eric

      19 de abril de 2013 at 11:11

      O 208 tá vendendo muito bem, na primeira quinzena de abril já está entre os 50 mais vendidos, o carro não é o melhor nem o mais barato mas é um bom carro, alinhado com a Europa e eu não acho os preços são tão absurdo.

    • Eric

      19 de abril de 2013 at 11:13

      A Peugeot fez sucesso quando lançou o 206 em 1999, em 2006 chegou a ser a quinta marca mais vendida, o 206 era no inicio dos anos 2000 entre os 15 carros mais vendidos.

  41. Eric

    19 de abril de 2013 at 11:18

    Quem fala mau é que tem inveja e não tem dinheiro pra comprar e anda de Gol, Palio, Uno e similares.

  42. Breno

    21 de abril de 2013 at 14:01

    Venha pra Vila Velha – ES, eles estão cobrando pela Versão Allure APENAS 55 mil reais, risos!

  43. julen

    27 de abril de 2013 at 19:58

    Quando lançaram o HB20 rapidamente vi alguns carros da marca pelas ruas e ate agora deste o lançamento do 208 nao vi nenhuma unidade rodando pelas ruas da grande vitoria ES e olha que trabalho rodando pelas ruas de moto e fico so observando para ver se vejo um novo peugeot, mas bem com o alto preço dos seus carros pode ter certeza que a marca peugeot vai continuar encalhada.

  44. Wallace_Rec

    29 de abril de 2013 at 19:06

    Mt caro, peugeot explorando como sempre.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>