Milagre?! Petrobras anuncia reajuste de combustíveis, mas consumidor não deverá sentir, diz Fazenda

A partir do próximo dia 25/06 os combustíveis estarão mais caros nas refinarias. De acordo com o anúncio feito hoje (22/06) pela Petrobras a gasolina sofrerá um reajuste de 7,83% e o diesel, de 3,94%. Sobre estes preços ainda não incidem tributos federais e estaduais.

Em nota oficial divulgada pela empresa, o “reajuste foi definido levando em consideração a política de preços da Companhia, que busca alinhar o preço dos derivados aos valores praticados no mercado internacional em uma perspectiva de médio e longo prazo”.

Mas aparentemente há uma boa notícia para os consumidores: o Ministério da Fazenda também anunciou que irá isentar a comercialização do diesel e da gasolina da chamada CIDE (contribuição de intervenção no domínio econômico).

O efeito prático, segundo nota do ministério, é que “os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento”.

Aguardemos a realidade dos fatos.

Por Thiago Parísio / Fonte: G1 Economia

Publicidade

42 Comments

  1. Mateus

    22 de junho de 2012 at 20:41

    Pseudomilagre!

    • Luciotz

      26 de junho de 2012 at 8:58

      NÃO É VERDADE.

      Em Brasília existe um cartel e é difícil encontrar algum posto que cobre diferente de R$2,83 pelo litro de gasolina.

      Neste fim de semana (22 e 23/junho) a gasolina passou para R$ 2,40 (em praticamente todos os postos), o que já sabemos que isto ocorre quando haverá um aumento no preço do combustível. Aproveite, lógico, para completar o tanque. Indaguei o frentista e ele confirmou que a gasolina seria reajustada para quase R$ 3,00.

      Ou o governo está contando historinha para boi dormir ou os empresários estão aproveitando a oportunidade de ganhar mais.

  2. V8_sempre

    22 de junho de 2012 at 21:07

    Ah ta !

    "Aliado com o mercado internacional"… Mas o americano e o japonês, ganha muito mais e ainda paga (bem) menos na gasosa !!! E muitos países produtores de petroleo vendem a gasolina a preço de chiclete…

    • Rodrigo_RJ

      25 de junho de 2012 at 7:17

      O que encarece a gasolina são os impostos em sua maioria. Até o lucro do dono do posto é pequeno. Qnt vc acha q a Petrobras vende a gasolina? R$ 2,50? Sobrando apenas 50 centavos de imposto e lucro do posto? Impossível, ne? Esse imposto q o governo está "retirando" é apenas um dos vários que taxam o combustível.

      • Matheus_P

        27 de junho de 2012 at 22:31

        As gasolina sainda Petrobras custando 1 real o litro. O resto basicamente eh imposto e lucro do distribuidor e imposto e lucro dos postos (E de-lhe tributação em cascata)!!!

  3. subzero99

    22 de junho de 2012 at 21:26

    Má má má eu só acreditum… vendum…

    • Razao

      23 de junho de 2012 at 11:37

      rsrsrsrsrsrsrsrsr

    • Pedro Paulo

      23 de junho de 2012 at 14:03

      Eu também, só acredito vendo………

    • Israel_Andrade

      25 de junho de 2012 at 8:52

      Idem, escuto isto desde que pagava R$ 1,95 por litro de aditivada para encher o tanque do Kadett, depois só com gás para aguentar. Hoje pago R$ 3,05 e ando de Celta 1.0. Aí comento, temos uma alegria ao comprar um carro top e uma tristeza ao ter que colocar ele no gás para economizar em tudo (IPVA + combustível).

  4. Marcos

    22 de junho de 2012 at 21:50

    Vai ser 3,00 o litro?
    Cade o país independente do petróleo?

    • brunocarros

      23 de junho de 2012 at 8:19

      Ta boiando em meio o mar dos impostos.

    • WEDSON

      23 de junho de 2012 at 15:39

      Vai ser 3,00 o litro?
      Cade o país independente do petróleo? e um pais sem vergonha na cara. onde 99% dos politicos sao ladrao, nao vale a comida que comem , pra eles so a pena de morte e tomar seus patrimonios

    • danieldourado_2

      23 de junho de 2012 at 15:52

      Tem gasolina mais barata que a média mundial.

    • João Carlos

      23 de junho de 2012 at 20:02

      Somos autosuficientes em QUANTIDADE CONSUMIDA X QUANTIDADE PRODUZIDA, no entanto nosso petroleo é de baixissima qualidade( tirando o do pré-sal etc). O petroleo que produzimos "pesado" é bom para gerar energia elétrica e por isso o exportamos. O petroleo com qualidade pode-se fazer subprodutos como gasolina, diesel etc.. e em razão disso é mais caro…

      Saber mais sobre a economia do seu País seria bom antes de fazer esse tipo de comentario…

    • RMN14

      25 de junho de 2012 at 8:11

      Rapaz….não sei o que aconteceu aqui em Campinas, mas eu paguei 2,24 num dia e 2,27 no posto do Carrefour Dom Pedro….num posto no começo da Dom Pedro estava 2,39……num posto na Av. Norte-Sul estava 2,29…..não sei o que aconteceu….mas abasteci….e o carro ainda tá normal hehe….

  5. Ricardo

    22 de junho de 2012 at 22:03

    Só quero ver a hora que a crise estourar, se estão aumentando tudo agora imagina em uma crise.

  6. leo

    22 de junho de 2012 at 22:06

    a tah eles falam, isso como c a gasolina nao ja estivesse aumentado, acha q enganam , hehehe

  7. André

    22 de junho de 2012 at 22:13

    Aumentar ?
    Não tem mais o que aumentar o preço da gasolina.
    É um absurdo.
    E outra que encarece os preços é esse bando de picareta que fica atravessando no negócio entre a distribuidora e postos. Tinha que ser direto, não poderiam deixar esses picaretas ganhando dinheiro fácil, precisavam prender tudo e ainda o consumidor que paga o pato, abastece com gasolina adulterada desses sem vergonha.

  8. Brazuca

    22 de junho de 2012 at 22:41

    A Petrobosta é o pior do capitalismo combinado com o pior do socialismo. Enquanto isso, o petróleo do Brasil escoa diante dos nossos olhos e não nos beneficia, nem como na Arábia Saudita (nação que se tornou desenvolvida graças às rendas do petróleo) nem como na Venezuela (onde a gasolina é praticamente dada, custa só alguns centavos e isso porque há despesas de transporte e distribuição). Ou seja, adotamos o modelo da Indonésia (povo pobre e meio ambiente destruído, enquanto o petróleo vai-se embora para a Austrália).

  9. Jeff_Brown

    22 de junho de 2012 at 23:34

    Pra mim o maior problema é que o governo é quem mais rouba.
    A Petrobrás é a única que faz o ciclo completo no Brasil e ela é quem cobra mais caro.
    Ela produz, faz a distribuição e tem rede de postos.
    As outras empresas podem extrair petróleo mas não pode produzir gasolina, consequentemente não pode distribuir. Então elas compram da Petrobrás e repassam 'direto*' para os postos a gasolina comum, no caso da aditivada, cada bandeira faz sua adição.
    A Petrobrás deveria ser responsável para regular o mercado e forçar o preço para baixo.
    Pelo menos em país sério, empresa estatal funciona assim, mas não aqui.

    • D7V5

      23 de junho de 2012 at 13:17

      O Br tem forte cultura estatal. O governo fez, o governo faz, o governo fará. Ou ainda, o governo deveria, porque o governo não faz? etc etc etc.
      Cultura da terceirização da responsabilidade. No caso, o problema não é do cidadão, é do governo.
      Isso colocado, não é função da Petrobras regular o mercado. Ela tem (e terá) o oligopólio. Eles fazem o preço.
      É função das agencias regularem o mercado.
      Mas Jeff, não temos sequer um Banco Central independente, como imaginar a Petrobras atuando para o bem do cidadão comum? No fk way.

      • Marcos

        24 de junho de 2012 at 22:03

        Não existe banco central indenpendente. Ou ele serve ao povo ou servirá aos grandes empresários … Hoje se prega este tipo de coisa: "O banco central tem de ser independente! Tem que ser conduzido pelo mercado(esta entidade "impessoal" desprovida de qualquer compaixão humana). Não pode baixar os juros, senão a inflação sobe e a inadimplência também" Isto na verdade significa: "O banco central não pode baixar juros porque com os juros baixos os banqueiros e grandes empresários que investem em títulos da dívida pública brasileira não serão mais remunerados pela lógica perversa e abusiva dos juros estratosféricos. O povo tem que pagar os juros mais altos para garantir nossos gordos lucros." E o BC baixou os juros e a inflação continua caindo e a inadimplência está sob controle. Com menos juros a conta dos cidadãos fica mais equilibrada e uma forte mensagem é enviada aos bancos: "Vc quer ganhar dinheiro? Então vai trabalhar."

      • Marcos

        24 de junho de 2012 at 22:03

        Outra coisa, a Petrobras não reajustava o preço dos combustíveis a seis anos. E nestes seis anos o preço do barril de petróleo foi para a estratosfera …. O preço cobrado na refinaria é aproximadamente um terço do preço final ao consumidor.

  10. COSTA_FC

    22 de junho de 2012 at 23:41

    e papai noel também existe…

  11. cado

    22 de junho de 2012 at 23:52

    Milagre? Coisa ridícula o preço só subir (ou deixar de subir). Morei nos EUA e uma coisa notada lá foi o preço flexível do combustível. Em 6 meses chegou a subir US$1, que é muita coisa, mas 3 meses já tinha caído denovo. Dava um tempo subia, dava outro caía consideravelmente. Ficava um balanço, mas apesar de subir bastante, também caía. Esse negócio de Brasil de só subir preços é ridículo, não só com carros. Fui alugar um salão e se fechasse antes de fevereiro era um preço x, porém após fevereiro tinha reajuste de 10% e isso era anual. Só faz a porcaria da inflação subir e no fim ninguém enriquece, todos se ferram.

    • V8_sempre

      23 de junho de 2012 at 0:45

      No Japão (Q importa todo o petroleo q usam) tbem é assim, variável.. Aparentemente, conforme a taxa do dólar !

      • D7V5

        23 de junho de 2012 at 13:20

        Conforme o preço internacional da commodity e do tipo de óleo que é em cotado dólares americanos.

    • Marcos

      24 de junho de 2012 at 22:07

      Isto é um questão de escolha: Ou sobe os preços de acordo com o mercado internacional, de maneira online, o que faria a nossa gasolina chegar a uns 10 reais o litro. Ou então trabalha-se usando um horizonte mais longo em que o preço do cmbustível permanece constante enquanto acontecem variações mil no preço da commodity, já que muitas vezes o sobe e desce acaba se cancelando. então após um cenário mais longo faz-se um reajuste positivo ou negativo de acordo com o cenário de longo prazo.

  12. Educhs

    23 de junho de 2012 at 4:17

    Espera um dia após as eleições e veremos onde o "milagre" vai parar.

    • Rodrigues

      23 de junho de 2012 at 9:54

      Bem isso…falou tudo!

  13. Nivaldo

    23 de junho de 2012 at 7:13

    Num mar de insandices , um luz disse educhs, o problema de todo brasileiro médiano, e os que postaram provam isso, não leem nada, e saem falando sem conhecer a noticia a fundo, como esse Blig, essa de aumentar a gasolina e não aumentar, foi reduzido a zero o imposto CIDE, e nada impede daqui a um tempo ele ter valor, agora a Petrobras sim vai receber mais, mas como de praxe, vamos ver após as eleições, veja os impostos financeiros, é um vaim vem, como o setor automobilisticos, ora aumenta ai os illuminados chiam, dimiue, e ai o povo besta corre gastar, em falar em gastar, o que aumento não foi a massa salarial e sim o endividamento da população, quem não tem divida em cartão??????????????????????, e não tem não ganha salario, ou mora com pais ou na rua

  14. Ruan Carlos

    23 de junho de 2012 at 9:17

    Só vejo aumento nos impostos, o salário mínimo que é bom nada, ensentiva o povo a comprar carro e depois cobra mais caro no combustível, para "recuperar o que perdeu", vai chegar uma hora q ninguem vai mais comprar carro, ai eu quero ver!!!!

  15. Leandro Vagner

    23 de junho de 2012 at 11:47

    As vezes me sinto mau em ser Brasileiro, sinto vergonha destes governantes que não conseguem enchergar além de suas contas bancarias, suas casas em condominios fechados….. E o povo só aqui fora.. tendo que matar 1 leão por dia p/ simplesmente sobreviver….. É muito Triste….

  16. D7V5

    23 de junho de 2012 at 13:42

    Aí tigrada, essa é uma notícia politico-econômica que afeta diretamente nossa vida na sociedade.

    O preço do petróleo (que produzimos e também importamos) deveria seguir os preços internacionais da commodity. Se sobem, o preço da gasolina e de seus derivados deveria subir (todo mundo aborrecido, inflação + alta etc). Se descem, o preço da gasolina deveria descer (todos felizes, inflação cedendo). Isso é como deveria funcionar. Ahhh ia esquecendo, e os impostos na gasolina deveríam ser os menores possíveis.

    Mas não é assim.
    O consumo interno aumentou e o Brasil não é auto-suficiente. Tem que importar a preços de mercado.
    Um dos pontos importantes na avaliação de um governo, é a saúde do pib. Vocês já sabem que o pib este ano será pequeno. Abaixo de muitas outras nações e talvez o mais baixo dos chamados bric.
    Ter pip alto com inflação é meio caminho andado para o inferno.
    Por outro lado, para deter a subida da inflação o Banco Central regula os juros da economia. A tal da Selic.
    Bem, os juros como todos acompanham estão baixando, mas a inflação não.
    Aumentar a gasolina é instantaneamente aumentar preços da cadeia produtiva.
    Por outro lado, a Petrobras para crescer (pré-sal etc) necessita investir e não tem (a conta importação de óleo não fecha). Então, o ilustre governo decidiu morder menos a sociedade. Aumenta o preço da gasolina (a Petrobras ganha) e zera a aliquota da Cide (+ imposto sobre imposto), na tentativa de obter recursos para a Petro e não jogar muita gasolina no fogo da inflação (que tem Juros Selic decrescente).
    São os alquimistas do governo, ou melhor a cultura do cobertor curto …. Ai que frio nos pés :)

  17. Marcos

    23 de junho de 2012 at 14:21

    Não é milagre. Se a gasolina aumenta, é mais difícil para o governo manter a inflação dentro da meta programada. Se a inflação extrapola muito a meta traçada, é mais difícil baixar os juros da Selic. Com isso, o crédito fica mais escasso. E é esta facilidade de crédito que está evitando que os efeitos advindos da crise europeia sejam amenizados aqui no BR. Se estivéssemos em um contexto sem crise, o governo jamais adotaria mecanismos de renúncia fiscal e o aumento seguramente seria repassado aos consumidores. O governo não faz caridade, ele só quer evitar que a situação econômica piore e afete os resultados das eleições de 2012 e 2014.

  18. WEDSON

    23 de junho de 2012 at 15:15

    Eu tenho o maior despraser de ter uma compania dessa no meu pais . essa gasolina podia tar pelomenos 5 vezes mais barata se nao fosse ela e governo de sangue suga que nos temos , Venesuela 0,8 cetavos o litro o brasil tambem tira de la e vende aqui com ums 3.500 % tres mil e quinhentos% de aumento para os brasileiro

    • Brazuca

      24 de junho de 2012 at 9:11

      É que a PDVSA é uma empresa do povo venezuelano, então não tem intenção de lucro. A Petrobrás NÃO é do povo brasileiro, quem dera tivesse sido privatizada, a exploração seria a mesma.

  19. Elizeu Donasci

    24 de junho de 2012 at 12:38

    “os preços, com impostos, cobrados das distribuidoras e pagos pelos consumidores não terão aumento”. WTF??? Hahaha ah tá, realmente não sentiremos aumentos, sempre pagamos barato não é mesmo? Então por que pagar caro agora? Só porque pagamos a gasolina mais cara do mundo e de pureza quase nada, então nada mais "justo" que não ter aumento né? Aqui em Blumenau R$2,79, realmente muito barato estou muito feliz, sinto cada vez mais que meu imposto pago é muito eficiente nos resultados. Brazil, I hate you!!! Lembrando que esse aumento vai sim afetar os nossos bolsos, é só passarem as eleições como a Dilminha disse!!!!

  20. _Ernesto_

    25 de junho de 2012 at 8:00

    Para quem quiser entender um pouco sobre o assunto: http://www.petrobras.com.br/pt/produtos/composica

  21. Elizeu

    26 de junho de 2012 at 7:55

    Olá Carplace, porque não postaram meu comentário anterior?? Disse alguma coisa errada?? Aguardo!!

  22. LucioT

    26 de junho de 2012 at 8:57

    NÃO É VERDADE.

    Em Brasília existe um cartel e é difícil encontrar algum posto que cobre diferente de R$2,83 pelo litro de gasolina.
    Neste fim de semana (22 e 23/junho) a gasolina passou para R$ 2,40 (em praticamente todos os postos), o que já sabemos que isto ocorre quando haverá um aumento no preço do combustível. Aproveite, lógico, para completar o tanque. Indaguei o frentista e ele confirmou que a gasolina seria reajustada para quase R$ 3,00.

    Ou o governo está contando historinha para boi dormir ou os empresários estão aproveitando a oportunidade de ganhar mais.

  23. alexandre

    14 de julho de 2012 at 13:24

    Vamos alinhar o preço dos carros também?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>