CARPLACE

JAC J6 é lançada oficialmente por R$ 58.800 – J6 Diamond de 7 lugares chega por R$ 59.800

Já mostrada em concessionárias e até mesmo em shoppings, minivan JAC J6 chega oficialmente ao mercado brasileiro. Na coletiva de imprensa, Sérgio Habib informou que o modelo atrasou porque recebeu diversas modificações, sendo as mais complexas a introdução de um novo motor 2.0 16V e também por um novo câmbio. Confira as versões e preços oficiais.

O J6 chega ao mercado brasileiro em duas versões: a de 5 lugares e a de 7 lugares, chamada de Diamond, a qual foi desenvolvida pela equipe de engenharia da JAC Motors Brasil e não está disponível para venda na China. A possibilidade de rebater os bancos e removê-los com mais facilidade também é uma “invenção” brasileira.

Assim como J3 e J3 Turin, o J6 também foi desenhado em conjunto pelo estúdio Pininfarina e o Centro de Design da JAC Motors em Turim, na Itália.

O interior foi desenvolvido no Japão, no centro tecnológico da empresa em Tóquio. Possui painel com quadro de instrumentos em 3D e iluminação indireta azulada, com regulagem de intensidade. No console central, o sistema de áudio é totalmente integrado ao design, e aos comandos de ventilação e ar-condicionado.

Tanto a versão 5 lugares quanto a versão Diamond já vem de série com ar-condicionado com regulagem eletrônica de temperatura, freios com ABS e sistema EBD, airbag duplo, pneus 205/55 aro 16”, faróis de neblina dianteiros e traseiros e sensor de estacionamento.

Por dentro, o volante vem revestido de couro e traz comandos para o MP3 e CD player. No painel, abaixo do volante, há o botão de controle elétrico dos retrovisores. Na porta há controle elétrico dos quatro vidros e um botão de travamento central. Os dois para-sóis possuem espelho com iluminação própria. Acima do espelho retrovisor interno há um porta-óculos, enquanto que na parte central do modelo há um porta-objeto.

Na versão Diamond, a marca oferece opcionalmente rodas de 17 polegadas por R$ 1.600, bancos de couro por R$ 1.400 para o J6 e R$ 1.800 para o J6 Diamond. Há também a opção de pintura metálica, por R$ 1.190.

Desenvolvido pela própria JAC Motors, o motor que equipa o J6 é o 2.0 16V com duplo comando de válvula do cabeçote. Sua potência é de 136 cv a 5.500 rpm e seu torque máximo de 187 Nm (19,1 kgfm) é atingido a 4.000 rpm. Segundo dados divulgados pela fabricante, o J6 acelera de 0 a 100 km/h em 13,1 segundos e atinge velocidade máxima de 183 km/h. Com peso de 1,5 tonelada, o J6 conta com discos ventilados no eixo da frente e sólidos na parte traseira.

O sistema de suspensão é independente com barra estabilizadora, com o tradicional sistema McPherson na frente, e Dual Link na traseira, configuração que aumenta a neutralidade direcional em condições extremas. Outra característica é o subframe, que separa a carroceria do sistema de suspensão, algo que apenas os carros mais sofisticados possuem.

As duas versões já estão disponíveis para vendas em todas as concessionárias da rede JAC Motors no Brasil. O J6 chega por R$ 58.800, enquanto que o J6 Diamond sai por R$ 59.800.

Confira logo mais as impressões iniciais ao dirigir o JAC J6 e também mais fotos do modelo.

Publicidade
Publicidade

64 comentários

  1. Feelipe Gimenes

    3 de agosto de 2011 at 11:33

    Se eu tivesse que escolher entre spacefox e J6, sem dúvida NENHUMA eu ficaria com o J6. Além de ser bonita, tem um bom motor e vem muitoooo mais equipada que a tal spacefox.. Ah, e ainda é mais barata! E viva o legado das chinesas!

    • Gustavo

      3 de agosto de 2011 at 11:53

      Este carro não vale isto nunca! A Nissan Livinha agradece.

    • bedotRJ

      3 de agosto de 2011 at 12:17

      Mas também vc comparou com um dos carros de pior custo-benefício do mercado.

      Compare com Livina, Grand Livina, Xsara Picasso, Zafira, C3 Picasso, i30 CW, Mégane Grand Tour… Todas essas são muito melhores, mais confiáveis e mais bem construídas do que a Jaca xing-ling.

      Esse Habib tá viajando…

      • aleneo2

        3 de agosto de 2011 at 14:33

        concordo o megane GT ta com um preço muito bom.

        • Leon

          3 de agosto de 2011 at 16:30

          Megane Grand Tour tem o melhor custo/benefício do mercado hoje. Já disse isso em outros posts. O Grand Tour tem tudo que o J6 tem e mais um pouco. Ok, só não tem a opção de 7 lugares, mas aí temos a Grand Livina, que oferece praticamente o mesmo, por um preço muito menor que o J6.

    • aprs

      3 de agosto de 2011 at 13:10

      Iria de Mégane GT sem pestanejar.

      • kitokar

        3 de agosto de 2011 at 18:33

        Iria de Mégane GT sem pestanejar.[2]

    • anderson gomes

      6 de agosto de 2011 at 22:14

      é meus caros amigos mais uma vez a jac motors mostra ser superior em tudo j6 muito linda e bom preço, pessoal só compra quem tem dinheiro, esse cara ai de baixo falando deve ter um fiat uno 93 não da nem troca .

    • Gabrriel

      8 de agosto de 2011 at 0:56

      Eu iria sem sombra de dúvidas com o Nissan Livina. Primeiramente, que irei pagar muito menos e terei muito mais … Sem essas frescuras, de movimentação elétrica de faróis, regulagem de volante e ar digital, porém tudo e mais um câmbio automático. E sem falar, que mesmo sendo Nissan, é muito mais confiável do que um Japonês desse porte, sem opção de câmbio automático (um carro muito inferior ao Megane Gran Tour que realmente é um dos melhores), porém comparando com carros de sua categoria, eu ficaria com o Livina, pois cobrar 1.000 reais a mais por mais 2 lugares foi realmente um absurdo e o pior é pagar 60 mil e ainda ter de ficar com o câmbio manual, maior sacanagem ! Vou de Livina …

    • Catarina

      14 de agosto de 2011 at 11:17

      Eu e minha familia queremos comprar um J6 diamond e trocar pela spacefox

  2. Rodrigo

    3 de agosto de 2011 at 11:47

    Eu iria de Livina.

  3. danielrava

    3 de agosto de 2011 at 11:55

    Se o Nissan Livina tivesse um design mais atraente e mais divulgação, com certeza essa J6 não seria uma ameaça. Acho R$ 60 mil caro, tem umas gordurinhas aí pra queimar Sr. Sérgio Habbib….

  4. Thiago_Matos

    3 de agosto de 2011 at 11:57

    Ja ouviu falar em Nissam Grand Livina??? ta se achando demais o Sergio Habid

  5. mlfortes

    3 de agosto de 2011 at 11:59

    R$ 60 mil??? Zafira e Gran Livina agradecem!

    • AndreyDKS

      3 de agosto de 2011 at 13:32

      A velharia da Zafira? Tá louco, J6 sem dúvidas.

      • mlfortes

        3 de agosto de 2011 at 13:44

        Eu fico com a "velharia" da Zafira sim. Esse J6 não deveria passar de R$ 50 mil, aí sim valeria mais a pena.

      • Rodrigo_LUSA

        3 de agosto de 2011 at 15:57

        Zafira, Pela segurança (modelo da Opel, desenvolvido para a Europa) e pelo valor de revenda garantido

      • Leon

        3 de agosto de 2011 at 16:32

        Ei, J6 é um carro chinês! Ainda é uma marca sem passado, não sabemos o que será no futuro. Quem está começando, deve começar com humildade, com preços conquistadores e não cobrando mais que a principal concorrente (Grand Livina). A Nissan oferece preço menor, mais concessionárias, mais qualidade de acabamento, confiança e um histórico de anos de bons serviços. Isso sem falar que é nacional e a facilidade de conseguir peças e seguro mais baixo é muito maior com a Nissan.

  6. Leandro Rodrigues

    3 de agosto de 2011 at 12:04

    60pau por uma marca q brasileiros veem como "importado" então não vou comprar pq a manutenção deve ser caro e ruim na hora de vender.

    só pq estão conseguindo espaço chegou a hora de cobrar por isso, BRASIL FAIL!

  7. bedotRJ

    3 de agosto de 2011 at 12:15

    Acorda prá Jesus, Habib!! Os J3 só estão fazendo relativo sucesso porque chegaram com preços bem abaixo da concorrência. Esse J6, custando mais que Livina, C3 Picasso, Xsara Picasso, Mégane Grand Tour e I30 CW, só insano vai comprar.

    A única justificativa plausível para esse preço seria agregar valor aos showrooms da marca prá ajudar a vender J3. Mas isso poderia ser feito mesmo com um preço mais dentro da realidade. Sérgio Habib foi mordido pela mosquinha azul. Que tome um choque de realidade.

    • Jeff_Brown

      3 de agosto de 2011 at 13:33

      Já eu acho que o J3 vende o que vende por conta de publicidade, não do preço. Que pra mim é um pouco mais baixo que os daqui, mas não tanto.
      A Jac está apenas seguindo os passos da Kia e principalmente da Hyundai.
      Se o QQ e o Face tivesse metada da publicidade da Jac provavelmente venderiam mais que o J3.
      O J6 pra mim é um abuso no preço para marca novata, acho que o J2 seria o mais acertado para a marca agora.

      • Rodrigo_LUSA

        3 de agosto de 2011 at 15:56

        Concordo o J2 completo com ABS e airbag duplo por 30 mil iria vender muito mais que o J3 e consolidar a marca no Brasil, e o J5 sedan se não vier com preço de sedan compacto, não vai vender nada, e vai micar como o sedan da Linfan…

      • Matheus_P

        4 de agosto de 2011 at 13:00

        Pois eh. Já tem o fiesta rocam 1.6 com abs e air bag, comp bordo e etc e o c4 1.4 2012 tb com abs e air bag pelo exato mesmo preço do J3. Penas que isso seja às custas de um carro 2002 e outro 2003…

  8. PACHECÃO

    3 de agosto de 2011 at 13:01

    Definitivamente, a JAC resolveu entrar na festa do "Lucro Brasil".

  9. aprs

    3 de agosto de 2011 at 13:15

    Apesar de não precisar deste tipo de carro, esse J6 é o mais bonito da JAC até agora.

    O Habib sabe cobrar que nem gente grande. Espero que ele repense esse preço e dos próximos lançamentos, caso contrário não será competitivo.

  10. @paulolico

    3 de agosto de 2011 at 13:37

    60k? Gastaria um pouco mais pra ter um i30 CW. Esse chinês não mete medo em nenhuma nacional.

  11. Luiz

    3 de agosto de 2011 at 13:39

    Sou fã de monovolumes, já estou no meu terceiro e gostei do design desse J6 mas ainda não compraria um. Recebi um e-mail de um infeliz proprietário de um J3 que já visitou 4 vezes a concessionária e não consegue que consertem o carro recém tirado da loja. Problemas diversos de qualidade , falhas de funcionamento elétrico, porta luvas que não fecha, espelho solto, bateria com defeito, freio chiando etc etc. O cara mandou a foto do carro e o celular para quem quiser consultá-lo… O J3 é um carro simples, calcule esse J6 que é bem mais sofisticado ! Precisou de assistência , reze !

  12. Andre

    3 de agosto de 2011 at 13:56

    VOCÊS SÃO LOUCOS….

  13. Rogério

    3 de agosto de 2011 at 13:59

    Acho engraçado alguns falando que preferem Livina ao J6. Com certeza são orgulhosos proprietários de Gol 1.0 que só viram o J6 pela internet. Entrei num J6 e garanto que é MUITO mais carro que a Livina em todos os aspectos. Se comparar com o Grand Livina piora mais ainda, alguem tem coragem de andar naquele carro de funerária?

    • Paulo

      9 de maio de 2012 at 22:53

      Adoreiiiiiiiii…entrei nu J6 Diamond,e realmente em todos aspectos é melhor…confortavél e não engana os 7 LUGARESS..Quanto a Grand LIvina é um bom carro porém menos espaçoso.

  14. Adriano Sodré

    3 de agosto de 2011 at 14:26

    60 k num carro chinês? A JAC mal chegou e já quer sentar na janelinha… Realmente o povo brasileiro deve parecer muito estúpido mesmo( e é …)

  15. Razao

    3 de agosto de 2011 at 14:47

    Alguém está se esquecendo do seu lugar, melhor descer do salto.
    Eu acho que depois do lançamento não vai vender sequer cem unidades.

  16. Jean Fernando

    3 de agosto de 2011 at 15:05

    Lá vem a Jac colocando as azinhas de Fora !!! Começou com uma campanha pesada nos modelos J3 e J3 Turim, completos e com preços baixo (em relaçao as careiras Ford GM VW Fiat), e agora quer entrar na onda de lucro fácil no Brasil.
    Tudo farinha do mesmo saco !!!

  17. zeh

    3 de agosto de 2011 at 15:09

    gentemmmm..acordem..esses carros chineses não estão custando caro..eles seguem o preço de mercado…nossos carros estão carrrésimos, os chinas estão entrando na briga…o segredo e detalhe é…os homens de preto que controlam o que vai ser vendido aqui e quanto vai custar,,eles mandam no nosso mercado automobilístico..com eles ninguém pode…o carro importado custa o quanto eles deixarem…pra não vender mais do que as latas velhas que aqui vendem……….pode crer isso é real…eles nem atravessam a tabela de lançamentos um do outro, olha o palio, o new gol, new fiesta…etc….

  18. Nasckar

    3 de agosto de 2011 at 15:29

    pago 49.000,00 no máximo, é o que vale!! mas infelizmente estamos nos país do chute dos preços altos, se vender um deixa como está !

  19. Rodrigo_LUSA

    3 de agosto de 2011 at 15:52

    Mesmo as velinhas Xsara Picasso e Zafira são melhores e tem marcas consolidadas no mercado nacional, ao contrario do JAC, a JAC tá cobrando muito caro por um carro que nada mais é do que uma aposta, se não der serto vc corre o risco de ter que 'casar' com o carro.

  20. Arpoador Rio

    3 de agosto de 2011 at 15:55

    O Habib de bobo não tem nada, conhece bem o mercado e já tá metendo a mão no preço!
    Com as boas vendas do JAC 3 vai ser difícil reduzir preço, tendência é cada vez mais caros!

  21. MARCOS

    3 de agosto de 2011 at 16:26

    esse carro tinha que ser vendido no máximo por 45k, pagar 60k em um J6, o cara tem que ter muita coragem, e haja coragem, tem que ser muito macho, não, acho que esta mais para otário mesmo. Vamos de Livina, Grand Livina, Grand Tour que vale muito mais. Senhor Habid, vamos ser mais sinceros com os pobres brasileiros, ja basta a CAOA, com suas propagandas enganosa.

  22. benjamin

    3 de agosto de 2011 at 16:30

    cara,o carro esta bem competitivo sim…ele oferece as mesmas coisas que o grand livina,mas tem um motor mais potente,embora nao tenha cambio automatico..e quanto aos outros carros, o que ele oferecem por esse preço?so mesmo o picasso

  23. Roger1

    3 de agosto de 2011 at 16:47

    Crash tests???? Queria ver testes de segurança de todos os lançamentos chineses…..

  24. carlos

    3 de agosto de 2011 at 16:48

    Com esse preço vai vender muito pouco. No máximo poderia chegar aos 50 mil.

    • Gabrriel

      8 de agosto de 2011 at 1:04

      Ainda vai vender bastante. Brasileiro se tornou burro, pois aqui agora funciona assim, se quer paga o nosso preço e sem discussão se não, fica sem. Caímos nessa conversa, precisamos de espaço, alguns sem conhecimento, experimentam, gastam mais, se arrependem e ficam com a "bucha" na mão, porque ninguém vai querer carro do ano e usado e se for revendido, vai sair a preço de Banana. Marketing total e totalmente bem arquitetado pela montadora, lucro garantido e para os consumidores que caem nessa conversa prejuízo na mão. Lamentável !

  25. MARCOS

    3 de agosto de 2011 at 16:54

    esse carro vale no máximo 45k, tem que ter muita, mas, muita coragem mesmo pagar 60k, infelizmente no nosso país tem otários que vão comprar por esse preço. vo comprar minha Livinia ou a Grand Tour e mais vantagem e me sobra 17k na Livinia e 10K da Grand tour. O Habid aprendeu rapidinho.

  26. Carlos

    3 de agosto de 2011 at 17:16

    É, a JAC já está pegando o jeitinho brasileiro de precificar carros…

  27. Monmartin

    3 de agosto de 2011 at 17:21

    Tirante a velha, feia e obsoleta Zafira, sobra somente a feia Lavínia como rival.
    A J6, no entanto, é mais nova, muito mais bonita, mais espaçosa, tem mais motor, e é completa, faltando oferecer apenas câmbio automático e motor flex. Aposto que também é mais econômica.
    O preço poderia ser um pouco menor, convenhamos, o que facilitaria o atingimento de metas de venda.
    Acho que a JAC está apostando no aquecimento deste segmento em função da atrativa novidade e esperando que a J6 seduza consumidores que têm optado por outras linhas por causa da falta de ofertas interessantes.

  28. kitokar

    3 de agosto de 2011 at 18:41

    O J6 não vai fazer o mesmo sucesso do irmão menor com esse preço alto. E está tão alto que não tem publicidade que consiga convencer o consumidor- mais esclarecido- de que é bom negócio.
    Não adianta…carro chinês é associado a preço baixo. Não importa se a qualidade de construção é nota 10 porque se for caro não vende!

  29. Cláudio

    3 de agosto de 2011 at 20:31

    Tem que pagar os R$ 140 Milhões gastos com publicidade de alguma forma, ou seja cobrando de quem compra.

  30. TJWS

    3 de agosto de 2011 at 22:09

    Esse tal de Segio Habib eh muito ladrao.
    Imagino que esse J6 na China nao vale nem 20mil dilmatas….

  31. iro

    3 de agosto de 2011 at 23:11

    Putz, a JAC cravou fundo a faca!!!

  32. Wellington_L

    3 de agosto de 2011 at 23:18

    Bem…, vou "chover no molhado" dos colegas: o J6 está caro assim como a linha J3 é cara pelo carros que são e pelo valores verdadeiros destes antes de entrarem no navio do outro lado do mundo. Os veículos da JAC têm o mérito de serem medianos como a concorrência nacional, haja vista que nossos veículos não evoluíram muito nos últimos anos. O J3 Hatchback, por exemplo, é somente melhor tecnicamente que o Chevrolet Agile (o que não diz muita coisa), mas, como traz alguns "mimos" a mais de série e possui forte campanha de marketing por traz do produto – além do design relativamente atraente –, atingiu em cheio uma brecha deixada pelas outras montadoras que aqui atuam. Torço para que os chineses evoluam, mas não recomendo nenhum veículo desta montadora no momento para uma compra racional.

  33. Marclawyer

    4 de agosto de 2011 at 10:20

    Resumo isso na seguinte proposição: muito caro. E basta.
    Embora a qualidade construtiva da JAC esteja um pouco acima dos seus pares mandarins, ela é apenas mediana para o padrão brasileiro (um Polo ou Punto, por exemplo, são bem melhor montados).
    Talvez por uns R$ 45.000,00 a R$ 50.000,00. Jamais R$ 58.000,00 / R$ 60.000,00.

  34. Matheus_P

    4 de agosto de 2011 at 13:05

    Loucura e insanidade o preço. O habib fumou um certo antes de estipular o preço. Nao tem cabimento. Ainda por cima um motor "desenvolvido pela própria JAC", e nao o 1.8 16v mitsubishi com o qual eh vendido na China??? Ta loko mesmo!!!

  35. Renan

    4 de agosto de 2011 at 16:17

    não é por nada não gente… mas o acabamento interno me agradou bastante… http://03071c2.netsolhost.com/blog1/wp-content/ga
    infelismente estamos se tratando de um chinês né… será que os materias são bons???

  36. João

    4 de agosto de 2011 at 18:47

    Num pais aonde o Fiesta é vendido por 50.000 ,mesmo tendo apenas 2 air-bags ,terrivel espaço no banco traseiro,ausência de farol de neblina e mesmo assim,ainda consegue ser bem vendido,não me impressiona que a JAC queira vender uma coisinha dessas por 60k . Se eu tivesse dinheiro,compraria um Hyundai I30 ou um Renault Fluence,que possue CxB muito melhor(isso sem contar que tem perua com muito mais CxB que essa dai,que já foram citadas)

  37. Antonio Ricardo

    5 de agosto de 2011 at 13:45

    Eu acabei de passar num stand e olhar o J6.
    O que posso dizer é:
    Se você se preocupa com a segurança de quem utiliza o mesmo veículo que você, fuja do J6! Principalmente com aquele ultimo par de bancos em utilização, o carro pode matar facilmente os ocupantes dos assentos traseiros.
    Cuidado com os Negócios da China, com apoio do governo brasileiro. Sua segurança não vem em primeiro e nem em centésimo lugar.

  38. Leon

    5 de agosto de 2011 at 14:54

    Ô Carplace, dá uma comentada no link do cara sobre o J6 com 7 lugares na China. A matéria de vocês parece ter se equivocado. O link está se espalhando pela rede, melhor vocês explicarem do que perderem a credibilidade.

  39. RICARDO

    26 de setembro de 2011 at 19:11

    BOM ..PREFIRO O MEU FIESTINHA 2007..ELE ME LEVA PRA TODO LUGAR..ME SINTO CONFORTAVEL..É ISSO QUE IMPORTA..

  40. salvador

    26 de outubro de 2011 at 19:07

    eu comprei e estou contente na estrada é economico.

  41. ricardo

    19 de julho de 2012 at 20:49

    os caras falaram falaram mas nao me convenceu vou comprar um j6 e da pra minha esposa

  42. André Luiz

    8 de abril de 2013 at 16:16

    Comprei um J6 que chegou na ultima sexta feira dia 5 de abril. O carro é fantástico, confortável, seguro veio com todos os itens inclusive banco de couro. O carro dá um banho em muitos carros nacionais que vejo todos os dias.Ele é espaçoso, veloz ,é uma marca Chinesa sim mas com muita qualidade. O carros citados nas postagens que li não conseguiriam oferecer nem a metatde que a Jac oferece. Os brasileiros dirigem carros nacionais de má qualidade e acham que estão abafando. A Jac vem com os carros completos, o que na verdade é muito comum la fora, ma sli um comentário de algum insano dizendo que preferi um fiesta de mil e lá vai fumaça. O J6 É PERFEITO. daqui a 1 troco pelo S1 da Jac Motors que chega neste fim de ano aqui no Brasil. Preferir um Gol, uma Uno a um J6?! Por favor parem de escrever besteiras.

  43. RENATO

    9 de dezembro de 2013 at 22:44

    EU TENHO UM A 13 MESES ÓTIMO CARRO PELO VALOR E O CUSTO BENEFICIO TE GARANTO MEUS CAROS MUITO MELHOR QUE OS NOSSOS POPULARES SECO SEM NADA SÓ BANCO E VOLANTE…

  44. Matheus_P

    4 de agosto de 2011 at 12:57

    Muito bom link

  45. CARPLACE

    5 de agosto de 2011 at 17:25

    p_h, a informação de que esta versão de 7 lugares era exclusiva para o mercado brasileiro foi dada pelo presidente da marca, durante a apresentação do carro e faz parte do material oficial divulgado para a imprensa. Vamos entrar em contato para com a assessoria da JAC para entender melhor esta colocação. Temos a impressão de que eles estejam se referindo à solução de "configuração" dos bancos (modularidade, ajustes, etc), criada pela engenharia brasileira, que é diferente da versão mostrada no link.

    Por falar nisso, as outras imagens também mostram diferenças no painel (indicadores invertidos), uma tela sensível ao toque no sistema de som, teto solar, enfim, várias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>