Impressões ao dirigir: Novo Honda CR-V 2012 – Veja os detalhes em fotos

Novo Honda CR-V

A Honda apresentou o Novo CR-V 2013 para imprensa especializada na semana passada em pista de testes na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. O CARPLACE esteve presente e conferiu a novidade, além de rodar com a versão automática e a nova opção de entrada com câmbio manual. Confira as impressões ao dirigir o Novo Honda CR-V 2012.

Novo Honda CR-V

Clique nas imagens para ver em alta resolução.

Se você acha que o Novo CR-V recebeu apenas um facelift, está enganado. Trata-se de uma nova geração, onde todas as peças da carroceria são novas, o chassi foi aprimorado e novas tecnologias foram aplicadas ao modelo. A mudança é tanta que marca diz que o modelo deixou de ser um SUV, e pelo nível de conforto e dirigibilidade que entrega, passou a ser um Crossover.

Ao vivo, é notável a evolução estética. A mudança mais significativa está na parte dianteira, a qual ganhou um novo desenho, mais esportivo, com faróis mais angulados e com máscara negra com a grade dando sequência ao seu formato e acabamento com três filetes cromados.

Novo Honda CR-V

A lateral também mudou de forma mais discreta, com linhas mais limpas e um vinco ascendente começa na porta dianteira e conclui na traseira. No entanto, o que chama mais a atenção nas laterais é o novo desenho marcante da moldura dos vidros na parte traseira que combina o desenho das lanternas, as quais também são novas. Na parte traseira, a tampa do porta-malas e o para-choque, ambos com desenho de linhas arredondadas completam o visual.

Novo CR-V

Assim como fez com o Novo Civic, a Honda inclui muita tecnologia no seu “crossover”. Entre as novidades estão a central de informações i-MID que adiciona uma tela LCD ao centro do painel e conta com todos os comandos no volante, o qual é o mesmo do Civic, diga-se de passagem. O modelo também recebe câmera de ré, sistema de com conexão USB capaz de ler aquivos MP3, JPG além do iPod. Todas as versões contam com controles do áudio e piloto automático no volante, airbag duplo e ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) além da função ECON. Na versão top de linha, o modelo dispõe do mesmo sistema de navegação integrado ao painel em uma tela de 6,5 polegadas polegadas.

Clique aqui para conferir os detalhes dos novos itens de série de todas as versões

Impressões ao dirigir o Novo Honda CR-V 2012

Novo Honda CR-V

É dirigindo o Novo CR-V que fica claro o motivo da Honda reclassificar o modelo como crossover. Com ajustes e posição de dirigir muito semelhantes a de um carro de passeio tradicional (o CR-V é construído sobre uma variação da plataforma do Novo Civic), rapidamente se esquece que trata-se de um carro “grande”.

Novo CR-V

Encontrar a posição ideal para dirigir é facilitada pelos ajustes de altura e profundidade do volante, assim como o banco do motorista também possui ajuste manual de altura. O volante, o mesmo do Civic, é revestido em couro e seus comandos são bastante intuitivos. A ergonomia geral é boa, com fácil acesso aos comandos no console central, maçanetas e botões dos vidros elétricos.

A tela do i-Mid está bem posicionada na parte superior do console e permite fácil leitura de todas as informações disponíveis. As letras são grandes em praticamente todas as funções, o que confere conforto e segurança ao condutor.

Após todos os ajustes, hora de ligar o motor e acelerar. Primeiro avaliamos a nova versão de entrada, a LX equipada com câmbio manual. Quem gosta de ter o carro na mão, vai gostar. Os engates são precisos e a embreagem bem leve, o que torna a condução bem fácil. As respostas do motor são imediatas, e apesar de não ter um desempenho arrebatador, não deixa faltar fôlego ao modelo. A impressão é de que os 155 cavalos de potência são “justos” para o CR-V.

Novo CR-V Automático

Já a versão equipada com câmbio automático de cinco marchas, a que representará o maior volume de vendas, também agrada. As trocas de marchas ocorrem de modo suave. Em ambos os modelos, a função ECON tira um pouco do apetite do motor para privilegiar o consumo de combustível, mas em baixas rotações a mudança de comportamento é mínima.

No pequeno trecho travado da pista de teste, o CR-V demonstrou boa estabilidade nas curvas, segurando bem o traçado. Os freios também se demonstraram eficientes nos testes.

A direção com assistência elétrica é um dos destaques. Não passa a sensação de flutuação e transfere as manobras com muita agilidade, bem direta. Com ela, a sensação é a mesma de se estar dirigindo um carro menor.

Novo Honda CR-V

Considerações

O Novo Honda CR-V evoluiu bastante. Se o visual apenas evoluiu, a tecnologia revoluciona. O visual ficou mais esportivo e os mimos de conforto não decepcionam, no entanto, faz falta a conectividade bluetooth nas versões mais em conta.

O estilo de condução é muito semelhante ao de um carro pequeno, e isso deve agradar as mulheres. A visibilidade é boa em todas os lados e a direção é bem leve. No teste, não foi possível medir o consumo.

A Honda aposta alto nas alterações. De acordo com a marca, a expectativa é ver as vendas do modelo aumentarem em 65% com a nova geração, mantendo o CR-V como líder do segmento.

Publicidade
  • infiniti

    Outro "Rolls Royce" testado pelo Carplace. O blog onde todos os carros são perfeitos… rsrs

    • CarlosPrado

      Deixa de ser amargo rapaz! Não está gostando? Nem termina de ler…

      • saosao

        Tem gente que adora criticar!
        Lógico que impressões são subjetivas e relativas, e comparado à um Land Rover, por exemplo, o CR-V deixa a desejar, mas comparado ao antigo CR-V, este novo realmente parece ser uma baita evolução!

    • Wellington_L
    • http://carplace.virgula.uol.com.br CARPLACE

      Pelo jeito o infiniti já dirigiu o Novo CR-V….

      • 72007998

        eu vi o carro hoje, gostei do veiculo, ficou bom. Gosto dos produtos Honda, no qual ja tive 2 em casa.

      • John

        Não, CARPLACE! O infiniti apenas percebeu que vocês usaram o press release da Honda na integra… Que preguiça de escrever, hein?

    • Carlos Lopes

      O povo difícil de agradar. Que carro o sr tem sr infiniti?

    • Abel

      ..é claro, eles foram convidados, teve até "coffee break" grátis, acha que eles vão falar coisas ruins sobre o carrão ( bem dizia um político, ex-presidente, sobre os carros do Brasil "são umas carroças", acho que ainda são, só estão mais caras e disfarçadas).

  • https://www.facebook.com/lucas.wargnier Lucas Wargnier

    O site é imparcial, e tem que avaliar os carros mostrando seus pontos bons e ruins….

  • Leone

    Acho que vocês cometeram um erro gritante… a CR-V, acho, não tem os paddle shifts para a troca de marchas. O câmbio é um automático simples! Não permite trocas nem no câmbio, nem no volante. O Civic, sim, tem esta característica.

  • https://www.facebook.com/lucas.wargnier Lucas Wargnier

    Queria saber o que a versão intermediaria tem que a basica nao tem pra ver se vale a diferença de preço….

    • Gabriel_Nint

      Cambio AT.

      A basica LX é manual, e a outra é a LX AT. A TOP vem com tudo.

  • Brito

    É impressionante como alguns por falta de argumentos posicionam-se de forma criticamente destrutivos, sequer conseguem ser imparciais na avaliação de um texto simples, cujo conteúdo representa um simples teste. Não entendo nenhuma conotação de impressionismo ou exagero jornalístico, mas realmente é mais fácil a crítica afiada e pobre em conteúdo, que prefere a ironia vazia a uma argumentação racional… Lamentável!

  • D7V5

    Do texto:
    A impressão é de que os 155 cavalos de potência são “justos” para o CR-V.
    Do comentário:
    Injustos no preço que se pede por ele.
    Esse bom carro se operado com carga total, deve recomendar bastante prudência de seu motorista.
    Merece um motor melhor, no preço justo.

    A conferir,

    • saosao

      Correção: tiraria o "injusto", pois NENHUM carro vendido no Brasil tem preço justo para a condição do cidadão brasileiro. Preço justo é relativo, haja visto que o carro tem design, o que é bem subjetivo.

      Quanto ao motor, concordo com vc.

    • Leandro1978

      Se o CR-V custa isso, é porque tem quem pague, ou custaria menos. O preço está na mesma faixa dos concorrentes. Assim, não há nada de injusto. O problema é que, enquanto o consumidor não se der conta de que paga muito (e tem pouco em troca) pelos carros vendidos aqui, nada mudará.

    • KTA2010

      Existe CRV com motor 2.4 no Japão, e acho inclusive que também é feito no México, mas a Honda traz somente o 2.0 para ficar em uma faixa menor de imposto. Mas acho que ela faz economia de palito ao suprimir um mísero farol de neblina ou bluetooth das versões mais baratas.
      Nota: Na revista Car and Drive deste mês tem um desenho no novo Toyota RAV-4 que começa a ser feito no 2º semestre no Japão, e está com um visual bem atual, e bem maior, e a informação que ele já virá com um câmbio automático de seis marchas, acoplado ao seu motor 2.4…

    • http://carplace.virgula.uol.com.br CARPLACE

      Quando ponderamos desta forma consideramos a utilização "familiar" do carro, a qual atende mais de 90% do perfil dos consumidores. O carro foi testado com duas pessoas a bordo e num circuito que não simula o dia a dia, fato que poderá ser melhor apurado numa avaliação mais detalhada.

      Já para quem busca um carro de apelo mais esportivo, um motor mais potente obviamente seria muito mais interessante. Para quem quiser mais potência, o ideal é partir para o Tiguan com seu motor 2.0 TSI, mas em contrapartida, pagará o preço por isso.

    • Meg Teófilo

      tenho interesse em comprar a versão AT, com seu comentário acima me preocupa ; o que significa isso na prática? há riscos de acidentes?
      ( Esse bom carro se operado com carga total, deve recomendar bastante prudência de seu motorista. )
      outro comentario que li abaixo , me preocupa :
      (pra subir a serra a mais de 50km/h e nao causar perigo aos outros motoristas).
      qual a consequencia disso é fato real?
      grata
      Meg T.

  • Leone

    Já fui conhecer a nova CR-V duas vezes.

    E minhas impressões continuam as mesmas… Deve ser um excelente carro em termos de conforto, mas com pouco motor para o seu porte. Esta é a minha impressão. Não sei como era o consumo da anterior, para avaliar como ficará o da nova.

    E quanto ao design, olhar o carro exatamente de frente me faz desistir de comprá-lo. Parece um Santa Fé renovado. Além do mais, o radiador parece querer fazer parte do design exterior do carro, fica muito aparente! Aquela parte do para-choque, abaixo da placa, deveria receber algum acabamento diferenciado, um pára-peito cinza, ou mesmo ser pintado da cor do carro. Isto "aumentaria" a frente do carro, que me pareceu ter um "bigodão" e faltar algo. Achei o design conservador DEMAIS!

    Na lateral, achei o carro muito sem sal. E, apesar de menor do que o anterior, passa uma idéia de carro muito grande. Os retrovisores não têm repetidores de seta. Parece coisa proposital, para o primeiro face-lift ou para o primeiro sinal de que as vendas não estejam bem, se ocorrer isto. Aí, surge uma nova versão: "Agora, com seta no retrovisor!"… enfim!… só fui vê-lo pela segunda vez, porque esperava muito do carro. Me decepcionei num primeiro momento… e no segundo também! Mas tudo isto pode ser aquele tal de "costume"… quem sabe vendo nas ruas, eu mude de idéia. Senão, vou comprar o Civic mesmo! Isto, porque gosto muito dos carros Honda, sua assistência técnica e custos de manutenção!

    Em termos de design, a única melhora foi na traseira, justamente a parte que eu não gostava na versão anterior. A angulação das lanternas deu um ganho bacana, ali.

    Agora, pessoal da CARPLACE, lembrando que acho que não há paddle shifts na CR-V, hein!!! De esportivo, este carro não tem absolutamente nada.

  • Leone

    Eureca! Está aí… fui conferir fotos na internet da antiga CR-V para ver se minha impressão inicial contra a frente da nova tinha alguma razão de ser em comparação com ela.
    Dei de cara com aquela imagem inicial que a Honda divulgou no lançamento do modelo no exterior, uma CR-V vinho, com vidros pretos, roda esportiva, etc.
    Pois lá estava a minha sugestão para melhorar a frente do carro… um para-peito prateado! Bingo! Eu estava certo! A frente muda radicalmente ao se adotar um acabamento no parte de baixo da frente, no pára-choque. Melhora muito o design, perde-se a impressão de "bigodão" e ainda esconde o horrível radiador aparente!

    Será que vão vender isto como acessório?

    • FabioRuimDeRoda

      Certamente existirá como acessório, de 3.ooo,oo

    • Jorge

      Boa noite,

      Também vi esse CRV vinho e achei lindo.
      No site da Honda Brasil, existem vários acessorios para o novo CRV, inclusive esse peito de aço prateado.
      Na traseira também existe um acabamento semelhante.
      Tenho uma CRV EXL 10/10 e pretendo trocar pela nova, mas tb achei que faltou motor, seta nos retrovisores etc…
      Vou listar aqui mudanças que não gostei.
      1- O freio de mão, que voltou para a mão, quando antes era no pé.
      2- Descanso para os braços, nessa versão eles tiraram.
      3- Volante e detalhes idênticos ao do Civic.
      4- Aqui no RJ não tem o carro, está em falta desde fevereiro, e não tem previsão de chegar.
      E quando chegar, deve ser mais caro. ( informação do revendedor ).

      Vi o ford Edge e fiquei louco…Só não é um Honda, e além disso é mais caro.

      Abs.

  • saosao

    Gostei bastante da frente… o desenho formado pela grade e faróis lembram muito algo com asas… resultado muito bom mesmo!

  • Rams

    Essa traseira parece bunda de macaco arriada, não gostei, é gosto meu, ok.

    • CarlosPrado

      Tá, ok! Poderia guardar sua opnião só para você também, ok?

  • rena587

    A honda ta cobrando menos que os coreanos nesse segmento, e o preço inicial de 84mil tornara com certeza a crv lider do segmento.

    • Lino

      Se você for ver na Honda, esse preço não existe, eles estão cobrando R$ 4.000,00 a mais.

    • Glademir

      Preço de 84.000 aonde? Aqui no RS, as revendas estão cobrando ágio em cada modelo. O preço da versão básica = 94.000; da intermediária = 96.000 e da top = 115.000!!!

      • Marcilio

        O ágio êh um absurdo! Denuncie a Honda! Comprei uma básica pó 84700' preco da tabela aki no RJ.

  • RicardoB

    Se for como o 2.0 da geração anterior, posso afirmar: MANCO!

  • http://carplace.com Lucas

    Frente de Nissan.

  • ricardo78scs

    Esse 2.0 aí não dá conta. Porque não comercializam o 2.4, que existe em outros mercados???

    • Igor

      PQ aqui é o bRASIL, esqueceu?

      • Ernesto

        E pq compram. Se ninguém comprasse …

  • mestiço black

    pra q motor com muita potencia se tem q respeitar lei de transito limite de velocidade?

    • Leone

      Para ultrapassagens em segurança e algum prazer nas acelerações – o que não quer dizer velocidade final!

      É para ter motor disponível em qualquer situação.

    • aristizabal

      pra subir a serra a mais de 50km/h e nao causar perigo aos outros motoristas.
      Existem varios outros motivos, mas esse ja esta bom.

  • Vitor

    Tem tem ou não tem tem padle-shift Carplace ???

  • Roberto

    Os preços anunciados nas revistas e site não existem. A Honda de Botafogo por exemplo, está cobrando 4.000,00 a mais do que os valores divulgados. Só aqui mesmo.E o pessoal ainda faz fila na reserva, para só pegar o carro em abril.

    • Marcilio

      Comprei o meu lá e o preco tava normal. Pego sábado q vem.

  • Carlos

    Pra variar mais um modelo caríssimo da Honda, e não adianta chorar.

  • Martin’harry

    mto lindo….com essas lanternas estilo volvo…!! como se diz aqui em manaus..”tah o bicho”….

  • Akira

    CARPLACE, é impressão minha ou tinha alguns Fits parados para demonstração?
    Já são do "novo" modelo? Quais foram as impressões sobre o Fit?

  • http://www.facebook.com/RoMolinaDi Rodnei Molina

    Comprei a minha, muito boa dirigibilidade excelente em tudo, antes de vocês comentarem façam o teste drive e verão o quanto ela é fascinante.

  • Amado

    Tenho um crv 2011 q.precisou ser repintada pois descobri que havia falha na pintura original após um mês de uso e nem mil km. Fui pela marca espero não me arrepender com mais surpresas. Estou confiando mas após este crv 2012 sei não se não compro um coreano.

  • Carlão

    Com meus 1,9 de altura, falta espaço e gera muito desconforto. Fico então com minha Santa Fé. abs

  • vagner

    90 mil por um carro com airbags duplo, 155 cv e que NÃO VEM NEM FAROL DE MILHA !! só no brasil mesmo ! piada..

    • Hanna

      Piada mesmo!!! Nao apenas em relacao ao CRV mas a TODOS os modelos vendidos no Brasil!!! NENHUM teem preco justo. Qualquer carro a venda no Brasil e NO MINIMO 2x mais caro que seus similares em outros paises.
      Piada maior ainda e vc chegar na concessionaria da HONDA e ouvir que o carro esta com um AGIO de R$10.000,00 e uma fila de espera de 3 meses. Daqui a pouco vai ter sobrando e vao implorar pra vender!!!
      Infelizmente, para termos um carro um pouco melhor, temos que nos submeter a esse assalto a mao armada que e o mercado automobilistico no Brasil.

  • André Motta

    Está dificil achar um novo carro para mim, sempre falta alguma coisa ou tem algum defeito mortal: CR-V, IX-35, ASX, Lancer GT, Volvo S-60, Elantra GLS…

    • Abel

      Compra um carro de verdade, vai na Mercedes e fique sabendo o que é um automóvel.

  • Defensor CRV

    Galera li de tudo sobre os comentários, eu tenho um crv at 4×2 e digo a todos que é muito bom para viajar, principalmente nessas nossas estradas, ele transmite boa segurança, até carregado com bagagem para uma família de cinco pessoas, não passei aperto nenhum em ultrapassagem… acho que temos que conhecer bem o carro para poder usá-lo de forma consciente e respeitar os limites de velocidade

  • http://www.avaidosa.com.br Edmilson

    No inicio de junho/2012 comprei meu CR-V 2012 – EXL (TOP). Estou muito satisfeito. O carro é mais do que eu esperava. Confesso que as primeiras imagens do CR-V/2012 divulgadas pela Honda me decepcionaram um pouco. Eu esperava algo excepcional. Mas, aos poucos, me acostumei com desingn, e agora acho ele lindo. Ele diferente de todos que estão no mercado, além do mais nada se compara a qualidade dos produtos Honda, bem como ao seu pós-venda. (Nascimento)

  • netinho

    Esse carro realmente deve ser bom mesmo , porque não se encontra dele pra comprar, em nenhuma concessionária do país.

  • Wladimir

    Alguém pode me explicar como o preço sugerido do modelo top no site da Honda está em R$102 mil (frete e pintura incluídos) e na Concessionária da própria Honda em Rio das Ostras está em R$115mil? Cobrança de ágio feita por uma concessionária da própria montadora é legal? A Honda não deveria impor limites?

  • claudinei dos anjos

    minha filha, acabou de comprar e ja recebeu, 4×2 automática. agora, preço, muito cara r$ 96000,oo. concordo com alguns comentários, sem farol de milha, sem pisca nos retrovissores, freio de mão no pé seria muito mais prático. é verdade que temos sque respeitar os limites de velocidade, mas um carro deste tamanho e peso, mesmo aqui neste país"Brasil", teria que ser pelo menos 2.5, ja pensou este carro com carga máxima, nas ultrapassagens? a falta deste carro nasa concessionárias, segundo a nossa daqui, foi problemas de comercialização, antre Brasil e México. Que tal a Honda produzi la, aqui em Sumare-SP?

  • Observer

    É um absurdo um carro desse nível não ter nem repetidor de pisca na lateral ou no espelho retrovisor. Nem na versão top.

    • Abel

      Meu amigo, este é um carro feito para terceiro mundo. Quer comprar carro de verdade ?!!? Mude de marca (mercedes, bmw, audi, marcas premium) ou vá para um país do primeiro mundo e seja tratado com respeito e dignidade.

  • Beg

    Pessoal, tenho um CRV – EXL 10/10 e acho um veículo bastante confortável e espaçoso para uma família com dois filhos, sendo um deles um bebê, o que demanda umagrande quantidade de apetrechos a ser carregada constantemente.

    Quanto à motorização, é muito fraco e não inspira confiança para fazer ultrapassagens em viagens. A maior vantagem que contabilizei até o momento foi a qualidade da mecânica honda. Bem verdade que o acabamento poderia ser melhor. O carro é espartano, considerando que custou cerca de R$ 100 mil (poderia ter comprado carros com muito melhor acabamento por este valor).

    Em relação à nova versão, acho que perdeu personalidade ao copiar o design traseiro do Volvo XC – 60.

    Num balanço final, trata-se de um carro bastante confortável, mas com um motor aquém das suas necessidades e preço.

    Pra mim não vale à pena. Melhor se esforçar um pouco mais e comprar um SUV "de verdade" da Land Rover.

    Beg

  • Abel

    Existe muita diferença em um carro importado e outro feito para o nosso mercado (terceiro mundo). Projetos antigos veem para o nosso país, mudam apenas o visual mas o resto é coisa antiga e ultrapassada mesmo. Não adianta discutir se o carro presta. Não presta é viver neste país com pouca grana ou com apenas um pouco de dinheiro. Tem que ter bastante capital para comprar um carro realmente bom, junte uns 150 mil e comece a pensar num automóvel decente. Fora isso são projetos antigos, que nunca estão completos e com material de primeira linha. Quanto ao "teste" desta metéria fica difícil de opinar, nada é dito, apenas observações óbvias.

  • Bernadete_Chevette77

    Parem por favor, andem no meu Chevettão 77 e vocês vão ver que a CRV á uma nave…

  • Cheva 250S

    O painel é muito simples. Principalmente a parte dos relógios. Não condiz com a qualidade e preço do carro.