Civic reestilizado chega ao Mercosul ainda neste ano, diz site argentino

2013-honda-civic-01

A atual geração do Honda Civic acabou de ganhar novo visual nos EUA. E, de acordo com matéria publicada pelos amigos argentinos do Autoblog , foi confirmada a chegada do modelo por aqui já no segundo semestre de 2013, como linha 2014.

2013-honda-civic-02

Ainda de acordo com a reportagem, a marca japonesa afirmou que está satisfeita com as vendas do modelo, apesar das críticas em relação ao visual muito conservador nos EUA. As alterações englobam a dianteira, com novo para-choque e grade em forma de colmeia, e a traseira, com lanternas que invadem a tampa do porta-malas (coisa que não acontecia no modelo norte-americano) e refletores na parte inferior do para-choque. O interior também foi levemente redesenhado, com alterações na parte central do painel, saídas de ventilação e nos comandos do ar-condicionado.

2013 Honda Civic EX-L Sedan

A atualização do modelo no Mercosul não se deve a críticas de estilo, e sim a uma questão de economia de escala: a produção do Civic no Brasil e nos EUA tem muitos fornecedores em comum, o que torna mais viável financeiramente produzir os dois modelos iguais. Isso sem contar o fato de preparar o Civic para a enfrentar a nova geração do arqui-rival Toyota Corolla, que chega em março de 2014.

Veja também: Honda Civic 2013 – Veja a galeria de fotos e detalhes do interior

Fonte: Autoblog

Publicidade

94 Comments

  1. Leonardo

    14 de março de 2013 at 17:32

    A dianteira do atual com a traseira deste ficaria muito melhor.

    • V8_sempre

      14 de março de 2013 at 19:11

      To mais curioso é pra saber o que os donos de CIVIC atuais vão estar pensando em ver seu modelo sendo "atualizado" quase que anualmente !!! heheh

      • Wellington_L

        14 de março de 2013 at 19:16

        [youtube WEkWIPXHaWI http://www.youtube.com/watch?v=WEkWIPXHaWI youtube]

        • V8_sempre

          14 de março de 2013 at 19:46

          kkkkk

      • Miro

        17 de março de 2013 at 19:38

        Pode ser que eles acordem e comprem sedans de verdade=jetta,cruze.Nao estas tranqueiras de corolla,caro,defazado,ou civic,o mesmo que corolla,caro e sem conteudo,e com essas mudanças e desvalorizaçao na certa.

        • vgdoche

          25 de março de 2013 at 23:32

          Vai sonhando aí vai. Esse segmento jamais será liderado por tranqueiras como Jetta ou até mesmo pelo bom Cruze. Não adianta meter o pau que os japoneses já dominaram essa praia.

          • tHIAGO

            12 de julho de 2013 at 1:42

            JETTA ? COM SEU MOTOR DE FERRO RIDÍCULO 2.0 120 CV ? OU TALVEZ SUA SUSPENSÃO TRASEIRA SUPER AVANÇADA DE EIXO DE TORÇÃO QUE DESPRENDE DO CARRO ?? , BARULHO RIDÍCULO QUANDO VEJO UM JETTA 2.0 NA RUA, AQUELE BARULHINHO NOJENTO DE MOTOR DE FERRO SEM TECNOLOGIA NENHUMA, DA ANCIA.. PARA AS ANTAS NÃO ESTOU FALANDO DO JETTA TURBO.. OU TALVEZ O CRUZE, COM SEU PESO DE SEDÃ GRANDE, DEVE SER O ALUMÍNIO ( PIADA ) USADO NA CONSTRUÇÃO DO CARRO, OU TALVEZ SEUS CÂMBIOS MANUAIS E AUTOMÁTICOS QUE TEM DEIXADO CENTENAS DE DONOS NA MÃO POR PATINAÇÃO DA EMBREAGEM, SE LIGA, BRASIL EH UM ROUBO, ANALISANDO DADOS CRUZE REALMENTE É MELHOR QUE CIVIC, EM ITENS , EQUIPAMENTOS , ETC… MAS MECÂNICA NOJENTA, CARRO GOSTOSO E CARRO QUE VC COMPRA E NUNCA MAIS VOLTA NA CSS NEM NA MECÂNICA , SÓ PRA REVISÃO, CARRO QUE VC USA SEM MEDO, NÃO PENSA, NOSSA SERA QUE VAI DAR AQUELE PROBLEMA HJ, DINOVO ? HONDA E TOYOTA SÃO UMA DAS MAIORES LADRAS DO BRASIL, MAS QUEM FALA QUE SÃO PRODUTOS NÃO SÃO BONS, NÃO ENTENDE PORRA NENHUMA DE CARRO, E DEVIA ANDAR DE CAVALO

        • paulo

          31 de outubro de 2013 at 10:51

          Você é um pobre coitado que não intende nada de carro e fica falando besteira.

      • clecio

        3 de novembro de 2013 at 15:26

        Curioso? É que estamos nas mãos das montadoras, depois que vc comprou já é uma vítima e se vire com a aquisição. Pior, ia comprar o 2013/14 e já mudei de ideia.

      • Traste

        12 de novembro de 2013 at 21:33

        Meu caro, você que anda de fusca ou de ônibus não pode saber o que um sujeito que anda de Civic pensa! Saí da frente do computador e vai trabalhar para ver se consegue comprar o seu, quem sabe, em alguns anos. Invejoso!

    • subzero99

      14 de março de 2013 at 21:34

      O que acho mais estranho nesses carros novos é o console central "torto", meio que de frente para o motorista. Tá certo que isso melhora o conforto do motorista, mas esteticamente é muito feio !

      • V8_sempre

        15 de março de 2013 at 16:05

        CIVIC o egoista ! Tudo somente para o motorista ! Eqto isso… O ETIOS quer até que sua sogra controle a velocímetro !

      • Paulo

        10 de setembro de 2013 at 22:44

        Querido não vamos comparar um Honda com um carro qualquer!!! Afinal no Honda você dirige numa verdadeira "cabine".

    • PONCIO PILATOS

      15 de março de 2013 at 8:05

      a traseira ficou linda, mas não gostei das grades dianteiras em forma de sorriso…

      • KTA

        15 de março de 2013 at 21:57

        Nossa! agora que eu me acostumei com a traseira do modelo atual, já vão mudar de novo! e essa matéria do site Argentino não bate com a realidade, pois lá nos EUA choveu bastante crítica no Civic, por isso que a Honda já se apressou em apresentar um novo visual.

  2. TacodeSinuca

    14 de março de 2013 at 17:38

    Que coisa bizarra… bom mas carro de pobre não se pode reclamar, só se usa para bater mesmo como 2 ou 3 carro da familia, não da para esperar muita coisa de carrinho de 16mil dolares

    • Marco

      14 de março de 2013 at 17:41

      Te explica? Ou só vai largar no ventilador?

      • TacodeSinuca

        14 de março de 2013 at 18:46

        Morei nos EUA por 3 anos, e adquiri a consciência de um americano, usava um Civic com 1 ano de uso lá em 2008 e lá ele sempre foi um carro de pobre , ou carro para se bater, ir trabalhar, mas nunca que esse treco seria considerado carro de luxo, se quer algo melhor da Honda compra Acura, no qual eu sempre preferi os Infinti e Lexus, mas de qualquer forma Acura não deixa de dar um banho em qualquer tranqueira que venda aqui.
        Resumindo não é pq brasileiro paga caro que essa coisa é boa, Civic é carro de entrada para bater e só isso.

        • Alex rpm

          14 de março de 2013 at 23:31

          incrível como Brasileiro é burro e submisso… essas porcarias lá fora são carros de pobre carros de entrada carro de gente sem DINHEIRO… entenderam ou precisa desenhar ??? isso lá é a mesma coisa q nossos GOL,UNO,PALIO,CELTA,CLIO,MARCH,PRISMA,ONIX,HB20,CLASSIC, ETC…ETC…ETC… DEU PARA ENTENDER AGORA ??? PQP !!!

          • Doccar

            15 de março de 2013 at 10:42

            Em pais de banguelo quem tem um dente e rei. esse e o retrato do nosso pais, IDH 85, temos q ser mais humildes e conformar-mos que somos atrasados mesmos, ate o momento que formos a luta e quebrar tudo em Brasilia…

          • dmt

            16 de março de 2013 at 21:03

            Até parece que quebrar tudo em Brasília vai resolver alguma coisa.

            O que tem que melhorar é a inteligência dos eleitores do Brasil inteiro que votam nos corruptos que se mudam para Brasília para assumir cargos.

          • CIvic

            29 de julho de 2013 at 0:27

            Eu não moro nos Estados Unidos… moro no Brasil… não tenho R$ 500.000 para comprar um carro que você deve considerar razoável. Então comprei essa "merda" mesmo por R$ 84.000,00

        • jacobus7

          17 de março de 2013 at 19:23

          Desculpa, mas se voce realmente tivesse adquirido a consciencia de um americano, saberia que o Honda Civic nao e' carro de pobre, mas de classe media. E a razao pela qual a classe media americana anda de Civic, sendo que poderia andar de Audi, e' porque os americanos tem mais responsabilidade financeira do que os brasileiros.

          • TacodeSinuca

            18 de março de 2013 at 9:16

            Quando digo pobre, digo qualquer um, eu trabalhava de vendedor em uma loja da óculos e comprei um Civic sem nenhum problema, e não era absolutamente luxo nenhum, ninguém mostra para o vizinho que vc tem um Civic é mais ou menos como comprar uma Tv de LCD…simplesmente ninguém liga, e americano tem responsabilidade sim, mas é 10x mais consumista que o brasileiro, adoram novidades e fazem fila a kilometricas a meia noite para comprar algo ou por causa de promoções ou produtos novos, e os que podem comprar e querem comrpar um Audi compram sem pensar 1/2 vez…ate pq Audi não é tão caro assim principalmente os de entrada, Audi, e BMW não são carros de milionário, se vc pode comprar um Palio 1.6 aqui eles podem comprar um Audi A4 lá sem problemas
            .Conseguir 35mil dólares lá é mais fácil que conseguir 35mil reais aqui,simplesmente pq o salario minimo é maior e o preço das coisas é menor.
            Vc consideraria um carro de luxo um carro de 16mil reais? Então…é isso que um Civic é, ah o meu comprei usado de um amigo com um ano de uso e paguei 10mil dólares.

          • joana

            17 de maio de 2013 at 12:36

            Que bobagem…carro de rico , carro de pobre! isso não importa, o que importa é que moramos no Brasil e que aqui o Civic é realmente visto como um carro de luxo e temos que viver de acordo com a economia do país, e compra quem quer e quem pode.

          • rodrigo

            8 de agosto de 2013 at 17:01

            Vc esta certa Joana. Temos que viver a realidade do país. Aqui no Brasil, comprar um carro de 68 mil reais não é pra qualquer um. Então este valor é realmente para carro de luxo. Tem pessoas aqui que critica o povo brasileiro e esquece que ele é um brasileiro, talvez "burro" e alienado. Critica a economia e não faz nada. É corrupto como alguns políticos, aceita suborno em trabalho, compra mercadorias sem procedências, rouba… etc. (Não generalizando). Em fim. Antes antes de julgar e subestimar a inteligencia do brasileiro, vai ler e aprender um pouco de economia, política e mercado. Parabéns Joana. Estou de acordo com sua opinião.

          • Cecília

            18 de junho de 2013 at 0:08

            Volta pra lá, os EUA te merecem !!!!!!

    • saosao

      14 de março de 2013 at 18:48

      Até parece que Brasil tem a mesma economia e qualidade de vida que os EUA…

      • Charles

        14 de março de 2013 at 19:19

        É, infelizmente a realidade nossa é muito diferente.
        Pode ser carro de entrada em outros países, mas enquanto não nos mobilizarmos por veículos melhores, andaremos em carroças por preços absurdos.
        O povo brasileiro ainda é muito desunido, mas aos poucos vamos despertar consciência para essa realidade globalizada.
        Infelizmente, teremos que "apanhar" muito para perceber qual a diferença entre uma carroça e um automóvel …

      • cado

        14 de março de 2013 at 19:30

        apesar do Civic aqui custar mais caro, ele continua sendo o mesmo carro vendido lá fora. Compartilho a opiniao do TacodeSinuca, o Civic (assim como Corolla) é um carro fraco, supervalorizado no Brasil, não só por preço, mas por qualidade que não tem.

        • saosao

          14 de março de 2013 at 19:55

          Também concordo, mas veja os concorrentes desses dois lá fora: Cruze, Focus, Elantra e cia…
          Ou seja, todos os outros são equivalentes em praticamente tudo, uns são melhores ou piores em uma coisa ou outra.
          Agora, apedrejar só os japoneses acho no mínimo preconceito. No meu entender, quando eles vieram para cá com força nos idos dos anos 90, traziam qualidade superior à praticamente todos os nacionais. A fama pegou e ficou. Hoje temos carros "mundiais" vendidos aqui e que evoluíram muito em qualidade, de forma que exacerbar a qualidade dos japoneses já não tem tanto fundamento assim.
          Mas isso nâo é motivo para criticar somente Civic e Corolla só pq são caros. O que nos pega mesmo é o preço, que é definido pelas montadoras com base nos impostos (lucro nem conto, pois se não tivesse lucro seria uma empresa filantrópica). No final das contas mesmo, de quem é a culpa? nós consumidores que não exigimos por condições melhores. Exigir: não comprar carro por um bom tempo, trocar em períodos maiores, etc etc.

          • saosao

            14 de março de 2013 at 19:55

            Aí vc pensa: se ninguém comprar, as montadoras vão diminuir os preços até começarem a demitir, e famílias vão ficar sem renda, a maioria muda de ramo, alguns partem pra bandidagem, outros pra ilegalidade… aí vc percebe que só forçar as empresas não é a solução. É preciso que o governo baixe suas taxas de impostos e juros. É um movimento gigantesco e difícil para mudar a realidade do nosso país.

            Não sou fanboy não, só tento ser realista. A culpa também é nossa e eu faço a minha parte: Tenho o mesmo carro (comprado usado) há quase 7 anos. É claro que também tenho meus gostos. O meu é um Civic 2004 que nunca me deixou na mão, bem diferente do Astra 2007 do meu irmão que já parou umas 2 vezes por problemas mecânicos. Portanto, eu respeito quando os japoneses lançam carros mundiais (nada de Etios e Brio, carros feitos para o os menos exigentes).

          • cado

            14 de março de 2013 at 20:06

            Ah sim, não discordo que os concorrentes não fujam da regra, comento do Civic pois é o da matéria, não por ser japonês.

            A solução realmente não é simples, porém se a demanda cair (o povo se tocar e parar de comprar a preços absurdos), não será do dia para a noite, e dessa forma as montadoras não necessariamente sairiam demitindo parecendo que virá um caos. Tudo bem que impostos são absurdos, o governo deve sim diminuir impostos nos automóveis, é muito alto, mas o povo parar de comprar zero é um dos principais pontos para haver diminuição do preço.

            Aliás, o próprio Civic, se tivesse um preço condizente com o que oferece, dava pra mudar de opinião e fazer uma crítica correta, pois oferecido ao preço que ele realmente vale (assim como outros carros) passarão sim a ser "bons carros" pois oferecem bem pelo preço.

          • saosao

            14 de março de 2013 at 20:11

            Também acho. Acho que nós consumidores sempre temos o poder de mover as coisas.
            Morei 1 ano no Uruguai e como a proximidade da língua com praticamente todos os países da América do Sul erae bem mais fácil do que com o Brasil, percebi que eles são muito políticos. Quando teve eleição o povo todo saiu às ruas comemorando, e eles comentavam no trabalho, criticavam, etc. Coisa que a gente não vê por aqui. No Uruguai e Argentina por exemplo, eles participavam mesmo. É um belo exemplo a seguir.

          • D7V5

            15 de março de 2013 at 15:31

            saosao, concordo com você que os impostos são um dos grandes responsáveis pelos altos preços que o consumidor paga por um automóvel no Br.
            Difícil de mudar, difícil de diminuir, contudo quando a opinião pública foca no problema, os políticos que dependem de votos correm atrás. É questão de tempo e de educação, mas creio que ainda vamos ver isso acontecer no Br.
            O outro problema é tão ou mais ainda complicado: a reserva de mercado. Todo economista sabe que para regular preços inflados (altas margens de lucro), não sazonais, dosa-se a importação. Todos os países que podem ou que tem capacidade produtiva superior a demanda, adoram exportar, conquistar novos mercados ou aumentar a participação. E isso, força para baixo os preços locais. É claro que a dose de importação não deve ser superior a fabricação local, mas deve ser importante. Como temos por aqui a exploração da geração de empregos nas indústria, o mercado fica protegido. Protegido que é, exagera nos preços do consumidor que não tem como deixar de comprar. Isso é bem complicado.

        • vgdoche

          14 de março de 2013 at 23:18

          Se liga "cado", da maneira com você e os anti-japoneses falam parece que só Civic e Corolla são carros caros neste país. TODOS os carros vendidos aqui são supervalorizados. Agora, dizer que o Civic é um automóvel que não possui qualidade foi muita estupidez de sua parte, ainda mais num país onde os 10 mais vendidos são carros que nem existem por exemplo nos EUA e Europa (mercados de carros premium). Então vê se não aflora tanto esse seu sentimento rancoroso contra os japoneses (soa como alguém que no fundo queria um desses mas não tem) porque se eles fossem "fracos" como você disse, não seriam os carros (de sua categoria) mais vendidos nos EUA, Canadá, Austrália, Japão, Brasil e outros tantos mercados no mundo afora.

          • Charles

            15 de março de 2013 at 6:15

            Tb concordo com todos os leitores que os carros aqui são superfaturados.
            Um dos motivos são as altas cargas tributárias, tanto para produtos nacionais ou predominantemente nacionais, ou importados.
            Mas há outro motivo que são as "rédeas" do governo que pouco tem freado os elevados lucros das montadoras e vendedoras de automóveis no país.
            Ainda julgo que a maior parcela de culpa nesse exorbitantes valores cobrados é nossa, do povo brasileiro, que tão pouco conhece a força e o poder que têm de decisão, seja pela falta de conhecimento, pela falta de união, seja pelo comodismo.
            Mesmo que a "guerra entre montadoras" tb nos trás produtos melhorados, o maior avanço virá quando realmente tomarmos atitudes para que essa exploração seja freada.

            Quanto à discussão se o Civic e Corolla são bons ou não, basta olharem os números. Eles dizem tudo.
            E conforme Vgdoche disse, não é somente aqui que essa ligeira superioridade se sobressai aos japoneses.
            Do Civic e Corolla temos um histórico a favor deles. Nesse ínterim, outros carros foram melhorados e muitas carroças como aquelas oferecidas pela GM, VW, Fiat e Ford, passaram a oferecer produtos melhorados para sobreviverem no mercado.
            Ainda que caros ainda seria preferível pagar R$ 70 mil num Corolla ou Civic do que comprar neste mesmo preço um Astra 1.6, ano 1991, caso não houvesse a abertura da economia.

          • cado

            15 de março de 2013 at 15:24

            Se lesse melhor meu comentário veria que não sou anti-japonês, até porque um sonho meu de consumo é um Lexus IS. Eu sou contra baba-ovos que colocam Civic e carros da Hyundai num pedestal. Parece que tão falando de uma BMW série 7 ou Audi A8 de tantas qualidades que o Civic tem, faça-me o favor.

          • Wellington_L

            15 de março de 2013 at 21:02

            Pois é…

  3. Filipe_GTS

    14 de março de 2013 at 17:54

    Ué, tirou os bonitos faróis de bloco elíptico. Não entendo…

    • Mandabala

      14 de março de 2013 at 18:17

      Civic Origins.

    • vgdoche

      14 de março de 2013 at 23:27

      Esse é o farol do modelo comercializado nos EUA, Canadá e México, onde o Civic tem um apêlo de carro mais barato (do dia a dia). Aqui no Mercosul e na Asia, os faróis vão continuar como estão atualmente (eliptico) quando esse facelift for introduzido.

  4. Eduardo

    14 de março de 2013 at 18:56

    Só demonstra o quanto o corolla é o carro referência. O atual que já é velho, vende bem, e já se preocupam com o novo, e com razão, pq se for o que ja foi demonstrado até agora com absoluta certeza vai dominar o mercado nos próximos anos, como tem feito.
    Fato.

    • saosao

      14 de março de 2013 at 20:47

      Sim, o principal rival do Civic é o Corolla, duvido que eles se preocupem com Cruze Focus (considerando vendas e mercados globais)

  5. LEX

    14 de março de 2013 at 19:02

    UAUUUUUUUUUUUUUUU… VAMOS TER UM NEW CIVIC 2013/2014/2015 OU VAI SER 2013/2014.2 ????? POBRES DAQUELES QUE COMPRARAM SEU "NEW" 2.0 NO INICIO DO ANO… A HONDA TA CORRENDO PRA VENDER O SEU NEW GERAÇÃO 2007.2 ANTES QUE VENHAM COROLLA E CERATO DE NOVA GERAÇÃO… TÁ NA HORA DE FAZER UMA GERAÇÃO NOVA HONDA! FICOU PRA TRAS…

    • vgdoche

      6 de abril de 2013 at 1:57

      Novo Cerato??? Com motorzinho 1.6 e custando 75k???? Kkkkkkkkkk… Vai ser um dos maiores micos de 2013. Vais ver.

  6. tsunami

    14 de março de 2013 at 20:10

    Novo Honda Civic ta vendendo bem.

  7. Diggo

    14 de março de 2013 at 20:32

    Isso eu duvido, pois o Civic já está na linha 2014, provavelmente lançam no início do ano que vem como linha 2015.

  8. ADALBERTO OZELIM

    14 de março de 2013 at 20:50

    Primeiro temos que ter certeza se a Honda vai trazer esse novo Civic para o Brasil ! poque tem muitos novos modelos que chegam a alguns países do Mercosul mas não chegam ao Brasil !
    Quanto a matéria afirmar sobre a economia de escala – pode valer para a Honda , mas tenho minhas dúvidas quanto as outras montadoras – veja o caso da Ford com o Focus que é um carro mundial e já mudou na Europa e nos Estados Unidos , mesmo assim na Argentina e no Brasil os modelos ainda são da geração passada !

    • vgdoche

      14 de março de 2013 at 23:31

      Isso é porque a FORD é retardada mesmo.

      • Rogério

        17 de maio de 2013 at 22:43

        Não bem a Ford que é retardada… são os brasileiros e argentinos que compram essas carroças… se exigissem mais qualidade, já teríamos a versão europeia por aqui.

    • vgdoche

      9 de abril de 2013 at 2:03

      Podem ter certeza que vai, ele já até chegou (acreditem se quiser) ao Perú, nosso vizinho fronteiriço do lado oeste do continente, vejam no link abaixo (retirado do YouTube):
      http://www.youtube.com/watch?v=KegYvogSb1g&fe

  9. Bruno PR

    14 de março de 2013 at 21:39

    Como reclamam essas criaturas brasileiras, o carro mudou pra MELHOR, quem comprou o carro não é burro nem nada, comprou um veículo que quis comprar e aposto que a maioria não se arrepende, não estou defendendo o Civic pois não é um carro que simpatizo, mas se é pra aumentar a qualidade do produto oferecido, que assim seja, vai ficar mais bonito que aquela gambiarra na traseira do Civic nacional.

    • marcos romero

      15 de março de 2013 at 1:57

      Vc Precisa rever seus conceitos e se informar mais antes de criticar os Brasileiros..
      em primeiro lugar quem reclamou do civic foi o povo americano ou seja o maior mercado do mundo..
      mudaram lá e vai sobrar para os que compraram o carro aqui como nova geração kkkkkk
      mas é por essas e outras que estou no quarto corolla que continua com a mesma geração de 2008 e só deu uma melhorada no motor e fez um pequeno facelift em 6 anos de vida e continua líder em vendas..
      a maioria se arrepende sim depois que vê o carro desvalorizado e o vizinho com o mesmo carro sendo mais potente e menos feio..
      outra coisa essa frente é a mesma de 2006 o painel é torto o estepe é de bicicleta monark e a traseira é uma copia descarada do corolla fúria com as lanternas invertidas e o mesmo parachoque do corolla atual copiaram tudo

      • Bruno PR

        15 de março de 2013 at 13:47

        Dono de Corolla falando em uma reportagem sobre Civic, já explica muita coisa, se acha que ter um carro defasado e com câmbio jurássico, sua escolha, só lamento por você desperdiçar seu dinheiro.

      • vgdoche

        26 de março de 2013 at 0:37

        Só falou merda aí ô Marcos Moreno. Você não saca nada de nada, então vê se fica caladinho e quietinho aí no seu canto com o seu Corolla de tiozão. Fúria isso, Fúria aquilo, não sabe de nada, fica caladinho aí poxa.

  10. AF1979

    14 de março de 2013 at 21:40

    Eu estou achando estranha essa história, uma vez que nosso Civic desde a geração passada sintoniza com o vendido no Sudeste Asiático e Oriente Médio, especificação essa que é mais bem acabada que o americano. Ficaria estranho também se pensarmos que a tônica do Civic é ter apenas uma reestilização em meio de ciclo (normalmente no meio do ciclo, que atualmente é de cinco anos), ainda mais que ele sofreu alterações mecânicas um tanto extensas e com pulo de ano-modelo para 2014.
    Continuo dizendo que devemos prestar atenção ao que acontecer naquela parte do Velho Mundo com a qual nosso Civic orna. Se aquela banda adotar o novo estilo do americano, fica razoável imaginar que o daqui vá seguir tais linhas.

    Porém, temos de pensar que se for a tal especificação Sudeste Asiático-Oriente Médio, teremos de pensar em mais luxo e a inclusão de farol com projetor, ainda mais que a especificação de faróis brasileira é diferente da americana e só se permite especificação americana para carros vindos do México devido às isenções legais do acordo. Logo, se o nosso vier na especificação estilística inaugurada nos EUA, imaginem os tais faróis mais potentes que os americanos. Também imaginem lentes convexas do lado do passageiro sem aquela infame mensagem de que os objetos estão mais perto do que aparentam.
    Porém, ainda assim, continuo achando que queimaria o filme do Civic lançar um novo estilo logo após as mudanças mais extensas.

    • jacobus7

      17 de março de 2013 at 17:38

      O acabamento do Civic americano e' exatamente o mesmo.

  11. Andre

    14 de março de 2013 at 21:57

    Que roda Ridícula, ficou horrível com o desenho do carro. Espero que a Toyota não mude muito do desenho do furia vai arrazar o civic, os papaeis vão se inverte… carro de tiazao vai ser o civic kakakakkakaka

  12. Gilmar

    14 de março de 2013 at 22:38

    Aposto q só vem no final do ano q vem, depois que vier o novo Corolla, acabaram de lançar o modelo 2.0, não tem lógica lançar esse carro agora, ainda mais vendendo mais que ele ta vendendo mais que o Corolla.

    • marcos romero

      16 de março de 2013 at 2:11

      ele não esta vendendo mais que o corolla meu caro

      • vgdoche

        26 de março de 2013 at 0:32

        Não está??? Você não deve ler revistas do gênero não é mesmo? Fevereiro e março já são do Civic. Acredito que esse ano de 2013 será totalmente do Civic. Mas ano que vem a Honda vai ter que se mexer se não a Toyota vai estragar a sua festa com o novo Corolla, que torço para que venha recheado com full airbags e ESP pelo menos nas versões intermediárias e na top, só assim a Honda vai melhorar o Civic nesses quesitos, pois cá entre nós, pagar 74k num Civic LXR só com 2 airbags não está com nada não é mesmo?

  13. Gustavo

    15 de março de 2013 at 0:33

    Ja esta na hr de a honda colocar cambios automatizados dupla embreagem com 7 marchas e parar de estragar o design de seus carros.Esse Civic esta parecendo cada vez mais velho, a exemplo deste painel vergonhoso. Obrigado a atençäo!

    • Charles

      17 de março de 2013 at 18:43

      Preferiria ver o 7 Gear CVT Orbital. Esta proposta é muito mais interessante que o DSG.
      Concordo que a concorrência tem apostado em design mais ousado e certamente a Honda já trabalha em algo para isso.

      Quando ao câmbio DSG, msm que a VW e Audi equipem alguns de seus modelos, ainda verificamos que falta um pouco de melhoria, afinal, o consumo do DSG não deveria ser tão diferente de um automático convencional.
      Não que eu critique este câmbio, pois o acho interessantíssimo, mas a VW mostrou que seu câmbio de 6 MT ainda é mais econômico que o 6 DSG, quando deveriam ser próximos.
      Verifico tb que outros câmbios AT convencional, mas melhorados, como os da 5 ou 6 gear da Toyota, Civic, Peugeot, passaram a ser mais econômicos que o 6 MT.
      Mas vamos aguardar a receptividade por aqui deste modelo, e do tão esperado Corolla.

  14. Danilo

    15 de março de 2013 at 0:35

    A traseira melhorou muito… Gostei do alinhamento com o mercado norte-americano, acho q merecemos !!!

  15. Sandro Coelho

    15 de março de 2013 at 6:52

    Prefiro a antiga geração do New Civic. O interior e a parte externa dão um banho nessa geração em questão de design.

  16. sales

    15 de março de 2013 at 9:08

    a burocracia os 75% de impostos mais fretes e outro são os vilões dos importados serem caros, e quem fica criticando que o carro quebra é fraco, etc. é por que não sabe usar por ex. uma pick up que pode com uma tonelada as pessoas carreegam 1,5. não levam para revisão, e quando tá quase quebrando procuram a oficiana mais barata que não tem ferramenta nem profiswsional competente, que as vezes não sebe nem que carro é, fica confudindo uma frontier com uma hilux e vice versamão de obra barata peças sem qualidade,e depis sai por ai dezendo que o carro não presta! quem não presta é o dono que compra e não pde manter….

  17. Carlao GTS

    15 de março de 2013 at 9:37

    HONDA:
    COMO MATAR UM DESIGN EM (02) DOIS PASSOS.

    • zeuslinux

      16 de março de 2013 at 8:41

      Pois é. Ainda me lembro da sensação quando vi de perto o Honda Civic anterior lançado. O design era tão bonito que o carro parecia uma nave espacial.

      Fico p*** como a Honda conseguiu estragar o carro com esse novo design. Deveria ter feito como a Porsche, que sempre lançou modelos novos mas sem mudar muito o design do carro.

      • Wellington_L

        16 de março de 2013 at 11:37

        Ah…, mas o "povo" também reclama por os alemães "nunca mudarem"…, não é?

        • zeuslinux

          17 de março de 2013 at 16:13

          Só reclamam dos VW, porque é a única marca alemã que o povo pode comprar.

          E mesmo assim, só reclamam dos modelos populares (Gol, Fox e cia), porque Tiguan, Touareg e etc o povão nem sabe que existe. É que nem caviar (nunca vi, nem ouvi, eu só ouço falar).

  18. H_Joe

    15 de março de 2013 at 9:50

    Civic o que fizeram com você????

    Ainda prefiro um Jetta TSI

  19. Calferr

    15 de março de 2013 at 11:05

    Falar do mercado automotivo americano, é besteira. Ninguém tem o padrão americano, mesmo os europeus. Quem aqui fez universidade de um nível de Harvard, Yale etc? quem aqui mora em uma daquelas casas enormes (e terrenos maiores ainda)? onde tem auto-estradas daquele nível? sistema penal que funciona e pune criminosos,?etc. etc. etc. POis é aqui é Brasil, não temos nada do nível americano, com os carros não poderia ser o mesmo. Muito embora os carros daqui seguem o padrão visto na Europa: carros compactos, com boa dirigibilidade, e econômicos. Para quem não sabe, os carros mais vendidos nos seguintes países são:
    – Reino Unido: Ford (New) Fiesta
    – Japão Honda Jazz (Fit)
    – Alemanha: VW Golf (VII)
    – França: Renault Clio
    Vejam, não estamos tão longe assim da Europa, se considerarmos que a nossa indústria segue o padrão de lá.

    • TacodeSinuca

      15 de março de 2013 at 13:50

      Agora olhe o espaço físico que esses países tem e olhe o espaço físico que o Brasil tem, e perceba que nosso território é algo muito mais próximo do EUA do que da UE, eramos para ter os carros mais parecidos com dos americanos que do que Europeus,
      Os carros ficaram pequenos e econômicos em locais onde não havia espaço e pouco combustível e onde tinha espaço e combustível eles cresceram.
      Agora o pais com o espaço que tem, 7 maior produto de petróleo do mundo e tem carro de Europeu sem território e que não tem uma misera bacia de petróleo….. não acha que tem algo MUITO errado nessa equação?

      • Wellington_L

        15 de março de 2013 at 20:46

      • Tron

        16 de março de 2013 at 16:55

        Bola fora esse comentário. Para ter uma idéia do problema de trazer os grandalhões americanos, basta olhar os projetos de edifícios residenciais e comerciais no Brasil, em que as vagas para estacionar faz muito tempo sao projetadas levando em conta as dimensões dos carros atualmente vendidos em solo tupiniquim. E olha que já sao pequenas! (Desde já peco a compreensão por eventuais erros … Que digita num tablet sabe do que estou falando).

        • TacodeSinuca

          18 de março de 2013 at 9:19

          Pois é erro de planejamento, um dos maiores países do mundo com o pior espaço aproveitável que existe, a forma que o Brasil foi construído de qualquer forma chega a dar nojo, isso aqui é um caos e não tem remédio, só derrubando tudo e fazendo do zero

      • jacobus7

        17 de março de 2013 at 19:02

        As cidades brasileiras nao tem espaco fisico para comportar carros grandes. As ruas sao pequenas, estreitas, e o numero de edificios e' gigantesco.

        Os unicos paises ocidentais que possuem urbanismo ainda adequado para carros grandes sao Estados Unidos, Canada, Australia e Nova Zelandia. E, mesmo assim, os tres ultimos estao preferindo carros pequenos, devido ao preco do combustivel.

        • TacodeSinuca

          18 de março de 2013 at 9:23

          Como eu disse o aproveitamento e planejamento do Brasil foi feito por alguma criança com 5 anos de idade ou um retardado mental, pq é um pais com um espaço imenso que acumularam tudo em pontinhos, é uma verdadeira piada, chego ate a dizer que os brasileiros não empecem o pais que tem, um pais tão bom deveria ser de algum povo mais evoluído, fico pensando o que aconteceria se por exemplo um povo como o do Japão trocasse de lugar com os brasileiros, com todo esse espaço e recurso os caras dominariam o planeta em 2 anos.
          E não…não sou japonês, só digo isso pq o Brasileiro comum, só se importa com futebol, carnaval e sair por cima e passar o outro para trás com "jeitinho" brasileiro, salvo raras exceções

          • jacobus7

            18 de março de 2013 at 23:37

            Voce esta comparando macas com laranjas. O que ocorre com o Brasil e' que nao houve planejamento algum, alem disso a realidade historica, cultural e economica brasileira e' muito diferente da americana. Infelizmente nao ha como corrigir os problemas da (falta de) urbanismo brasileiro com os meios disponiveis atualmente.

    • Marquinhos

      15 de março de 2013 at 15:50

      Mas a gente tem Samba , Carnaval, futebol e parlamentar custando U$ 7 milhões por ano cada segundo a ONU. Quer mais o que, ah e temos a maior carga tributária do muuuundo.

      • TacodeSinuca

        15 de março de 2013 at 20:52

        Ahhhh verdade….então já vale a pena trocar carros melhores por isso…é justo

  20. Marquinhos

    15 de março de 2013 at 15:48

    Na minha opinião este Civic ficou pior que o atual. As lanternas traseiras não me agradaram, prefiro a do atual e a frente parece que está mais quadrada por causa dos faróis. Prefiro o Civic Atual.

  21. Tron

    15 de março de 2013 at 20:54

    Na minha opinião, essa versão americana não agrada. Até prefiro o nosso, em temos de estilo. Quanto a possibilidade de ser lançada a versão americana aqui no Brasil, tenho duvidas. Isso porque a Honda pretende lançar uma versão única para todos os mercados a partir de 2015 ou inicio de 2016.

  22. Johnlins

    15 de março de 2013 at 22:35

    Tchau New cívico 1 geração vai deixar saudades, o carro esta ficando cada vez mais feio. Saudades do meu Cívico 2000 aquele era econômico pouca manutenção e ainda chamava a atenção.

  23. Eric

    16 de março de 2013 at 19:52

    Adquiri um Civic LXR 2014 antes de ler esta matéria. Confesso que fiquei chateado por estar adquirindo um modelo de veículo zero km que pode sofrer algumas mudanças. Então, resolvi entrar em contato com algumas concessionárias da Honda e todas disseram que essa alteração que ocorreu com o Civic comercializado nos EUA não vai ocorrer aqui, ao menos neste ano. O que me resta é acreditar, e acredito primeiro porque a Honda já lançou o modelo 2014, segundo porque, quando fui trocar um City por uma CRV, fui alertado pela Honda sobre a reestilização desse modelo, que ocorreu em 2012, terceiro porque não teria como lançar um outro novo modelo 2014 em 2013, se o governo está em vias de regulamentar esses lançamentos para que ocorram no segundo semestre de cada ano. Por outro lado, ontem, 15/03, foi divulgada uma outra matéria no site do Uol, dizendo que o Civic foi o modelo mais emplacado e ficou em primeiro num teste feito entre ele, Cruze, Corolla e Fluence.

  24. André Terra

    18 de abril de 2013 at 23:03

    O argumento de terem os mesmos fornecedores para peças do Civic eu até concordo, fica melhor e mais barato pra eles, fabricantes, montarem. Mas mudar em menos de um ano tira credibilidade até de futuros compradores, não acham? A Honda é ligada ( Toyota também ) nesse tipo de credibilidade ao meu ver. Deve ser pra segundo semestre do ano que vem mesmo, no mínimo.

  25. Julio

    6 de maio de 2013 at 12:59

    Acredito que o Civic Brasileiro não receba essa reestilização que o Civic Americano recebeu, pois os carros aqui e lá não são os mesmos (podendo ser visto tanto na dianteira quanto na traseira), o Civic BR é superior que o Americano. Se a Honda resstilizar o Civic acredito que eles iram perder muitos clientes assim como eu que comprei um Civic EXR, pois o carro mal mudou e já estão querendo mudar de novo. Isso será uma desafeto com todos os compradores da nona geração. E se eles forem espertos mudem o modelo depois que mudar o Corolla pois ainda ninguém conheçe a nova geração do Corolla, para que cheguem com algo inovador para bater e mostrar para a Toyota quem lidera a categoria de carros médios.

  26. ivan

    29 de maio de 2013 at 19:18

    Pra mim , o Civic acabou em 2011. Agora estão tentando resgatar os clientes novamente , pois a maioria que teve Civic até 2011 , não gostou nem um pouco desse modelinho 2012 em diante, com essa Frentinha e essa Trazeirinha ridícula. Ficou pobre mesmo, e ainda virou carro de tiozão.

  27. ivan

    29 de maio de 2013 at 19:24

    Simplificaram o Civic, e ainda aumentaram seu preço.
    ELANTRA neles…

  28. Rober

    22 de junho de 2013 at 17:58

    Sinceramente, dá até constrangimento em ler alguns comentários, acredito que esses post são para analisarmos melhor antes de adquirir um carro, agora falando sobre o tal ,gostei do carro, porém não precisa aquela saída de ar central para o passageiro…ficou redículo….

    • civic

      29 de julho de 2013 at 0:34

      Finalmente alguem sensato!

  29. CLECIO

    25 de novembro de 2013 at 18:55

    TODAS AS CONCESSIONÁRIAS HONDA JURAM QUE EM 2014 O CIVIC NÃO MUDA EM NADA. COMO SABER COM CERTEZA SE DEVEMOS ESPERAR PARA NÃO FICAR COM O MICO DO MODELO "ANTIGO"?

  30. marcio

    12 de março de 2014 at 18:07

    Só não entendo alguns defendendo montadoras e modelos…Jetta é melhor, Civic é melhor, Corolla é melhor.
    O que eu percebo é que muita gente comenta mas nunca teve um carro em uma dessas categorias ou marcas.
    Em alguns comentários até falam que pagam esse preço mesmo e não estão nem ai porque é um carro bom. Quem faz esse tipo de comentário não tem cacife, pois, se tivesse tanto dinheiro assim, não seria um carro nessa categoria que ele iria comprar, existem muitos outros. Acredito que todo mundo que precise trabalhar para ganhar o seu dinheiro, valoriza e procura sempre melhores preços e produtos e realmente aqui no Brasil as montadoras abusam demais. Tenho um Honda e não tive sorte, dá problema sim, tem peças superfaturadas, pesquisem os valores de algumas peças antes de comprar, demora nas manutenções, são rápidos nas revisões que até em casa você consegue fazer com algum conhecimento.
    O que levo em conta é preço, a qualidade, desenho e o quanto uma marca sacaneia aqui no Brasil. Lembro que na época do meu pai alguns carros da VW vinham sem retrovisor do lado direito e é um item de segurança, alguns carros com apenas uma lâmpada de ré, peças caras sem emprego de tecnologia ou algo que justifique a não ser o lucro absurdo. Novos modelos com motores novos em outros países e no Brasil continuam com motores defasados. A exemplo do Fit 2015 que no Japão tem um motor 1.5 com 130cv e me parece que vão manter o antigo 1.5 de 111cv aqui no Brasil.
    Os preços e a qualidade inferior em relação a outros países vai continuar por um bom tempo penso.
    Esse tapinha no Civic achei que ficou bom e se vier com o interior que já está no EUA vai ficar bem melhor porque a qualidade dos materiais do Civic atual é medíocre.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>