CARPLACE

Fiat Linea 2014 recebe piloto automático e mantém preço de R$ 53.100

linea_absolute_001-650x431

Com algumas novidades na lista de equipamentos, o Fiat Linea estreia a linha 2014. O preço inicial foi mantido em R$ 53.100, e a partir de agora o sedã conta agora com parafusos antifurto nas rodas e piloto automático desde a versão de entrada Essence 1.8 16V.

linea_absolute_002-650x433

Sem mudanças visuais, o Linea oferece uma lista mais enxuta de opcionais, entre eles: Blue&Me Nav, que permite ao condutor utilizar comando de voz para chamadas telefônicas e controlar reproduções musicais de rádio e navegação; volante revestido de couro com comandos do áudio; seis airbags; ar-condicionado automático, espelho retrovisor interno eletrocrômico e sensores de chuva e crepuscular.

linea_absolute_008-650x431

Equipado com o motor 1.8 16V flex de 132 cv nas duas versões de acabamento, vem com câmbio manual de cinco marchas na Essence, tendo como opcional a caixa automatizada também de cinco velocidades – item de série na versão de topo Absolute.

Preços:

Linea Essence 1.8 16V – R$ 53.100
Linea Absolute Dualogic 1.8 16V- R$ 63.340

Publicidade
Publicidade

88 comentários

  1. Tron

    30 de agosto de 2013 at 17:09

    Não demora muito e logo vem os comentários dos "chinelões" dizendo que deveria custar menos de R$ 45.000,00. Pior mesmo são os "coxinhas" que comparam os preços praticados aqui com os EUA.

    • Tron

      30 de agosto de 2013 at 18:36

      Os comentários abaixo somente confirmam o que disse acima.hahahaha!

      • luiz O

        30 de agosto de 2013 at 20:02

        Podes crer ..nao aguenta mais essa galera querer que carro aqui custe o mesmo q os EUA …hehehe eh de chorar de rir !! Eta povo sem noçao !!!

        • Zergling

          30 de agosto de 2013 at 22:15

          Nem na Europa tem preços dos EUA. Realmente é um mercado completamente atípico.

    • Wender

      30 de agosto de 2013 at 21:57

      Affff, é por causa de pessoas assim que as coisa vai de mau a pior por aqui, além de não fazer nada pra ajudar critica quem faz! a propiá carplace sempre coloca parâmetros dos preços de modelos que são vendidos aqui e la fora. "coxinhas" e "chinelões" descreve bem seu comentário de pouco proveito.

      • Paulo_Gustavo

        31 de agosto de 2013 at 12:25

        Deve ser um pseudo qualquer coisa que vive às custas do governo!

    • Carlos

      31 de agosto de 2013 at 1:16

      Esse carro nem vende nos EUA amigo.

      Não critico o preço e sim a Fiat que nos ultimos tempos não tem lançado nenhum veículo novo ou geraçao nova. Só ta "lançando" os mesmos modelos com uma perfumaria a mais ou a menos.

      Enfim…

      • Luiz Guilherme Prats

        19 de novembro de 2013 at 22:42

        Não é vendido nos EUA ? E daí ? Tem muito carro lixo por lá também.
        Deixe de ser colonizado.
        A questão são os preços praticados por aqui.

        Agora te digo uma coisa, já tive Linea por quase quatro anos. Nunca me deu problema. Não digo que seja excelente, mas é um bom carro sim!
        Não vejo nada, nada mesmo que o faça inferior aos líderes do segmento sedans-médios. E ainda custa uns oito a doze mil a menos.

    • Caio

      31 de agosto de 2013 at 11:13

      Desculpa ai fodão. O vc quer gastar seu dinheiro com porcarias caras o problema é seu. Agora eu entendo que todos tem o direito de dar opiniões, por mais absurdas que sejam, e comparar o preço de tudo, no mundo todo, é a melhor maneira de ter produtos bons e com preço justo.

    • Paulo_Gustavo

      31 de agosto de 2013 at 12:23

      O Linea é um carro compacto… então 53 mil é mto caro! 63 então é uma verdadeira piada!!!!!! Quem critica não é coxinha não… quem aceita q é trouxinha!

      • Luiz Guilherme Prats

        19 de novembro de 2013 at 22:45

        Carro compacto onde rapaz ? Já andou em um ?
        Deixa de falar besteira e senso-comum de desinformados.
        Veja as medidas do carro em relação com outros sedans da época de seu lançamento, e verás que falou besteira.

    • Visitante

      3 de outubro de 2013 at 16:39

  2. Brunocarro1998

    30 de agosto de 2013 at 17:15

    R$63.340? Esse ou um Fluence CVT? 6 airbags, partida sem chave, uma penca de coisas a mais. A Fiat quer que esse carro continue mico mesmo, só pode.

    • anderson_sp

      30 de agosto de 2013 at 17:46

      Se a Fiat o tratasse como um Punto Sedan e o deixasse com preço na faixa de Fiesta Sedan e Sonic Sedan ele poderia ter tido mais sucesso, mas o erro dela foi botá-lo pra bater de frente com Civic e cia.

      • vini_B

        31 de agosto de 2013 at 1:07

        Ele fica entre meio termo, acima do Sonic Sedan e abaixo do Civic…

        • Paulo_Gustavo

          31 de agosto de 2013 at 12:26

          Meio termo nada… o Linea não passa de um Punto sedã!

          • vini_B

            31 de agosto de 2013 at 14:40

            Pode até ser, e se for, então ele é o melhor e maior da categoria…

          • Paulo_Gustavo

            31 de agosto de 2013 at 15:08

            Melhor eu não digo, mas que teria um grande destaque, isso teria. A Fiat posicionou mto mal esse carro no Brasil.

            Não acho o Linea feio, pelo contrário, é até bem interessante, mas não tem pra ele no meio dos médios.

          • vini_B

            31 de agosto de 2013 at 15:22

            Cara eu não estou dizendo que o Linea é um médio, eu disse que ele é meio termo entre compacto (pela plataforma) e médio (pelas medidas), e eu não estou errado, os preços dele estão apenas compatíveis com a concorrência, um City EX por exemplo custa 65 mil !!!

            O Sonic Sedan LT custa 53 mil e o New Fiesta Sedan Titanium a partir de 49 mil, então é muito mais vantajoso uma pessoa ter um Linea Essence por ser mais espaçoso, equipado (em pé de igualdade com o New Fiesta Sedan) e potente (1.8 de 132cv) que a concorrência, além de ser um belo carro…

            Pra mim o principal alvo do Linea é o City…

          • Paulo_Gustavo

            31 de agosto de 2013 at 15:33

            Não disse que vc disse. Eu to dizendo que a Fiat diz… e ela faz mal ao insistir nisso. O erro nesse caso é da montadora italiana.

            O Linea traz claras vantagens qdo a comparação é feita com seus verdadeiros concorrentes, mas a fiat preferiu forçar a barra e abrir mão dessa vantagem comparativa… e acabou ficando pras trás, pois o carro ficou num limbo.

          • vini_B

            31 de agosto de 2013 at 15:36

            Pior acho que é a Honda quando cobrava mais de 72 mil no City em versão top de linha…Isso sim é ridículo.

          • Paulo_Gustavo

            31 de agosto de 2013 at 16:19

            Acho um absurdo tb! O City é um carro simples, normal… é só entrar nele e constatar isso! Mas acontece que a montadora japonesa construiu tão bem sua imagem (não só com marketing, mas com mto trabalho tb – bem melhor que a média) que as pessoas aceitam pagar valores estratosféricos por carros da marca.

            Já montadoras como Fiat, Renault, Peugeot, Citroen penam pra vender carros médios… preconceito do consumidor? Talvez… mas o que gerou essa imagem ruim e preconceito? Péssimo pós venda, carros com fragilidade mecânica, defeitos crônicos e por aí vai. Quase todos os carros dessas marcas tem um probleminha crônico chato e caro de resolver!

            Eu não compro mais carros da Peugeot! E no mesmo balaio vão tb Citroen, Renault e Nissan até que essas marcas me provem que são merecedoras. Não adianta admiradores das marcas dizerem que estou errado, q sou burro, fã boy… estou me baseando no que vi, com base na minha experiência! Só eu sei oq passei com a Peugeot!

            Aliás tb tenho um pé atrás com a VW aqui no Brasil, devido ao preço da manutenção e seguro de seus carros. O pós venda tb não é dos melhores. Tive um Golf e me lasquei pagando revisões e seguro caros. Acabei desistindo de fazer as manutenções na rede autorizada e o barato acabou saindo ainda mais caro… ou seja, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come, A diferença é que o Golf era ótimo de dirigir, era mto bem construído, etc.. no final das contas foi mais alegrias que tristezas. Mas fica o registro.

            Manter carro no Brasil é caro, por isso q Civic e Corolla se dão bem, pois são robustos, resistentes, quase não apresentam defeito, são relativamente simples (o que barateia) e são bem construídos… Tive um Civic que foi só alegrias. A manutenção não era barata, mas estava longe de ser cara (mais barata que a do 306 e do Golf).

            Agora comprei um Focus 2009 com 26 mil km rodados. Já me falaram que a manutenção da Ford era cara. As revisões tem preço fechado e não achei os valores tão elevados. O problema é a empurroterapia (mto comum na Peugeot e VW e que não teve na Honda, apesar de falarem que já acontece hj). Já o preço das peças achei bem caro…

          • Punto

            2 de setembro de 2013 at 15:58

            Verdade.

      • Paulo_Gustavo

        31 de agosto de 2013 at 12:25

        Pois é!

    • dniro2011

      30 de agosto de 2013 at 18:29

      Nossa,nem sabia que esse carro existia !!!!!!!

      • Fabio

        31 de agosto de 2013 at 1:29

        Mentiroso!!!!!

  3. Carlsson

    30 de agosto de 2013 at 17:18

    Esse carro tem mais espaço na traseira que concorrentes em preço, como o City.
    O motor também é elogiável, mas a operação do câmbio Dualogic de fato é bem chatinha. Eu teria um com caixa manual… Dualogic é mais pra Palio, 500, ou seja, "city cars".

    • V8_sempre

      30 de agosto de 2013 at 17:34

      Creio que a FIAT perde muito mercado por não ter um AT "normal"… Que já domina quase que totalmente as vendas de COROLLA, CIVIC e CRUZE !

      • Wendell

        30 de agosto de 2013 at 17:37

        Motor elogiável!?!?
        Na boa amigo, já fui inimigo mortal da FIAT pois uma fiorino quase me matou, perdi o preconceito e comprei um Strada 1.8 16v, é apenas um bom motor, pois a falta de torque em baixa chega a ser irritante.
        Infelizmente não é tão elogiável assim!

        • V8_sempre

          30 de agosto de 2013 at 18:14

          Acho q vc quis responder para o Carlsson, certo? kkkk

        • Carlsson

          30 de agosto de 2013 at 18:37

          Mas é uma característica inata dos motores italianos. O que é bizarro é Fiat com motor GM 8v torcudo em baixa.

          • luiz O

            30 de agosto de 2013 at 20:05

            isso eu concordo ….aqueles Stilos e Palios com motor do Monza nao tinham nada a ver …se eu quisesse motor GM compraria carro GM……coisa de burro a Fiat fez na epoca !!!

          • Carlos

            31 de agosto de 2013 at 1:17

            É, mas na verdade esse motor nem italiano é…

        • Luiz Guilherme Prats

          19 de novembro de 2013 at 22:48

          Tive um. SE não for para dar uma de boy, o motor é muito bom, como o carro.

      • kitokar

        30 de agosto de 2013 at 18:33

        Tem razão. Esse automatizado da Fiat e da VW também, são gambiarra pura!

        • Carlsson

          30 de agosto de 2013 at 18:41

          São muito parecidos, o Dualogic, o iMotion e o Easytronic.
          É daquele jeito: se soltar o pé na hora que ele troca, fica igualzinho automático. Mas isso gera lerdeza em saídas fortes, pois quando pisa pra valer o tranco vem.
          Mas ainda assim o tranco é menor que 80% dos motoristas brasileiros operando uma caixa manual.
          Pro trânsito pesado é excelente, não precisa melhor. Mas pro entusiasta de sentidos automotivos apurados, realmente deixa a desejar.
          A vantagem é que é um equipamento barato (supostamente barato) para aliviar o motorista no trânsito pesado e nada mais.
          Só que a Fiat vende como se fosse automático…

          • Stark

            30 de agosto de 2013 at 22:07

            Também acho o Câmbio Automatizado de 1 Embreagem uma excelente idéia, não vejo problemas.

            Porém o Linea merecia um Automático de 5 ou 6 Marchas por ser um Carro-médio.

          • Paulo_Gustavo

            31 de agosto de 2013 at 12:28

            Mas aí é que está. O Linea NÃO é um carro médio.

          • Luiz Guilherme Prats

            19 de novembro de 2013 at 22:57

            Tá variando de novo ?
            Vou te ajudar desta vez.

            Toyota Corola

            DIMENSÕES EXTERNAS
            Comprimento 4.53 m
            Largura 1.76 m
            Altura 1.480 mm
            Distância entre-eixos 2.60 m
            Aceleração de 0 a 100 km/h 10,8 s

            Fiat Linea

            Comprimento 4,56 m
            Largura (m)1,73 m
            Altura (m)1,50 m
            Entre-eixos (m)2,60 m
            Porta-Malas (l)500 l
            aceleração de 0 a 100 km/h (s)10,7 (G) / 10,5 (A)

            Então, pare de escrever m…

          • Punto

            2 de setembro de 2013 at 15:59

            Perfeito!

          • jeferson

            29 de novembro de 2013 at 9:57

            olha não sei de que carro vcs estão falando pois meu linea tem boa arrancada retomada nas estradas o dualogic podia ser bem melhor mas não deixa a desejar o ruim e ter que pisar no freio depois de soltar o acelerador nas subidas….

      • Carlsson

        30 de agosto de 2013 at 18:39

        Pois é… eu sempre digo: a Fiat é tão inovadora, com turbo, multiválvulas há muito tempo, etc., e não vem com um belo automatizado de dupla embreagem ou automático moderno, sei lá.

    • Wendell

      30 de agosto de 2013 at 17:52

      Motor elogiável!?!?
      Desculpe discordar, mas depois que adquiri uma Strada Adventure 1.816v CD, noto constantemente a falta de torque abaixo dos 4mil giros.
      Aí vai ter gente defendendo que depois dos 4mil vira o bicho pra andar…rs Pode até ser (ainda não concordo), mas acima dos 4mil em 5ª por exemplo a Stradinha passa dos 150km/h sendo assim, primeiro que pelas condições das estradas mineiras impossível manter esta velocidade e outra péssima notícia é que acima dos 4mil giros faz menos de 10km/l na Gasolina…chegando a pífios 8,6km/l…saudades do meu 4.1 de bloco de ferro!

      • Sérgio

        30 de agosto de 2013 at 18:52

        Para esse problema do torque aparecer somente em altas rotações e não precisar andar a 150km/h como você disse é só fazer uso do câmbio, é por isso que ele existe, não precisa sair da imobilidade em 5a. marcha…..fica a dica!
        Eu fico bem feliz com esse "fracasso" de vendas do Linea, assim posso compra-lo por um preço justo!

        • saosao

          30 de agosto de 2013 at 19:32

          E vender por um preço injusto?

          • Sérgio

            30 de agosto de 2013 at 23:35

            Tem quem pagou 72k no Honda City certo que comprou o melhor carro do mundo.

          • Paulo_Gustavo

            31 de agosto de 2013 at 12:30

            Responder um preço injusto por outro? rs

            O fato do City ser caro não torna o Linea barato. A diferença é que ao menos quem comprou o City vai ser bem tratado no pós venda né.. não que justifique o preço do carro, mas já é uma vantagem rs..

          • Luiz Guilherme Prats

            19 de novembro de 2013 at 22:59

            Quem se preocupa com preço de carro na revenda e quem troca todo ano de automóvel. E aí, meu caro, independente do carro, o sujeito rasga dinheiro.

            Quero dizer o seguinte, preço de revenda não é um bom argumento.

        • Stark

          30 de agosto de 2013 at 22:10

          Cara mas aí se ficar reduzindo toda hora o consumo aumenta consideravelmente! O certo é ter todo o torque já disponivel em baixas rotações (mais ou menos em 2000 rotações) pois é a faixa de trabalho mais usada;

          Esse motor deveria desenvolver uns 18 kgfm já em 2000 rotações.

          • Sérgio

            30 de agosto de 2013 at 23:40

            Mas tem que ser visto que todos os carros 16V tem essa característica, algo que, por outro lado, poderia ser minimizado com o Multi-air.
            Outra solução para ter mais torque em baixa seria adotar de vez o 1.4 t-jet.

      • paulo henrique

        16 de setembro de 2013 at 18:09

        vc ta querendo carro de corrida???

  4. Carlos

    30 de agosto de 2013 at 17:25

    Não adianta…

  5. Steven _Henrique

    30 de agosto de 2013 at 17:30

    Mais um da Fiat que quase não vende nada,passo (infelizmente),o modelo não vende nada por que a marca não investe em segurança,nem liga para propaganda,não faz nenhuma estratégia de Marketing,e mais,esse carro não é muito completo (falta de um cambio automático descente,prefiro os modelos Cruze,Sentra,Fluence,Focus,C4 Lounge,408,Etc. que são mais completos.

    • AlfaB

      30 de agosto de 2013 at 17:46

      MIMIMI

      • Steven _Henrique

        30 de agosto de 2013 at 17:48

        Não entendi o por que do MIMIMI.

        • V8_sempre

          30 de agosto de 2013 at 18:16

          MIMIMI: Expressão utilizada por pessoas que se sentem com o orgulho ferido… Mas não tem nem argumentos para contestar a afirmação ! De significado ainda desconhecido, pois faz parte do dialeto utilizado por bebês humanos !

          • Carlos

            31 de agosto de 2013 at 1:18

            Hahahahahahahahahahaha

            Perfeito….

      • MESTRE

        30 de agosto de 2013 at 19:38

        Vai andar no seu Palio, "Unete". Fiat é um fiasco em categorias superiores.

        • Steven _Henrique

          30 de agosto de 2013 at 20:58

          A Fiat nunca conseguiu emplacar nenhum médio aqui no Brasil,por que?,a marca nem faz propaganda dos seus modelos,ou seja ela nem se interessa pelos seus carros médios.

          • Luiz Guilherme Prats

            19 de novembro de 2013 at 23:04

            Por que ? Há muitos fatores que poderiam em conjunto responder sua pergunta.
            Mas acho que compra de automóvel é muito mais emoção que razão. Ainda mais em países com tradição em se valorizar o automóvel como símbolo de status e riqueza, para se exibir, e não por sua utilidade real e custo e benefício.
            Pagar mais de setenta mil em um Corola, Civic ou Cruze ? Ou mesmo em um outro carro qualquer. Isso não se justifica com raciocínios econômicos ou de custo-benefício, mas sim por uma necessidade inconfessa de aparecer e tentar mostrar uma imagem aos outros.

    • Bagual de SC

      31 de agosto de 2013 at 10:42

      Prefiro um câmbio "subinte" ao invés de um "descente"…

      • Marcos

        31 de agosto de 2013 at 16:25

        Sempre achei curioso o tanto de gente que eu vejo por aí escrevendo o adjetivo decente desse jeito aí, "descente", haha… :D

        Toda vez que eu vejo isso, me lembro daquele joguinho antigão de DOS, o Descent:
        http://www.youtube.com/watch?v=SuMBYZrcQfU

        :p

    • Paulo_Gustavo

      31 de agosto de 2013 at 12:32

      O problema é que a Fiat tentou vender gato por lebre. Pegou concorrente de Fiesta, Sonic, City e tentou emplacar entre Focus, Cruze, Civic… deu no que deu! Nem sempre o consumidor cai nessas armadilhas… sem dizer que a Fiat já está totalmente queimada no segmento de médios! Se vendesse o Linea como compacto, o que de fato ele é, talvez tivesse vendendo mais!

      • Ulysses Costa

        21 de setembro de 2013 at 21:53

        Gato por lebre é vender um Civic por mais de R$ 70 mil, e o carro possui porta-malas menor que Fiesta e Sonic e tem menor autonomia que ambos. Ou ainda colocar carros defasados como o Jetta e Corolla no mercado e otários pagarem mais de R$ 70 mil por eles.
        Se você acha o Linea caro ( não vale o que pedem por ele, e talvez não valha mesmo), o que dizer destes que citei? Ah! Ainda tem o Elantra, mas este é caso de polícia.

  6. V8_sempre

    30 de agosto de 2013 at 17:33

    Não pelo piloto automático… Isso até AGILE tem de série ! Mas com o ESSENCE na casa dos 50 mil… Esse modelo fica muito interessante "

    4R tinha divulgado que a FIAT planeja é um sedan baseado no BRAVO… Ao invés do VIAGGIO ! Bom… O AS confirmou que a FIAT prepara uma reestilização para o BRAVO… Sinal de que não irá morrer tão cedo ! :-)

  7. AlfaB

    30 de agosto de 2013 at 17:47

    Quanto MIMIMi por 53 mil um carro com 6 airbag, motor 1.8 16v, etc não tem melhor

    • Steven _Henrique

      30 de agosto de 2013 at 20:59

      MIMIMI é a marca tratá-lo com Sedan Médio,sendo que na realidade ele é um Sedan Premium do Punto (como o New Fiesta Sedan da Ford).

      • vini_B

        31 de agosto de 2013 at 1:13

        O Linea é um ótimo carro (pra mim ainda melhor que New Fiesta Sedan, City e Sonic Sedan), mas a Fiat não soube colocar ele em seu devido lugar…Mas quanto aos preço não acho que esteja fora da realidade do que realmente ele é.

      • Paulo_Gustavo

        31 de agosto de 2013 at 12:33

        Sedã premium Punto não… apenas sedã do Punto! rs

    • Carlos

      31 de agosto de 2013 at 1:22

      Eu acho que por um pouquinho mais você compra um Focus.

      Acredito que seja uma opção melhor, pois o Linea é o sedã do Punto e não concorrente de Focus, Civic e etc….

      • Paulo_Gustavo

        31 de agosto de 2013 at 12:33

        Pois é.

  8. Alejandro Gomes

    30 de agosto de 2013 at 18:08

    Convenhamos o carro está barato sim, com tantos opcionais

  9. marcospupin

    30 de agosto de 2013 at 18:22

    ainda tem gente que acho o sentra um carro caro…..

    • saosao

      30 de agosto de 2013 at 19:33

      O que não faz a (falta de) procura…

  10. Anderson Rezende

    30 de agosto de 2013 at 22:02

    A verdade é que o carro enfrenta um preconceito danado. E ainda para completar a FIAT colocou o preço de Sedan Médio e um Sedan "Premium". Mas na casa do 53 mil para quem quer um Sedan ele pode ser interessante. Mas por esse preço tem uns franceses aí que podem entrar nessa briga aí…

    • Paulo_Gustavo

      31 de agosto de 2013 at 12:35

      Preconceito não… a Fiat cavou a própria cova na época do Tempra e do Marea. Lançou carros que sua rede autorizada não tinha capacidade de fazer manutenção. O resultado foi um festival de gambiarras, reclamações… um desastre.

  11. Sérgio

    30 de agosto de 2013 at 23:51

    Gosto desse carro, gosto pelo desenho é subjetivo mas fiquei bem aliviado não terem adotado a "modernização" que fizeram no modelo turco.
    Vendo os comentários acima eu concordo com uma coisa a Fiat deveria ter como opção a versão automática convencional além da dualogic, isso atenderia quem não gostou dessa solução atual.
    Vejo na internet muitos comentários sobre o dualogic, tem quem aprova e tem quem não aprova depende do tipo de condução de cada um, como o meu estilo é mais tranquilo sem "neura" com "zero a cem" creio que usaria numa boa essa solução.
    O que nunca entendi da Fiat é ela não disponibilizar o belo sky window neste carro visto que existe no Punto.
    Sobre "motor fraco" isso não importa nem um pouco para mim visto que carros com menos potência que esse já permitem uma condução bem tranquila dentro do bom censo, das regras de transito, enfim………existe muito preconceito e deve-se tomar cuidado com isso.

    • dniro2011

      31 de agosto de 2013 at 9:32

      Só pra corrigir sem criticar seu post o skywindow saiu no Stilo,no Punto o sky dome.

  12. vini_B

    31 de agosto de 2013 at 1:15

    O Linea só precisa de uma grande reformulação, pois a concorrência está muito forte…

    • Punto

      2 de setembro de 2013 at 16:01

      Ao meu ver, qualquer mexida é ruim – vide a versão Turca, que ganhou uma grade pavorosa… Ao invés disso, que tal 2000 de bônus?

  13. Antonio Js

    31 de agosto de 2013 at 10:46

    O que falta principalmente ao línea é uma motorização mais moderna, e ou seja com pelo menos 150 CV para torná-lo mais atraente para compradores de veículos mais refinados, ou seja torná-lo mais ágil.
    talvez uma melhora de central eletrônica e ou um turbo melhorem o carro.

    • Nnoitra

      22 de setembro de 2013 at 20:52

      A Fiat tem que trazer o Linea tjet de volta ao mercado e dessa vez com o câmbio automático do 500.

  14. Xeneize87

    31 de agosto de 2013 at 11:42

    Fiat a empresa de médios que não muda geração e já troca de carro, desvalorizando o seu??? Obrigado, mas passo…

  15. Brunno_PR

    31 de agosto de 2013 at 14:16

    Como o pessoal daqui tem um ódio exagerado pela Fiat hein? O preço está muito bom sim, se for considerar ele como um Sedã médio, tá mais barato que a concorrência, se for um Sedã compacto do nível New Fiesta e City, tá barato também, pois estes carros também beiram os 60mil com motores 1.5/1.6. Sim, a Fiat não tem uma boa reputação em questão de carros "maiores", mas ela é tão pior do que Volkswagen?

  16. Brasil sem Carroça

    2 de setembro de 2013 at 16:06

    Existem carros que são um excelente negócio comprando seminovo. O Linea é um, assim como o Agile, sem discutir aparência e gosto pessoal claro, somente pensando racionalmente. Acredito que assim serão também os Onix e HB20 nos de entrada, como o Focus nos médios. Alguém lembra de mais algum?

  17. Nnoitra

    22 de setembro de 2013 at 20:41

    O Fiat Linea ficaria interessante com o motor 1.4 turbo do Bravo e o câmbio automático do 500.

  18. Visitante

    3 de outubro de 2013 at 16:39

  19. Marcus Junior

    4 de outubro de 2013 at 0:05

    Acho o carro sensacional, já é o terceiro que tenho, troco todos os anos, sou super satisfeito. Claro que tem os seus defeito mais no geral é bem completo. A versão que tenho absolute, pelo preço de 63 mil reais (OBS: paguei 60.000) é muito completa e aconchegante, é um carro ótimo, acho que sou capacitado pra falar, pois já estou no terceiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>