CARPLACE

Ferrari 458 Spider já pode ser encomendada no Brasil

Representante oficial da Ferrari no Brasil, o grupo Via Italia confirmou nesta semana já que aceita encomendas da 458 Spider. Apresentado no Salão de Frankfurt, em setembro, o conversível conta como o mesmo conjunto mecânico do modelo 458 Italia, mas traz como destaque um sistema de teto rígido retrátil.

Segundo a Ferrari, ao simples toque de um botão o teto leva apenas 14 segundos para ser totalmente recolhido para dentro do porta-malas. O sistema é semelhante ao empregado no Renault Wind e já foi usado pela fabricante italiana no modelo Superamerica 45, que teve apenas um exemplar produzido.

Dados de fábrica confirmam que o modelo pode ir de 0 a 100 km/h em apenas 3,4 segundos, com velocidade máxima de 320 km/h. O motor é um 4.5 V8 com 570 cavalos de potência e vem associado à uma transmissão semi-automática de sete marchas e dupla embreagem.

De acordo com informado, o modelo custará a partir de R$ 1,95 milhão e já teve duas unidades importadas, um delas já vendida.

Por Dyogo Fagundes – Fonte: Via Italia

Publicidade

18 comentários

  1. contra bomba atomica

    31 de maio de 2012 at 9:25

    por q sera q pega fogo

    • tarcioac

      31 de maio de 2012 at 9:41

      Não era a Ferrari FF que pegava fogo?

      • Volney Jr.

        31 de maio de 2012 at 10:36

        Não, era a 458 Italia mesmo, teve casos de incêndio dela até no Brasil.

      • Volney Jr.

        31 de maio de 2012 at 10:37

        Era a 458 Italia, teve casos até no Brasil inclusive.

    • MArcelo1985

      31 de maio de 2012 at 12:52

      PQ sera qeu sempre invejoso perguntando isso??

      • contra bomba atomica

        31 de maio de 2012 at 13:26

        quem compraria carro q pega fogo?midia ta mentindo entao?e so consertar

    • gutgutgti

      31 de maio de 2012 at 20:24

      VAI VER ELA TEM MOTOR FIRE RSRSRSRSRS

  2. tarcioac

    31 de maio de 2012 at 9:41

    Já encomendei a minha!

  3. Rodrigo_RJ

    31 de maio de 2012 at 10:14

    CARPLACE, acho que continua o problema de reportagens antigas, porém muito comentadas, aparecem antes das reportagens mais recentes. No exemplo, essa da Ferrari (31/05 – 3 comentários) aparece na lista depois da reportagem do Sonic (29/05 – 229 comentários). Isso é algum bug ou site foi programado para ser assim? Na minha opinião, as reportagens mais recentes deveriam aparecer primeiro, mas caso tenha sido uma opção na programação, não tem problema.

  4. luiz

    31 de maio de 2012 at 10:17

    nao gostei, nao da para levar minha sogra no banco de traz…

    • Volney Jr.

      31 de maio de 2012 at 10:37

      Leva na frente mesmo então.

  5. Leonardo

    31 de maio de 2012 at 10:22

    fiz o pedido! ansioso por demais, me deram um prazo de 45 dias pra chegar no brasil e fazer a nacionalização. agora é só aguardar.

  6. Wellington_L

    31 de maio de 2012 at 11:15

    Será que com o teto aberto se consegue uma maior refrigeração do modelo e, assim, evita-se a combustão?…

    P.S.: Rir faz bem à saúde.

  7. Filipe_GTS

    31 de maio de 2012 at 11:30

    Ferrari conversível zero km. Um mortal não precisa mais do que isso no que se trata de automóvel.

  8. gui

    31 de maio de 2012 at 12:05

    O principal não é o carro, e sim qtas mulheres irá atrair!

  9. MArcelo1985

    31 de maio de 2012 at 12:54

    kkkkk legal ver os comentários do Anti kkk até a Ferrari não escapa dos recalcados mais conhecido como golzets kk

  10. fernando

    31 de maio de 2012 at 18:16

    Carro maravilhoso!! pena que no brasil nao tem como curtir uma maravilha dessas,rodar aqui numa ferrari ou outro esportivo desse nivel beira a insanidade,com um radar a cada esquina,ruas esburacadas e estradas pra 4×4.gostaria de ter um mais pra usar em pais de primeiro mundo.

  11. MikaelBoni

    31 de maio de 2012 at 18:52

    Opa ! Mal posso esperar para encomendar o meu ! é quanto?…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>