Dirigimos o Novo Hyundai HB20 – Veja as impressões iniciais e o que esperar do modelo

Teste Novo Hyundai HB20

A Hyundai Motor Brasil convidou o CARPLACE para conhecer a sua moderna fábrica instalada em Piracicaba, para uma entrevista coletiva com os executivos e o mais interessante: para conhecer e dirigir o Novo Hyundai HB20. Veja o que esperar do Novo HB20 no Brasil.

Nesta visita, a Hyundai Brasil mostrou o processo produtivo (que falaremos em outra matéria) e também o carro ao vivo, como detalhamos na matéria “Hyundai HB20 é o nome do novo compacto brasileiro” (clique para ver).

Novo Hyundai HB - Test-Drive

Em resumo, o Novo Hyundai HB20 prova que um carro de entrada pode ter recursos visuais e de acabamento interno despojados, bonitos e modernos. O seu desenho, assim como os recentes lançamentos da marca, é bem trabalhado e agrada bastante ao vivo, fato que por si só já é um diferencial em relação aos concorrentes.

Bem diferente da ditadura de cores imposta pela CAOA, a Hyundai Brasil oferecerá opções muito interessantes, fazendo parte do catálogo cores como azul, verde, vermelho, branco, vinho, prata e preto. Para o modelo 1.0, as rodas de 14 polegadas calçadas com pneus 175/70 enquanto as versões 1.6 já contam com rodas de 15 polegadas e pneus 185/60.

Hyundai HB Test-Drive no Brasil

A Hyundai Brasil não divulgou as especificações técnicas oficias, mas a versão de entrada chegará equipada com o motor 1.0 Flex de 3 cilindros e 12 válvulas, ou seja, o mesmo do Novo Picanto. Tomando-o como parâmetro, podemos esperar os mesmo dados, ou seja, 80 cavalos de potência e 10,2 kgfm de torque a 4.500 rpm quando abastecido com etanol. Já o motor 1.6 Flex DOHC de 16 válvulas é provavelmente o mesmo utilizando no Kia Sul, o que garantirá valores em torno de 130 cavalos de potência e 16,5 kgfm de torque também a 4.500 rpm.

Associado ao motor 1.0 estará uma caixa de câmbio manual de cinco marchas de engates curtos e precisos. Para o motor 1.6, além desta caixa manual, a Hyundai também oferecerá um câmbio automático de quatro marchas. Mesmo a opção automática ser de apenas quatro velocidades, já será um diferencial frente aos dois principais concorrentes (Gol e Palio) que oferecem apenas versões automatizadas.

Dirigindo o Novo Hyundai HB20

Novo Hyundai HB - Test-Drive em Piracicaba

Depois de conhecê-lo ao vivo, a Hyundai nos levou para o que interessa: dirigir. As unidades disponíveis para test-drive ainda estavam camufladas (as que ilustram a o post), o que impediu de obter uma sensação mais precisa sobre o nível de ruído.

Para o test-drive a Hyundai colocou à disposição as três versões que serão comercializadas: HB20 1.0 manual, HB20 1.6 manual e HB20 1.6 automático.

Ao entrar no carro, o primeiro olhar da cabine já agrada: desenho moderno sem exageros, excelente quadro de instrumentos com computador de bordo ao centro de muito boa leitura, o volante é mais simples do que os irmãos maiores, mas mesmo assim exibe um desenho bonito e boa pegada. Pelo menos nas versões testadas, as quais a marca fez questões de destacar que podem não necessariamente corresponder às versões finais, estavam presentes os controles de som no volante, ar-condicionado manual além de sistema de som com entradas USB e auxiliar no console.

Novo Hyundai HB20 - Várias cores

Todos os modelos estavam equipados com vidros elétricos nas quatro portas com função one-touch para o motorista. Aqui vai uma das poucas críticas de ergonomia do modelo: os puxadores das portas estão em uma posição um pouco mais recuada, assim como os quatro botões dos vidros elétricos, o que exige um tensionamento do braço para seu acionamento. Os bancos possuem regulagem do enconsto através de alavanca, mas o sistema de regulagem de altura do assento é feito por meio de uma roldana e altera somente a sua inclinação. Questionada, a engenharia disse que o assento “aumenta” a altura em cerca de 12 cm na parte dianteira e de 7 cm na traseira.

Para ajudar a encontrar a posição mais confortável para dirigir o volante também conta com ajuste de altura e profundidade e os retrovisores acionamento elétrico. A visibilidade dianteira é muito boa, sendo que a coluna A foi bem dimensionada e não atrapalha a visão lateral. No etanto, o vidro traseiro tem dimensões reduzidas, o que prejudica um pouco a visão do motorista. Talvez por isso algumas unidades estavam equipadas com sensores de estacionamento.

Novo Hyundai HB - Teste

A primeira versão que testamos foi o HB20 1.6 manual. Logo na saída para a pista de teste foi possível notar boa disposição do motor com uma arrancada vigorosa. O câmbio manual, como dissemos anteriormente, tem engates precisos e percurso curto, o que torna a dirigibilidade mais agradável. A direção é hidráulica e tem peso satisfatório, mas lembrando do Nissan March, seria muito mais interessante se fosse com assistência elétrica. Na primeira volta, atingimos cerca de 160 km/h na reta e logo em seguida testamos os freios ABS, o qual cumpriu a sua função com eficácia, sem tirar o carro de sua trajetória. A estabilidade também chamou a atenção ao segurar bem, e sem rangir de pneus, ao entrar em uma curva de 180 graus em velocidade mais elevada. O ajuste da suspensão é próximo ao do Gol, mas ligeiramente mais macia.

Novo Hyundai HB - Test-drive do modelo 1.6 automático

Em seguida foi a vez de testar a versão 1.6 equipada com câmbio automático. Nada muda em seu visual ou interior, obviamente com exceção da alavanca de câmbio. Por falar em alavanca, ela possui o mesmo esquema de engates do i30, ou seja, posições de encaixes diferentes para cada marcha (o que muitos consideram interessante por evitar possíveis enganos nas de posições sequenciais). Como esperado, por ter quatro marchas, as relacões são mais longas e tornam as saídas do HB20 um pouco mais lentas, porém, desenvolve bem após ganhar velocidade. As trocas podem ser notadas de forma suave, mas muito longe da sensação de um automatizado.

Novo Hyundai HB 1.0 - Test-drive

Por último, testamos o HB20 equipado com motor 1.0 de três cilindros. Ao girar a chave, nada de trepidação, algo temido dos motores de três cilindros. Ao acelerar, o ronco do motor é bem mais agudo e mais áspero, mas demonstra ser suficiente para empurrar o HB20. Como esperado, as retomadas são mais lentas, mas estão dentro dos padrões dos carros deste segmento.

Para os que desconfiavam de que os três cilindros não dariam conta, o motor prova ser eficiente para cumprir esta tarefa entregando mais potência que os concorrentes de 4 cilindros e, muito provavelmente, dados de consumo bem mais interessantes.

Novo Hyundai HB - Teste

No geral, o Hyundai HB20 transmite a sensação de ser um carro de construção sólida, com bom acabamento, visual muito atrativo e conjunto mecânico moderno. Com início de vendas previsto para outubro, o Hyundai HB20 já nos mostrou que tem qualidades suficientes, mesmo sendo novato, para ser uma opção à altura dos atuais líderes do mercado. Preço inflacionado? Para não deixar isto acontecer a Hyundai Motor Brasil aposta numa estratégia de vendas em rede própria e exclusiva, sem a participação da CAOA. Líder do segmento? Talvez pela capacidade de produção e rede de distribuição ainda não, mas pelo que demonstrou, será uma das melhores opções disponíveis. Vale a pena esperar? Quem pode esperar, seria uma opção muito interessante.

Galeria de Fotos: Test-Drive Novo Hyundai HB20

Publicidade

129 Comments

  1. Nivaldo

    22 de julho de 2012 at 15:12

    Interessante are uma nova opção, o conumidor pode escolher melhor, preço acredito que fique na média, mas agrega “opcionais” aos preços básicos, ou seja todos são forçados a entregar mais recheados os carros, o resto é ver para crer, e quanto ao motor 3 cil , é o conhecido do Picanto

    • RicardoB

      23 de julho de 2012 at 9:26

      Mas espere de 3 a 5k a mais que gol/palio com os mesmos acessórios… talvez na faixa de preço de New Fiesta/Punto…

      • xton

        23 de julho de 2012 at 12:11

        Não acho que isso vá acontecer não até pq, essa não é a proposta do carro. A ideia é mirar no Gol e Palio, até devido ser o carro chefe da empresa aqui no país!

        • Marcelo_Machado

          23 de julho de 2012 at 16:44

          Ou mira no gol ou mira no Palio?!?!??!? Os 2 agora estão em segmentos de preço diferentes.
          Gol na faixa de preço do Uno e Palio na faixa de preço do Fox!!!!!!

      • MikaelBoni

        23 de julho de 2012 at 12:50

        Ta doido? Ja foi divulgado que vai ser a preço de Novo Palio!

      • Pimentel_

        23 de julho de 2012 at 14:22

        Não viaje.

        • safas44

          23 de julho de 2012 at 19:52

          Se este carro vir mais caro q os seus concorrentes nao ira VENDER NADA. Vide o Picanto, por 39900, se compra um Gol/Palio com quase as mesmas coisas por 3, 4 mil a menos. Se vender com preço inflacionado nao venderá nada.

          Diferente de quem tem grana e compra um Veloster, por 60 ou 70 mil, o perfil deste carro gastar 3 ou 4 mil a mais faz muita diferença pra pessoa.

          • afonso200

            23 de julho de 2012 at 23:15

            se o automatico custar 40 mil, e o de entrada 3 cil por 28mil, seria bom preços para as versoes distintas.

  2. Dinho

    22 de julho de 2012 at 15:24

    CARPLACE: As trocas podem ser notadas de forma suave, mas muito longe da sensação de um automatizado. Quer dizer que o cambio é melhor ou pior que os automatizados???

    • pop

      22 de julho de 2012 at 16:00

      melhor….não da trancos como os automatizados

      • CARPLACE

        22 de julho de 2012 at 18:00

        Bem melhor do que um automatizado.

        • botelho

          22 de julho de 2012 at 19:22

          então tem que tirar esse "mas", porque dá uma açepção de comparação inferior

          • Pablo

            24 de julho de 2012 at 0:47

            ãhn? Como?

            As trocas podem ser sentidas, mas não como em um automatizado.

            Todos sabem (ou deveriam saber) que os automatizados são menos suaves que automáticos, logo, erro de interpretação do leitor.

        • danieldourado_2

          23 de julho de 2012 at 9:46

          Sim, esse "mas" ficou contraditório mesmo…

          • Pablo

            24 de julho de 2012 at 0:45

            De forma alguma.

  3. RodolfoZacarias

    22 de julho de 2012 at 15:46

    Esperando pra ver o gol cair do seu pedestal e dando lugar ao HB20. Bom, creio que as colocações serão as seguintes : 1- HB20.. Em 2-Novo Uno Way… Em 3- Gol (franquestae ou melhor gox, é junção entre gol e fox.)

    • fabio_augusto

      22 de julho de 2012 at 15:53

      Jamais isso vai acontecer pq a produção do HB vai ser pequena. Mas bem que poderia…

      • Cristiano

        22 de julho de 2012 at 19:08

        Como as vendas serão diretas da Hyundai e ela querendo reservar parcela nesse espaço, então ela vai ter que ser bem agressiva como ela é no resto do mundo.

        Já viram isso? É sobre preços de carros e financiamentos nos EUA. A partir dos 15 minutos, o vídeo fica mais interessante. http://www.youtube.com/watch?v=5Uu0poYM4Vs

    • ElBigode

      22 de julho de 2012 at 17:19

      O Novo Uno consegue ser pior que o Gol, no crash-test sua nota foi pior que o Celta, o interior dele é uma porcaria, fora outras coisinhas como chuva no interior do carro, eixo traseiro quebrado…

      • CARnivoroBH

        23 de julho de 2012 at 10:40

        Eu tb não vejo nenhuma vantagem se o Uno tomar o lugar do GOL… Talvez só pelo fato de fazer a vw abaixar os seus preços abusivos… mas no geral Uno e GO~L são mais do mesmo.. e pra mim o Uno é bem Pior do que o Gol GV,1/2….

    • Leandro1978

      22 de julho de 2012 at 17:49

      A capacidade da fábrica é de 150 mil unidades/ano. Isso daria 12 mil unidades/mês. Gol e Uno vendem por volta de 20 mil unidades/mês. Além disso, parte da produção da fábrica piracicabana será dividida pelos "filhotes" do HB, como a versão sedan e o pequeno suv que brigará com Ecosport e Duster, de forma que "apenas" 9 mil unidades/mês serão destinadas ao hatch. Outro fator que pesa é o número de revendas. VW e Fiat possuem mais de 500 espalhadas pelo país. A Hyundai começará do zero, pois a Caoa não venderá a família HB (haverão duas Hyundais, a da Caoa, vendendo os importados e o Tucson, e a "nacional", vendendo a família HB). De início serão 130 lojas e deve chegar a 200 até o final do ano que vem. O que eu acredito que acontecerá, será uma redução da vantagem de Gol e Uno sobre os demais, já que, além do HB, também chegarão o Etios e o Onix, este com a vantagem da rede GM em número de concessionárias. Acredito que isso leve a uma redução dos preços e aumento de equipamentos de série.

      • Milton_GT

        22 de julho de 2012 at 18:28

        Exato, nem interessa saber quem vai vender mais ou menos, o que é bom para nós é a concorrência, pois o que nos interessa são carros de entrada mais equipados e mais baratos.

        • Cristiano_RJ

          22 de julho de 2012 at 19:28

          É isso aí, ganhamos todos nós consumidores.

      • Cristiano_RJ

        22 de julho de 2012 at 19:27

        Muito bem colocado Leandro. Falou tudo.

      • gusgm

        22 de julho de 2012 at 22:10

        A fábrica tem capacidade inicial para 150mil, mas em 2 turnos, se for instalado um novo turno, a capacidade pode ser aumentada. Mas é claro também deveriam aumentar a produção dos terceirizados e da importação de peças da Coréia.

        • CARnivoroBH

          23 de julho de 2012 at 10:42

          é.. mas a fabrica tb irá produzir a versão sedan e um cross… então não será toda a capacidade para o HB não.. por isto ele não será lider… dependendo do preço e alguns fatores… deve ficar depois de alguns meses somente entre os 10 primeiros…

      • fernando meier

        23 de julho de 2012 at 14:03

        pois é Leandro, o que interessa é que carros ultrapassados como celta,ka,gol e similares tende a perder mercado com o passar dos anos, haja vista que mais e mais pessoas num futuro breve estarão antenadas em sites e outros meios de comunicação para avaliar o que é melhor para compra de carros, portanto p/ mim isso (HB20) será um marco no setor que é extremamente carente de carros modernos, motores idem e principalmente veiculos bonitos, coisa que a gm e vw não conseguem fazer ( agile,cobalt,montana,golf,gol,kombi) alegando a mais imbecil frase no meio automobilistico: " o custo é alto p/ fazer carros com design atraente", a hyundai/ Brasil está ai para desmentir tudo o que essa raça de safados dizem para presevar o absurdo lucro/Brasil.

      • FÁBIO JÚNIO

        23 de julho de 2012 at 20:12

        Leandro, o seu raciocínio está correto. Porém, vamos trabalhar com a seguinte situação: São 20 mil unidades mês do VW/ Gol e 20 mil unidades / mês do FIAT UNO. Se potenciais 9 mil compradores migrarem do VW/GOL e do FIAT UNO para o HB 20, serão por volta de 4.500 unidades a menos para cada uma, VW e FIAT, ou seja, GOL só vai vender 15.500 e FIAT UNO, 15.500 também. Desses 15.500, cada uma, vamos subtrair também os potencias compradores do GM ONIX e do Toyota Etios. Vamos colocar aí 6000 GM ONIX e 2.500 Etios(Pois acho que o Etios não vai vender muito). FIAT + GM= 31.000 unidades mensais juntas. 31.500 – 6000(Onix)-2.500 (Etios)=22.500 / 2 = 11.250 unidades do GOL e 11.250 unidades do FIAT UNO….CONCLUSÃO:A HYUNDAI não será líder, mas a diferença de vendas ficará entre 1000 e 2.500 unidades mensais, com tendência a diminuir no decorrer do tempo…CONCORDAM COMIGO???

        • Leandro1978

          24 de julho de 2012 at 10:09

          É exatamente a linha de raciocínio que penso. Talvez a chegada de HB, Etios e Onix não façam Gol e Uno perderem a liderança, mas se ajudarem a diminuir a diferença destes para os demais, já acho muito bom. Isso pode levar a uma melhora geral na qualidade, equipamentos de série e diminuição de preço.

          • Wellington_L

            24 de julho de 2012 at 11:53

            Como disse antes:

            "Temos que levar também em conta a demanda reprimida – apesar de que, com as incertezas econômicas, não há previsão assertiva para isto…".

    • Milton_GT

      22 de julho de 2012 at 18:25

      Não acho não, o brasileiro simplesmente confia na VW e algumas pessoas acham que o Gol é o melhor carro do mundo. Já o Uno vende porque oferece um bom produto com preço interessante. Acho que a Hyundai é marca desconhecida no segmento e não acredito que consigam baixar o preço ao nível do Uno.
      Inquestionavelmente o fato do Uno contar com um motor 1.4 é uma grande vantagem pois para o consumidor do 1.0 é uma melhoria bem mais em conta do que comprar um carro com um motor 1.6. Enfim temos que esperar para ver a reação do mercado, mas sua vinda vai produzir efeitos bons nos concorrentes, taí a VW que apresentou um Gol 2013 mais equipado a bom preço.

      • Pimentel_

        23 de julho de 2012 at 14:43

        Então o Gol vende porque o brasileiro confia na VW, já o Uno vende apenas porque é um BOM PRODUTO E COM PREÇO INTERESSANTE?!?!?!?!?!? Deixa de ser fanboy, o Uno é tão ruim quanto o Gol, na verdade, ele conseguiu ser a carroça de entrada brasileira com a menor nota no crash teste. Também tem o fato de ser mais apertado que o Gol. BOM PRODUTO???!!!! Definitivamente não.

      • D7V5

        23 de julho de 2012 at 15:26

        Não creio Milton_GT. Está claro que a produção planejada pela Hyundai não será suficiente para abalar as lideranças da Volks e da Fiat. Mas vão fazer muito barulho. E quando a boa opção a mais que o brasileiro terá, a imagem dos produtos de elite da Hyundai que é muito boa, será forte para as pessoas que compram neste segmento. Essa família de carros vai vender bem, caso na prática demonstrem qualidade e pós-vendas.

    • Alvaro

      22 de julho de 2012 at 18:26

      Não acredito nisso não, isso tá mais pra empatar com 207 do que ganhar do gol.

  4. carlao GTS

    22 de julho de 2012 at 15:54

    eita…parece que o bicho vai pegar… sei não deixaram
    fazer fotos do interior… o volante? tem tela? mistério…. chances de um 2.0?
    já quer ser líder ? são 130 cv .fala aí carplace.

    • CARPLACE

      22 de julho de 2012 at 18:02

      Fotos do interior ainda não para preservar a novidade. A apresentação da versão definitiva será em setembro para a imprensa, e as vendas começam em outubro. Pelo porte e pretensão do carro, muito difícil ter um 2.0. A potência não foi revelada, mas podemos esperar algo em torno dos 130 cavalos com etanol.

    • GT4

      22 de julho de 2012 at 18:33

      Do que adianta ter 130cv se o torque é exatamente o mesmo de muitos motores 1.6 de outras montadoras? Não quer dizer que um carro tem mais potência do que outros, irá andar mais do que outros com menos potência. Tem motores com menos potência e bem mais torque do que outros motores com mais potência e menos torque.

    • afonso200

      23 de julho de 2012 at 23:17

      130 cv num hatch popular, hehe, o bicho vai pegar, teremos muitas vendas, e automatico ainda, hehehehe coisa boa

  5. portalcalypso

    22 de julho de 2012 at 16:07

    Ansiedade e grandes esperanças são minhas apostas neste carro da Hyundai. Que ele venha para acabar com esse panorama que temos no Brasil há tantos anos e que com essa revolução esperada deste HB20, as "quatro grandes" aprendam como se faz um carro de entrada com pitadas de carro médio. Venha com tudo HB20!

    • saosao

      22 de julho de 2012 at 19:19

      Sempre antes de alguma novidade cria-se medo, revolta, raiva e ansiedade.
      Torço para que suas palavras se façam verdade. Esse carrinho PODERÁ ser um gatilho para novos patamares de qualidade no segmento.

      Não gosto da CAOA, mas com a Hyundai entrando no mercado brasileiro e com o Etios também chegando, o circo ficará muito mais interessante!

      • fabio_augusto

        22 de julho de 2012 at 21:03

        Vc disse uma coisa interessante. Ultimamente os lançamentos de carros no Brasil só criaram revoltas. Quem lembra da decepção que foi o Agile? E o Cobalt e a Spin? O Uno ou se achou feio ou bonito. O Gol é maquiagem em plataforma datada e continua mal equipado e caro. O Palio chegou perto, mas muitos acharam feio e parece que tem qualidade construtiva e acabamento ruins. O Punto que tá saindo agora regrediu em design assim como o Civic. O New Fiesta e Sonic (que tb tem um design questionável apesar de eu achá-lo bonito) são muito caros. Enfim, depois de uma onda de lançamentos decepcionantes finalmente surge algo que parece promissor. Pena que a produção do HB20 vai ser pequena mas esperamos que a logística da Hyundai funcione pq dos concorrentes é péssima. Sorte que moro em cidade de 200.000 habitantes e não tem problema quanto a isso. Por outro lado não se consegue descontos como nas capitais, mas tb não costuma ter sobre-preço.

    • RmouraTW

      22 de julho de 2012 at 20:53

      Será bem vindo, mas estão esquecendo a lógica do mercado, pouca oferta e grande procura… Já sei onde isso termina… E com toda essa euforia,esse carro vai ser caro… infelizmente

      • afonso200

        23 de julho de 2012 at 23:19

        10 mil reais a cor branca, auhsuahs

  6. Alex

    22 de julho de 2012 at 16:11

    so o fato de Hyundai romper com a CAOA para comercializar este carro já mostra nitido sinal de evolucao estrategica, fora CAOA….grupo de marginais eludibriadores dos consumidores

  7. Fábio

    22 de julho de 2012 at 16:30

    Estou começando a ter medo do preço que vai ter esse carro…

    Aonde eu leio sobre ele, a intenção de compra está muito grande.

    • Milton_GT

      22 de julho de 2012 at 18:19

      Mas só o fato de sair fora da CAOA já é uma vantagem. A CAOA não teria dúvidas em cobrar mais 5 Mil pela cor branca e etc.. Mas acho que a Hyundai vai manter um preço competitivo.

      • Cristiano

        22 de julho de 2012 at 18:53

        Fico a pensar como ficarão as lojas da CAOA querendo vender esse carro porque a que há por aqui, coitada, foi uma tomada de direito de uma representante regional para a CAOA e ela passou a vender bem menos desde então.

    • Marco

      23 de julho de 2012 at 13:37

      Os preços dele:
      HB20 1.0 custará em torno de R$ 29 mil, o 1.6 manual, R$ 33 mil e o 1.6 automático, R$ 38 mil.

      • D7V5

        23 de julho de 2012 at 15:18

        Bola de cristal, pesquisa com concorrentes
        ou informação quente?

      • Cláudio

        23 de julho de 2012 at 18:31

        vai ser no mínimo o mesmo preço do Kia Picanto

        • tarcioac

          23 de julho de 2012 at 19:11

          Não…

    • afonso200

      23 de julho de 2012 at 23:16

      se ficar 28 o 3 cilindros e 40milo top automatico nossssaa vende absurdos. só o fato de ter automatico de verdade nesse segmento mato a pau tudo que ja foi feito no brasil, tirei meu chapeu, mas no maximo 40 – 41mil o automatico

  8. rafaelmsouza

    22 de julho de 2012 at 16:49

    "Bem diferente da ditadura de cores imposta pela CAOA…"

    Hehehe

  9. Renan07

    22 de julho de 2012 at 16:55

    "O melhor compacto do mundo."

  10. Acacor

    22 de julho de 2012 at 16:58

    Aqui estão os dois tropeços para quem se dizia que ia oferecer qualidade de Honda Fit e preço de VW Gol: falta de direção elétrica e câmbio automático de somente quatro marchas. Ficou a impressão de um carro bom mas pobre, de segunda categoria em termos de conforto e modernidade. Ficou direcionado para um pouco acima do Gol e Palio (direção hiráulica e cambio automatizado). Mas estará no nível de 206+ e Sandero (ambos com câmbio automático 4 marchas), com uma suposta confiabilidade melhor que estes franceses. Certamente está abaixo do Honda Fit e também do novo Citroen C3 (este com AT4). É de chamar atenção que o próprio Picanto, desde o modelo antigo e que é de um segmento inferior e importado, do mesmo grupo Hyundai/Kia, já possuía direção elétrica. Isso demonstra que a Hyundai fez um produto para um mercado que a fábrica considera como inferior.

    • ElBigode

      22 de julho de 2012 at 17:20

      Perto da concorrência, esse carro é hi-tech.

    • David

      22 de julho de 2012 at 17:28

      "Ficou a impressão de um carro bom mas pobre, de segunda categoria em termos de conforto e modernidade." – Super calotas fan detected!!

      Amigo, quer dizer que o super-ultra-mega-power Gol G6 tb possui o mesmo nível de "qualidade de Honda Fit"?? Pois preço, isso sim, sabemos que ele tem e muito acima por ser pelado nas nas versões de entrada, sem falar no roubo que são as versões completas.

      Falar mal de algo que nem sequer cheirou, muito menos tocou, é minimamente engraçado!

      Tenho a esperança que a Hyundai venha para marcar seu lugar no mercado, mantenha o nível de qualidade que seus carros até hoje apresentam, apresente um pós-venda decente e tenha seu lucro merecido. Caso contrário, é pra encalhar mesmo, não sou fã de montadoras, sou fã da minha grana no meu bolso!

      • saosao

        22 de julho de 2012 at 19:23

        Lucro merecido?????
        Vc quer que a Hyundai tenha lucro merecido e ainda se diz fã do seu bolso??? Se vc vive no Brasil, não diga uma coisa dessas, colega!!!

        • David

          22 de julho de 2012 at 23:49

          Estimado colega, o leia com mais atenção o que escrevi: lucro merecido= compatível com o mercado mundial. Lucro Brasil = estupro às finanças do consumidor brasileiro. O capitalismo significa livre mercado e a presença do lucro, ou estou enganado?

    • Leandro1978

      22 de julho de 2012 at 17:53

      Além disso, tenho lido que o HB não oferecerá os air bags e abs de série em todas as versões. Apenas nas mais caras, nas inferiores será opcional. O HB não brigará com C3 e Fit, até pela diferença de preço que, provavelmente haverá entre eles.

    • Milton_GT

      22 de julho de 2012 at 18:36

      Quem falou que direção elétrica é o máximo? Você sabe como ela funciona? A direção elétrica tem respostas limitadas, não é direta como a hidráulica. Eu prefiro carro com direção com assistência hidráulica progressiva como o Punto porque permite uma dirigibilidade esportiva. Já quem quer um carro para passear a elétrica é bem leve e macia. Mas se a Hyundai quer competir em preço com o Gol e Palio ela não pode por direção elétrica no carro porque ela é mais cara. E eu nunca digo que tal carro está acima de outro sem dirigi-lo antes. Não acho viável que a Hyundai, pelo histórico dos carros que ela tem, que ela consiga superar o custo benefício de um Gol ou de um Palio. Mas vamos esperar para ver.

      • saosao

        22 de julho de 2012 at 19:27

        Não entendi: "Não acho viável que a Hyundai, pelo histórico dos carros que ela tem, que ela consiga superar o custo benefício de um Gol ou de um Palio"

        O histórico dos carros da Hyundai é de carros acima de 1.0, não tem como comparar com carros básicos como Gol e Palio.

        • Milton_GT

          22 de julho de 2012 at 20:24

          Conhece o Veloster?, um amigo comprou um, é carrinho mais apertado do que o Punto, tem um motorzinho 1.6 fraquinho (para o peso do carro) e custou 75 Mil (foi o que o meu amigo pagou antes do aumento do IPI). E o i30 é muito mais caro do que um Bravo, estando no mesmo nível dele.

          • Cristiano_RJ

            22 de julho de 2012 at 21:15

            O i30 é mais caro que o Bravo? Por favor, refaça sua pesquisa de preços. Ah sim, ia esquecendo, já discuti isso bastante em outros posts (e nem é o propósito deste aqui), mas o i30 está acima do Bravo em mecânica e construção e o nivel de equipamentos é similar. Mas não quero reabrir a polêmica, pois o modelo atual está em final de vida, em poucos meses teremos o novo i30 por aqui também.

          • marciors01

            22 de julho de 2012 at 21:56

            O i30 possui um motor melhor, mas o interior do bravo é mais bonito e melhor acabado, em equipamentos depende, por 61k podes comprar um bravo com sete airbags e encostos de cabeça com efeito anti chicote, som com subwoofer, ar digital e outros mimos.

      • marciors01

        22 de julho de 2012 at 21:55

        Estás enganado, a direção elétrica pode ser regulada de várias formas, tenho um megane e na estrada a direção não é leve, o peso aumenta bastante, tudo depende do que pretende o fabricante.
        Estes carros não são esportivos, então o mais importante é conforto na cidade que a elétrica proporciona e que seja progressiva, ganhe peso em velocidades mais altas.
        A direção elétrica é o futuro, em carros de passei penso que a hidráulica deveria desaparecer.

        • Elves

          22 de julho de 2012 at 23:23

          Também protesto sobre duas opiniões dadas aqui!
          Tenho um Stilo com direção elétrica, ele tem um botão City que torna a direção mais leve em velocidades menores que 40km/h, acima disso é progressiva e com respostas rápidas. Se há alguma diferença, o motorista normal não perceberia.
          Outra coisa, não concordo com a expressão "trancos" para o câmbio automatizado, que tem o mesmo funcionamento de um câmbio manual. Experimente, em um carro com câmbio manual, trocar as marchas sem aliviar o pé do acelerador, aí sim vai ver o que é tranco.
          É só uma questão de adaptação, e ainda não tem a sensação de motor amarrado que o automático traz, além de ser mais econômico.

        • Milton_GT

          23 de julho de 2012 at 20:08

          Depende de como a direção elétrica foi construída, se com coluna de direção ou sem coluna de direção. A com coluna de direção eu até aceito, porque é semelhante à hidráulica. Mas a sem coluna de direção funciona assim, a coluna que sai da direção é curta e tem sensores elétricos na ponta. Quando você vira a direção o sensor lê para que lado e envia a informação através de fios que movimentam os motores elétricos que movem a direção, isso torna a direção algo imprecisa e com tempo de resposta. Tanto que nenhum carro esportivo que se preze utiliza a elétrica sem coluna. A que está sendo mais utilizada é substituir o sistema hidráulico pelo elétrico, mas mantendo a coluna de direção, assim fica uma direção com assistência elétrica ao invés de hidráulica. Barateia os custos. Essa é a direção do Stilo e do Bravo.

          • marciors01

            24 de julho de 2012 at 2:14

            Milton, sem dúvida, hoje o que temos são sistema com coluna de direção com assistência elétrica, não me passaria pela cabeça ter um carro sem coluna de direção, apenas contatos elétricos, se ocorre uma pane elétrica ou pane no circuitos da direção ficamos sem nada.
            Se os carros evoluirem para joysticks ao invés de uma direção de verdade teremos um problema sério.
            Mas reforço que gosto muito do resultado destas direção elétrica no megane, a progressividade é muito boa e não sinto nenhum tipo de insegurança na estrada, e também não considero a direção lenta, não é direta como em um esportivo mas o funcionamento é bem agradável.

  11. bedotRJ

    22 de julho de 2012 at 17:16

    Esse carrinho com motor 1.6 e câmbio manual deve ser uma bala. Melhor até do que Ka e March 1.6. Dependendo do preço e das prioridades financeiras daqui a alguns meses, sou candidato a adquiri-lo.

    • Milton_GT

      22 de julho de 2012 at 18:39

      Será? quanto ele pesa? qual será a potencia real do motor? São muitas perguntas ainda não respondidas, temos que esperar para saber. Ele vai conseguir superar o Palio 1.6, que faz de 0 a 100 abaixo dos 10 segundos? O March não conseguiu e no caso do HB tudo dependerá do peso. Temos que esperar para saber. Nem falo do Ka porque ele é um carrinho de duas portas e não pertence ao segmento.

      • Cristiano_RJ

        22 de julho de 2012 at 21:18

        Agora vamos aos números do Palio 1.6 16V E.TorQ no teste do 0 a 100 km/h:

        AE 558 Palio Essence: 11,7s
        QR 623 Palio Essence: 11,3s
        C&D 47 Palio Essence: 11,3s
        Carro 217 Palio Essence: 10,9s

        Cara, pára de divulgar informação inverídica!

      • Pimentel_

        23 de julho de 2012 at 14:39

        Abaixo dos 10s? Só em ladeira e com vento a favor!! O motor do HB20 1.6 deverá ser o mesmo do Soul e, muito provavelmente, terá desempenho semelhante ao do Palio.

        • Cristiano_RJ

          23 de julho de 2012 at 22:54

          lol.

  12. RACHID

    22 de julho de 2012 at 17:42

    Espero sinceramente que a Hyundai seja honesta com os consumidores brasileiros e ofereça realmente um carro completo desde sua versão inicial… que tenha mais do que só duas opções de cores (preto e prata) e que cobre um preço justo por seu carro, fazendo bem diferente com o que fez com o Veloster, que era pra ser vendido a pouco mais de 60 mil reais e hoje é vendido por quase 80 mil…. Isso se chama LUCRO BRASIL

  13. Gustavo do Carmo

    22 de julho de 2012 at 17:53

    O carro mais popular do mundo. Será que a CAOA falaria isso se distribuisse o carro?

  14. Ítalo

    22 de julho de 2012 at 18:48

    Até agora não vi nenhuma foto desse SUV que vocês falaram que derivaria do HB20. Vocês sabem informar se esse SUV chega ao nosso mercado nesse ano?

    • CARPLACE

      22 de julho de 2012 at 18:52

      Não será um SUV, mas sim uma versão com visual mais aventureiro, assim como as versões Cross da VW. A Hyundai ainda não divulgou nada a respeito, nem do sedã.

      A previsão de lançamento é ano que vem.

      • iGOMD

        22 de julho de 2012 at 21:00

        O relacionamento com a Hyundai Brasil foi mais cordial? Diferentemente da CAOA que se recusa a ceder carros para avaliações.
        Deu a entender que a relação da Hyundai BR será melhor que a atual com a CAOA.

  15. raf

    22 de julho de 2012 at 18:56

    boa noite! carplace gostaria de saber se a hyundai vai para de produzir motor 2,0 no i30. grato

  16. Brazuca

    22 de julho de 2012 at 19:10

    Vamos ver o preço, aposto que sai por mais de R$ 40.000,00 no lançamento!

    • Milton_GT

      22 de julho de 2012 at 18:41

      Se sair por mais de 40 Mil, vai micar, com certeza.

      • zeuslinux

        22 de julho de 2012 at 20:17

        Micar por que se carros como Gol, Fox, Palio, Punto, etc passam de 40 mil reais facilmente nas versões top e com opcionais do tipo ABS, AB2, etc ?

        Depende do que eles vão oferecer em cada versão.

        • matheus

          22 de julho de 2012 at 23:14

          Um tio meu comprou um Pálio 1.4 atractive completo (abs. airbags, ar, dir, trio, roda 15, faroletes, computador dre bordo, chave do 500, apoio de braço, bancos e volante com regulagens de altura, som, spoiler por 37 500. Dei uma voltinha no carro e eles está muito agradável de dirigir. Esse 1.0 terá que vir abaixo dos 35 completo, já que ainda há uma certa resistência com os coreanos.

          • CARnivoroBH

            23 de julho de 2012 at 10:47

            Matheus… no carro do seu tio veio tb som c/ controles no volante? Aonde vc mora? Eu estou pensando em pegar um Palio destes… o preço tá interessante… ah!! Este preço foi antes ou depois da redução do IPI??

          • zeuslinux

            23 de julho de 2012 at 19:12

            Comprou bem então, porque um amigo meu comprou um Fox Prime 1.6 com câmbio i-motion por 43 mil neste final de semana. Mesmo descontando os 3 mil do câmbio automático, o carro sairia por 40 mil reais !

    • iGOMD

      22 de julho de 2012 at 20:57

      É certo que o modelo básico vai começar logo abaixo dos 30. A Hyundai Brasil já confirmou isso. O 1.6 automático nos podemos supor que passará pouca coisa de 40mil, diria 43mil.

  17. power

    22 de julho de 2012 at 19:44

    esse carro vai mexer com o mercado…a hyundai vai vender o completo manual por 35000 no max… vai vender muito…

    • CARnivoroBH

      23 de julho de 2012 at 10:49

      Este preço?? Não sei não… pode economizar mais pq eu acho q vai passar deste valor.. e isto com motor 1.0!! O 1.6 completo Auto deve bater qse nos 50k…

      • rodrigo

        25 de julho de 2012 at 8:35

        ahuahuahuahu, ta loco 50 mil? sou de piracicaba, e tenho informaçoes de quem trabalha lah, que o basico eh 29 e o 1.6 34900, com cambio vai ser 2 ou 3 mil a mais. jah ateh vi ele aqui na rua camuflado, o carro eh top, to esperando ele chegar as vendas, vai matar a concorrencia.

  18. Rodrigo

    22 de julho de 2012 at 20:33

    Boa Noite

    Posso ser sincero, muita expectativa e o tombo pode ser maior. Porém a vinda do HB servirá para forçar as outras montadoras equipar mais seus carros e deixar eles mais baratos, isso se a Hyundai não pegar o vício do preço alto. Lembram quando a Peogeot lançou o 206, ele era moderno, mais equipado e preço próximo dos concorrentes ótimo custo-benefício, e com os anos passando ele foi perdendo seus equipamentos de série e se tornou igual a qualquer popular vendido no Brasil, mesmo possuindo na época desenho superior, estilo e inovação e isso também aconteceu com o Clio, virou um vício.

    Uma coisa é o mercado querer e desejar isso, outra é a montadora ver a real realidade do mercado brasileiro. Impostos altos, o lucro das autorizadas e assim por diante. Pois a Hyundai não sabe ainda direito sobre o verdadeiro funcionamento de tudo, o custo de produção + custo para ter um bom lucro, claro que a nova fábrica dela terá impostos menores e prazo maior para pagar os empréstimos frente ao BNDES. O problema quando estes impostos que deixaram de ser cobrado pelo governo e estado, ou seja, quando o prazo de carência passar, ela terá que pagar ICMS alto, e mais impostos como as outras e é ai que o bicho pega e ninguém pensa nisso. Quando a Renault e Peogeot passou a produzir aqui, ficaram anos com ajuda fiscal, por isso podiam vender carros mais baratos e mais equipados e mais modernos, passou o incetivo fiscal para elas, seus carros deixaram de evoluir como na Europa, foram perdendo equipamentos e assim por diante.

    Não gostei do que o Carplace disse, desenho é algo subjetivo, o HB virá com frente de Elantra, como vários meios de comunicação mencionaram, o mais engraçado que ninguém fez crítica sobre isso, pois o povo criticaram a dianteira do Gol, dizendo que esta parecida com o do Jetta e isso é ruim, mas todos os Hyundais são parecidas e não somente na frente, na lateral e traseira também, mas cadê a Carplace para mencionar isso? O fato é que o HB é um produto atual, então estará um pouco mais moderno, mas mesmo assim eu acho o desenho do Gol G5 moderno e esportivo, enquanto do HB me parece apenas moderninho, sabe aqueles playboys que comprar roupas transadas para dizer que é cult? Curto carros com desenho que beira a linhas limpas e esportivas, o Gol G5 entrega isso, o HB é apenas moderninho e nada mais que isso.

    • fabio_augusto

      23 de julho de 2012 at 13:17

      Cara, concordo com 70%. Concordo que a Hyundai é novata e não sabe ainda sobre o perfil do comprador brasileiro. Porém, hoje as coisas são bem diferentes do que eram 12 anos atrás (época do lançamento do 206 e Clio). Temos hoje uma maior dinâmica de informações passadas de consumidor pra consumidor graças a internet. Com mais pessoas acessando, elas ficam por dentro do que acontece, ficam mais informadas, mais críticas e menos alienadas. Aparentemente as mudanças podem ser poucas, porém as coisas estão mudando graças a (um pouco) maior exigência dos consumidores e a concorrência chinesa e coreana. Quem imaginaria que a VW fosse equipar o Gol com vidros elétricos no 1.0? Agora o Palio 1.6 tem ar condicionado de série. AB2 e ABS estão ficando cada vez mais comuns nos populares. É pouco, eu sei, e ainda há MUITO o que fazer (exigir air bags laterais e ESP nos populares pode ser um bom recomeço).

      Discordo da comparação que vc fez entre a VW e Hyundai. Uma coisa é seguir o padrão de design da marca, outra é copiar a frente com levíssimas modificações e colar em outro carro. Pelo menos o HB tem personalidade e identidade. O Gol não. Os menos atentos só reconheceriam o Gol, Fox e Polo europeu quando olharem as traseiras. E qual o problema do HB ser "moderninho"? Estava faltando isso no mercado pq os concorrentes dão sono.

    • Guth

      24 de julho de 2012 at 18:14

      desenho do gol, nao é parecido, É a frente do Jetta TODA sem diferencial!,cada marca tem sua identidade, mas a VW alopra nisso, e outra nao sou MINIMO fa da HYUNDAI, adquirir um certo repudio pela marca por causa da CAOA, mas o HB20 é muito mais moderno do que o GOL, sem comparaçao principalmente a mecanica,ja que o gol usa o AP dos anos 70

    • alex carvalho

      6 de agosto de 2012 at 10:17

      Eu pretendia comprar um hb20 1.6 mas depois de saber da direção "hidráulica" desisti… uma pena!

  19. tmz

    22 de julho de 2012 at 21:14

    Vendo as fotos da lateral desse hb, notei que se parece muito com a lateral do picanto, digo na area das portas.
    A impressao que tenho que as portas sao identicas a do picanto.
    O que me parece ser um picanto com porta malas maior.
    Mesmo que seja, o picanto de hoje é um ótimo carro.

  20. Sias

    22 de julho de 2012 at 21:39

    Eu acredito que este carro vai vender do mesmo jeito que o i30 vinha vendendo. Vai dar trabalho pra estas porqueiras que nos vendem hoje.

  21. Racer2001

    22 de julho de 2012 at 22:17

    Que o HB irá tirar muitas vendas de Gol e Uno, não há a menor dúvida.

    • CARnivoroBH

      23 de julho de 2012 at 10:51

      Concordo.. se as promessas da HY se concretizarem… este carro deve até ficar entre os 10 primeiros… mas longe da 1º posição… mas o FATO é que vai tirar umas milhares de vendas dos concorrentes… e principalmente de UNO, GOL e Palio…

  22. André

    22 de julho de 2012 at 22:27

    Acredito que a versão 1.0 vai partir de R$ 37/38 mil.
    1.6- R$ 42 /43 mil e automático R$ 45/46.
    Vamos ver até outubro como vai estar a merda do IPI.

  23. ADALBERTO OZELIM

    22 de julho de 2012 at 23:54

    Sou otimista , continuo achando que a Hyundai não seria ingenua de trazer um modelo no mesmo nível dos concorrentes da Fiat e VW, pelo apresentado na matéria o modelo Coreano está bem acima, No caso dos psico-dependentes das 4g , creio que só com o tempo , e ainda temos que pensar que os futuros compradores de modelos de entrada , em sua maioria serão jovens que não estão contaminados com essa doença mental , e vão querer automóveis mais atualizados , como fazem com os computadores, celulares etc.etc. , os defensores das velharias irão aos poucos sendo extintos.como os dinossauros !

    • Elvis

      24 de julho de 2012 at 20:15

      Boa um comentário de respeito, bem vindo ao futuro. Parabéns

  24. Luan

    23 de julho de 2012 at 0:35

    Idiotice da Hyundai deixar camuflado o carro.

    • Readgis

      23 de julho de 2012 at 0:37

      Não é "idiotice", é estratégia de marketing para deixar as pessoas ansiosas pelo carro, como no seu caso.

      • rodrigo

        25 de julho de 2012 at 8:45

        kkkkkkk flw tudo

  25. Readgis

    23 de julho de 2012 at 0:42

    Não vai passar os líderes, mas vai poderá incomodar o suficiente para a Volks adiantar o Up! ou modernizar verdadeiramente a plataforma do Gol, a Fiat tencionar trazer o Panda e a GMBDaewo à repensar sua estratégia de carros feios e caros e a Ford a estrear seus motores ecoboost por aqui.

  26. marcos

    23 de julho de 2012 at 1:24

    Se preservar a qualidade e os preços divulgados, a coisa vai ficar feia para gol e pálio. E nós consumidores seremos beneficiados…

  27. Wellington_L

    23 de julho de 2012 at 8:33

    [youtube SHafe07Gx5A http://www.youtube.com/watch?v=SHafe07Gx5A youtube]

  28. victorcvs

    23 de julho de 2012 at 9:31

    Faltou falar do espaço interno. Como é comparado com os outros carros da categoria?

  29. warleydias

    23 de julho de 2012 at 10:27

    lembram antes de lançar ao veloster, qd a hyundai fazia comercial na tv, apenas dizendo q seria 'um carro de 3portas, em breve, em breve'.
    criou-se aquela expectativa.
    essa estratégia de marketing me parece q ja esta comecando com o hb20.
    deixaram as equipes de reportagem ver o carro, e fotografá-lo apenas por fora, e com areas cobertas.
    gerando expectativa no publico e na concorrência rsrs
    eu aposto nesse hb 20, acho que junto com o peugeot 208, podem ser otimos produtos para fim desse ano, e 2013!

  30. wesley reis

    23 de julho de 2012 at 10:39

    TA BOM, MUITO BONITO, INTERESSANTE, MAS E O PREÇO?????
    QUANTO VAI CUSTAR???
    ???

  31. Caesar

    23 de julho de 2012 at 11:12

    Fico tentando entender porque não trouxeram o i20, contudo, mas está muito bom para o que estamos acostumados a ver, considerando que o Brasil não tem um mercado automobilístico suficientemente exigente em segurança, alinhamento com os lançamentos em escala global e outros itens de série em seus veículos, onde um carro como "Gol" , "Uno/Palio" são líderes de vendas e ainda temos aquela "coisa" que se não me engano chamam de Kombi e vende que nem água (estão tentando adaptar airbag e ABS na Kombi, mas imagino um airbag acionado na vertical, vai sair o quê? um "boneco de posto"?) .
    Voltando ao assunto , a vantagem será a geração de mais empregos e melhor rede de assistência técnica e pode ser mais uma opção de carro para melhorar a concorrência por veículos melhores e quem sabe, preços melhores (coisa que a CAOA não tem).

  32. Leandro Vagner

    23 de julho de 2012 at 11:18

    Mais uma opção… é sempre bem vindo…. quem sabe com isto o mercado interno não se esperte e coloque carros de verdade nas ruas….

  33. André

    23 de julho de 2012 at 13:28

    é, a CAÔ-A nao vai sentir nem o gostinho de apresentar esse carro! haha

  34. D7V5

    23 de julho de 2012 at 15:33

    Junto-me aos colegas que vêem com otimismo a chegada do HB20.
    A Hyundai como empresa tem surpreendido o mundo constantemente. Produtos bonitos de uma forma geral, qualidades mecânica e de acabamentos. Pós vendas elogiados no exterior. Preços agressivos. É uma das gigantes mundiais que cresceu nos últimos anos e em anos de diversas crises econômicas.
    Para nós ele tras mais opção de compra e concorrência para a segunda fila dos carros de entrada. E que bom saber que haverá uma versão com cambio automático de 4 velocidades. É progresso na terra dos automatizados.
    Muito legal.
    Agora é aguardar a divulgação dos interiores, preços e cobertura Brasil.

  35. henrique

    23 de julho de 2012 at 18:25

    Eis uma alternativa mais em conta ao Fiesta, Polo e Sonic.

    • Mactube

      24 de julho de 2012 at 18:10

      E ao Punto e C3 também.

  36. Cezar

    23 de julho de 2012 at 21:31

    Já tô vendo… O primeiro a ser batido em vendas, muito facilmente, será o Face. Logo virão 207, Agile e Sandero, pra encostar no Celta (que já tem data pra dar tchau). E para impedí-lo de atingir o top 5 dos compactos virá o anti HB20 da Chevrolet, o sucessor natural do Celta, o Ônix. Aí a chapa vai esquentar. Tarefa mais árdua será o da Ford, que verá o Fiesta despencar em vendas, saindo definitivamente do top 10, quando o Rocam der adeus e introduzirá um Ka totalmente reformulado para alavancar as vendas tão modestas para um modelo de entrada.

  37. Dani

    23 de julho de 2012 at 22:13

    Hoje fiz uma simulação no site da VW num Gol 1.0 com as mesmas características do HB 20 que pretendo comprar e com aquilo que eu julgo necessário num carro. Bem, parti dos R$ 27.904,00 no Gol peladão, pacote I-Trend com direção hidráulica R$ 2.928,00; cor prata R$ 955,00; soma-se R$ 423,00 por ar quente (nossa… VW deveria ter vergonha de cobrar ar-quente como acessório mas tentei continuar); air bag + ABS R$ 2.135,00; ar condicionado R$ 2.523,00; kit I (acionamento elétrico dos vidros dianteiros e travamento central sem controle remoto) R$ 676,00; módulo funcional V (coluna de direção com ajuste de altura e profundidade e destravamento elétrico do porta malas) R$ 532,00; módulo funcional VI (desembaçador traseiro e lavador/limpador do vidro traseiro com temporizador) R$ 432,00 = total R$ 38.035,00.

    Ou seja, pelo preço que eles anunciam o Gol, você chega fácil em R$ 10.000,00 a mais.

    Por R$ 38.000,00 acho que dá pra comprar carro melhor. Só a VW para achar que certos acessórios são supérfluos, enquanto isso air bags frontais serão itens de série no HB20.

    E olhem que eu não julguei itens que deverão ser cobrados à parte, que estes sim, eu pelo menos considero como supérfluos, quero dizer, dá pra viver sem, que são: CD player com entrada USB, comandos de som no volante, repetidor de seta no retrovisor, que o HB deve trazer como acessórios mas que o Gol nem pensa em ter como acessório.

    Por isso vou esperar o lançamento do HB20.

  38. ManuMessi

    24 de julho de 2012 at 10:18

    O Hyundai mais premiado do mundooo!!!! kkk ridicula essa Hyundai, esse carro pode ser bom, sem duvidas, mas o que o coloca tão superior assim aos demais??? Gol, Palio, Fiesta e outros oferecem bons equipamentos, estrutura, motores e o melhor rede de concessionarios, o que a Hyundai não tem e nem terá tão cedo, talvez daqui uns 15 anos. Eu bem sei o que é ficar na mão deles, cobram o que entendem, pq não tem outra opção de assistencia e quem compra esse tipo de carro tem que ter ampla rede e peças disponiveis com disputa de preços e isso a Hyundai não oferece…

    • guu

      4 de agosto de 2012 at 14:24

      vc trabalha pra vw? amigo, esse papo é velho, ninguém aqui é idiota de acreditar nessas baboseiras que as nacionais tentam empurrar pra gente burra acreditar, se n trabalhas, vc é um dos burros que acredita em tudo que dizem por ai, pague 27.000 num lixo cru, e tenha peças baratas, eu vou pagar um pouco mais e terei meu ar condicionado, airbag e outros intes de série (;

  39. ROBERTO

    26 de julho de 2012 at 9:08

    CARPLACE VCS ACHAM QUE O PAINEL É PARA DVD 2DIN OU PRA DVD 1 DIN?

  40. Leonardo Vidal

    5 de agosto de 2012 at 12:52

    O HB20 cleio que vai ser a "melhor opção no mercado automobilistico" HOJE comparando a esses modelos citados pela CARPLACE ! pq realmente o exterior como interior e equipamentos de serie do carro vai de 10 a 0 no gol, palio, "corsa" que é um absurdo um carro totalmente desatualizado por R$29.990 versão + basica com IPI REDUZIDO!!!! entre outros modelos … mas cleio eu que tera seus pontos negativos, na minha opniao a manutenção desse carro SEGURO, IPVA… nao vai ser Interessante. Enfim esperar pra ver. "estao falando" que o carro chegará por menos de R$30.000 a versao + basica. se realmente for isso aguarde gol, palio entre outros… "SE" custar acima de R$ 40.000 eu prefiro COMPRAR UM COBALT LTZ TOP DE LINHA POR R$ 42.000 E UM SEDAN. Acho que ele tera apenas 1 concorrente que vai da MUITO MUITO" trabalho será o CHEVROLET ONIX chegara na mesma epoca por menos R$ 30.000 tbm! bonito moderno e com bastante equipamentos de serie na versão mais basica, ESTOU ESPERANDO sair o ONIX e o HB20 para comparalos e comprar 1 ^^ meu favorito ainda é o ONIX por ser um carro Nacional c manutençoes Mais baratas e por ser um chevrolet.! AGORA É AGUARDAR

  41. anciosohb20

    16 de agosto de 2012 at 10:18

    vou esperar até as vendas estou me programando para adquirir um este carrão espero que seja potencialmente semelhante ao gol e não seja só estetica

  42. moises

    23 de agosto de 2012 at 10:10

    cade a foto do interior desse dito cujo,algo aí deu errado,pelo menos a toyota mostrou o interior do etios, aí esta o diferincial da marca honestidade.

  43. moises

    23 de agosto de 2012 at 10:23

    porque vçs não mostrarão o INTERIOR?

  44. isaac

    23 de agosto de 2012 at 10:29

    se esse carro for vendido a $35mil, então a quadrilha do mensalão será condenada!

  45. raphael

    14 de outubro de 2012 at 12:03

    parece ser bom + vamos esperar pra gente num cair !!!!!!! kkkkkkkkk

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>