CARPLACE

Com lançamento programado para abril, Ford New Fiesta 2014 já tem hotsite no Brasil

Ford New Fiesta 2013

Com lançamento no mercado brasileiro programado para abril, o reestilizado New Fiesta 2014 vai aos poucos sendo conhecido. Após o programa de etiquetagem veicular do INMETRO divulgar detalhes sobre suas novas motorizações e a Ford confirmar sua nacionalização durante o Salão de Detroit, o modelo ganhou um hotsite exclusivo.

Na página, que pode ser acessada neste link, a Ford mostra detalhes do visual do modelo, mas não dá pistas sobre o conjunto mecânico. Quanto a isso, sabemos que serão oferecidas duas opções de motor: 1.5 16V para as versões S (de entrada) e SE (intermediária), e Sigma 1.6 16V para a opção Titanium, topo de linha. O câmbio poderá ser manual ou PowerShift de dupla embreagem na versão mais cara.

Toda a produção será concentrada na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. O visual seguirá o mesmo padrão do modelo apresentado na Europa. Haverá novidades também na parte interna, com leves alterações no desenho do painel.

Para ver os dados de consumo do New Fiesta nacional com motores 1.5 16V e Sigma 1.6 16V, clique neste link.

Fonte: Ford

Publicidade

50 comentários

  1. ChalMust

    19 de janeiro de 2013 at 12:31

    Vai começar de novo a LENGA-LENGA da FORD com mais este lançamento.
    Seis meses de propaganda e nada de carro na css.
    Esperamos ao menos que este FIESTA venha bem abaixo dos R$40.000,00.
    Valeu

    • lfmorandini

      19 de janeiro de 2013 at 14:35

      o carro vai ser lançado em abril,portanto serao 3 meses e nao 6.
      mesmo sabendo da lerdesa costumeira da FORD, acredito que nao vao dar mancada com esse carro nao.
      até porque esta apostando alto e investindo alto pra fazer esse carro no nosso pais.

      trazer a versao 1.5 na casa dos 40 mil nao fara sentido nenhum,ja que o modelo mexicano ja vem por 45 mil(e ganharia abs e airbag em 2014 de qualquer forma)
      acho que chega com preços na casa dos 35 mil pra cima, e vai ate os 50 mil ou ate mais na top de linha.

      penso isso pois o Fiesta rocam acabara num futuro proximo, e o novo Ka ja chega esse ano tambem(pelo menos é o que dizem as linguas).

      o KA 4 portas top de linha ocuparia o mercado do fiesta rocam mais basicos e intermediario.
      Ja o new fiesta ocupa espaço do rocam top de linha que custa 38 mil reais.

      grande abraço.

      • Ok123

        19 de janeiro de 2013 at 15:43

        Calma, não é bem isso.

        1- Esqueça esse New Fiesta de 35mil. Só se for uma versão básica que só venha airbags e mais nada.
        2- Esqueça isso de que o Novo Ka na versão top ficará com preços de Fiesta rocam básico.
        3- Você tá certo. Estão investindo alto e acho que querem vender algo acima de 3mil carros por mês da versão hatch.

        O C3 tá vendendo nessa faixa das 3mil unidades e custa a partir de R$ 39 990.

        Então anote aí: serão 4 versões do New Fiesta: S 1.5 sem som e sem rodas por 40mil, SE 1.5 com rodas e som e algo mais por 44mil, SE 1.6 por 47/48mil com ESP e Titanium por 51/52 com 6airbags, couro e GPS e a versão automatizada custando 55/56mil.

        Já o Ka vai ser preço de VW Gol, Hyundai HB20 e Chevrolet Onix.

        • lfmorandini

          19 de janeiro de 2013 at 19:49

          Respeito mas nao vejo logica nenhuma na sua opiniao.

          Voce diz que o ka vai suprir o Rocam basico…e o new fiesta vem por 40 mil.
          ok.Segundo essa logica a FORD ficara sem carro nenhum da faixa dos 34 mil ate os 40 mil???

          JUSTAMENTE um dos preços que mais vendem de modo geral.
          acho isso totalmente incoerente com a proposta da empresa.

          O proprio presidente da FORD disse que o new fiesta brasileiro chega para ser um carro de massa,de volume.
          Duvido muito que iriam nacionalizar um produto,investir 500 milhoes na fabrica de motores para abaixar o carro 4 mil reais e vender 3 mil unidade por mes.

          nao vi coerencia na sua analise devido ao buraco que fica entre 34 mil e 40 mil.
          duvido que a ford fara isso.

          • Milton_GT

            20 de janeiro de 2013 at 17:24

            Você tem toda razão, já disse aqui que li no jornal OESP, entrevista do Presidente da Ford Brasil, que eles estão preocupados com o avanço da Renault e que vão vender o NF 1.5, a partir dos R$ 34.000,00 e que o objetivo dele é concorrer com o Onyx e com o HB20.
            As versões mais caras vendem pouco no Brasil, então venda o que vender está bom. Afinal a Ford nem está pensando em Fiat e VW (só os fanboys é que sonham com isso), pois primeiro ela tem que vender mais do que a GM o que é difícil, mas para mim parece que eles estão satisfeitos com o 4º lugar e só querem se defender da Renault.

          • lfmorandini

            21 de janeiro de 2013 at 1:37

            Pois é.Nao sei se vira por 34 mil( se o foco for o onix e o hb20 com certeza sera por esse preço,ate porque o fiesta rocam sera aposentado em pouco tempo,ate setembro ja nao tem mais rocam pra vender em massa)

            mas tenho certeza que vira abaixo de 40 mil.
            pode ate ser uns 37,38 mil.Sinceramente acho um exelente preço pelo carro.
            em termos de design ele ganha do hb20 e do onix sobrando.

          • Ok123

            21 de janeiro de 2013 at 15:32

            Hoje temos ka 2 portas, Fiesta rocam 1.0 e 1.6 e a versão sedan.
            No final do ano ou inicio de 2014, a Ford substituirá Ka e Fiesta rocam pela nova geração do Ka. Mas aí isso todo mundo já sabe, afinal toda mídia automotiva já falou isso, mas o maior mistério é em ralação a uma versão de entrada na Ford. Eles podem deixar o atual Ka como uma versão de entrada pra brigar com o Renault Clio ou então criar um carro mais barato que a nova geração do Ka, como será o Up! na VW. E a terceira hipótese é que a nova geração do Ka, mesmo com porte de Onix, fique pouca coisa mais barato que o Chevrolet. E a versão 2 portas do novo Ka faria o papel de carro de entrada.

            Quando G$ cair fora, chegará Up!, quando Celta cair fora, chegará Onix 2 portas, quando Mille cair fora, Fiat venderá o Uno ainda mais barato, afinal Palio é concorrente de Gol e Onix.

          • Ok123

            21 de janeiro de 2013 at 15:16

            lfmorandin, você entendeu errado ou eu que deixei dúvidas no ar.

            Então vou explicar melhor. New Fiesta partirá sim dos 40 mil na versão S 1.5, como disse acima.

            Quanto ao Novo Ford KA, ele será lançado no final deste ano de 2013 ou inicio de 2014, com porte de VW Gol, Chevrolet Onix e Hyundai HB20, terá versões de duas e quatro portas e uma versão sedan.

            Nunca falei que existirá "buraco" de preços na linha Ford.

            Você acha que um Novo KA crescido, com 4 portas e airbags, abs (obrigatórios), ar, direção, vidros, travas, alarme, custará quanto na versão 1.0? 34/35mil! E a versão com motor maior (que ainda não se sabe de será o 1.5 do NF) irá custar uns 3,5mil a mais, ou seja, uns 38mil. E uma top com rodas e etc brigando próximo do preço do NF S 1.5.

            Claro, a básica do novo Ka 4 porats deverá custar uns 30mil. Se for assim, a GM tem um buracão entre os 30,8mil do Onix 1.0 básico e o os 40mil do Ágile.

            OBS: não vamos sonhar. New Fiesta brigará com Punto, C3, Sonic, 208, Polo, Fit. Já o novo KA vem maior, renovado, com novas motorizações e versões. É o Gol da Ford.

    • V8_sempre

      19 de janeiro de 2013 at 19:10

      Com o que sabemos até agora… O modelo é mundial, achei muito bonito, com bons motores, e vai ser lançado em abril ! heheh

      Aguardemos os preços (Custo x benefício), que na pior das hipóteses estará no nível da concorrência e mais detalhes sobre esse 1.5 ! Aí depois a gente analisa o modelo… heheh !

  2. Roger_br

    19 de janeiro de 2013 at 12:38

    Espero sinceramente que com esse novo Fiesta, somados aos novos HB20 e Onix, a VW e Fiat se sintam forçadas a elevar o padrão de qualidade dos seus carros de entrada. A concorrência é muito bem vinda.

    Claro que isso só acontecerá se o consumidor também demonstrar que deseja produtos de qualidade e preços justos, e isso só é percebido pela indústria por números de vendas. Enquanto o Gol for o carro mais vendido e a imprensa continuar o elegendo o melhor carro do Brasil continuaremos na idade da pedra automobilística.

    • Gustavo73

      19 de janeiro de 2013 at 13:04

      A 4rodas fez o comparativo com o Onix HB20 , Gol e Palio. O HB20 e o Onix ficaram na frente do Gol. Quanto ao acabamento. Como já foi dito várias vezes não há grandes mudanças dentro desta categoria, mesmo com os novos lançamentos…Quanto ao preço o HB20 é o mais caro, tem ar de fábrica, mais o modelo de entrada não tem ABS…

    • fabio_augusto

      19 de janeiro de 2013 at 19:23

      O Gol pode ser o mais vendido mas longe de ser o melhor…

  3. Alvaro

    19 de janeiro de 2013 at 12:47

    Começou aquela palhaçada como a Eco, todos estavam enjoados da propaganda, mas o carro que é bom não aparecia., o próximo será o tal do misterioso novo ka. Não é de se admirar que a Ford não tem mais nenhum carro entre os 10 mais vendidos no Brasil.

  4. ricardo78scs

    19 de janeiro de 2013 at 12:50

    Vão extinguir o Fiesta "Rocam" na ocasião do lançamento do "New " New Fiesta ou vão coexistir por algum tempo???
    Se o Fiesta Rocam 1.6 completo + AB2 e ABS está saindo a R$33.900 (SP, com red. IPI), chuto que este 1.5 com os mesmos itens parta de R$39.990.
    Já o 1.6, deve ser mais caro que o mexicano atual, com acabamento piorado, é claro.

    • anderson_sp

      19 de janeiro de 2013 at 13:14

      Vai continuar na mesma, só a diferença é que ele vai ser fabricado aqui, vão coexistir até a chegado do novo Ka pra substituir o mesmo e o Fiesta Rocam, em versões hatch e sedan, os preços devem ser + ou – isso mesmo na versão pelada.

      • lfmorandini

        19 de janeiro de 2013 at 14:38

        exato anderson.
        o KA ja chega no 2 semestre e sera produzido em camaçari.
        Por isso acho pouco provavel a chegada do New fiesta na casa dos 40 mil…acho que ira sim ocupar o valor do fiesta rocam top de linha na casa dos 37 a 38 mil reais.

        o Ka chega pra substitutir o rocam intermediario e basico (na versao 4 portas do ka)

  5. Handlay

    19 de janeiro de 2013 at 13:03

    Ainda to apreensivo sobre os equipamentos, acho muito difícil ele manter os 7 airbags na versão mais cara, ou ter o acabamento legal que ele tem atualmente…

    • lfmorandini

      19 de janeiro de 2013 at 14:40

      igual ao de hoje em dia acho pouco provavel tambem.

      acho que tera um acabamento piorado nas versoes basicas…isso ocorrera sem duvida.
      tera um acabamento proximo ao punto e ao c3.

      nas versoes top de linha acredito que pode ter alguns itens melhores,mas comparar com o modelo mexicano acho bem dificil.

    • Gustavo73

      19 de janeiro de 2013 at 15:01

      Não vejo pq ele não manteria os 7 airbags na versão mais cara. O 208 terá 6, o C3 tem 4. Até a eco Top vem com 6…
      Com relação ao acabamento é lógico que as versões mais baratas terão um acabamento mais simples. Assim como o Fit e o City por exemplo. SE vc quer ter uma ideia de equipamentos é só dar uma olhada no site Ford inglesa. Só não se anime com os 6 airbags em todas as versões. Mais lá a versão mais básica é a 1.4 de 86 cv não tem ar, retrovisores e maçanetas são pretas e as rodas são de aço 14"…

  6. JACK

    19 de janeiro de 2013 at 14:39

    acho que poderá ter 7 AIR BAGS sim, a nova ECO tem os 7 air bags como opicional, além do mais, são da mesma plataforma os 2 carros…

    • Pil

      19 de janeiro de 2013 at 20:43

      o Eco tem 6 air bags, não tem 7.

  7. EDRUT

    19 de janeiro de 2013 at 18:01

    O MAIOR MICO QUE COMETIE NOS ULTIMOS TEMPOS FOI TER SAIDO DA FORD E MIGRADO PARA A FIAT, CHEVROLET E VOLKSW, FOI BURRADA TOTAL. MAIS ESTOU CADA VEZ MAIS PROXIMO DE VOLTAR DE VEZ PARA A CERTEZA DE MARCA DE CARRO, OU SEJA A FORD.

    • V8_sempre

      19 de janeiro de 2013 at 19:11

      Tbém adoro a Ford… Mas pq migrou entao? Ainda mais para 3 "outras" marcas? heheh

    • fabio_augusto

      20 de janeiro de 2013 at 16:48

      O primeiro carro que dirigi na vida foi o Fiesta "olho de gato" da auto-escola. Depois dirigi Gol, Polo, Palio, Classic, mas o Fiesta sempre me chamou a atenção pelo "equilíbrio" de conforto/estabilidade. Eu iria migrar pro Onix ou HB20, mas o novo projeto Value B, substituto do Ka e Fiesta, está me chamando a atenção.

  8. EDRUT

    19 de janeiro de 2013 at 18:05

    NA FORD APENAS TROCAS NORMAIS PRATICAVA. NAS OUTRAS MARCAS COMO FIAT, CHEVROLET, VOLKSW E OUTRAS PASSEI QUASE A MORA EM OFICINAS. POR ISSO DESEJO AOS NOVOS CLIENTES DA FORD QUE EVITEM ESSE MICO. USE FORD ATE APARECER A FORD PLUS HAHAHA

  9. Pil

    19 de janeiro de 2013 at 20:50

    Há um blogueiro afirmando que o Sigma 1,5 16v vai ter 107 cv com gasolina e 112 cv com álcool, e que o Sigma 1,6 16v VCT vai ter 123 cv com gasolina e 130 cv com álcool.

    Sendo assim, o 1,5 16v vai ter potência muito próxima do que tem hoje o 1,6 16v Sigma (sem o VCT).

    A Ford vai vender 8000 New Fiestas brasileiros ao mês (produção total no começo da produção), podem escrever.

    E o Ka/Ka sedan quando chegarem vai ser carro para 12.000 ao mês.

    • lfmorandini

      21 de janeiro de 2013 at 1:42

      Concordo.
      Isso claro se vier com preço acessivel.

      Se o new fiesta 1.5 vier na casa dos 35 mil,36 mil ou ate 37 mil, destruira o HB20 e o onix nesses valores.
      sera o fim do Onix 1.4 e do Hb20 1.6.

      alem de ser um carro melhor, o NF é infinitamente mais bonito…mesmo sendo uma opiniao pessoal,acho que isso e consenso, ainda mais com esse novo facelift da marca.Dai sim pode vender bem na casa dos 8 mil mesmo.(HJ vende uns 2 mil. O C3 vende 3 mil e tanto custando mais caro,sendo bem menos atraente ,e com uma marca com poucas ccs.)

      Ford Ka se vier algo parecido com o que a revista Car and Drive publicou sera sucesso monstro de vendas.Muito acima da concorrencia Fiat e Wolks.

  10. Snake

    19 de janeiro de 2013 at 22:03

    Alguém pode me responder se o new fiesta fabricado no Mexico também vai mudar?? se não ele ainda vai continuar sendo importado?

    • Gustavo73

      20 de janeiro de 2013 at 14:46

      Sim o NF recebeu estas mudanças no mundo todo, ná Europa já chegou a uns 3 meses. São exatamente iguais, fora um cromado ou outro. O NF sedan continuará vindo do México aqui só será fabricado por enquanto o Hacth…

  11. afonso200

    20 de janeiro de 2013 at 0:42

    de novo, todos carros AT somente na versao top. hb20 a mesma coisa….. o onix quando lançarem AT tambem só na versao LTZ 1.4, porque na LT 1.4 tambem não tem ???

    • Fake_of_Silva

      20 de janeiro de 2013 at 10:11

      Porque o preço talvez não justifique o investimento. Se você tem um LT 1.4 AT no mesmo preço de um LTZ 1.4 MT, eu acho que o LTZ responderia pela maiot parte das vendas.

    • Pil

      20 de janeiro de 2013 at 16:00

      Afonso200, a sua informação esrá incorreta, o modelo SE também terá câmbio Powershift, não somente a Titanium, veja na tabela do Inmetro:
      http://download.uol.com.br/carros/veiculos_leves_

  12. Douglas Alves

    20 de janeiro de 2013 at 2:51

    Podia ter opção de motorização 1.6 na versão intermediária. Mas tomara que esse 1.5 dê conta do recado para essa carroceria. Caso a Ford fosse um pouquinho tempestiva estaria bem mais confortável em nosso mercado e não teria a Renault Dacia fungando no cangote. Lança logo o novo Ka e traz logo o novo Focus que o negócio vai ficar bom.

    • Gustavo73

      20 de janeiro de 2013 at 14:48

      Terá Douglas segundo os testes de consumo vazados do inmetro serão 3 versões e dois motores. Hj só temos uma versão SE com três pacotes. ) 1.5 será na versão S e SE, e o 1.6 na versão SE e Titanium.

  13. ThiagoEcotec

    20 de janeiro de 2013 at 13:14

    Eu entendi errado ou eles afirmam que o Fiesta é o primeiro hatch global produzido no brasil? Acho que o próprio Ka, o Corsa, Golf, A3 dentre tantos outros carros hatchs que eram vendidos no mundo inteiro descordam da afirmação! Quanto ao carro, espero que a Ford lance logo. Mas para um carro produzido aqui, poderiam ao menos mirar a faixa de preços do Onix e HB intermediário, partindo dos 34, mas acho difícil, muito difícil. NO minimo 40 creio eu, com essa historia de carro global. Mas dependendo da Ford do brasil, haja paciência, paciência de Jó e ainda é pouco!

    • Gustavo73

      20 de janeiro de 2013 at 14:50

      Provavelmente eles estão falando do primeiro hatch global da Ford feito aqui. Já que o Focus sempre veio da Argentina…

      • r2_cwb

        20 de janeiro de 2013 at 20:10

        Com certeza…até mesmo porque o Fiesta foi lançado há pouco tempo nos EUA!

  14. arpass

    20 de janeiro de 2013 at 15:15

    ……não seria melhor esperar a "coisa" chegar nas revendas para sanar todas as devidas duvidas?????????????

  15. nãoconfionaglobo

    20 de janeiro de 2013 at 19:04

    Não achei esse carro bonito

  16. Guilherme

    20 de janeiro de 2013 at 21:55

    "O Ford que você não esperava."

    Só eu achei estranho essa colocação? A própria marca dizer isso, um pouco estranho, não?

  17. SANDRO

    20 de janeiro de 2013 at 22:21

    Eu também não, mas, devera ser o mais competitivo (vai acabar com a concorrência) na categoria. Vamos esperar pra ver.

  18. AmmmmmP

    21 de janeiro de 2013 at 12:30

    Esse aí é o Aston Martin dos emergentes. E a versão de entrada deve vir do jeito que o povo gosta no Carnaval: peladinha… e bem barata.

    Já vou lançar um hotsite alternativo para versões de entrada que vão dominar 2013: é a Premium Periguete.

  19. Gaucho02

    21 de janeiro de 2013 at 12:42

    Carro muito legal e moderno, mas já existe na argentina p ex há muitos anos.
    A Ford não respeita o consumidor brasileiro, por isso vendi o Focus e comprei um Cruze, que pelo menos está mais atualizado em relação ao exterior.

    • marciors01

      21 de janeiro de 2013 at 19:24

      Por outro lado o cruze é um carro para paises emergentes, na Europa custa bem mais barato do que focus, megane e astra, não está na primeira linha de carros desta categoria, seria um cobalt europeu.

      • Gaucho02

        22 de janeiro de 2013 at 15:32

        Realmente eu preferia ter um focus do modelo novo, mas aqui no Brasil o cruze é uma boa opcão.

  20. Luiz

    23 de janeiro de 2013 at 10:50

    Galera, eu estou com dinheiro e tudo certo pra comprar um New Fiesta modelo TOP (R$ 49.900) que tem hoje na concessionária. A questão é… vocês esperariam pelo novo modelo ou comprariam esse atual mesmo?

    Eu já tenho carro, a compra seria pra trocar por um melhor mesmo… não é urgência.

    • Sergio

      24 de janeiro de 2013 at 15:04

      Caro Luiz, com certeza esperaria. Dizem que o novo modelo pintará em abril. Você terá muita desvalorização caso compre o modelo atual. Penso eu.

      • Henrique_SSA-BA

        27 de janeiro de 2013 at 4:28

        Acho que a dúvida dele vem do "recheio" com tempero hermano e tbm visual…

  21. Carlos Sérgio

    28 de janeiro de 2013 at 1:37

    Alguém tem alguma informação neste sentido, vejam: Eu fui até uma concessionária e perguntei pra quando chegava o novo new fiesta…rs , não foi novidade ele disse que era final do ano..rrsrsr, claro, pensei "é óbvio" o cara é vendedor se ele disse que vai chegar em março, abril , vai ficar sem vender new fiesta até lá… e ainda tem carro em estoque neh.. fui em três ford mas a resposta é a mesma.. Outra coisa que não consegui entender é que reportagens falam que vai ter cambio automático, mas diz se é no hatch ou no sedan , ai o vendedor disse que era somente no sedan… na verdade queria entrar no cambio automático …fiz até uma reservar no hb aut. mas estou quase desistindo… o que acham!! abraço

  22. Henrique

    15 de março de 2013 at 13:25

    A Ford é lenta mesmo. E fica fazendo alarde em torno de um modelo já bem conhecido.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>