Chevrolet Spin: Impressões iniciais ao dirigir e Galeria de Fotos

Avaliação Chevrolet Spin

O Chevrolet Spin chega ao mercado brasileiro com a missão de substituir a Meriva, mas aparentemente, não para Zafira. O novo MPV da Chevrolet, definição dada pela marca ao invés de minivan, tem atributos que a superiores às da Meriva, mas não da Zafira. Confira as impressões iniciais ao dirigir e também os detalhes do modelo.

Avaliação Chevrolet Spin

Visual e interior

Começando pelo visual, o Spin carrega alguns detalhes de estilo que estão presentes no Cobalt, como a grade dianteira com uma espessa moldura cromada e também pelos vincos que dão efeito de luz e sombra na região dos para-lamas. A traseira tem linhas menos arrojadas e remetem um pouco ao Agile. Ao vivo, o resultado final é mais interessante.

Avaliação Chevrolet Spin

Na parte interna, o Novo Spin tem acabamento de desenho moderno que mescla tons claros e que agradam ao olhar, com exatamente o mesmo padrão de qualidade do Cobalt. Assim, podemos dizer que novamente está abaixo da Zafira, a qual carrega plataforma, motor e acabamento derivados de segmento de hatches/sedãs médios. Já em relação à Meriva, oferece um ambiente interno bem mais atual com o quadro de instrumentos derivado do Sonic com conta-giros analógico e o grande velocímetro digital. Muitos componentes, como alavancas de seta e lavadores, botões dos faróis e do ar condicionado além do volante são os mesmos dos recentes lançamentos Cruze/Sonic/Cobalt, concluindo com a iluminação de padrão ice-blue.

Avaliação Chevrolet Spin

Os bancos também são iguais os do Cobalt, confortáveis, mas com o apoio lateral elevado que passa a incomodar em longos trajetos. Apesar de todo o seu volume, o espaço para os passageiros que vão no meio é um pouco limitado, fato adotado para tentar acomodar melhor os ocupantes da terceira fileira. Por falar em terceira fileira, não tem mágica. Os dois ocupantes, se adultos, viajarão com as pernas bastante elevadas, sendo um pouco desconfortável. A melhor configuração de transporte é realmente levando duas crianças na terceira fileira.

Conjunto Mecânico

Durante o evento de lançamento, o CARPLACE teve a oportunidade de conversar com Paulo Riedel, Diretor de Engenharia de Produtos da GM Powertrain. A primeira pergunta foi sobre o motivo da escolha do propulsor 1.8 de 8 válvulas Econo.Flex ao invés dos modernos 1.6 16V Ecotec ou 1.8 16 Ecotec utilizados na linha Sonic/Cruze, respectivamente. A resposta foi direta: o planejamento era fazer um carro com bom custo x benefício, e que usassem os novos motores, não seria possível atingir os objetivos (preços) determinados pela estratégia da marca.

A segunda pergunta foi referente à relativa baixa potência do propulsor 1.8. Riedel respondeu que o brasileiro “compra potência, mas dirige torque” e completou dizendo que graças ao peso entre 1.202 kg (LT) e 1.255 kg (LTZ), o torque de até 17,1 kgfm atende bem ao público a que o carro se destina. “Este carro não precisa atingir mais de 200 km/h, como o Cruze”.

Dirigindo o Novo Chevrolet Spin

Dirigindo o Novo Spin

De fato, Riedel estava certo. Fizemos o test drive numa versão top de linha, Spin LTZ, equipada com câmbio automático de seis marchas, o mesmo do Cruze/Sonic, e com sete bancos. Ao iniciar o teste já foi possível associar o estilo de condução muito semelhante ao do Cobalt. Transportando três pessoas, as acelerações no trânsito ocorreram de forma satisfatória com trocas sendo realizadas de forma suave. O baixo nível de ruído interno também é elogiável.

Avaliação Chevrolet Spin

A direção com assistência hidráulica oferece respostas diretas e tem manuseio leve. A visibilidade geral é boa, no entanto, a coluna A interfere um pouco na visão diagonal, mas ainda assim é bem melhor do que situação entrada na concorrente J6.

Assim como o Cobalt, a suspensão tem ajuste firme e confortável, e que durante o trajeto, filtrou relativamente bem as imperfeições do solo. Pela altura do carro, como esperado, a carroceria inclina um pouco nas curvas, porém, a sensação de segurança não é afetada.

O câmbio automático de seis marchas trabalha bem com o motor 1.8 Econo.Flex. Rodando à 100 km/h na rodovia na sexta-marcha, praticamente nem se ouve o motor com conta-giros marcando cerca de 2.300 rpm. Quando atingimos a velocidade máxima permitida na rodovia, 120 km/h, o motor trabalhava com rotações entre 2.800 e 2.900 rpm. O desempenho na estrada foi satisfatório, mas em ultrapassagens, é preciso exigir mais do motor com algumas reduções de marchas. Nas trocas manuais, feitas através de botões na lateral da alavanca, as respostas são um pouco mais lentas.

Avaliação Chevrolet Spin

Apesar de ser uma medição superficial, com ar condicionado ligado durante 80% do percurso e três pessoas a bordo, o computador de bordo mostrou consumo oscilando entre 8,8 km/litro e 10,0 km/litro, provavelmente abastecido com etanol, rodando parte em trânsito parte em rodovia.

Por compartilhar a mesma plataforma com o Cobalt, o Novo Spin oferece um estilo de condução semelhante ao do sedã, ou seja, mais refinado do que a antecessora Meriva. O rodar é confortável e silencioso e atenderá bem os consumidores que precisavam de um carro maior para família. Por outro lado, em relação à Zafira, os consumidores não encontrarão na Spin um carro de padrão ligeiramente, o que já é percebido pela faixa faixa de preços mais baixa. Desta forma, dizer que a Spin também substitui a Zafira não seria uma consideração correta. Com uma lacuna nesta faixa de preço superior, a marca já prepara espaço para o lançamento de um carro mais refinado, papel que deverá ficar a cargo do futuro Trax/Enjoy.

Ficha técnica 
Chevrolet Spin 2013 1.8 Econo.Flex

RESUMO
Modelo:
 Spin 1.8 Econo.Flex
Carroceria / motorização: MPV, 5 ou 7 passageiros, 4 portas, motorização dianteira, tração dianteira
Construção: Aço galvanizado nos painéis exteriores
Fabricação: São Caetano do Sul, São Paulo, Brasil

MOTOR
Modelo: N18XFH
Disposição: Transversal
Número de cilindros: 4 em linha
Cilindrada (cm3): 1.796
Diâmetro e Curso (mm): 80,5 x 88,2
Válvulas: SOHC, duas válvulas por cilindro
Injeção eletrônica de combustível: M.P.F.I. (Multi Point Fuel Injection)
Taxa de compressão: 10,5:1
Potência máxima líquida
(ABNT NBR 5484 – ISO 1585): Etanol: 108 cv a 5.400 rpm/Gasolina: 106 cv a 5.600 rpm

Torque máximo líquido
(ABNT NBR 5484 – ISO 1585): Etanol: 17,1 mkgf a 3.200 rpm/Gasolina: 16,4 mkgf a 3.200 rpm
Combustível recomendado: Gasolina comum e/ou Etanol
Rotação máxima do motor (rpm): 6.300
Bateria: 12V, 50 Ah (50 Ah com ar-condicionado)
Alternador: 80 A (100 A com ar-condicionado)

TRANSMISSÃO
Modelo: F17-5CR – Manual de 5 velocidades à frente sincronizadas
Relação de marchas:
Primeira: 3,73:1
Segunda: 2,14:1
Terceira: 1,41:1
Quarta: 1,12:1
Quinta: 0,89:1
Ré: 3,31:1
Diferencial: 4,19:1

Modelo: GF6 – Automática de 6 velocidades com Active Select
Relação de marchas:
Primeira: 4,45:1
Segunda: 2,91:1
Terceira: 1,89:1
Quarta: 1,44:1
Quinta: 1,00:1
Sexta: 0,74:1
Ré: 2,87:1
Diferencial: 3,72:1

CHASSIS/SUSPENSÃO
Dianteira: Independente do tipo McPherson com molas helicoidais, amortecedores telescópicos pressurizados e barra estabilizadora
Traseira: Semi independente, com eixo torsão, barra estabilizadora no eixo traseiro, molas helicoidais e amortecedores pressurizados
Direção: Pinhão e cremalheira com assistência hidráulica
Direção redução: 16.0:1
Direção número de voltas: 2,87
Diâmetro de giro (m): 10,88

FREIOS
Tipo: Discos ventilados dianteiros, tambor traseiro
Disco diâmetro x espessura (mm):
Dianteiro: 256 x 24; traseiro: tambor 230 x 45
RODAS/PNEUS
Rodas: 15 x 6J
Pneus: 195/65 R15

DIMENSÕES
Distância entre eixos (mm): 2.620
Comprimento total (mm): 4.360
Largura carroceria (mm): 1.735
Largura total (mm): 1.953
Altura (mm): 1.664
Bitola (mm): Dianteira: 1.503; traseira: 1.509
Altura mínima do solo (mm): 136
Peso em ordem de marcha (kg): 1.202 (LT); 1.255 (LTZ)

CAPACIDADES
Porta-malas (litros): 162 (LTZ, 7 Lugares); 710 (LT, 5 lugares)
Carga útil (kg): 510 (LT); 495 (LTZ)
Tanque de combustível (litros): 53
Óleo do motor (litros): 3,25 (3,5 com o filtro)
Sistema de refrigeração (litros): 5,0
Sistema de partida a frio (litros): 0,50

DESEMPENHO
Transmissão Manual
Velocidade máxima (km/h): Etanol: 171/Gasolina: 170
Aceleração 0 a 100 km/h (s): Etanol: 11s4
Gasolina: 12s0

Transmissão Automática
Velocidade máxima (km/h): Etanol: 165/Gasolina: 164
Aceleração 0 a 100 km/h (s): Etanol: 12s8/Gasolina: 12s9

Galeria de Fotos: Chevrolet Spin

Publicidade
  • http://hobbytrem.blogspot.com Cristiano

    COMO É NOJENTO SER PAGO PARA OSTENTAR MERDA ATÉ ELA PARECER QUE É COISA BOA.

  • jordano

    muitas pessoas poderão decidir a compra desse carro a partir dessa reportagem. Por isso é extremamente fundamental informar se o rendimento obtido no teste foi com etanol ou com gasolina. Dizer que foi "possivelmente etanol" é lamentável. Sugiro confirmar a informação precisa com a GM e lançar nova reportagem ou complemento dessa por favor.

  • Antonio Farias

    PQ não usaram o design mostrado no slide "Cínica" ?
    com certeza sairia um modelo bonito

  • http://twitter.com/daniel_lucena @daniel_lucena

    Como diria o meu avô: Isso é um verdadeiro REBOSTEIO!

  • nilo

    Eu acho que o consumidor está cansado de ver esses quebra-cabeças que a montadoras impoem ao mercado brasileiro. Tá mais do que na horas de exigir carros com tecnologia de ponta e acabamento de primeiro mundo.

  • christopher

    os 7 lugares me impressionam e o cambio automático também más o que me impressiona mesmo é o preço
    não é qualquer carro bonito que tem esse preço

  • Eduardo

    Decepção. Aguardava ansiosamente por conhecer o carro e fiquei decepcionado. O carro não é bonito nem tão pouco confortável. Só vale realmente pelo espaço interno. O negócio foi diminuir custos para poder competir com Livina e J6. Vou sentir saudades da Zafira

  • Douglas

    Linhas e acabamento insatisfatório uma mistura de Agile e Cobalt a Zafira bem que poderia ter um substituto melhor!!!

  • Zézin

    merda. horrível ..esse design de grade de carroça que a chevrolet está lançando no mercaado foi a pior linha lançada até hoje… tentaram copiar a frente do Sentra da Nissan nesses layouts da grade frontal… aacho q n rolou n … e esse tanto de plástico interno nos acabamentos ..perde originalidade interna.. tinham q investir em algo diferente, fugir um pouco do acabamento popular de plástico…

  • celso ferreira

    Nossa, eu não entendo como essas marcas com tanta evolução, ainda continuam a fazeresses carros com interior de uma pobreza tão grande, os controles de ar ninguém tem coragem de inovar, sempre com aqueles botões sem vida, na cor vermelha para um lado, azul para o outro, que falta de imaginação. Bom, também não fizemos por merecer mais que isso mesmo né?

  • Petrucio

    Que saudade do monza ano 1990

  • George

    Se não gostou não compra!!!! Eu gostei e achei massa (bonito, barato, espaçoso e com motorzão) e vou comprar, se vc não tem R$ para comprar problema seu, ande de ônibus!!!!!
    E aposto que vai vender muitooooooooo!!!!!!!!!

    • Lúcio

      Concordo tb gostei e vou comprar uma, tudo bem que a traseira não é lá essa blz grega, mas todo resto compensa!!!!! (1.8, espaço, itens de série, 07 lugares, preço, 03 anos de garantia e ser da GM – várias autorizadas pelo Brasil)

      • Bill

        1,8 com 108cv de potencia… isso é o mesmomo motor 1,3 de carro chinês (J3) com um diferencial… os deles são a gasolina…. a unica vantagem é ter cambio automatico… porém com essa motorização pode ficar a vontade… é muita falta de conhecimento tecnico, abacaxi com 5 ou 7 lugares

  • Jeff

    Enquanto isso… A Kia dando um banho em design, e vendendo Picanto 1.0 top a 50.000, só porque tem "O" desenho!!!
    Na verdade, isso tudo da Chevrolet ainda é o resto dos Monzas e Kadetts. Motores velhos e beberrões.
    Vai vender bem pra Taxi. To fora!!

  • Lili

    Pessoal vai na concessionária ver o carro antes de criticar, não é o design mais lindo do mundo, digo isso porque fui até a concessionária vê-lo, porém é um veículo funcional, elegante e confortável, pelo menos a versão LTZ A/T que estava no show room. Também achei horrível quando vi por foto, mas pessoalmente chama a atenção, e tinha diversas pessoas interessadas em comprar, vai vender muito pelo custo/benefício.

  • Lili

    A maioria das pessoas que criticam não tem dinheiro pra comprar nem mesmo a versão mais básica…a realidade é essa!!!

    • Lico

      Concordo plenamente. Aliás, um velho ditado diz que quem desdenha quer comprar. Achei lindo! Economia com combustível? Eu nem penso nisso… Abraço p quem se morde de inveja e não pode comprar um!!!

    • http://osinimigosdorei3.blogspot.com Leandro Kraus Berg

      Acho que você está enganado. Eu tenho verdadeiro PAVOR deste erro estético que a GM está cometendo em seus carros no Brasil e, no entanto, já tive Ford Explorer V8, Mercedes Classe C e, agora, um VW Jetta TSi de 200 cavalos. Todos acima de 90 mil reais e carros que todo dia quando entrava na garagem eu tinha e tenho a satisfação de olhá-los como objetos de desejo e de bom gosto. Agora, como diz Caetano Veloso, "chamei de mau gosto, mau gosto…"

    • tim

      quem fala mal nao tem dinheriro , e com certeza anda de carro velho.

      • tim

        Quem fala mal não tem dinheiro, e ainda anda de carro velho. Comprei uma 5 lugares automática, completona, tem espaço pra caramba.

  • ITALLO.MG

    ESSE CARRO FICOU PARECENDO UM FILHOTE DE CRUZ CREDO.!!! MEU DEUS OS DESIGNERS DA CHEVROLET ESTAVAM COM SONO OU GANHARAM POUCO PARA PROJETAR O CARRO???. NADA COMBINA COM NADA. FRENTE ESQUISITA, TRASEIRA HORRÍVEL, INTERIOR MARROM BREGA. DESSA NOVA SAFRA QUE A CHEVROLET COLOCOU NO MERCADO BRASILEIRO SOMENTE O CRUZE SEDAN QUE SE SALVA.

    • SP2

      A Chev deve estar substituindo os designers por pedreiros, pegaram o Agile e fizeram um “puchadinho” com frente de Cobalt e motor monzatec família I.

    • ALAM

      MOTOR DO DOBLO!!! POVO SEM CULTURA

  • ITALLO

    VENDO A FOTO QUE MOSTRA A LATERAL COM A TRASEIRA, CONFESSO QUE FIQUEI COM MEDO. GOSTARIA DE SABER QUEM FOI O PORCO-SPIN QUE PROJETOU ESTE CARRO. SIMPLESMENTE
    RI-DÍ-CU-LO. MAS DEVE VENDER BEM , COMO TAXI OU CARRO DE FUNERARIA.

    • tiago

      prefiro um jac j6 ainda

  • magog_brasa

    É povo, inconcebível! Temos muito trabalho pela frente mesmo. Apesar da ampla divulgação na internet sobre o absurdo dos preços praticados pelas montadoras no Brasil e o que poderíamos comprar com o mesmo valor lá fora, vem a chevrolet e… Pasmem! Tem a coragem de lançar mais um veículo com o motor do Monza! Era só baixar um pouco a margem de lucro e instalar os motores Ecotec, demonstrando um pouco de respeito ao consumidor brasileiro. Mas não. E olha que esses ecotec não são coisa nova não, já deviam estar rodando por aqui desde meados da década de 90.

  • maria

    Prefiro a J6 da JAC com 136 cv

  • taxista

    Sou taxista em s.p,ja possuí uma Meriva e estou na terceira Zafira,fui na conc. e que decepção,este Spin nao substitui nem a Meriva a altura,quanto substituir a Zafira…nem vou comentar.

  • Carlosr2011

    Por incrível que pareça ao vivo ela não é tão medonha. Achei até suportável. Compraria uma , se não fosse o motor monzatec beberrão.

  • sergio

    Nao sei q tem com esse designers da chevrolet, a frente do carro ta legal a traseira deixa a desejar a parte do parta traseira p traz as linhas ficaram estranhas, o agile tem a frente horrivel a trazeira foi bem feita, ja o cobalt com frente do agile da nao muito feio a frente grande caio bem so p montana por ser pickup, tem q ver os conceitos de linhas dos carros!!!

  • Eduardo

    Tenho um MERIVA, quero trocar pelos comentarios creio que vou desistir… mais irei ver para confirmar as posições postadas.

  • Igor

    Vi pessoalmente, melhor que em fotos, mas mesmo assim ainda me parece um carro adaptado para funerárias. Essa traseira é escrota, e se olharmos bem para os carros mostrados na clínica, são muito mais bonitos que a versão final. Aliás, nunca vi um carro final ser mais bonito, ou ao menos, parecido com os de clínica. Bom custo-benefício mesmo assim.

  • senor

    Quanto será que vai custar esse monstro aí? 60 ou 80 mil?
    Brasileiro burro vai comprar achando que tá abafando.
    Carro preferido das funerárias com certeza…

    • n0n3br

      55 mil LTZ completa com câmbio automático.A LT completa com câmbio automático custa 50.

  • angelo

    não troco a minha Zafira por isso ai…

  • carlos

    Bem fico lendo tanta besteira….o motor pode não ser dos mais modernos mas sua manutenção e barata, quanto a ser beberrão tenho duvidas de qual critério as pessoas analisam, pois tenho visto carros 1.8 bem mais modernos e bem mais gastadores que este.

  • DANIEL

    Eu tinha um meriva easytronic e hoje estou com um NISSAN LIVINA X GEAR AUTOMÁTICO, e posso falar que o NISSAN é bem melhor, e vai continuar melhor que esse spin, é MUITO MAIS MOTOR, MAIS POTÊNCIA, MAIS TORQUE, MAIS TUDO!!

  • Nelson

    Esperava trocar a minha Zafira, por um carro ainda melhor e a GM apresenta esse Spin horrível, a decepção foi muito grande e pelo que tenho acompanhado a opinião é geral. Quem quer um carro tão feio e com painel de motocicleta! Lamentável lançamento. Não troco jamais a minha Zafira, por isso aí.

  • lourenço

    eu estive na revenda gm e continuo com minha opiniao , pouco espaço nos bancos traseiros alem de ser feia!!

  • Julio

    Eu prefiro o GRAND LIVINA, que cá pra nós, da um banho nesse agile de fralda todo cagado e sem direção elétrica…

  • Alexandre

    Bem eu comprei, desculpe os donos de Livina que para mim tem um designer de merda, Achar que a Zafira é mais bonita…. Pts ….. Sendo sincero não é realmente um carro com um super designer mas não é feio, e o preço vai fazer dele o carro mais vendido da categoria 55000,00 versão LTZ automático completo. Tive muita dificuldade de comprar pois em todas as revendas estava esgotado com espera de 30 dias….

    • André

      "desculpe os donos de Livina que para mim tem um designer de merda, Achar que a Zafira é mais bonita…. Pts" comprei também. Vendo a Spin ao vivo, ela não chega a ser o desastre como as pessoas dizem aqui. Estou satisfeito.

  • luiz

    faltam bastante coisa e o preço não é la estas coisas também
    bom falta iluminação ao longo do carro, mjito pouca iluminação
    falta um lugar para colocar os óculos item indispensável ao motorista
    falta ar condicionado ao longo do carro
    a terceira fileira o banco é interriço, não é bi partido
    falta um espelho interno para visualizar melhor dentro do carro
    falta pontos de energia ao longo do carro
    a lanterna traseira é feia e desproporconal ao carro
    falta um pouco mais de cilindradas pelo menos 130 a 140 cilindradas
    no zafira tem uma bandeja atrás no spin não tem
    falta porta revista na terceira fileira é muita coisa mesmo que falta pelo preço poderia ser bem melhor o que eles estão oferecendo. quase 60.000,00 na cor metálica 57.000,0 aproximadamente, muito caro
    Po meu ajuda ai vai.

  • luiz

    complemento o meu comentario anteior
    faltou o cinto de 3 pontas no meio da segunda fileira e o encosto de cabeça fundamental para não quebrar o pescoço.
    merece ja um dvd de vez cd cd ja esta ultrapassado meu.

  • luiz

    falta iluminação ao longo do carro, falta ar condicionado ao longo docarro, falta, encosto de cabela e cinto de 3 pontas na segunda fileira, falta banco bi partido na 3 fileira, falta mais potencia, falta um espelho interno com aumento para ver os bancos de traz, falta uma lanterna traseira mais bonita, falta indicação de seta nos retrovisores, falta ponto de energia ao longo do carro, falta porta revista na 3 fileira, falta a bandejinha que tem no meriva nos bancos de trás, falta um dvd, o cd ja esta ultrapassado.
    obs: Ao longo do carro é 2 e 3 fieliras
    dica providenciar mudanças drasticas e rápidas para ontem
    esclarecimento: a demora da entrega e não é por que esta vendendo muito, é por que na fabrica de são paulo esta parada devido a mobilização de funcionários,esta nos jornais, não é por que esta vendendo muito e que a produção esta lenta mesmo.
    Eu vou comprar um spin mais so depois dessas mudanças.
    depois disso tudo vem falar que o carro esta barato esta dentro do preço do segmento.

  • ANGELO

    FALTA MUITA COISA NO SPIN, FALTA: CINTO DE 3 PONTAS, ENCOSTO DE CABEÇA NO MEIO DA 2 FILEIRA, BANCO BI PARTIDO NA 3 FILEIRA, LUZ E AR AO LONGO DO VEICULO, PONTOS DE ENERGIA AO LONGO DO CARRO, UMA TRASEIRA FEIA, FALTA ESPELHO INTERNO COM AUMENTO. É MUITO CAR PARA TANTA FALTA DE ITEM E FEIO HEIN

  • jeanbrazao

    SIMPLESMETE RÍDICULO, A GM CONSEGUIU FABRICAR UM CARRO MAIS FEIO QUE O AGILE, QUE COISA HORROROZA !!! A FRENTE RIDÍCULA A GENTE JÁ CONHECIA, MAIS ESSA TRAZEIRA E ESSA LATERAL , SIMPLESMENTE TORPE !!!!

  • Jael

    Pela quantidade de mensagens aqui dá pra ver como a GM chama atenção com este carro. Vai ser mais um sucesso de venda, seja mordeno ou ultrapassado, bom ou ruim o produto.

  • paulo

    até que enfim determinada classe poderá adquirir as chamadas minivan ou……..MPV, como queiram. É antigo e certo " QUEM PODE, PODE, QUEM NÃO PODE SE SACODE". Gosto é gosto e quem pode, compra Kias, Hyundais, Hondas, CAPTIVAS e etc. Lançaram um carro que atenderá a necessidade da família e que o desenho não é horrível, inovador sim, causa impacto. Tudo pelo custo/benefício e daí!!!! Vcs passam 24h dentro de um automóvel? Tem brasileiro passeando em carro de 100 a 200 mil e morando de aluguel, isto quando não perdem para as financeiras. Parabéns! Quem sabe um dia poderei comprar o meu!

  • Trouxa Brasileiro

    Caro antigo na Europa , com nota baixa , carro ultrapassado mecanicamente ,pois usou um versão só BRASILEIRA , motor e nosso.Infelizmente continuamos a ser engandos pelas montadoras.

  • carmen lucia

    Gostei e ja encomendei a minha Spin LTZ dourada na SINOSCAR, pena ter de esperar trinta dias para rodar.Como a maioria está criticando, não vão botar olho grande, vou poder andar descansada. Não entendo como uma pessoa que olha apenas fotografias sem entrar no carro e sem testá-lo pode criticar. Falaram o mesmo do Agile e é só olhar nas ruas, caiu no gosto popular daqueles que tem condições de rodar com carro zero.

  • Francsisco

    Estamos para compra uma SPIN LT no caso a do meio fiz o teste drive,gostei do carro mais tem três coisas que me chamou atenção,o hack do teto,a tampa interna da mala e os sensores de ré que é uma coisa simples para o tipo do carro,observando o design sem o hack o carro fica sem estetica,e a falta da tampa da mala interna fica um vazio e como o carro é grande os sensores de ré faz falta por isso até o momento estou em dúvida como cliente da CHEVROLET a mais de 25 anos no tempo do chevette,cheve,kadett,monza,corsa sedan e espero que revejam estes itens que são necessarios.

  • Oswaldo

    Dia 21/07 encomendei a minha. Uma Spin LT II (rodas + radio mp3) na cor prata. O vendedor disse que entregaria na segunda quinzena de agosto. Vou deixar uma zafira elite aut prata 2005 como parte do pagamento. O acabamento e motor da zafira é tão bom! Eu gosto do design dela, mas tá muito velha e achei melhor renovar. Na loja não tinha uma para eu comparar. Só depois que a GM reformulou o site deu pra ver que as rodas da Spin LTI-II sao iguais do Cobalt LTZ. Achei uma pena mesmo nao ter bancos deslizantes, retrovisores eletricos, farois de neblina, sensor de estacionamento, modulo de levantamento dos vidros eletricos, rack longitudinal no teto e computador de bordo (comum no Agile). Eu entrei numa Spin LT-I e achei os bancos traseiros muito retos e duros. Parece uma tábua. E o espaço para as pernas no banco de trás é pequeno, apertado. A GM oferece ABS e Air Bags de série como se fosse um favor que elas nos faz. O brasileiro enche a boca pra dizer: meu carro tem abs e air bags como se fosse um acessorio de conforto e nao algo que deveria ser obrigatorio para a nossa segurança. No Brasil somos aqueles bonecos dos Crash Test. Somos cobaias das montadoras! E pior, pagamos por isso!

  • eliton

    eu tive um astra agora tenho vectra 2010 vou trocar esse carro por uma outra marca que seja carro de brasileiro ahahahahahahhah

  • http://twitter.com/Dan_lemos @Dan_lemos

    zuadooo,10 mil vezes a zafira doque esse ovo ai!

  • Carlos

    A ZAFIRA fez historia, marcou umanova era no segmento que representa e, certamente, a Spin nao alcançará o seu sucesso. Mais um ero de estratégia comercial da GM, que insiste em subestimar o gosto do brasileiro, lançando carros insossos.

  • p4ul0

    Se esse carro é feio assim "Novo" imagina quando ficar "Velho" e pior, imagina um "Acidentado".

  • MARIO

    ESTOU NO MEU TERCEIRO CARRO ZAFIRA. CONFIAVEL, VERSÁTIL E BEBERRÃO, MAS AS VANTAGENS SUPERAM ESSE PONTO NEGATIVO. PORQUE NÃO ATUALIZARAM O CARRO???? NA MINHA OPINIÃO ATUALIZAR O MOTOR E DESENHO, RENDERIA BOM RESULTADO. TIRAR UM CARRO JÁ CONSOLIDADO NO MERCADO INTERNO SENDO QUE CONCORRENTE(NA MINHA OPINIÃO), SÓ HÁ O KIA CARENS E QUE OPEL ZAFIRA CONTINUA SENDO VENDIDO É LASTIMÁVEL. É PROVAVEL QUE EU VÁ PARA O KIA.

  • Anonimo

    Bando de recalcado que não deve ter dinheiro pra comprar uma lata velha!!! Não é o carro perfeito, a traseira dele realmente não é bonita, mas vale o custo benefício! Um monte de brasileiro ferrado, se achando um americano ou europeu milionário… Esse é o Brasil!

  • sergio pires

    eles poderiam ter deixado pelo meno a traseira da meriva ai sim ficaria muito bonita e venderia muito