CARPLACE

Avaliação: Nissan Versa SL 1.6 16V

Nissan Versa SL 2012

Avaliamos durante uma semana o Nissan Versa na versão top de linha, a SL, equipada com motor 1.6 16v flex. Durante o período de testes foi possível confirmar as impressões bem como as qualidades do sedã compacto que tem como os principais oponentes o Chevrolet Cobalt, Renault Logan e Fiat Siena. Confira a avaliação.

Nissan Versa SL 2012

Visual

O Nissan Versa adota um design bem peculiar que não é exatamente uma unanimidade mas não chega a ser feio. Ele tem comprimento de 4,47 metros, quase o tamanho de um sedã médio, porém com largura de 1,69m, ou seja, está dentro da média dos compactos.

Nissan Versa SL

A frente tem estilo agradável com a grande grade cromada se destacando e faróis arrendondados invadindo um pouco os para-lamas, característica da nova identidade global da Nissan. Na lateral tem estilo moderno com vincos e terceira janela com desenho invertido.

Nissan Versa SL 2012

Na parte traseira as lanternas de tamanho médio invadem a lateral, que juntamente com a queda abrupta do teto, confere um aspecto não muito agradável à traseira, sendo este o ponto fraco do sedã em nossa opinião.

Nissan Versa SL 2012

Acabamento interno e equipamentos

Nissan Versa SL - Acabamento Interno

O interior do Versa adota acabamento na cor preta tanto nas portas, quanto nos bancos e painel. De uma forma geral o aspecto é simples e não transmite luxo, o que nem é exatamente a proposta do carro. As peças possuem encaixes corretos e os materiais de boa qualidade, embora o painel adote plásticos rígidos, mas que não se refletiram em ruídos internos.

Nissan Versa SL 2012 - Bancos

Os bancos acomodam bem e são confortáveis. O espaço no banco traseiro surpreende mesmo com os bancos dianteiros totalmente recuados. Os interruptores dos vidros elétricos e destravamento central ficam na porta e não possuem iluminação, o que incomoda um pouco a noite tornando o destravamento uma tarefa complicada.

Nissan Versa - Comandos dos vidros

Os comandos dos retrovisores elétricos ficam à esquerda do volante em uma posição escondida e de visualização difícil no escuro. O painel de instrumentos tem ótima iluminação nesta versão SL, o que contribui para leitura e não cansa à noite. As informações de temperatura do motor e nível de combustível aparecem em barras de fácil visualização além disso em visor central, assim como as informações do computador de bordo. Falta a indicação de temperatura externa.

Nissan Versa SL - Quadro de instrumentos

O console abriga o sistema de som que, embora não tenha entrada USB e Bluetooth, oferece som de boa qualidade. Ele possui destravamento à distância mas os vidros não possuem função um toque para subida e descida (apenas o do motorista para descida) e nem temporizador (tempo extra que possibilita fechar os vidros após desligar o motor) mesmo na versão top, algo que já está se tornando comum até em alguns carros médios.

Dirigindo o Nissan Versa

Nissan Versa - Dirigindo

O banco com regulagem de altura acomoda muito bem o motorista e o volante tem regulagem apenas de altura e não de profundidade, mas que mesmo assim permite encontrar boa posição para dirigir.

Ao dar a partida nota-se o funcionamento suave do motor 1.6 16v de 111 cv com etanol. O isolamento acústico está dentro da média e no uso até 3.000 rpm está bem adequado. O sedã tem saídas rápidas e o propulsor empurra o modelo sem esforço. Levando em conta o peso de apenas 1.069 kg, a relação peso/potência é bem favorável.

Dirigir o Versa na cidade é tarefa fácil, auxiliada pela direção elétrica extremamente leve e de boa precisão, além da leveza da alavanca de câmbio que conta com engates fáceis e justos e da embreagem de acionamento suave e com bom curso do pedal.

A suspensão tem ajuste no meio termo entre conforto e firmeza que para dirigir tranquilamente é ideal. Quem aprecia uma condução mais nervosa vai perceber que a carroceria rola um pouco em curvas, mas não vai incomodar a grande maioria dos motoristas.

Na estrada, o Versa apresenta boa desenvoltura para um propulsor 1.6 com boas acelerações e retomadas. A estabilidade é boa, porém como dissemos, em curvas acentuadas a carroceria rola um pouco. Incomoda um pouco a direção que permanece demasiadamente leve mesmo acima de 100 km/h, não passando tanta firmeza quanto seria desejável. Passando dos 100 km/h o nível de ruído dentro da cabine avança pela cabina, mas não chega a desabonar.

Consumo

Nissan Versa - Consumo

Nos primeiros dias, rodamos com o Versa predominantemente na cidade, com trânsito pesado e trajetos curtos. Nesta situação, as três primeiras marchas eram utilizadas em 90% do tempo, o que resultou em um consumo de apenas 6,5 km/litro utilizando etanol. Porém, como o Versa tem a fama de ser um carro econômico, principalmente entre os proprietários, nos esforçamos com um estilo de condução muito mais comedido, mesmo dentro da cidade, tentando sempre colocar a maior marcha possível. Com vias mais livres, e em corredores expressos com velocidade média de 60 km/h, chegamos a surpreendente marca de 14,0 km/litro também com etanol. Com o Versa, ficou ainda mais nítido que o estilo de condução e o tipo de trajeto faz toda a diferença para se obter um bom consumo. Na estrada, com velocidade média de 120 km/litro, apuramos a média de 11,5 km/litro utilizando etanol.

Nissan Versa - Consumo

Conclusões

Em nossa opinião, o Versa tem atributos para enfrentar muito bem a concorrência no segmento, apesar de não ser luxuoso e não possuir alguns detalhes que poderiam melhorar um pouco a vida a bordo. Ao dirigir o modelo principalmente na cidade ele mostra suas qualidades graças a eficiência do conjunto mecânico aliado a suavidade dos comandos, baixo consumo, qualidade de construção e bom custo-benefício.

Pontos positivos:

- Direção elétrica
- Conjunto mecânico
- Desempenho
- Consumo
- Custo x benefício

Pontos negativos:

- Acabamento simples
- Design

Galeria de Fotos: Nissan Versa SL

Ficha Técnica

NISSAN VERSA 2012
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
1.6S 1.6SV 1.6SL
Carroceria
Arquitetura Sedan , 4 portas, 5 lugares, tração dianteira
Coeficiente Aerodinâmico (cx) 0.318
Motor
Tipo 1.6L, 16 válvulas, CVVTCS*, bicombustível (etanol/gasolina), 4 cilindros e acelerador eletrônico
Cilindrada 1,598 cm³
Potência 111 cv @ 5.600 rpm (álcool / gasolina)
Torque 15,1 kgfm @ 4.000 rpm (álcool / gasolina)
Taxa de Compressão 9,8:1
Diâmetro de curso 78 x 83,6 mm
Sistema de injeção Eletrônica Multiponto Seqüencial
Transmissão
Tipo Manual 5 marchas
Relações de marchas
3.727
2.047
1.392
1.029
0.820
3.545
Diferencial 4.070
Performance
Velocidade máxima 189 Km/h
Aceleração 0 – 100 km/h  11,1 s (gasolina) / 10,7 s (etanol)
Consumo Urbano (ABNT)  13,6 km/l (gasolina) / 8,9 km/l (etanol)
Consumo Estrada (ABNT)  18,8 km/l (gasolina) / 13,0 km/l (etanol)
Suspensão
Suspensão dianteira Independente tipo McPherson com barra estabilizadora
Suspensão traseira Eixo de torção com barra estabilizadora e molas helicoidais
Freios/ Rodas/ Pneus
Dianteiros Discos ventilados com 260 mm de diâmetro
Traseiros Tambor com 203 mm de diâmetro
Rodas Aço, 15″ Liga leve, 15″
Pneus 185/65 R15 185/65 R15
Bitolas dianteiras 1.480 mm
Bitolas traseiras 1.485 mm
Dimensões
Comprimento 4.455 mm
Largura 1.695 mm
Altura 1.514 mm
Distância entre-eixos 2.600 mm
Espaço para cabeça 1.011 mm (frente) / 930 mm (atrás)
Espaço para ombros 1.312 mm (frente) / 1.318 mm (atrás)
Espaço para joelhos 572 mm (atrás)
Espaço para quadris 1.222 mm (frente) / 1.173 mm (atrás)
Espaço para pernas 1.063 mm (frente) / 940 mm (atrás)
Capacidades
Porta-malas 460 litros
Tanque de combustível 41 litros
Tanque auxiliar de partida a frio 0,5 litro
Peso em ordem de marcha 1.052 Kg 1.068 Kg 1.069 Kg
Direção
Tipo Elétrica com assistência variável
Diâmetro de giro 10,6 m
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Intervalos de revisão 10 mil km
Garantia 3 anos, sem limite de quilometragem
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
1.6 S 1.6 SV 1.6 SL
Arquitetura Sedan , 4 portas, 5 lugares, tração dianteira
Motorização Motor 1.6L, 16 válvulas, CVVTCS*, bicombustível (etanol/gasolina), 4 cilindros e acelerador eletrônico
Cilindrada 1,598 cm³
Potência máxima 111cv @ 5600 rpm (etanol / gasolina)
Torque máximo 15,1kgfm @ 4.000 rpm (etanol / gasolina)
Sistema de injeção Eletrônica Multiponto Seqüencial
Transmissão Manual 5 marchas
Direção Elétrica com assistência variável
Suspensão Suspensão dianteira Independente tipo McPherson com barra estabilizadora
Suspensão traseira Eixo de torção com barra estabilizadora e molas helicoidais
Freios Freio Discos ventilados dianteiros com 260 mm de diâmetro e tambor na traseira com 203 mm de diâmetro
Dimensões e capacidades Comprimento 4.455 mm
Largura 1.695 mm
Altura 1.514 mm
Distância entre-eixos 2.600 mm
Porta-malas (VDA) 460 litros
Tanque de combustível principal 41 litros
Peso em Ordem de Marcha 1.052 Kg 1.068 Kg 1.069 Kg

 

1.6 S 1.6 SV 1.6 SL
Câmbio
Câmbio Manual de 5 marchas
Conforto e Conveniência
Abertura interna do porta-malas -
Acabamento dos bancos em tecido
Ar quente com 4 velocidades e recirculação de ar
Ar-condicionado
Banco do motorista com regulagem de altura
Banco traseiro bipartido 60/40 -
Computador de bordo
Console central inteiriço com porta objetos e 3 porta copos (2 dianteiros e 1 traseiro) - -
Console central inteiriço com porta objetos e 4 porta copos (2 dianteiros e 2 traseiros) -
Conta-giros
Desembaçador do vidro traseiro com temporizador
Direção elétrica progressiva
Iluminação interna central
Pára-sol com espelhos de cortesia para motorista e passageiro
Porta malas com iluminação -
Portas dianteiras com porta objetos e suporte para garrafa
Retrovisores externos com regulagem elétrica -
Spots de leitura para motorista e passageiro dianteiro -
Tampa de combustível com abertura interna
Tomada de 12V integrada ao console central
Travas elétricas das portas e porta-malas com acionamento por controle remoto
Vidros dianteiros elétricos com função “one touch” para abrir o vidro do motorista - -
Vidros dianteiros e traseiros elétricos com função “one touch” para abrir o vidro do motorista -
Volante de três raios com regulagem de altura
Aparência
Calotas integrais -
Faróis de neblina - -
Grade frontal com acabamento cromado
Maçanetas externas com acabamento cromado -
Maçanetas internas com acabamento cromado - -
Painel de Instrumentos “Fine Vision” - -
Retrovisores externos na cor da carroceria -
Revestimento das portas em tecido -
Rodas de aço de 15” e pneus 185/65 R15 -
Rodas de liga leve de 15” e pneus 185/65 R15 - -
Segurança
Airbags frontais para motorista e passageiro
Alarme de advertência sonoro para chave no contato e lanternas acesas
Alarme perimétrico com acionamento por controle remoto
Apoios de cabeça dianteiros com regulagem de altura (2)
Apoios de cabeça traseiros (2)
Bloqueio de ignição através de imobilizador do motor
Cintos de segurança dianteiros com pré-tensionador e limitador de carga
Cintos de segurança traseiros de 3 pontos retráteis 2x 3x 3x
Freios ABS com Controle Eletrônico de Frenagem (EBD) e Assistência de Frenagem (BA) - -
Limpador de pára-brisa com 3 velocidades (com controle intermitente) -
Limpador de pára-brisa com 9 velocidades (com controle intermitente ajustável) - -
Pontos de ancoragem para cadeiras infantis (ISOFIX) -
Travamento automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento
Sistema de áudio
Preparação para áudio com antena e 2 alto-falantes - -
Rádio CD Player com função MP3, entrada auxiliar, conexão para iPod e 4 alto-falantes -
Publicidade

48 comentários

  1. Kenn

    2 de setembro de 2012 at 9:48

    Acho um belo carro por fora, mas muito simplório por dentro. Ao contrário do Sentra, que para muitos é feio por fora, mas é muito mais carro que o Versa.

    P.S.: gostei da cor.

  2. subzero99

    2 de setembro de 2012 at 10:35

    Fiz um teste drive logo na semana que o carro chegou ao Brasil no ano passado e digo novamente: o ponto fraco do Versa é o seu interior, mais precisamente no que diz respeito aos acabamentos da direção, câmbio e console central (parte do ar condicionado). As bocas centrais do ar condicionado também não agradam. Poderiam colocar uma textura aqui e outra acolá para ficar mais agradável, além de uns acabamentos cromados para passar a impressão de algo mais requintado. Fora isso, o carro é ótimo. O motor é imbatível, sem concorrentes na categoria. No geral, classificaria o Versa em primeiro, empatado com o Grand Siena e a mil anos luz do Cobalt.

    • odirrr

      2 de setembro de 2012 at 9:54

      É uma pena que nessa categoria cara carro tenha tantos poréns…

      O Versa tem o porém do seu interior. De fato parece um carro dos anos 90.
      O Grand Siena tb peca no acabamento um pouco, mas ele parece ser mais adequado em todos os pontos, mesmo que não brilhe excessivamente em algum.

      O Cobalt de fato é muito feio (senso comum), e o motor 1.4 não se adequa a carros com mais de 1t, mas é de longe o mais confortável e com melhor interior, fato que na minha classificação pessoal não o deixa tão atrás assim dos dois.

      É uma categoria em que depende das prioridades de cada um para decidir o que pegar.
      Particularmente eu prefiro o Grand Siena por ao menos não pecar muito em nenhum quesito, mesmo que não tenha o motor do Versa ou o conforto do Cobalt.

    • afonso200

      2 de setembro de 2012 at 18:48

      é o interior volante e comando do painel central são feios, mas meu vizinho ta fazendo na estrada 17km/l com gasosa, e na cidade 11-12 km/l ….17km/l faz o novo picanto AT, o manual faz 19, o antigo picanto fazia 22 no manual e 19 no AT

      • Felipe K

        2 de setembro de 2012 at 21:16

        Confirmo que é verdade!

        Tenho um march 1.6S, tirei ele da concessionária, completei o tanque com gasolina e rodei 550 km até minha casa. Com subida de serra no caminho e muitas ultrapassagens, após rodar 390 km parei num posto e completei o tanque de combustivel mais uma vez… computador de bordo e pelo volume abastecido bateu em 17km/l em um motor 0km!
        Agora o carro só anda em cidade e trânsito pesado (hora do hush) e faz 10 km/l com gasolina.

        Acho que o March poderia ter a quinta marcha mais longa… o carro tem força de sobra e a impressão é que fica pedindo uma sexta marcha quando rodando em rodovias.
        Sinto falta de um isolamento acústico melhor, ABS e câmbio com relação mais longa, ao menos na quinta… tornaria o carro mais econômico ainda! Na próxima troca de pneus vou colocar um com diâmetro de giro maior, vai ajudar um pouco. O interior é simples, mas esta é a proposta do carro… concordo que poderia ter um pouco de mais de cor… é tudo preto. Os bancos estão entre os melhores e mesmo no March o espaço traseiro é descente, no Versa dá para cruzar as pernas! Mas ainda assim, é um carro para 4 pessoas, o quinto fica esmagado.

      • Jonas

        5 de setembro de 2012 at 9:02

        tenho um Grand Siena Essence 1.6 e estou fazendo quase 12 na cidade, e fiz 16.8 na estrada.

        Na hora da escolha, avaliei os 3, e de fato o Grand Siena foi a melhor opção pra mim pelo conjunto da obra.

        • Heleno

          3 de janeiro de 2013 at 16:49

          Vende nos EUA? E o crash test latincamp passa? Brasileiro analisa beleza e não transmissão, motor, manutenção, …

          • Paulo Santos

            16 de fevereiro de 2013 at 7:56

            Sem dúvida… Se um fusca for mais bonito que um BMW, e custar o mesmo, o mané compra o fusca.

    • Heleno

      3 de janeiro de 2013 at 16:53

      O único item que peca no carro é a tapeçaria que solta pelos. Tecnicamente é superior a todos seja pelo CVVT, pelo 1.6 16v, pelo consumo, pela qualidade japonesa, pelo custo de manutenção, pela Direção Elétrica (nos outros ainda é hidráulica), por ser o único no mercado dos EUA, por receber 5 Estrelas no crash test (quem tem criança sabe a importância desta avaliação), pelo espaço interno superior, pelo bagageiro, pela estabilidade,……………………………

  3. Leandro1978

    2 de setembro de 2012 at 11:42

    Ficou bonito nesta cor (gosto de carros na cor azul-escuro). O acabamento me parece estar na média do segmento, embora o Cobalt me pareça ligeiramente melhor, ao menos na top. Mais uma vez lamento a ausência do abs nas versões de entrada (também ocorre em outros). Mas enfim, me parece ser um carro correto para a sua proposta.

  4. vi0lator

    2 de setembro de 2012 at 12:42

    Pessoal, esse caro poi pensado desde o primeiro rabisco para ser um carro barato. Não esperem acabamento de Sentra num Versa.

    • Kenn

      2 de setembro de 2012 at 14:45

      é…. mais podia ser um pouquinho melhor como disse bem o subzero.

    • HenriqueHJ

      2 de setembro de 2012 at 23:37

      pra quem não sabe, brasil ( tinha que ser aqui mesmo ) é o único país do mundo que o versa utiliza o painel do March. no resto do mundo incluindo a america latina utiliza o painel que foi pensado para o versa.

      fizeram só pra economizar uns 50 reais.

  5. Armando

    2 de setembro de 2012 at 12:53

  6. moreira

    2 de setembro de 2012 at 12:56

    renault nissan da de dez a zero na kia hyundai eu acho

  7. Nivaldo

    2 de setembro de 2012 at 13:26

    Acho os comentários descabidos, pois fazem confusão, o Versa tem que ser comparado com os da sua classe e preço, e ademais, a motorização nissan, é imbativel, e um carro embora tenha um acabamento espartano, mas honesto, o interessante é que, quando se lança um produto um pouco melhor, que vai mexer na mesmice, do nosso mercado, as pessoas, criticam, acho que criticar é valido, mas penem em uma critica construtiva, principalmente naqueles, que querem mudar, nem que seja um pouco as nossas opções

  8. Landrutt

    2 de setembro de 2012 at 13:47

    Hoje é inadmissível o sistema de som não ter uma entrada USB, seja no painel frontal ou no console, porta-luvas, não importa. Me sinto de volta a 2006 quando quase nenhum veículo trazia isso. Se eu fosse consumidor desse tipo de veículo o Versa já estaria sumariamente eliminado das possibilidades de compra. Pelo menos tem entrada auxiliar, mas é inconveniente porque obriga a pessoa a usar um cabo P2-P2 solto dentro do carro.

    • Leandro1978

      2 de setembro de 2012 at 15:23

      Vou ser sincero, embora goste deste "mimo", para mim não é fundamental. Eu vejo a ausência do abs nas versões de entrada como algo mais sério, isto é, eu deixaria de comprar um modelo pela ausência de abs e/ou airbag, mas não pela ausência de usb.

      • pcastilho2000

        2 de setembro de 2012 at 17:51

        Brasileiro, né, meu amigo? Pra ele, essas coisas bobas são prioridades, agora Air Bag e ABS são coisas dispensáveis.

        • pcastilho2000

          2 de setembro de 2012 at 20:42

          kkkkkkk… volta pro NA!

          • Landrutt

            2 de setembro de 2012 at 20:52

            Pra onde você foi banido por insultar os outros?
            Foda-se.

          • Landrutt

            2 de setembro de 2012 at 22:20

            Vai pro Jalopnik então, jumento de merda. Deve ser um fanboy da Nissan, resta saber se realmente tem um Versa ou se tem um Celta…ou se anda no carro do pai ou pega 3 conduções por dia.

        • Henrique

          9 de fevereiro de 2014 at 13:24

          Até Fiat Uno tem ABS! Há Nissan vacilou!!!! :(

    • HenriqueHJ

      2 de setembro de 2012 at 23:28

      se a montadora me der 2 air-bags laterais na versão SL. por mim pode vir ate sem som e sem auto falantes.

      o engraçado é que ele tem entrada para Ipod/Iphone e não USB. eu tenho um Iphone e ipod furreca então não vai me fazer falta entrada USB. mas pra mim a entrada USB ou Bluetooth não é o principal item para a aquisição do carro. o principal eu considero itens de segurança e cambio automatico como o segundo item a ser considerado, resto se chegar no carro é lucro. de uns 12 anos pra cá. carro que não tem Airbag, ABS não entra aqui em casa e se tiver cambio CVT é um ponto a favor para a compra.

    • Rafael Comper

      10 de janeiro de 2013 at 15:44

      Na real, voce pode pegar um sistema de som igual com USB, pagando R$25,00 de diferença, assim como fiz quando comprei o meu.
      Meu irmão tem um Grand Siena e já está arrependido e pensando em trocar por um Versa tbm que é muito mais carro.

      • Pedro

        20 de fevereiro de 2013 at 15:11

        Um cabo Adaptador Usb F X P2 M Tblack Iphone,mp3,mp4, Pendrive custa 7 REAIS no ML

  9. Mr. Car

    2 de setembro de 2012 at 14:45

    Ficaria entre ele, e um Logan automático. O Cobalt com motor 1.8 também seria uma opção, não fosse o mais caro da turma. Bonito, nenhum dos três é, mas acho Logan o melhor conjunto, seguido do Cobalt (que só não gosto da frente), e o Versa ficando por último, já que nele, só gosto da frente.

    • Erimario Avila

      2 de setembro de 2012 at 19:33

      Concordo, tenho um Logan Automatic 1.6 11/12 com ABS e Air Bag e confirmo é um excelente carro considerando sua categoria X Custo beneficio.

      • pcastilho2000

        2 de setembro de 2012 at 20:44

        Qual o consumo? Dizem que mesmo AT, continua com bom consumo.

  10. D7V5

    2 de setembro de 2012 at 16:11

    Design peculiar o texto diz. Acho polemico. Design mais para o neutro, mas sem graça. Ainda bem que parece contar com qualidade de acabamento.

    • Alex-BH

      2 de setembro de 2012 at 21:11

      Traseira derretida. Sem mais…

  11. Erimario Avila

    2 de setembro de 2012 at 19:39

    Possuo um Logan Automatic 1.6 com ABS e AIR BAG, RODAS DE LIGA, VE NAS 4 PORTAS e digo o Cambio é muito bom pois ,e automatico(DE VERDADE), diferentemente deeses automatizados da Volks, Fiat e GM. O fator negativo ,e que so possue 4 velocidades. Paguei 38K no meu com 1800 KM rodados e ano modelo 2011/2012 cor cinza metalico.

    • Luciotz

      3 de setembro de 2012 at 9:10

      Emariano, qual o consumo com câmbio AT? O carro responde bem (desenvoltura e trancos, principalmente)? Me interessei por um Sandero, mas fiquei receoso com o consumo.

  12. Erimario Avila

    2 de setembro de 2012 at 19:43

    DE FATO É UM EXCELENTE CARRO

  13. Ozanio Lauro

    2 de setembro de 2012 at 19:43

    Interessante essa questão de design. Parece que o cara tem que sair na rua com um carro feio porque a montadora que passar o recado: "esse carro é feio porque o mano não pode comprar o bonito que é mais caro". Agora essa história de ABS e AirBag já passou da tolerância zero. Já deveriam ser obrigatórios. Além disso, tem a estrutura dessas bagaças que são inferiores aos carros importados.

    • Daniel

      3 de setembro de 2012 at 9:51

      Acho o comentário da bestcars sobre esse assunto perfeito: se esses carros fossem bonitos, com bom acabamento e motores modernos, quem compraria os sedãs médios por 15/20 mil a mais? O Cobalt é o melhor exemplo… É feio e tem motor ultrapassado, mas tamanho e dirigibilidade similar ao de carro médio.

  14. leo

    8 de setembro de 2012 at 0:06

    Prefiro mil vezes o cobalt R$ 43.000 vc compra 1 completo 1.8 automatico e o carro nao é feio como dizem mts defendem essas marcas importadas e inventao desculpas ridiculas… estao falando do motor 1.4 do cobalt que é mt bom mas ninguem falow do motor 1.8 automatico ne??? fora acabamento interior conforto que da de 10 a 0 no versa e no siena que é um pouco melhor que o versa. vamos ver o ipva seguro MANUTENÇAO desvalorizaçao do carro c os anos comprem o versa rsrsrs… ai quero ver o bolso chora.

    • Wanderley Scherr

      26 de agosto de 2013 at 13:14

      O que vc gastar a mais de combustível e na manutenção do cobalt vai ser muito mais do que os itens que você citou. Faça as contas!

  15. Patrese Marinho

    9 de novembro de 2012 at 15:07

    No geral, particularmente o Versa agrada, porem o designer da traseira deixou um pouco a desejar. Não sei bem explicar, mas quando se vê o Versa mais de longe e andando eu noto que as rodas ficaram desproporcionais, são finas demais comparadas a traseira do carro e creio que mesmo colocando uma aro maior não fará diferença. Tem alguma coisa que não deu certo ali!

  16. Andrezza

    1 de dezembro de 2012 at 2:04

    Em relação à traseira, se colocar o aerofólio acho que melhora a aparência. O que me deixou preocupada agora foi essa questão do ipva, manutenção e desvalorização. Acabei de pegar o meu na ccs, meu primeiro 0Km, estou muito feliz!

  17. brito

    12 de janeiro de 2013 at 15:14

    TENHO UM VERSA, E GOSTEI MUITO DA MINHA AQUISIÇÃO.
    EXCELENTE CONSUMO TANTO DENTRO DA CIDADE COMO NA ESTRADA.
    FIZ UMA VIAGEM RECENTEMENTE DE 350KM, RODANDO NUMA VELOCIDADE ACIMA DE 120, COM O AR LIGADO E COM 250KG DE PESO HUMANO. FIZ UMA MÉDIA DE 15 KM/L. GOSTEI DO DESEMPENHO DO MOTOR E DA ESTABILIDADE NAS CURVAS. COISA QUE O GRAND SIENA DEIXA A DESEJAR DEVIDO O ENTRE-EIXO MENOR EM 15cm QUANDO COMPARADO COM O VERSA.

  18. Vimar

    9 de fevereiro de 2013 at 18:03

    Acabei de adquirir um Versa LS.
    Espero que a ausência de limpador de vidro traseiro não faça falta.

  19. Pedro

    20 de fevereiro de 2013 at 15:05

    Peguei um Versa SL 0 km ontem em e fiz 200 km, velocidade na média de 100 km/h e a metade da viagem com ar ligado. Deu 16.9km por litro. Conforto ao dirigir e muita estabilidade mesmo numa breve esticada a 150 km/h.

  20. Júnior Leite

    16 de setembro de 2013 at 18:34

    Para um Sedã de porte médio o Versa é um excelente automóvel, tirei o meu 0 Km no ano passado, fiz agora a revisão de 10.000 Km (um ano garantia), estou muito satisfeito com o carro. Devido aqui na Bahia não valer apena usar o etanol só rodo na gasolina, dentro cidade faz em torno de 10 Km / litro e na estrada 12 km/ litro (sempre com ar ligado), para o motor de 111 cv o Versa tem uma boa arrancada, retomada e uma establidade muito segura, freios seguros, muito de curva e econômico para o seu tamanho, porta-malas muito bom e espaço interno bem a vontade.. Custo benefício:comprei em 31/07/3013 por R$ 42.000,00, seguro anual R$ 2.000,00, Emplacamento R$ 1.000,00 (aqui na Bahia) e revisão de garantia na concessionária R$ 172,00. Fato acontecido: após comprar o meu, mais três parentes e um amigo, após dar uma volta no Versa, já adquiriram e todos estão satisfeitos. Asseguro, o carro é muito bom.

  21. Evandro

    27 de março de 2014 at 14:31

    O versa e um bom carro! Principakmente em uma viagem longa e pota malas cheio.

    Realmente, tenho que admitir, esteticamente nao e bonito, mais e um veiculo muito funcional e agradavel na dirigibilifade.

  22. Douglas

    1 de maio de 2014 at 19:36

    o versa e um carro potente,economico,funcional, e as ruas estão cada dia mais cheias de versa .Não preciso falar mais nada tecnologia japonesa.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>