Avaliação: Chevrolet Spin LTZ entrega bom padrão de dirigibilidade

Avaliação Chevrolet Spin LTZ

O Garagem Carplace avaliou durante uma semana a grande aposta da GM no segmento de minivans: a Chevrolet Spin. A unidade cedida pela marca é a versão de topo, a LTZ, equipada com o câmbio automático sequêncial. O modelo que a Chevrolet classifica como MPV (Multi Purpose Vehicle) tem a missão de substituir a Meriva e a Zafira. Confira nesta matéria todos os detalhes e impressões sobre a Spin LTZ.

Visual

Foto da frente da Chevrolet Spin

A nova Chevrolet Spin adota um visual que não lembra em nada os modelos que ela substitui, se destacando pela frente com os grandes faróis e a grade bipartida que são marca registrada da nova identidade da Chevrolet. Pelo porte mais avantajado, esta dianteira casou melhor com o modelo.

Foto da lateral da Chevrolet Spin

Nas laterais, a Chevrolet Spin tem vincos semelhantes ao do Cobalt, com ressaltos nas áreas próximas aos para-lamas. Por ser um carro grande, a área envidraçada pode ser considerada relativamente pequena. Na traseira, as lanternas remetem a outro modelo da marca, o Agile.

Foto da traseira da Chevrolet Spin LTZ

Acabamento e equipamentos

O interior segue o padrão de design e materiais utilizados no sedã Cobalt, que em nossa opinião, é agradável com cores claras e embora tenha aspecto simples, utiliza materiais de boa qualidade. No entanto, algumas peças poderiam ter um capricho melhor no alinhamento.

Foto do Painel da Nova Chevrolet Spin

A lista de itens de série e adequada ao preço, quando comparado aos concorrentes, entregando na versão básica LT os freios ABS, airbags frontais, ar-condicionado, direção hidráulica além de vidros e travas elétricas.

Bancos Chevrolet Spin

Os bancos são muito confortáveis, mas assim como no Cobalt, os apoios laterais são muito saltados e podem incomodar um pouco em longos trajetos. O acesso aos comandos é fácil e prático sem complicações sendo que na versão avaliada, a LTZ, havia ainda comandos de som no volante, retrovisores elétricos e sensor de ré com aviso sonoro. O sistema de áudio com MP3/USB/Bluetooth com os devidos ajustes proporciona um som de boa qualidade.

Bancos do meio da Chevrolet Spin

Na versão de sete lugares, a fileira do meio fica com os assentos em posição fixa e muito vertical, o que pode incomodar um pouco. Na última fileira o espaço é reduzido, mas mesmo assim é possível levar dois adultos desde que não tenham estatura muito elevada.

Travas de acesso do banco da Chevrolet Spin

O sistema de rebatimento dos bancos é feito através de travas que não são difíceis de acionar e que contam com um pequeno cordão para prender os mesmos quando estão dobrados.

Impressões ao dirigir

Volante da Chevrolet Spin

Ao entrar no modelo nos deparamos com a posição de dirigir bem alta, o que é agradável diante da proposta do carro. A visibilidade também é muito boa à frente e nas laterais. Ao ligar o motor é notável o bom isolamento acústico que absorve de forma satisfatória os ruídos externos e do motor.

O motor 1.8 sofreu modificações para reduzir consumo e emissões e acabou tendo a potência reduzida para 108 cv com etanol e torque máximo de 17,1 kgf/m. O motor tem funcionamento um pouco áspero acima de 3.000 rpm. mas o fato é atenuado pelo bom torque disponível em baixas rotações e pelo bom isolamento acústico.

Suspensão Chevrolet Spin

A Spin tem uma suspensão bem acertada, oferendo firmeza e segurança na condução não apresentando oscilações excessivas na carroceria e ao mesmo tempo proporcionando conforto ao rodar, um dos pontos altos do modelo em nossa opinião. Na estrada também passa segurança mesmo sendo um carro alto com estabilidade correta em curvas mais acentuadas.

Em rodovias pode-se trafegar em sexta marcha com rotação em torno de 2.100 rpm a 100 km/h e baixo nível de ruído. Por ser um modelo com proposta familiar ele foi conduzido como tal e o consumo em trechos urbanos ficou na marca de 6,2 km/l e na rodovia chegou à marca de 9,0 km/l, sempre abastecido com etanol.

Câmbio automático - Chevrolet Spin

O câmbio sequencial de seis velocidades efetua as trocas com suavidade, porém é muito lento nas mudanças em velocidades mais baixas, fato que incomoda no trânsito urbano. Na estrada, o câmbio automático trabalha bem melhor e oferece uma condução mais prazerosa.

As frenagens são satisfatórias com um pouco de inclinação e sem desvio de trajetória graças ao sistema ABS com disco na dianteira e tambor nas rodas traseiras.

Conclusões

Chevrolet Spin LTZ

O Spin é um modelo concebido para mercados emergentes e apesar disso possui boa qualidade de construção e acabamento dentro do esperado. O modelo substitui a Meriva com um projeto que adota plataforma e câmbio mais modernos além da melhor dirigibilidade e conforto. De fato a Spin não tem os refinamentos e a sofisticação presentes na Zafira, como o ótimo sistema Flex-7 dos bancos traseiros da veterana, mas oferece projeto moderno e bom custo-benefício.

Como pontos positivos, destacamos a boa dirigibilidade, muito parecida com a do Cobalt, acabamento interno com visual agradável, o conforto e os itens de série. O consumo da versão automática, apesar de nada absurdo, e a ausência do sistema Flex-7 para os bancos traseiros são os pontos que consideramos negativos.

No geral, a Chevrolet Spin, pelo preço e aplicação a que se destina, possui um conjunto de características positivas que se sobressaem e que a tornam uma opção interessante para quem precisa espaço para até sete pessoas. O motor 1.8, apesar de entregar apenas 108 cavalos, atende bem à minivan graças ao seu bom torque de 17,1 kgfm entregue em baixas rotações.

Preços do Chevrolet Spin

Spin LT 1 – R$ 44.590
Spin LT 2 (com rodas de liga leve) – R$ 45.990
Spin LT 3 – Câmbio automático – R$ 49.690

Spin LTZ 1 – R$ 50.990 (traz faróis e lanternas de neblina, rack de teto, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento, controles no volantee acabamento diferenciado)
Spin LTZ 2 – Automático – R$ 54.690

Avaliação em Vídeo

Confira também, na terceira parte do programa CARPLACE TV, mais detalhes da avaliação da Chevrolet Spin:

Galeria de Fotos

Publicidade

69 Comments

  1. Leandro1978

    14 de agosto de 2012 at 19:36

    A impressão que tenho é que a Spin substituiu bem a Meriva, mas não a Zafira. Basicamente, a GM tirou de linha a Zafira e não colocou nenhum modelo em seu lugar. Acredito que uma substituta a altura seria a Orlando, que, inclusive utiliza a plataforma do Cruze e possui o sistema Flex-7 ou similar. Pessoalmente não sou fã de minivans, mas caso fosse optar por uma, acho que tenderia a escolher a LT-2. Duas dúvidas, a última fileira, quando levantada, gera ruídos? Há alguma proteção que esconda objetos deixados no porta-malas?

    • CARPLACE

      14 de agosto de 2012 at 19:53

      Não percebemos barulhos ao rodar com a terceira fileira dobrada. A unidade avaliada não tinha proteção (tampo) na área transformada em porta-malas.

    • zemarreta

      15 de agosto de 2012 at 16:28

      Leandro, talvez só com a nova Carens (parece que chega ano que vem) haja um substituto a altura da Zafira, e com câmbio AT moderno de 6 marchas, ESP, airbags laterais, cinto de 3 pontos em todos os bancos, etc. O problema é a Kia deixar essa faixa de uns 70 mil reais, subir no salto alto e tentar brigar em preço com a Grand Picasso.

      • VERDADE_RODAS

        16 de agosto de 2012 at 8:36

        Espere a nova Carens por 90 mil

        • zemarreta

          16 de agosto de 2012 at 13:42

          Eu já estou imaginando é em mais de 100mil mesmo… :(

  2. Alvaro

    14 de agosto de 2012 at 20:04

    Acabei de ver uma ao vivo, a traseira é meio feia, mas deve ser um ótimo carro para a família, confortável e espaçosa.

    • V8_sempre

      15 de agosto de 2012 at 17:07

      Jamais eu diria linda… Mas de "feio"…

      Só achei a traseira estranha tbem ! Parece q essas lanternas são pequenas demais… Ou não casam com o design !

  3. Rodrigo

    14 de agosto de 2012 at 20:11

    Eu vi uma de perto, não achei ela feia não, aliais minivans em geral são feias, existem as outras que são bonitas, como a Touran da Volkswagen e um modelo da própria Opel na Europa. Porém para o mercado brasileiro ela é até bonita, ainda se formos analisar que a nova concorrente que a Fiat esta preparando para o mercado brasileiro, a Fiat 500L, se for aquela que vazou os desenhos, é feia, prefiro a Spin.

    • Milton_GT

      15 de agosto de 2012 at 13:56

      A Fiat tradicionalmente só faz carros bonitos, não me lembro de ter visto um Fiat que fosse feio. Aliás a VW faz a mesma coisa, só tem carros bonitos. Agora, da GM não posso dizer o mesmo, já vi muitos carros GM feios (Agile, Montana, essa Spin)

      • Bruno PR

        15 de agosto de 2012 at 15:07

        Fiat – Multipla
        VW – não se arrisca então não erra, mas não deixa ninguém feliz.
        Chevrolet – essas merdinhas são para países emergentes

      • V8_sempre

        15 de agosto de 2012 at 16:54

        Gosto é gosto, graças a Deus !

        FIATs feios ? Eu assinaria Doblo, modelos " série 500", Idea…. E vejo a maioria dizendo isso sobre o NOVO UNO… Mas particularmente… Prefiro o NOVO UNO ao NOVO PALIO !

        Gosto é gosto…

        Só quem não ousa em design… Não correria o risco de ouvir um "credo" ! Mas tbem não tiraria suspiros de ninguem ! Certo VW ?

        • V8_sempre

          15 de agosto de 2012 at 17:03

          Em tempo…

          O recurso de "pouca área envidraçada" nas laterais… É para aumentar a impressão de robustez do modelo e faze-lo parecer ainda maior do que é !

          O Chrysler 300C (Onde até o para-brisa era pequeno) é que abusou desse recurso e pode ter servido de inspiração para esses novos GM. Onde ser e parecer grande e robusto… É claramente o MAIOR foco desses COBALT e SPIN !

          Alias… Vide vendas… Realmente parece que países em desenvolvimento valorizam isso!

  4. ADALBERTO OZELIM

    14 de agosto de 2012 at 20:51

    Podem procurar defeito e falar mau – mas uma coisa é certa a GM está inovando em preço , colocando um veículo completo com cambio automático por R$ 54.690,00 , para os padrões de preço do Brasil , isso é um ´´tapa na cara´´ das outras ´´exploradoras´´ digo montadoras, ótimo começo de uma reviravolta na concorrência , tomara que venda ´´as pampas´´ e que incomode bastante, as outras 3g.

    • Emerson Moura

      15 de agosto de 2012 at 9:51

      A Livina automática custa 47.000 com motor 1.8. Fiz o teste drive da Livina e da Spin e apesar do cambio automático da Spin ser mais moderno a impressão que fica é que a Livina trabalha melhor, pelo menos na cidade. O que eu achei muito estranho, pq o cambio da GM deveria estar anos luz na frente. Talvez não esteja casando bem com esse motor jurássico.

      • V8_sempre

        15 de agosto de 2012 at 17:14

        Posso te contar uma coisa estranha? Nunca vi uma LIVINA nas ruas ! Ao menos, por foto, acho bem mais bonita !

      • Wellington_L

        16 de agosto de 2012 at 10:00

        Bem…, o propulsor do modelo da Nissan é deveras bem mais moderno – desta forma traduzindo-se em melhor eficiência…

        De qualquer forma, ambos os citados possuem boa relação de custo/benefício em suas versões de cinco e sete lugares – com méritos e deméritos distintos…, é claro.

        Enfim, somente a específica demanda do consumidor é que poderá apontar uma melhor escolha nesse comparativo.

      • Stark

        26 de agosto de 2012 at 17:20

        A Livina, incluindo o Sentra, são aqueles carros que todos preferem na internet mas na vida real ninguem tem coragem de ter..

        Desculpa mas 47k por ela ou 50k na Spin, é melhor levar a Spin por conta de marca, assistencia, concessionarias, manutenção, e tudo mais.. O que economiza na compra, talvez essa economia vai por água abaixo mais pra frente..

  5. JPaulo

    14 de agosto de 2012 at 20:54

    Nossa! Quando olhei para essa frente quase cai da cadeira tamanho o susto. Vai ser feia assim na casa do chapeu kkkkkk.

  6. Luan

    14 de agosto de 2012 at 21:46

    Pessoalmente quando parei para ver as imagens não achei feia não, caiu até bem esse design principalmente na frente.. Parece ser uma boa escolha, espero que quem a compra seja feliz..

    • Italo

      15 de agosto de 2012 at 13:53

      Na boa cara. Ou você que tomou todas ou precisa de um bom oftalmologista rsrsrsrsrsrs.

      • Luis

        15 de agosto de 2012 at 16:30

        Ou será que gosto é igual a bunda o que não te agrada pode agradar outra pessoa !!Complicado é falar mal sem mesmo ter visto uma de perto ou dirigido uma !!Dou um conselho seria interessante vc se candidatar a designer da gm quem sabe assim melhora um pouco !!Penso assim fácil reclamar de algo quem desdenha quer comprar e não tem dinheiro!!!

        • Italo

          16 de agosto de 2012 at 13:36

          Com certeza meu amigo. To morrendo de inveja do designer da Spin e também não posso comprar uma kkkkkkkkkkkk

      • tbc_

        16 de agosto de 2012 at 7:47

        sinceramente, acho que esse novo estilo de frente da chevrolet casou bem com a Spin sim. Para a proposta do carro, achei bonita.

  7. Erich

    14 de agosto de 2012 at 23:08

    Medonha é elogio…

  8. Vinicius Felix

    15 de agosto de 2012 at 1:53

    Parece ser uma boa minivan, acho que ela tem um visual muito simples, umas simples mudanças na traseira e na grade frontal que já podia ter se inspirado no Traverse 2013 já dava uma melhorada.
    É uma boa solução pra quem precisa apenas dos 7 lugares, por um preço razoável. Mas vejo que o Cobalt 1.8 é melhor para quem dispensa as três fileiras de bancos.

    • kitokar

      15 de agosto de 2012 at 9:23

      Voce está certo amigo, mas pelo preço que a GM cobra pelo carro está de bom tamanho.
      Não se pode ter tudo, se pudesse existir um carro grande, completo e barato com o design de um Land Rover Evoque, seria ótimo, não?

      • Vinicius Felix

        15 de agosto de 2012 at 18:16

        É seria ótimo um carro assim. Hoje vi uma Spin preta e até achei que melhora o visual, nas cores escuras também como o verde e azul, deve ficar mais agradável também.

  9. Bikudin

    15 de agosto de 2012 at 7:01

    É a mesma coisa de pegar mulher feia, tem q fechar o olhos antes de entrar no carro pra não desanimar com a feiura.

  10. Marcel

    15 de agosto de 2012 at 9:51

    Possuo uma Meriva e não me animaria a comprar uma Spin. Com R$ 50 k preferiria uma EcoSport, mesmo não gostando muito dos carros da Ford. Mas ultimamente estou mesmo é muito desanimado com os carros da GM, dos quais sempre fui muito fã..FUI, não mais (vide Monstrana, CocoBalt, FrAgile). Não somente design, mas mecanicamente falando (câmbio easytronic dando pau, "modernização" de motores, como essa "atualização" do antigo 1.8 – 114 CV p/ o atual com 108 CV e baixo torque, que com certeza não dará conta em um carro com 7 pessoas, com bagagens e ar ligado).
    Ao invés de estarmos caminhando em direção ao primeiro mundo automobilístico, estamos sendo tratados pela indústria automobilística como terceiro mesmo, nos igualando a Índia, China, Rússia etc. Vou mudar para o Chile..rsrs

    • Bikudin

      15 de agosto de 2012 at 10:45

      Concordo, eu tb fui fã da GM, isso em 2005, q os motores GM davam menos problemas, minha esposa tem um Corsa Htch G2 2004, muito bom carro, não da manutenção. Hj tenho um Fiesta Rocam 2012 q da muito menos manutenção, mas pretendo ainda um dia entrar no New Fiesta Hatch, quem sabe.

  11. Milton_GT

    15 de agosto de 2012 at 14:07

    Está acontecendo uma coisa muito desagradável nos carros brasileiros. O seguinte: como a moda mundial é utilizar motores menores para economizar combustível, diminuíram as cilindradas dos motores em todos os veículos. Isso não chega a ser ruim na Europa, nem nos EUA, porque lá os motores tem um desempenho descente. Mas no Brasil devido a porcaria da nossa gasolina e ao ridículo Etanol os motores com cilindrada menor tem um desempenho pífio. Aja vista que até poucos anos atras um veículo do porte da Spin teria um motor no mínimo 2.0. Então obviamente que esse motor 1.8, não por ser jurássico não, mas por ser pequeno para a Spin, faz que com o nosso combustível ruim, ela tenha um desempenho ridículo.

  12. Bruno PR

    15 de agosto de 2012 at 15:21

    Voltando da escola hoje, vi duas na rua, achei a frente bonita e harmoniosa perto de cobalt, agile e montana, mas a traseira feia não nega a origem, horrível é pouco…

    • jorge

      7 de outubro de 2013 at 20:29

      É, ela parece uma funerária a traseira dela, mas, a frente é bonita sim.

  13. Felix_S

    15 de agosto de 2012 at 17:46

    O que salva o carro é a boa plataforma, deixando de lado a carroça no qual baseou-se o Agile.

  14. LAUDEMIR O. SANTIAGO

    15 de agosto de 2012 at 18:08

    gostaria de saber se a suspenção é parecida com a da meriva,se for deus ___MELIVRA____ é como chamamos o meriva aqui no rio de janeiro .

  15. Brazuca

    15 de agosto de 2012 at 19:12

    Será que com 7 adultos e mais bagagens enchendo o teto (não sei o limite de peso, mas geralmente é algo em torno de 50 kg, salvo engano) e o que restou do porta-malas, 108 cv são suficientes? Ou ela vai subir a serra em segunda?

  16. André

    16 de agosto de 2012 at 0:57

    O problema é a desgraça deste motor 1.8, beberrão, totalmente ultrapassado.
    Deveriam usar o novo 1.6 do Sonic.
    As rodas deveriam ser no minimo aro 15.
    As lanternas dianteiras enormes e na traseira minusculas. deveria existir mais harmonia.

  17. Landrutt

    16 de agosto de 2012 at 12:06

    Além de horrorosa é apertada. É um carro pra crianças ou anões anoréxicos nos bancos traseiros, qualquer pessoa de estatura mediana fica mal acomodada, com as pernas roçando nos bancos da frente,mesmo no banco do meio. A Grand Livina dá um banho na Spin em motor, conforto, espaço interno e tem design que, se não é propriamente bonita, é ao menos mais acertado. E isso por 1000 reais a mais se comparada a LTZ 1 manual (a Nissan tambem manual) e 3 mil a mais se comparada a LTZ 2 Automática, sendo a Nissan também automática.

  18. Marcelo

    18 de agosto de 2012 at 10:30

    A Spin é horrível ! Os usuários da Meriva estão órfãos ! Não tem como comparar !
    O mercado não está absorvendo o carro de funerária (Spin) !
    Existe uma campanha para que a GM volte a produzir as minivans que são sucesso no mercado ! http://www.merivaclube.com.br/index.php?topic=465
    Usuários do Meriva/Zafira migrarão para outras montadoras porque a Spin não substitui as minivans….
    A GM errou feio !
    Mas ainda dá pra reparar essa cag…… !

    Horrível, mais cara, menos confortável, menor visibilidade, menos espaço, etc etc

  19. Joaquim

    19 de agosto de 2012 at 11:28

    Entrei na Spin, tenho 2 crianças em idade de usar cadeirinhas, não tem como acomodar cadeirinhas e um adulto. O carro é estreito e apertado para acomodar as pernas de adultos. Mais um defeito encontrado foi o tamanho dos bancos as laterais das pernas ficam praticamente fora dos bancos, são muito estreitos. O resumo é que em prol da redução de custo e aumento da lucratividade temos um carro com menor qualidade de plásticos e feito para 4 pessoas e não 7 como é propagandado.

    • nada

      12 de fevereiro de 2013 at 2:41

      Não entendi. Como você fica com as pernas praticamente fora dos bancos? Até concordo que o banco não seja tão largo, mas até aí, ficar com a perna fora, só se você for muito obeso.

  20. Alexandra Krauze

    21 de agosto de 2012 at 22:13

    Bom, não sei se os comentários postados acima são de algum concorrente, mas acredito que sim e peço desculpas, mas a Spin é muito bonita pessoalmente e a Grand livina perto dela nem existe. É um carro muito confortável e o espaço interno da 2ª fileira é maior que o da concorrente da Nissan, já a 3ª fileira realmente não é muito confortável, porém, andamos sem problemas dois adultos sem problemas nas mesmas. O visual da spin é bem mais bonito que o da livina parece ser um carro antigo e sem graça, principalmente a traseira. Mas gosto não se discute!

    • Nei

      24 de novembro de 2012 at 0:25

      concordo.. fiz o test drive duas vezes e acabei comprando uma LTZ automatica. Quanto a espaço, tenho 1,89 de altura e com o banco do motorista regulado pra mim ainda consigo me acomodar bem na segunda fileira. Realmente a terceira fileira é um pouco apertada pra pessoas mais altas, mas para menores de 1,70 vai bem sim. Adorei o carro, motor vai bem mesmo com 5 adultos (como fizemos o segundo test drive), equipamentos disponiveis muito alem de varios outros carros, cambio at de 6 marchas com trocas que o motorista nem sente direito e o design dela nem é tao feio assim, somente diferente. Mas brasileiro é assim mesmo, tende a criticar tudo que é novo.

  21. Maria

    22 de agosto de 2012 at 15:08

    Troquei minha Meriva 2010 por uma Spin LTZ automática. Linda, confortável, ótima para dirigir, um carro realmente multiuso! Adorei!!

    • Stark

      26 de agosto de 2012 at 17:21

      Parabéns pelo carro! A Spin sem sombra de dúvidas é uma ótima substituta pra Meriva. ;)

  22. Ana

    25 de agosto de 2012 at 23:37

    Gostaria de saber que carro tem esse monte de gente que criticou tanto o novo lançamento da chevrolet, seria um modelo muito superior ou é pura dor de cotovelo por não poder adquiri-la?

  23. Marco

    25 de agosto de 2012 at 23:52

    Já avaliei pessoalmente a Grand Livina e hoje conheci a Spin. Sinceramente, não vi nenhum ponto em que a Grand Livina vença. A Spin não é feia, no modelo LTZ top. Não se compara a uma Zafira ou Carens, mas bate fácil a Grand Livina em tudo, espaço interno, posição para dirigir, visual interno e externo, espaço na terceira fileira, tamanho do porta malas com a terceira fileira em uso (do tamanho da Zafira), piloto automático. Peca em alguns detalhes, como falta de opção de banco de couro, descanso para o braço na versão automática e alguns acessórios básicos, como borrachão lateral, tampa do porta malas na versão 7 lugares e trava com acionamento dos vidros elétricos. Mas vale fácil o quanto custa.

  24. Chico

    31 de agosto de 2012 at 14:54

    Entrei na Spin na concessíonária, motor fraco, bancos duros, pequenos e desconfortáveis, não conseguiria viajar com este desconforto, na concessionária o vendedor disse que não existe versão LTZ com cinco lugares e bancos de couro. (tá mal…)

  25. andrea

    8 de setembro de 2012 at 20:43

    A Spin está vendendo feito água, espero que não aumentem o preço. Cuidado com o Ágio. Eu tinha uma Ecosport 2007 automátiva 2.0 (maravilhosa), acreditem até a bateria é original, vendi por R$25mil, comprei a Spin top por 55.840. Meu amigo também deu de entrada sua Eco 1.6 2006 e levou a Spin LTZ mecãnica, até agora só elogios. Falhas da GM : Falta cinto 3 pontos no meio da 2 fileira de bancos, alarme não é volumétrico, vidros não baixam nem levantam com um toque, não tem iluminação nestes botões, o pior falta o encosto de cabeça no meio também, o sistema de bancos é uma "gambiarra", ruim de acessar a 3a fila. Mas o que salvou foi o câmbio automático 6 marchas o que compensa o motor não tão atualizado.

  26. Adalberto Espanhol

    12 de setembro de 2012 at 22:39

    O macaco quando não consegue alcançar a banana, fala que ela é podre… eu respeito as opiniões…mas a GM é incomparável…

  27. Herbert

    28 de setembro de 2012 at 17:17

    Pessoalmente o carro me agradou no desing externo imponente, porém o interior do carro não me agrada em cor clara.
    Da uma sensação de carro de brinquedo.

  28. Fernando

    29 de setembro de 2012 at 12:03

    A SPIN é tudo de ruim como falam os concorrentes que até para vc comprar uma hoje fica na fila de espera no mínimo por 60 dias e paga o valor de R$57.990,00. Portanto, esse carro deve ser ruim d +. Acordam e vivam a realidade porque a inovação incomoda os concorrentes.

  29. candido

    3 de outubro de 2012 at 18:42

    A maioria não sabem nem votar, as vezes nunca teve um carro de valor superior a R$ 20.ooo,oo mas gosta de criticar até Porche, Bmw, Ferrari, etc.

  30. Victor Hugo

    5 de outubro de 2012 at 9:06

    A SPIN é um excelente carro e impõe respeito! Lamento por aqueles que não tem condições de comprar uma, mas vou rezar e pedir a Deus que os ajude…

  31. ROSE

    16 de outubro de 2012 at 21:10

    CONCORDO COM VCS,VICTOR E CANDIDO ,ELES SO CRITICAM ,A MERIVA E A ZAFIRA SAO LINDAS COM AQUELE GAS AMARELO RIDICULO,A SPIN PODE NAO SER TAO BONITA NA TRASEIRA MAIS A FRENTE E LINDA,AGORA QUE FIZERAM UM MOTOR ECONOFLEX,QUE O PROPRIO NOME JA DIZ, NAO SERA PRECISO AQUELE GAS HORRIVEL ATRAS,AINDA ASSIM CRITICAM,E UMA DELICIA DIRIGIR A SPIN FORA O CONFORTO QUE E DENTRO E COMO TBM ESTAO CRITICANDO, O CARRO ANDA PRA CARAMBA,E TBM DO QUE ADIANTA SE NAO PODEMOS NEM CORRER COM TANTAS MULTAS,TIVE UMA ECO 2012,NAO ANDA NADA,EM COMPARAÇAO DA SPIN TA VENDO COMO FALAM MUITO,VAO TER E DEPOIS AVALIAM DO QUE ESTAO FALANDO COM CERTEZA,CADE O ESPAÇO DA ECO QUE NAO TEM.

  32. JORGE CARVALHO

    6 de novembro de 2012 at 11:19

    PAGUEI UMA ENTRADA, EM 10/08/2012, PARA O VEICULO E A CONCESSIONÁRIA INFORMA PEDIDO ENVIADO A GM – AVHN75 SPIN LTZ R9Q BRANCA.
    O SEJA 86 DIAS DE ATRASO HOJE SEM CARRO
    JORGE CARVALHO – RIO DE JANEIRO

  33. Denise Martins

    18 de novembro de 2012 at 2:06

    Tem 40 dias que troquei minha querida Zafira ano 2010 por um Spin LT 2013, com cambio automático, só percorri 700km, e estou achando que fiz uma grande burrada, acreditei que seria uma substituta a altura da Zafira, afinal quando se troca para um carro novo, se espera no minimo que se mantenha o conforto e a qualidade, mas infelizmente não foi isto que encontrei, e sim um carro com o consumo muito alto de combustível, falta de potencia, pra que desenvolva velocidade precisa pisar fundo no acelerador e aguentar o barulho do motor fazendo força pra sair do lugar, não e segura para uma ultrapassagem rápida, o espaço dos passageiros ficou menor, o acabamento das borrachas das portas são de péssima qualidade, fiz reclamação porque estavam todas dobradas quando retirei o veiculo, a concessionaria trocou, e não adiantou nada ficou do mesmo jeito, o material usado no acabamento interno e muito frágil, com certeza vai ressecar rápido e quebrar. Em suma estou arrependida, me sinto enganada, este Spin nunca foi e nem vai ser substituta da Zafira, e olha que falo com conhecimento do carro, porque comprei minha primeira Zafira no lançamento e depois troquei 2 vezes por outras Zafiras. Esperei 60 dias para receber este carro e agora em menos tempo ja estou querendo me livrar dele ou melhor dizendo devolver e pegar minha Zafira de volta. Denise Martins -Rio de Janeiro

  34. saturno

    20 de novembro de 2012 at 16:10

    NAO COMPRE CHEVROLET CAPTIVA, NAO PRESTA! NAO VALE NADA, O CAMBIO QUEBRA FACIL LOGO QUE TERMINA A GARANTIA, E VOCE FICA NA MAO! A CHEVROLET É MUITO BOA NA HORA DE VENDER SEUS VEICULOS…DEPOIS É DESCASO TOTAL! ISSO QUE A MINHA É UMA CAPTIVA
    TOP DE LINHA 4X4 V6 SPORT, TODA REVISADA NA CONCESSIONARIA… UMA VERGONHA UM CARRO DESTES! LUXO QUE VIRA LIXO!!!! ISSO QUE EU TENHO UM CAMARO SS V8 2012 TAMBÉM, VOU TRATAR DE VENDER RAPIDINHO ANTES QUE ACABE A GARANTIA…

    • Alfredo Massaranduba

      4 de fevereiro de 2013 at 12:58

      Xá de brincadeira cara. A Captiva não é nada disso que tu ta dizendo, e claro, essa estória de Caramo…. tu é um sonhador. Vai cuidar do seu Uno Mille mermão.

  35. jaime

    29 de novembro de 2012 at 12:38

    Eu acho incrivel uma montadora lançar um veiculo e regredir no cabamento e espaço interno, quem tem zafira sabe que a 3º fileira o banco era bipartido e encaixava no piso do carro, deixando o espaço da mala totalmente livre, ainda mais poderia se usar 6 ou 7 lugares. Ai a brilhante ideia da chevrolet em lançar um substituto em que a 3º fileira o banco gira em torno do proprio eixo, sendo um banco só e ficando um tranbolho na mala do carro, tirando o espaço e limitando o numero de passageiros entre 5 ou 7 Valeu!!! Volta Zafira!!

  36. Julia

    20 de dezembro de 2012 at 14:49

    Eu acho engraçado as pessoas compararem a spin com freemont e similares, pois são carros de outra categoria com preço que começa em torno de 100 mil. E spin nem é da mesma categoria de Zafira pois se fosse custaria bem mais que 55 mil. Este carro foi feito para familias que precisam de espaço, segurança e querem um carro completo mas não tem dinheiro para comprar uma freemont. Eu sou uma delas!!! E fui ver uma spin ltz de perto e não achei feia não. Mas as pessoas são assim mesmo, botam defeito em tudo que é novo, quando saiu o honda fit, nossa era um horror com aqueles faróis parecendo uma abelha, um carro estranho e agora todo mundo se acostumou a ele. O povo vai se acostumar com a Spin também!

  37. proprietário

    5 de janeiro de 2013 at 14:23

    Acabei de retirar uma Spin da concessionaria….Gostei de guiá-la…É confortável…macia..silenciosa…O meu veredito : Spin é a SUV de pobre…
    Está aprovada… e será por muito tempo, sucesso de vendas.

  38. proprietário

    5 de janeiro de 2013 at 14:38

    Povo brasileiro é muito engraçado: um povo que atè ontem adorava fusca,brasila, e que ainda compra Kombi… Ta metendo o pau na Spin…Ora a Spin é moderna, espaçosa, silenciosa, confortavel..macia..E não tem nada de feia…Cada carro no seu quadrado..Cada um com seu gosto.Comprei uma spin e estou muito satisfeito.

  39. gil

    22 de janeiro de 2013 at 18:05

    uma minivan e tanto.

  40. Daniele

    22 de janeiro de 2013 at 22:23

    Fiz o teste drive da spin ltz e fiquei apaixonada , mas ainda quero andar com ela na estrada … Ver sua potência na ultrapassagem e sentir melhor o carro … Nao da pra comprar sem sentir o carro melhor e ver se realmente ela e tudo o que dizem … Carro tem que experimentar bem antes de comprar , mas nao ficr insatisfeito ….

  41. Alfredo Massaranduba

    4 de fevereiro de 2013 at 12:54

    Vou comprar essa peste feia por que preciso de um carro com 7 lugares. Na categoria temos a lástima da Grand Livina, ou a Kia Carens por 71mil, câmbio de 4 marchas e em nada melhor nem menos feia que a Spin. Claro que estão fora de cogitação uma Carnival, Sorento ou Mohave por exemplo, todas custando cento e lá vai cacetada de reais.

  42. Edna Bernstorff

    9 de fevereiro de 2013 at 22:10

    Alquem la em cima disse que se o carro é tão ruim assim……ta demorando 60 dias no minimo pra entregar….tem filaaaaa. Me desculpe o resto….mas quem aqui na minha terra se diz…"quem desdenha quer comprar"…..este carro é otimo, comfortalvel pra caramba, banco com uma regulagem otima, vc chega em algum lugar…CHEGANDOOOOOO…. alem de diregir, sou carona e o banco é como se fosse uma cadeira confortavel….quem é carona sabe….. nossas pernas ficam esticadas soltas no banco da frente.Na spim vc fica com as pernas no banco da frente confortavel, fica firme com posição de cadeira, sua coluna é quem saiu ganhando. Consumo…. normal….dizer que no meriva cabe 2 cadeirinha e um adulto.DIVIDEODO….a spin é tudo de bom…. o unico conselho que dou é que não façam oke fizemos….compre a LT 5 lugares. Arrisque e compre a de LTZ 7 lugares. Defeitos, feias, ela é isto ou aquilo….qualéeeee carro se compra e se venda se passa…..não se fica pra sempre….e dizer que não vale a pena, que é feia….tem gnte que so critica, mas anda, pega, usa….. so na vitrine. beijao e felicidades a todos que em 2012 e 2103 adquirirammmmmm a spin.

  43. AMILTON

    23 de julho de 2014 at 10:24

    FALAR DO QUE SABE É MUITO BOM,EU TENHO SPIN É NÃO TENHO NADA A FALAR DO MESMO,TEM GENTE QUE NUNCA DIRIGIU E FICA FALANDO BESTEIRA,OTIMO CARRO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>