Alfa Romeo prepara concorrente contra alemães para 2014

A trinca de sedãs alemães Premium – Audi A4, BMW Série 3 e Mercedes-Benz Classe C – deverá ganhar um concorrente de peso a partir de 2014. A Alfa Romeo está preparando o lançamento de um novo sedã de quatro portas para um dos mais disputados – e restritos – segmentos do mercado mundial.

De acordo com a publicação britânica Autocar, o modelo – conhecido internamente como Giulia – deverá ser revelado ao longo de 2013 e contará posteriormente com uma versão station.

Por razões financeiras e como forma de fortalecer o renascimento da marca italiana nos EUA, especula-se que o modelo será produzido na planta da Chrysler na cidade de Belvidere, Illinois, onde já é produzido o Dodge Dart.

Por Thiago Parísio / Fonte: Autohoje

Publicidade
  • Wellington_L
  • William

    Não se trata de um hyundai, mas será o melhor e mais bonito sedã do MUNDO!!!!!!!!!

  • Rodrigo

    Não entendi. Porém a matéria esqueceu uma coisa, a Alfa esta com a imagem arranhada não só nos Estados Unidos, mas também na Europa, seu continente natal, não sei como a Fiat permitiu esta magnifica marca entrar neste declínio todo.

    Pois vejam só, a Volkswagen por exemplo, até mesmo a Seat, mesmo não estando no azul, ela cresceu. O problema é o seguinte, a Fiat não sabe manter a alma de cada marca, ela faz uma mistura que deixa as marcas como se tivesse um pouco de tudo do grupo, não digo de motor, motor não é a alma da marca e sim suas características principais. Veja a Bentley, uma marca inglesa que pertence a um grupo alemão, mas mantem toda classe inglesa e não perdeu sua alma, pelo contrário, resgatou uma parte da alma perdida, a velocidade e isso por diante.

    Feito nos Estados Unidos, é bom diminuir custos, desde que a Alfa não adquira vícios ou mesmo um pouco da alma dos carros americanos, pois nada contra o gosto americanos, mas tirando os esportivos, os carros ditos normais americanos não insita bom gosto.

    • Brazuca

      Se bem que a FIAT está reconstruindo a Alfa. Triste mesmo foi o destino da Lancia, que agora é apenas o nome europeu da Chrysler.

  • lucca

    Fazendo uma analogia a "Iniciativa Paris" (que vai ser a marca de luxo da Renault) está mesmo na hora da Fiat tomar uma atitude com a Alfa. Uma empresa tão tradicional no passado, e que hoje só produz dois carros e com vendas pífias comparadas (a marca como um todo) as concorrentes precisa voltar aos bons tempos; Volvo e Jaguar-Land Rover que o digam.
    E tragam a Alfa para o Brasil!

    • Handlay

      Concordo, a Alfa Romeo ta muito esquecida do mercado global, ela poderia até correr risco de falir!

      • Cezarskinner

        Eu nem crio expectativas.Faz um bom tempo que eles vem anunciando esse carro e nada.Esses italianos estão muito lerdos.

        • http://hobbytrem.blogspot.com Cristiano

          Cadillac o fez. Falta o Grupo FIAT-Chrysler fazer o mesmo. Um à moda 300C ficaria manjado. Então que tal usar um puro europeu para essa tarefa? Estilo único? Lancia é bizarro, mas elegante. Esportivo, elegante, nervoso e com pitada de Ferrari… só Alfa Romeo para essa tarefa!

  • Handlay

    Aposto que vai usar a plataforma do 300C que usará também no sedan de entrada da Maserati… Que graça tem isso, nem as marcas de luxo e com uma boa tradição italiana escapam das "prostituição das plataformas"!! Como o Kubang que usará a plataforma da Cherokee… Imagina uma Maserati usar plataforma de Jeep!

    Até a Lamborghini que se diz de modo oculto que é exclusiva tipo: Fazer apenas 4.000 unidades do Aventador e ter uma fila de espera de 18 meses para colocar na garagem. Depois vem a Lamborghini falando que lançaria um "SUV totalmente novo e que laveria 48 meses para desenvolvê-lo", mas aí um porém ele usará a plataforma PL74 que seria usado no próximo Touareg e talvez na Tiguan, então gastariamos o preço de nossa alma para ter uma Lamborghini com base de Touareg? Eu garanto, esse Urus é lindo e faz muito meu estilo, até o nome é bonito, mas ele não é totalmente uma Lamborghini!!

    ps.: Porque levaria 48 meses para desenvolver um carro de já tem a plataforma e motor (do Gallardo, já ta quase confirmado) prontos?

    • Wellington_L

      Desde que plataformas e conjuntos mecânicos sejam de alta tecnologia…

      Enfim…, devemos lembrar que, por exemplo, o Porsche Cayenne (o melhor SUV do mundo) não existiria sem a sua variante "popular" Volkswagen Touareg…, não é?

      • Rodrigo

        Popular é um pouco pesado né Wellington, vide que mesmo custando o mesmo que um X5 na Europa, o Touareg foi o mais vendido em 2011 na Europa. Isso mostrando que o Touareg não deve em nada ao X5, ML e Q7, possui o mesmo preço, a mesma tecnologia e é o mais vendido, mostrando que o europeu não liga muito para qual logotipo esta colado na frente, desde que a marca tenha respeito lá, é o que importa, apesar do Phaeton não ter vendido o que queriam 8 mil unidades anuais, vende 3 mil unidades e foi bem acolhido na China, então vamos dizer que o Porsche Cayenne é a variante esportiva dos SUVs enquanto o Touareg é uma variante mais familiar, como X5, Q7 e ML.

        • Wellington_L

          É verdade…

          Infelizmente, o colega não se atentou para o detalhe de eu ter introduzido entre aspas essa citada palavra por exatamente esse descrito motivo…, não é?

      • Brazuca

        O Porsche Cayenne é um carro de luxo disfarçado de SUV. SUV mesmo é o Lada Niva.
        http://www.youtube.com/watch?v=-HT7mXvdcKg

  • bandit

    Só peço que já que vai concorrer com os alemaes ,que coloquem tração traseira ou nas 4 rodas ,se for só na dianteira não vai pegar …

  • Advogato

    Na verdade, se não fosse a Chrysler a Fiat iria amargar era prejuízo nos últimos meses, e fato que a crise europeia foi um baque forte na montadora que só vende bem na Itália e no Brasil.

    • Brazuca

      E se não fosse a Fiat a Chrysler iria fechar as portas e morrer de vez.

      • THALES

        isto nao e verdade